Adotar cachorro

Dálmata: personalidade e outras características do temperamento da raça de cachorro grande

Publicado - 24 Novembro 2022 - 11h11

Atualizado - 28 Junho 2024 - 11h41

Dálmata é uma raça muito famosa e querida por protagonizar o filme ‘101 Dálmatas’, mas não é só isso: sua pelagem repleta de manchas pretas sempre chamou a atenção e não foi atoa que a aristocracia europeia se encantou por ela. Os primeiros registros desse cão elegante e esbelto datam de pinturas do século 16 e, de lá pra cá, eles ganharam cada vez mais fãs, terminando de conquistar o mundo através dos filmes da Disney.

Porém, a franquia mostra uma turma de Dálmatas cheia de bravura e perspicácia, criando no imaginário popular a ideia de que são iguais aos cães do filme, quando na verdade essa é uma raça tímida com desconhecidos e que se torna até medrosa em situações de perigo.

No entanto, a energia e o companheirismo são os mesmos dos personagens e eles realmente são fiéis com aqueles que amam - mas não para por aí: muitos detalhes rodeiam o comportamento desse cachorro, raça Dálmata vai muito além do que é mostrado na ficção e matéria a seguir conta mais sobre esse cão.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Cachorro da raça Dálmata é energético e brincalhão

Quando o assunto é Dálmata, características como "animado" e "alegre" são as mais marcantes, pois essa raça é extremamente afetuosa e tem energia para dar e vender! Estão sempre em movimento e se você gosta de um pet tranquilo, nem pense em ter um desses em casa: eles adoram interagir e ficam chateados quando não brincam com eles.

No entanto, eles não são assim logo de cara e no começo podem ser tímidos e até medrosos. Porém, isso é amenizado com o tempo. Ele só mostra sua verdadeira identidade quando se sente em segurança. Ou seja, se você adotou um Dálmata e acha que ele está acanhado e introspectivo, fique tranquilo! Essas são atitudes comuns e em breve ele será um cão agitado e curioso.

Mas não só de brincadeiras vive um Dálmata. Outro aspecto marcante da raça é ser um cão muito amigável e afetuoso. Ele curte dar e receber carinho, principalmente daqueles que são mais próximos, sejam pessoas da família ou até outros pets. São sociáveis e também se dão muito bem com crianças, desde que a socialização com os pequenos seja feita com a supervisão de um adulto, pois a empolgação de ambos pode gerar um acidente e é sempre bom prevenir. Também deve-se ensinar os pequenos a respeitar o espaço do pet para evitar qualquer estresse. Contudo, quando estão sossegados, vão adorar receber o afago de uma criança e eles podem até dormir agarradinhos.

Os Dálmatas adoram passear e praticar exercícios

A ascendência dessa raça é aristocrática e na Idade Média eram usados como cães de caça e até como companhia de carruagem de nobres europeus (isso explica porque eles são tão companheiros!). Mas no caso dos Dálmatas, origem na verdade é a Croácia, mais especificamente na região da Dalmácia, local que nomeou a raça e onde há os primeiros registros desse cachorro.

Acontece que a aristocracia também aproveitou todo o porte atlético e esbelto dos Dálmatas em diversos torneios com outras raças - os tornando ótimos nadadores e cães de corrida. Mas não pense que por ser usado em maratonas com outros pets, ele é um cachorro competitivo - na verdade, eles se dão muito bem com outros animais e tratam toda essa rivalidade como uma grande brincadeira!

Toda essa prática, somada à disposição da raça, desenvolveu um cachorro que gosta de nadar e que também é muito ligeiro em maratonas. Qualquer atividade física é muito estimulante para um Dálmata e, além das brincadeiras, é muito importante praticar diversos exercícios com ele. Ou seja, um passeio por dia é muito pouco para a raça e outros treinos, como Canicross e Natação Canina, vão ser fundamentais para a saúde do cão.

Brincadeiras cognitivas e desafiadoras são importantes para entreter um Dálmata

Dálmata é um cão animado que precisa ser estimulado para evitar o tédio. Para gastar toda essa energia, deve-se investir em enriquecimento ambiental, entre outras brincadeiras. No caso da interação humana, passeios com corridas, busca por brinquedos e cabo de guerra são só algumas das opções que os Dálmatas adoram. Comandos de treinamento são ótimos para fortalecer o físico e esgotar essa animação.

O mercado pet também é um aliado e oferece inúmeros brinquedos interativos que vão fortalecer a cognição de um Dálmata e fazer com que eles tenham horas de diversão! Vale a pena pesquisar e investir no melhor passatempo para esse cachorro que é ansioso por uma interação, principalmente em casos onde o tutor está ocupado e não pode brincar com o doguinho. Também é interessante montar um espaço repleto de obstáculos para o cão praticar exercícios por algumas horas por dia.

O Dálmata se dá bem com toda a família, mas é tímido com estranhos

Essa é uma raça amigável que odeia a solidão (nem ouse deixar ele sozinho!), mas de primeira, as coisas são um pouco diferentes: no começo, o Dálmata é super tímido e introvertido, principalmente com pessoas desconhecidas. Para reverter isso, é fundamental que ele tenha uma boa socialização desde filhote, seja com a ninhada ou outras pessoas. Ou seja, o Dálmata filhote deve passear muito e um ParCão vai introduzi-los a outros pets e pessoas - isso evita que ele se torne um cão inseguro fora de casa.

Agora, na frente da família a situação muda: dentro de casa eles gostam de estar entre pessoas e costumam adotar uma pessoa da família para chamar de sua. São leais com todos, mas com essa pessoa específica a fidelidade será maior. Porém, isso não é sinal de que o resto da família é ignorada - ele sabe muito bem distribuir a sua atenção e ninguém fica de fora das brincadeiras com esse cachorro.
 

cachorro dálmata brincando com brinquedo
Raça Dálmata: personalidade energética do cão pede muita atenção

Não existe agressividade no comportamento do Dálmata

Essa é uma das raças mais dóceis que existem. Um Dálmata dificilmente será agressivo e muitas das suas reações negativas são associadas à defesa. Geralmente suas reações são se esquivar ou ser hostil, mas há casos de Dálmatas que desenvolvem agressividade por medo (ou seja, se ele morder, é porque se sente ameaçado), entretanto isso é bem raro. Uma das coisas que eles mais odeiam é se sentirem invadidos, pois precisam ter seu espaço e descanso respeitados. Um Dálmata também não suporta quando puxam suas orelhas ou rabo e, por mais que não sejam agressivos, podem sofrer muito com estresse.

Essa raça também não tem o hábito de latir, exceto em situações de alerta (eles vão se manifestar como uma forma de aviso) e de ansiedade, quando latem em excesso. Por isso é tão importante o enriquecimento ambiental para evitar um Dálmata ansioso. No geral, qualquer comportamento errado desse cachorro tem solução quando ele é estimulado a fazer o certo e vive repleto de entretenimento.

O cachorro Dálmata é carente e fiel ao tutor

O Dálmata é muito leal e sociável com a família, igual aos cães da animação da Disney. Esse cachorro adora estar rodeado daqueles que mais ama e busca deixar todos felizes. Não é muito difícil retribuir esse carinho do Dálmata: para deixá-lo feliz, basta devolver muita atenção e carinho (o mais difícil é controlar toda essa animação que ele carrega na hora de uma brincadeira!).

Na hora de viajar, ou a família leva o Dálmata junto, ou contrata uma equipe para ficar pertinho dele (pode ser pet sitter ou um hotel para cachorro), pois esse cão não suporta ficar sozinho e pode desenvolver ansiedade por separação quando fica muito tempo longe da família. Quando se trata de um Dálmata, temperamento afetivo é percebido no dia a dia, seja perseguindo o tutor pela casa ou tentando participar das atividades diárias (sabe aquela reunião de trabalho? Ele vai querer aparecer!).

Esse cão carrega muita curiosidade pelo que o tutor faz e trata tudo como uma grande brincadeira, portanto, tenha muita paciência com isso para não punir ele a toa. O Dálmata também tem muito apego ao dono e pode ser até um pouquinho ciumento (mas não muito, quando comparado a outras raças, como o Beagle, por exemplo).

Dálmata é um cachorro inteligente e fácil de adestrar

No quesito inteligência, essa é uma raça cheia de destreza! O Dálmata tem uma ótima capacidade de raciocínio, principalmente quando o tutor investe em brincadeiras desafiadoras e de estímulo cognitivo. Um dos sinais de que o cachorro é inteligente é a habilidade em absorver comandos, e essa raça não hesita em obedecer quando o tutor é assertivo na fala e nos gestos. No entanto, ele pode ser um pouquinho teimoso no começo, mas investir em reforço positivo ajuda a controlar isso. Adestrar o cachorro é muito importante para evitar qualquer comportamento inadequado. Mas além disso, um Dálmata precisa de treinos para gastar toda sua aptidão física e mental.

Raça de Dálmata tem personalidade curiosa e extrovertida

Os Dálmatas adoram correr, caçar e brincar, principalmente em lugares amplos e abertos, pois eles são de porte médio e atlético. Ou seja, uma casa com quintal é o ideal para um Dálmata viver, mas isso não é sinal de que ele não se adeque ao apartamento: se o imóvel é adaptado e possui enriquecimento ambiental para o cachorro, ele se ajusta ao ambiente. O tutor também precisa de uma rotina de exercícios e brincadeiras para o cachorro, pois eles tendem a ser bagunceiros quando não encontram uma forma saudável de se distraírem. Brincar com o cão também evita o estresse e impede que ele lata em excesso, que vai incomodar os vizinhos.

O Dálmata não é a única raça famosa dos filmes

O filme "101 Dálmatas" é um grande sucesso, mas não é o único filme para quem ama animais. O cinema tem uma série de filmes de cachorro como protagonista: a película Marley e Eu, por exemplo, tem um Labrador como personagem principal. A lista de filmes é extensa, mas nem todos retratam o comportamento animal com muita fidelidade, como é o caso da animação da Disney, que esconde a timidez da raça. Portanto, antes de adotar um cachorro, tenha ciência de que cada raça é única e o comportamento canino é influenciado pelo ambiente em que vive e a criação que recebe. Mesmo assim, não é proibido se encantar pela raça Scooby Doo e outros cães famosos da ficção, que continuam cativando os fãs de pets e de cinema.

Redação: Erika Martins

Edição: Mariana Fernandes

Adote um animal

8 características do Sphynx, o gato sem pelo

A aparência única e charmosa do Sphynx gera muita curiosidade. Afinal, não é todo dia que a gente encontra um gato sem pelo por aí, ...

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Cachorro

Quais são os tipos da doença do carrapato em cachorro? Conheça as características de cada uma

A doença do carrapato em cachorro é um dos maiores temores dos tutores. O que nem todo mundo sabe é que existem diferentes tipos da ...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Adote um animal

8 características do Sphynx, o gato sem pelo

A aparência única e charmosa do Sphynx gera muita curiosidade. Afinal, não é todo dia que a gente encontra um gato sem pelo por aí, ...

Adote um animal

Qual é o maior cachorro do mundo? Conheça 6 raças gigantes que batem recordes no quesito tamanho

Você já se perguntou qual é o maior cachorro do mundo? Existe uma grande variedade de raças com características físicas diferentes, ...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Ver todas