Cuidados dos animais

Como fazer um resgate de cachorro abandonado? Passo a passo mostra dicas e cuidados

Publicado - 01 Junho 2022 - 12h00

Atualizado - 19 Abril 2024 - 12h01

O resgate de cachorro é um ato de amor e cuidado com os animais. Mesmo que nem sempre seja possível abrigar o doguinho em casa, tirá-lo das ruas já é algo que ajuda - e muito - a manter o pet em segurança. Quando os cães são abandonados e não têm um lar, ficam expostos a várias situações perigosas, como doenças, maus tratos e acidentes. Por isso, o resgate de animais é uma forma de tentar evitar que aquele cão fique à mercê de tantos riscos e permite que ele encontre uma família para chamar de sua.

Mas como fazer o resgate de cachorros abandonados? Quais cuidados são necessários nessas horas? Onde levar animais abandonados e como conseguir um lar para esses bichinhos? Para saber o que fazer, é só conferir o passo a passo abaixo!

Passo 1: Aproxime-se do cachorro e, antes de resgatá-lo, certifique-se de que ele realmente não tem dono

cachorro abandonado sentado na rua
<strong>O cachorro resgatado deve estar completamente sozinho por algumas horas</strong>

Para que o resgate de animais seja feito, é importante ter certeza de que aquele animal está completamente sozinho e não tem dono. Por isso, a observação é o ponto de partida para dar início ao resgate. Primeiro, faça contato com o doguinho e tente uma aproximação amigável para ver como ele reage. Você deve conquistar a confiança do cachorro nesse momento inicial. Depois, espere algum tempo - em torno de uma hora - para saber se não vai chegar ninguém à procura do animal. Se ele estiver realmente abandonado, você pode resgatá-lo.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Passo 2: Use luvas para manuseá-lo e faça tudo com cautela para evitar reações agressivas

resgate de cachorro: pessoa com luva chegando perto de cão
<strong>Usar uma luva para o resgate de cachorro é uma atitude necessária para prevenir doenças</strong>

Os cachorros de rua ficam mais suscetíveis a doenças perigosas e que podem, inclusive, serem transmitidas para os seres humanos. Elas são chamadas de zoonoses e precisam de muito cuidado. Portanto, por uma questão de segurança, é recomendado que na hora do resgate de cachorro você esteja usando luvas ou tenha em mãos um pedaço de tecido para manejar o pet. Esse cuidado também pode ajudar caso o animal fique agressivo e tente morder. Se o cão estiver ferido ou machucado, é comum que ele tente se proteger desta forma.

Passo 3: Após o resgate de cachorro, procure uma clínica veterinária

cachorro resgatado no veterinário sendo atendido
<strong>O cachorro resgatado precisa de um check-up veterinário o quanto antes</strong>

Com o cachorro resgatado, a primeira atitude a ser tomada é levá-lo imediatamente para uma consulta com um veterinário. Mesmo que ele não aparente estar ferido, o check-up é essencial para verificar a presença de doenças, se ele está com pulgas, carrapatos e outros problemas de saúde. Ah, e um detalhe muito importante: a visita ao veterinário deve ser feita antes mesmo de levar o cachorro resgatado para casa, independentemente de você ter outros cães em casa, justamente pelo risco de zoonoses. Com as orientações de um profissional, os cuidados ficarão mais fáceis.

Passo 4: Deixe o animal em observação até ele tomar todas as vacinas

cachorro abandonado recebendo vacina no veterinário
<strong>Resgate de cachorros abandonados: é importante começar o esquema vacinal do início</strong>

Quando se trata de um cachorro abandonado, é muito difícil saber do histórico de saúde daquele animal. Isso torna praticamente impossível saber se ele já foi devidamente vacinado ou não, e é por isso que a recomendação nesses casos é sempre a mesma: aplicar todas as vacinas de cachorro do zero. O animal deve tomar as três doses da vacina V10 e a antirrábica, e só poderá sair na rua depois de completar a imunização. Por isso, é importante mantê-lo em observação até que o calendário vacinal esteja completo.

Passo 5: Não esqueça dos cuidados com a alimentação e bem-estar do animal

cachorro resgatado da rua comendo ração
<strong>Cachorro resgatado precisa de um espaço adequado para dormir, comer e brincar</strong>

O resgate de animais abandonados inclui uma série de cuidados com a higiene, alimentação e bem-estar do bichinho. Isso quer dizer que, após a visita ao veterinário e a constatação de que o pet está saudável, é bom ter certa atenção com a higiene do cachorro: dar banho, cortar unhas, aparar os pelos. Também é necessário dedicar uma parte das despesas para cuidar da alimentação do animal, comprando uma ração de cachorro apropriada para a idade e condições de saúde dele (mesmo que você esteja apenas oferecendo um lar temporário).

Passo 6: Procure um lar definitivo ou uma ong que recolhe animais abandonados

cachorros abandonados no abrigo
<strong>Onde levar animais abandonados: ongs e abrigos são a melhor opção</strong>

Depois de oferecer todos os cuidados que o pet demanda, uma dúvida comum é onde levar animais abandonados (especialmente se você não puder ficar com ele em casa). Para isso, existem várias alternativas: você pode divulgar a situação do cãozinho nas redes sociais, procurando famílias que estejam dispostas a adotá-los, ou ir atrás de uma ong que recolhe animais abandonados. Várias instituições trabalham com o resgate de cães nestas condições e se disponibilizam a encontrar um lar definitivo para eles.

Redação: Juliana Melo

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Cachorro

Samoieda: saiba como ter um cachorro da raça russa e outras curiosidades sobre a convivência com esse pet

O Samoieda é um dos cachorros mais bonitos que existem! Com uma pelagem branquinha e uma fisionomia que lembra bastante um lobo, a r...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Ver todas