Saúde

Exame de sangue em gatos: 4 vantagens de fazer o check-up anual no seu felino

A consulta veterinária e o check-up anual são essenciais para garantir a saúde do gato
A consulta veterinária e o check-up anual são essenciais para garantir a saúde do gato

A saúde do gato precisa de uma atenção especial até mesmo quando o pet não aparenta estar doente. Uma das melhores formas de saber se o bichano está forte e saudável é consultando um veterinário para gatos (se for especializado em medicina veterinária felina, melhor ainda!). Além do exame clínico, que vai checar várias partes da anatomia externa do bichano, a consulta veterinária também é importante para fazer exames que verificam diferentes funções do organismo felino, como o número de plaquetas. 

O exame de sangue em gatos e o bioquímico (que geralmente checa as funções renal, hepática e biliar) são os mais comuns, mas exames de imagem também podem ser solicitados pelo veterinário. Quer entender qual a importância do check-up dos felinos? Veja algumas informações que separamos.

1) A consulta veterinária ajuda a prevenir vários problemas de saúde nos pets

Uma das principais responsabilidades do tutor do gato é garantir que o animal não seja acometido por doenças. A consulta veterinária, que tem a frequência determinada de acordo com a idade do pet, é a melhor forma de garantir que o seu gato tenha uma vida saudável. Além de dar um panorama geral sobre a saúde do bichano, os exames em gatos feitos com frequência também são importantes para detectar problemas de saúde nas fases iniciais - o que é determinante para a cura ou controle da enfermidade. O exame veterinário laboratorial pode ser dividido em diferentes tipos, como:

  • Hemograma (exame de sangue em gatos)
  • Exame de urina
  • Exame de fezes
  • Exame bioquímico em gatos para função renal
  • Exame bioquímico em gatos para função hepática
  • Exame bioquímico em gatos para função biliar
  • Exame bioquímico em gatos de glicemia

Em alguns casos também pode ser solicitado um eletrocardiograma e ultrassonografia abdominal. Todos esses exames são essenciais para checar o funcionamento de diferentes órgãos e sistemas do corpo felino. Além disso, a consulta veterinária anual também serve para aplicar as doses de reforço das vacinas para gatos, que são fundamentais para proteger o animal de doenças como a raiva e panleucopenia felina.

2) O exame de sangue em gatos detecta processos inflamatórios e infecciosos

O veterinário para gatos costuma solicitar um hemograma para avaliar as condições de saúde do pet. O exame de sangue em gatos ajuda a identificar processos inflamatórios e infecciosos no organismo felino, bem como detectar a presença de hemoparasitas e quadros de anemia. Também é uma forma de revelar alterações nas plaquetas e problemas na medula óssea.

Esse tipo de exame veterinário é feito por meio de amostra do sangue venoso que pode ser coletado no pescoço, pata traseira ou pata dianteira do gatinho, locais em que estão localizadas as veias jugular, cefálica e safena, respectivamente. Vale destacar ainda que para realizar o exame de sangue, o gato precisa estar em jejum. O recomendado é que o animal fique sem comer de 8 a 12 horas, de acordo com a recomendação do veterinário.

Uma dúvida que permeia a cabeça dos tutores é quanto custa um exame de sangue em gatos? O hemograma e o bioquímico que verifica as funções renal, hepática e biliar (mais comuns) fica entre R$80 e R$30, dependendo da clínica. O valor vai aumentar caso o veterinário veja a necessidade de verificar outras taxas do organismo do pet, como tireoide e glicose. 

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O exame veterinário ajuda a detectar doenças de forma precoce, o que aumenta as chances de cura e controle do quadro
    O exame veterinário ajuda a detectar doenças de forma precoce, o que aumenta as chances de cura e controle do quadro

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    3) O exame bioquímico em gatos avalia as funções de vários órgãos

    Outros tipos de exame de sangue em gatos são os bioquímicos para função hepática, renal e biliar, entre outros. O primeiro tem o objetivo de detectar possíveis alterações e doenças no fígado. Ele é feito por meio da análise sanguínea que avalia a concentração de substâncias ligadas ao órgão, como a albumina e outras enzimas hepáticas.

    Já o exame bioquímico de função renal serve para identificar qualquer alteração nos rins que possa comprometer o funcionamento do órgão. A análise é feita com base em amostras de sangue que vão aferir os níveis de ureia e de creatinina do organismo.

    O mesmo sangue coletado para o hemograma serve para a análise bioquímica. Os tipos de exames solicitados vão depender da idade e estado geral do seu gatinho.

    4) Na consulta veterinária, é possível realizar exame sorológico para FIV e FeLV

    A primeira visita ao médico veterinário para gatos precisa ser bem completa! Algumas doenças felinas são bastante perigosas, como FIV e FeLV, e devem ser diagnosticadas nos primeiros meses de vida do pet. Um gatinho positivo precisa de cuidados especiais para ter qualidade de vida e não sofrer com problemas decorrentes dessas doenças.

    Por isso, o exame sorológico para FIV e FeLV é a melhor forma de obter o diagnóstico certo. O procedimento é feito com amostras de sangue que buscam por antígenos da doença ou anticorpos que vão indicar se o bichano já teve contato ou não com os vírus causadores da FIV e FeLV. 

    Redação: Juliana Melo

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Próxima matéria

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino
    Raças

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino

    O Birmanês, que também é conhecido como gato Sagrado da Birmânia, é um animal super dócil e elegante que tem muita história para contar. O gato da Birmânia é descendente de animais que eram venerados como deuses entre o século XV e XVI nos templos budistas do sudeste asiático. Muito sensível, a raça de gato é conhecida pelo companheirismo, já que se apega facilmente à família humana. O gato Birmanês gosta de explorar e é curioso, mas diferente dos outros gatos, ele gosta da estabilidade do chão e não gosta muito de altura.

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?
    Cuidados

    Cuidar de gato: qual é a média de gastos mensais com um felino?

    Ter um gatinho em casa vai muito além da parte divertida. Isso porque, na prática, adotar um gato requer uma série de responsabilidades e cuidados com o seu novo amigo de quatro patas. Afinal de contas, você quer que ele tenha uma boa qualidade de vida, certo? Por isso, para cuidar de gato, alguns custos devem fazer parte da sua rotina. Para saber mais sobre isso e te ajudar a se planejar financeiramente, preparamos uma matéria com os principais gastos mensais de um gato. Confira!

    Dente de gato: tudo que você precisa saber sobre a saúde bucal dos felinos
    Cuidados

    Dente de gato: tudo que você precisa saber sobre a saúde bucal dos felinos

    Você sabe quando os gatos trocam de dente? Quantas vezes é necessário escovar os dentes do gato? Ou com quanto tempo nasce os dentes dos gatos filhotes? Embora a dentição felina seja esquecida por alguns tutores, a região é uma das partes mais importantes dos nossos bichanos. O dente de gato exerce um papel fundamental na alimentação e ainda influencia no comportamento do pet.

    Ver Todas >

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro
    Saúde animal

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro

    A giardíase canina é uma doença que deixa muitos tutores de cachorro preocupados. Além de causar sintomas desagradáveis, a giárdia em cães pode até mesmo levar o animal à morte se não for tratada a tempo. Quais são os sintomas de giárdia em cães, o que ela causa no corpo do pet e como preveni-la são algumas das dúvidas que muitos pais e mães de pet têm sobre a doença. 

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro
    Saúde animal

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro

    A dermatite atópica canina é uma doença de pele em cachorro mais comum do que se imagina e pode afetar cães de diferentes raças. Uma das principais características desse quadro é a coceira intensa, que pode ou não vir acompanhada de vermelhidão no local. Ou seja, é basicamente como se fosse um tipo de alergia em cachorro. Apesar de não ser uma doença de pele muito grave, a dermatite atópica canina precisa de atenção porque pode interferir consideravelmente na qualidade de vida dos animais.

    Ver Todas >