Saúde

Como identificar o cachorro com dor de estômago?

O cachorro com dor de estômago pode apresentar sintomas como letargia e prostração
O cachorro com dor de estômago pode apresentar sintomas como letargia e prostração

A saúde do cachorro, assim como a dos humanos, pode sofrer com vários probleminhas no cotidiano e a dor de estômago é um deles. Os motivos para isso podem ser variados, desde uma alimentação inadequada até algo mais sério, como a gastrite em cães. Por isso, é fundamental ficar atento aos sinais de um cachorro com dor de estômago para buscar ajuda o quanto antes. Para esclarecer as principais dúvidas e orientações sobre o assunto, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Fernanda Serafim , de São Paulo. Veja só o que ela nos contou!

Cachorro com dor de estômago: como identificar esse tipo de situação?

Quando nos deparamos com um cachorro sentindo dor, os sinais costumam ser claros de que algo não vai bem com o seu amigo de quatro patas. Conforme Fernanda revela, o cachorro com dor de estômago pode apresentar sintomas como letargia, gemidos, uma postura anormal para proteger o estômago, inchaço abdominal e dificuldade respiratória. Em algumas ocasiões, a dor de estômago é acompanhada de diarreia e vômito. Além do mais, as mudanças no comportamento do cachorro podem incluir sialorreia (salivação excessiva), prostração e falta de apetite.

Também é comum encontrar o cachorro comendo grama ou mato quando sente dor de estômago. “Sobre a ingestão de mato, pode ser por algum desconforto intestinal e, por instinto, quando um animal está com gastrite e/ou cólicas intestinais, ele pode ingerir o mato com o objetivo de “expulsar” aquilo que está lhe fazendo mal”, explica a veterinária, que completa: “Mas nem sempre comer mato é sinal de problemas de saúde, às vezes ele pode comer grama só pelo fato de apreciar o gostinho”.

Vale destacar que várias causas podem estar associadas à dor de estômago, sendo que as principais, segundo a especialista, são: gastrite em cães, vírus que afetam o trato gastrointestinal e obstrução das vias renais e biliares. Portanto, ao identificar os sintomas, recomenda-se procurar a ajuda de um médico veterinário.

“Meu cachorro está com dor, que remédio posso dar?”

Ninguém gosta de ver o seu cãozinho passando mal, mas é preciso ter responsabilidade com a saúde do animal e respeitar as orientações de quem entende do assunto. Por isso, antes de dar qualquer tipo de remédio para dor, cachorro precisa ser examinado por um profissional qualificado. “Qualquer medicamento tem que ser prescrito pelo médico veterinário. Medicar o animal por conta própria poderá causar danos irreversíveis à saúde dele”, ressalta Fernanda. Somente depois de uma rigorosa análise do quadro de saúde do seu pet é que o veterinário poderá indicar o melhor tipo de tratamento para o cão.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Remédio para dor: cachorro precisa ser examinado por veterinário antes de tomar qualquer medicamento
    Remédio para dor: cachorro precisa ser examinado por veterinário antes de tomar qualquer medicamento

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cachorro com dores abdominais: o que fazer? Veja algumas dicas!

    Se você não sabe como cuidar do seu cãozinho nessa hora, não tem problema. A médica veterinária separou algumas dicas importantes:

    • Controle a alimentação. Como o sistema digestivo do animal está irritado, deixe-o descansar por um tempo. Alimentar o cão faz com que o organismo produza sucos digestivos, o que pode piorar qualquer inflamação ou dor.

    • Sirva sempre água fresca e limpa. Caso o animal vomite a água, controle o consumo em pequenas quantidades a cada meia hora. Se o cão beber e passar cerca de 2 a 3 horas sem vomitar, libere o acesso à água. Já se o vômito persistir, leve-o ao veterinário.

    • Retorne a alimentação gradualmente. Ração e alimentos com baixos níveis de gordura e fácil digestão podem ser adotados: peito de frango, por exemplo, podendo combinar com arroz ou macarrão integral, batata amassada. Mas lembre-se: tudo sem nenhum tipo de tempero! O organismo canino é bem diferente do nosso, e até mesmo o alho e a cebola podem fazer mal para esses animais.

    Alimentação do cachorro faz diferença na hora de prevenir a dor de estômago

    A melhor forma de evitar que o cachorro fique com dor de estômago é investindo em uma alimentação de qualidade e que atenda a todas as necessidades nutricionais do animal. “Uma dieta adequada para sua idade, raça e estilo de vida é uma das maneiras mais simples de ajudar a evitar transtornos digestivos”, orienta a profissional. Mas, claro, ao notar qualquer alteração significativa no comportamento alimentar do seu cão, a melhor alternativa é visitar um médico veterinário de confiança para saber o que pode estar acontecendo com o seu amigo de quatro patas. “Estes podem ser indicadores de alguns problemas de saúde no seu pet”, conclui.

    Redação: Juliana Melo

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    Próxima matéria

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!
    Carrapato

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!

    O carrapato é um dos principais parasitas que ameaça o dia a dia e a saúde de cachorros criados em casa. Além da infestação ser incômoda para o animal, ele também pode transmitir a doença do carrapato — que, na verdade, pode se manifestar no corpo do animal de quatro formas diferentes. Os sintomas da doença do carrapato são a primeira forma de identificar o que está acontecendo com o seu cachorrinho. Para esclarecer todas as dúvidas sobre a doença do carrapato em cachorro, nós conversamos com a veterinária Renata Bloomfield, do Rio de Janeiro. Dá uma olhada no que ela explicou aqui embaixo!

    Cachorro vomitando? Saiba identificar os diferentes tipos de vômito e quando é preciso levar ao veterinário
    Vômito

    Cachorro vomitando? Saiba identificar os diferentes tipos de vômito e quando é preciso levar ao veterinário

    Assim como acontece com humanos, o cachorro vomitando sinaliza uma condição que pode ter diferentes causas: desde a ingestão de alguma coisa que não devia até uma doença bacteriana mais grave. Como ainda não inventaram uma forma de comunicação efetiva entre humanos donos e os cachorrinhos, fica difícil de saber o que está acontecendo de verdade. Ainda assim, existem formas de identificar o problema e ajudar o seu amigo de quatro patas da melhor forma possível. Por isso, hoje o Patas da Casa vai te ajudar: continue com a gente para aprender a separar os diferentes tipos de vômito de cachorro e saber quando é necessário fazer uma visita ao veterinário!

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno
    Raças

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno

    O Jack Russell Terrier é um cachorro de pequeno porte que leva alegria por onde passa. Essa raça de cachorro é muito amável, encantadora e de personalidade forte. Apesar do pequeno tamanho, eles são cães muito corajosos e demandam bastante energia de seus tutores. Como grande parte dos cães do grupo Terrier, essa raça é um grande exemplo de cachorro de caça e adora investigar todos os lugares, exibindo seu vigor e vivacidade. Quando o cão Jack Russell Terrier quer algo, ele só desiste quando consegue. 

    Ver Todas >

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes
    Saúde animal

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes

    A síndrome de wobbler é uma doença que afeta principalmente raças de cachorro de grande porte. Ela atinge as vértebras e a medula espinhal do cachorro, desencadeando problemas neurológicos e de locomoção. O tratamento precisa ser o mais rápido possível, pois a síndrome de wobbler pode avançar para estágios mais graves e trazer consequências sérias ao animal. .

    Veja 5 fatos sobre a cadela no cio que você precisa saber
    Saúde animal

    Veja 5 fatos sobre a cadela no cio que você precisa saber

    A cadela no cio pode ser um momento delicado tanto para o tutor como para o pet. O período acaba gerando muitas curiosidades e dúvidas como: “com quantos meses a cadela entra no cio?” ou “de quanto em quanto tempo a cadela entra no cio?”. Saber as respostas para todos esses questionamentos vai ajudar o tutor do cachorro a lidar com o período. 

    Tumor venéreo transmissível: 5 coisas que você precisa entender sobre o TVT
    Saúde animal

    Tumor venéreo transmissível: 5 coisas que você precisa entender sobre o TVT

    O tumor venéreo transmissível, que também é chamado de TVT, tumor de Sticker ou sarcoma infeccioso, é uma neoplasia pouco conhecida pelos pais de pets. Esse problema de saúde costuma ser mais comum em animais abandonados, mas nada impede que cachorros que vivam em apartamento sejam infectados pela doença venérea. O TVT em cães é grave e fácil de ser transmitido.

    Bronquite em gatos: 5 sinais da doença respiratória que atinge os felinos
    Saúde animal

    Bronquite em gatos: 5 sinais da doença respiratória que atinge os felinos

    Muitas podem ser as causas de um gato tossindo, desde uma bola de pelo presa na garganta até uma alergia a alguma substância que ele teve contato. Porém, na maioria dos casos, o gato com tosse é sinal de problema respiratório - que pode ser leve, como uma gripe simples, ou grave, como uma pneumonia. Dentre as doenças respiratórias que mais acometem os bichanos, a bronquite felina é uma das que precisam de mais atenção. 

    Ver Todas >