close
Saúde

Como saber se a gata tem leite? Veja essa e outras dúvidas esclarecidas por uma veterinária

Atualizado · 02 de dezembro de 2021 · 19h18

Publicado · 02/12/2021 · 19h18

Leite da gata amamentando pode empedrar e tutor deve estar atento a qualquer sinal
Leite da gata amamentando pode empedrar e tutor deve estar atento a qualquer sinal

Quanto tempo dura a amamentação dos gatos? Essa é uma dúvida recorrente de muitos tutores, principalmente durante a gestação e pós-parto de felinos. Assim como todos os mamíferos, o leite materno é o primeiro alimento que os filhotes precisam nessa fase. Ele tem todos os nutrientes necessários para auxiliar no desenvolvimento do animal, melhorar sua imunidade e até mesmo criar anticorpos. Seja para descobrir como saber se a gata tem leite ou quais são os cuidados pós-parto de gato, é importante estar preparado para saber como lidar com esse período. Para te ajudar, o Patas da Casa conversou com Vanessa Zimbres, médica veterinária especialista em gatos, para esclarecer todas as dúvidas sobre a amamentação felina!

Amamentação felina: por quanto tempo os gatos mamam?

Os filhotes de gato, assim que nascem, buscam o leite materno nas primeiras horas de vida. Além de alimentar e nutrir, o momento da amamentação é muito importante para que eles criem vínculos com a mamãe gata. Nas primeiras semanas, o leite materno vai ser a única fonte de alimentação dos filhotes de gato. “O período de aleitamento exclusivo dos gatinhos é composto pelas primeiras quatro semanas de vida. Na fase inicial, durante as primeiras horas de vida, é secretado o colostro, que é rico em imunoglobulinas e confere uma imunidade passiva ao filhote, ou seja, nessa fase os gatinhos recebem os anticorpos já prontos da mãe. Após o parto, os gatinhos começam a mamar aproximadamente em duas horas”, explica Vanessa Zimbres.

Além disso, outra dúvida muito recorrente é sobre quando o gatinho deve deixar de mamar. A veterinária explica: "O período pré-desmame, que consiste em uma transição alimentar, se inicia entre terceira e a quinta semana, onde os filhotes vão, naturalmente, se interessando por outros alimentos que sejam oferecidos gradualmente, até que o desmame seja feito por completo em aproximadamente sete semanas de vida."

Como amamentar filhote de gato que foi resgatado sem a mãe?

Cuidar de filhote de gato é algo que demanda uma atenção especial, mas quando falamos de felinos resgatados da rua esse cuidado é ainda mais importante. Por isso, muita gente fica sem saber como amamentar filhote de gato nesse contexto. O ideal é sempre procurar por uma gata amamentando para dar leite para o órfão, porém nem sempre isso é possível. No entanto, é possível encontrar fórmulas específicas para gatinhos filhotes, como explica a médica veterinária Vanessa: “Existem, no mercado, diversos produtos substitutos do leite para gatinhos, sendo essa a forma mais segura de alimentar os filhotes. Receitas se substitutos de leite caseiro podem ser utilizados, mas é difícil determinar a real absorção do alimento e a quantidade a ser oferecida. Normalmente, na primeira semana, o gatinho deve ser alimentado sete vezes ao dia, depois a frequência de alimentação vai diminuindo com o passar das semanas e a quantidade de leite por mamada vai aumentando. Os produtos comerciais já fornecem esse cálculo, por isso, a facilidade em utilizá-los.”

Para saber se o alimento está sendo eficaz é importante acompanhar o ganho de peso e crescimento dos gatinhos, o auxílio de um veterinário é primordial. Além do cuidado com a alimentação do gato filhote órfão, o tutor deve se atentar ao aquecimento do felino, estímulo de micção, higienização e descanso.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Cuidados pós-parto de gato são essenciais para bem-estar da mãe e seus filhotes
    Cuidados pós-parto de gato são essenciais para bem-estar da mãe e seus filhotes

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Quais são os cuidados pós-parto de gato?

    Muito se fala sobre os cuidados pós-parto de gato, mas você sabe quais são eles? Pouca gente sabe, mas não são só os filhotes de gato que precisam de atenção, a mãe gata também vai precisar de alguns cuidados específicos no pós-parto. “Deve-se disponibilizar para a gatinha um local tranquilo, aquecido, com tudo o que ela precisa próximo, como boa alimentação, água limpa e fresca e caixa de areia. A necessidade energética dela se mantém alta, portanto, deve-se manter a alimentação específica para gatas prenhes ou de filhotes até entre a quinta e a sétima semana do pós-parto, que é o período de amamentação. Se a ninhada for numerosa e a gata estiver perdendo peso, é recomendado suprir as necessidades energéticas ou auxiliar na amamentação dos filhotes, oferecendo também um substituto do leite”, detalha a especialista.

    Gata amamentando: leite pode empedrar?

    Quando a gata amamentando não recebe os cuidados necessários, aumenta o risco de alguns problemas durante o processo de amamentação. Um dos mais conhecidos é quando o leite empedra. “Pode ocorrer, especialmente se existe algum problema de excesso de leite e poucos filhotes. O recomendado, inicialmente, e em casos simples, é fazer uma compressa com água morna na tentativa de amolecer o leite. Mas em casos mais graves, buscar atendimento veterinário especializado é recomendado para descartar uma possível infecção ou inflamação das glândulas mamárias e para a instituição do tratamento adequado. Usar fármacos por conta própria para "secar" o leite da gata é contraindicado.”

    Afinal de contas, como saber se a gata tem leite?

    A pergunta que não quer calar é: como saber se a gata tem leite? Mesmo que pareça muito complicado, desvendar esse mistério é mais fácil do que imaginamos. “As mamas da gata ficam aumentadas e é possível observar o leite ao fazer uma discreta pressão na região de mamas e mamilos. No entanto, dependendo do tamanho da ninhada, a quantidade de leite pode ser insuficiente para manter um bom crescimento e ganho de peso aos filhotes. Portanto, além de observar a produção de leite da gata, deve-se atentar também para o crescimento dos filhotes”, conta a profissional.

    Redação: Hyago Bandeira

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período

    Próxima matéria

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!
    Saúde

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!

    A insuficiência renal em gatos é uma doença que pode ser muito comum quando falamos de felinos. Sem cura, o problema precisa de acompanhamento constante e cuidados especiais para evitar complicações. Apesar de ser uma doença grave, o gato com problema renal pode ter qualidade de vida. Para tirar as dúvidas sobre a insuficiência renal em gatos, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Izadora Souza, do Rio de Janeiro. Vem conferir!

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Novo coronavírus: cães e gatos podem contrair e transmitir a Covid-19? Esclarecemos as principais dúvidas!
    Saúde

    Novo coronavírus: cães e gatos podem contrair e transmitir a Covid-19? Esclarecemos as principais dúvidas!

    Cães e gatos podem contrair a Covid-19? Será que gato pega covid de humano? O coronavírus humano tem algum impacto na saúde do gato ou cachorro? Fomos atrás de respostas para todas essas dúvidas!

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Gato com diarreia: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com diarreia: o que fazer?

    O gato com diarreia é motivo de preocupação, pois este é um forte indicativo de que algo não vai bem no sistema digestivo do seu felino. A diarreia em gatos pode atingir desde o filhote ao gato adulto e saber como prevenir ou agir neste momento, até a próxima visita ao veterinário, pode ajudar o seu pet a lidar com esse problema que pode ser muito desagradável aos felinos e tutores. O Patas da Casa reuniu algumas informações muito importantes para ajudar você, que busca evitar mais sofrimento ao felino, mas não sabe oque fazer ao ver seu gato com diarreia.

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?
    Saúde animal

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?

    Normalmente, o cocô de cachorro apresenta uma coloração amarronzada e consistência firme. Quando sua aparência se torna diferente, é importante ligar o sinal de alerta. Um dos problemas mais observados é a presença de sangue nas fezes do cachorro. Porém, existe outra condição comum que chama a atenção: as fezes de cachorro com gosma. Existem diversos motivos por trás dessa condição. Muitas vezes, as fezes de cachorro com muco são apenas consequência de mudanças alimentares. 

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer
    Saúde animal

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer

    Devido a sua sensibilidade e exposição, o pênis de cachorro, sem um cuidado e higiene adequados, pode desenvolver algumas infecções. Além de ocasionar graves ferimentos ao órgão do animal, esses males podem comprometer o pênis do cachorro e trazer muita dor, principalmente no momento de urinar. Para evitar este sofrimento ao seu pet, é importante inspecionar a saúde geral do animal.

    Otohematoma em cães: o que é a doença que deixa a orelha de cachorro inchada?
    Saúde animal

    Otohematoma em cães: o que é a doença que deixa a orelha de cachorro inchada?

    O otohematoma é uma doença que acomete a orelha de cachorro e causa bastante incômodo no animal. Apesar do termo não ser tão conhecido, o otohematoma em cães é bastante comum. A orelha inchada de cachorro é um dos principais sintomas dessa condição que costuma aparecer quando o cão está com outra doença base. O Patas da Casa conversou com o médico veterinário especialista em dermatologia Roberto Teixeira. 

    Ver Todas >