close
Saúde

Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro

A dermatite atópica canina é caracterizada por uma coceira intensa após o contato com substâncias alérgenas
A dermatite atópica canina é caracterizada por uma coceira intensa após o contato com substâncias alérgenas

A dermatite atópica canina é uma doença de pele em cachorro mais comum do que se imagina e pode afetar cães de diferentes raças. Uma das principais características desse quadro é a coceira intensa, que pode ou não vir acompanhada de vermelhidão no local. Ou seja, é basicamente como se fosse um tipo de alergia em cachorro. Apesar de não ser uma doença de pele muito grave, a dermatite atópica canina precisa de atenção porque pode interferir consideravelmente na qualidade de vida dos animais.

Mas quais são as principais causas do problema? Além da coceira, que outros sintomas podem ser observados? Quando um cachorro tem dermatite atópica canina, tratamento caseiro é uma boa opção? Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa reuniu as informações mais importantes sobre a doença de pele em cachorro. Confira!

O que é a dermatite atópica canina e como ela afeta os cachorros?

A dermatite atópica em cães é uma doença inflamatória crônica que torna os animais mais sensíveis a alguns alérgenos. Ela pode ser causada por diferentes motivos e provoca um quadro intenso de coceira nos pacientes. Essa reação alérgica normalmente ocorre após o contato do cachorro com determinadas substâncias consideradas nocivas para pets, como produtos químicos de limpeza, ou outros antígenos presentes no ambiente, como poeira, pólen e ácaros.

A dermatite atópica canina é uma doença hereditária. Isso quer dizer que ela é transmitida geneticamente dos pais para os filhos, então as chances de filhotes de cachorro desenvolverem a mesma condição dos seus pais são bem altas, caso algum deles tenha dermatite atópica. Por ser considerada uma doença de origem genética, não há risco de contágio por meio do contato de um pet doente com um cachorro saudável, por exemplo. O mesmo vale para os humanos, que não vão desenvolver o problema se o cachorro apresenta um quadro de dermatite atópica canina - embora a mesma doença exista na medicina humana.

O grande perigo da dermatite atópica em cães é que, caso não haja o devido tratamento e controle dos sintomas, a doença pode evoluir para outros tipos de infecções que podem comprometer ainda mais a qualidade de vida do cachorro. Por isso, não deixe de observar qualquer anormalidade no corpo do seu cãozinho e mantenha as consultas veterinárias em dia.

Dermatite atópica: cães de raça têm mais predisposição para o problema?

Por ser uma doença que é propagada geneticamente, algumas raças de cachorro apresentam maior predisposição para desenvolver a dermatite atópica canina. São elas:

  • Shih tzu
  • Maltês
  • Lhasa Apso
  • Bulldog Inglês
  • Labrador
  • Golden Retriever
  • Boxer
  • Dachshund
  • Pastor Alemão
  • Pastor Belga
  • Boston Terrier
  • Cocker Spaniel
  • Doberman

Caso seu doguinho faça parte dessa lista, é importante redobrar a atenção com os sintomas da doença de pele em cachorro, especialmente após o contato com determinadas substâncias. Se o seu cachorro for alérgico, precisará de tratamento adequado para o controle do problema. Vale destacar que é raro o quadro se manifestar em cachorros sem raça definida (SRD), mas não impossível.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Dermatite atópica canina: doença de pele em cachorro pode causar comportamentos compulsivos, como lamber ou morder a pata
    Dermatite atópica canina: doença de pele em cachorro pode causar comportamentos compulsivos, como lamber ou morder a pata

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    10 sintomas da dermatite atópica canina para ficar atento

    1. Coceira intensa
    2. Vermelhidão
    3. Queda de pelos
    4. Lesões na pele
    5. Descamação
    6. Descoloração da pele e dos pelos
    7. Escurecimento do local
    8. Lacrimação
    9. Rinite alérgica
    10. Infecções no ouvido

    Vale lembrar que, em decorrência da coceira intensa, a dermatite atópica canina também pode desencadear situações como o cachorro lambendo ou mordendo excessivamente as patas e região afetada. Esse tipo de atitude compulsiva, inclusive, precisa de muita atenção, pois pode acabar causando várias feridas no corpo do pet. Também é importante ficar atento a outras alterações, como formação de edemas e caroços em regiões mais sensíveis, como o rosto e o interior das orelhas do cachorro.

    Como é feito o diagnóstico da dermatite atópica em cães?

    Ao observar um ou mais sintomas da doença de pele em cachorro, não hesite em marcar uma consulta veterinária o quanto antes! O diagnóstico feito por um profissional é muito importante para tratar o seu bichinho de estimação da forma certa. Mas como os médicos veterinários identificam a alergia atópica? Cachorro precisa passar por exames específicos para isso? Diferente de outras enfermidades, diagnosticar a dermatite atópica em cães não é algo tão fácil - ainda mais porque várias substâncias alérgenas podem desencadear a doença de pele em cachorro e existem muitos outros quadros que têm a coceira como um de seus sintomas.

    O quadro geralmente é confirmado a partir da exclusão de outros tipos de dermatite, então a observação por parte do tutor é algo fundamental para que o diagnóstico seja feito. No entanto, alguns exames complementares também podem ser indicados por segurança para confirmar a presença da doença, como testes cutâneos intradérmicos, imunológicos ou sorológicos. Tudo vai depender da avaliação do veterinário.

    Dermatite atópica canina: o shampoo para dermatite pode ajudar no tratamento
    Dermatite atópica canina: o shampoo para dermatite pode ajudar no tratamento

    Dermatite atópica canina: tratamento consiste no controle dos sintomas

    Infelizmente, não existe cura para a dermatite atópica em cães, mas o tratamento contínuo e supervisionado pelo médico veterinário ajuda a amenizar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do seu amigo de quatro patas. O tipo de tratamento para dermatite atópica canina vai depender do quadro de saúde do seu cãozinho. O uso de anti-histamínicos ou corticosteroides normalmente são as principais formas de tratar as reações alérgicas em momentos de crise, e devem ser prescritos exclusivamente pelo médico veterinário. Caso o paciente esteja com infecções secundárias, também é necessário tratá-las com medicamentos específicos.

    Além dos remédios para dermatite atópica em cães, alguns produtos podem ser indicados e podem ajudar no tratamento - como o shampoo para dermatite canina, que deve ser utilizado na hora do banho de cachorro. Rações hipoalergênicas e outros alimentos também são uma forma de controlar a doença de pele, dependendo do caso, pois alguns ingredientes podem desencadear reações alérgicas nos cães.

    Dermatite atópica canina: remédio caseiro funciona?

    O ideal é seguir à risca todas as recomendações passadas pelo médico veterinário sobre a dermatite atópica canina, dando prioridade a medicamentos específicos e outros cuidados com a rotina do seu cachorro. No entanto, existem, sim, algumas opções de tratamento caseiro que reduzem as reações inflamatórias no organismo canino e podem ajudar a melhorar a qualidade de vida e bem-estar do pet. Algumas opções são utilizar óleo de coco e outros óleos vegetais - como o de amêndoas - para dar banho no cachorro. O óleo de coco, por exemplo, atua como um antisséptico e é capaz de acalmar uma pele potencialmente irritada. Já o óleo de amêndoas é um anti-inflamatório e analgésico. Mas lembre-se: antes de optar por qualquer remédio caseiro ou receita natural, converse com um médico veterinário de confiança para tirar todas as suas dúvidas e saber a melhor forma de incluir as práticas no tratamento para dermatite atópica canina. 

    Redação: Juliana Melo

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

    Próxima matéria

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães
    Saúde animal

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães

    A dirofilariose canina é uma doença silenciosa que pode afetar gravemente a saúde dos pets. Conhecida popularmente como a patologia do verme do coração, a transmissão da doença acontece por meio de uma simples picada de mosquito e pode levar o cachorro a óbito de maneira repentina. Para lidar com a dirofilariose, todo cuidado é pouco! 

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos
    Saúde animal

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos

    Você já ouviu falar em fluidoterapia em gatos? Muito comum em casos de insuficiência renal em gatos, a fluidoterapia em felinos é um tratamento de suporte que promove a hidratação do animal. É um procedimento versátil que pode ser aplicado de diversas maneiras e com fluidos específicos para cada situação. Para tirar todas as dúvidas sobre a fluidoterapia em gatos, o Patas da Casa conversou com a veterinária especialista em gato e dona do Diário Felino Jéssica de Andrade.

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?
    Saúde animal

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?

    A FIV felina é considerada uma das doenças mais perigosas. Além de toda a preocupação ao resgatar ou adotar um gatinho, existe outra questão que precisa de cuidado: a fácil transmissão. Existem testes que detectam a patologia, e é necessário realizá-los antes de levar um novo gato para casa - especialmente se tiver outros gatos. O gato com FIV pode acabar transmitindo a doença para os outros residentes se não houver nenhum tipo de cuidado.

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina
    Saúde animal

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina

    A dirofilariose em gatos é uma doença em que os parasitas se alojam na corrente sanguínea do pet e pode chegar até o coração - por isso também é chamada de doença do verme de coração. O problema é uma das doenças causadas por tipos vermes de gato. A dirofilariose também pode atingir os cães e é temida por ser uma complicação de saúde muito perigosa para ambos os pets. 

    Ver Todas >