Gato

Como fazer o gato beber água? Tudo sobre a hidratação felina e prevenção de doenças

Publicado - 11 Agosto 2022 - 17h44

Atualizado - 22 Maio 2024 - 16h23

Se você convive com um gatinho, mais cedo ou mais tarde vai acabar se perguntando como fazer o gato beber água. Afinal, é natural se preocupar com a hidratação felina - e se depender somente da vontade da espécie, os potes de água e bebedouro ficam intactos por um bom tempo. Existe uma explicação lógica para isso, mas os tutores devem ter em mente que a iniciativa de fazer o gato beber água deve partir de estímulos no dia a dia do pet.

Além disso, é importante saber a quantidade ideal de água a ser consumida pelos bichanos. Um gato que bebe muita água, por exemplo, também não está completamente seguro. Por outro lado, se ele não beber água suficiente, pode ter problemas renais. Para saber tudo sobre a hidratação do gato, acompanhe a matéria!

Por que a maioria dos gatos não bebe água suficiente?

Diferente dos cães, que têm o hábito de se hidratar com muita frequência, os felinos podem passar horas sem sequer encostar no bebedouro. Isso acontece porque esses animais têm uma origem desértica, com pouca exposição à água, de forma que o organismo deles é mais resistente e consegue lidar “bem” com a baixa ingestão de líquidos.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

No entanto, mesmo que eles sejam capazes de ficar um bom tempo sem beber água, esse não é o ideal - e é aqui que o tutor entra com a importante função de estimular a hidratação dos pets. Sem esse cuidado, o animal fica propenso à desidratação, doenças urinárias e outros problemas de saúde sérios, como a insuficiência renal em gatos.

Como fazer o gato beber água?

Quando o assunto é o gato bebendo água, existem algumas artimanhas que servem de incentivo para que o bichano mantenha a hidratação em dia. Por isso, se você não sabe como fazer gato beber água, mas está disposto a mudar isso, as dicas são as seguintes:

1) Disponibilizar vários potes de água pela casa. A verdade é que muitas vezes os felinos não bebem água por pura preguiça de se deslocar até o local onde fica o bebedouro. Dessa forma, uma maneira de evitar que isso aconteça é distribuindo potinhos por diferentes cômodos, o que vai facilitar o acesso do pet mesmo nos momentos de preguiça.

2) Comprar uma fonte de água para gatos. Os gatos gostam de água limpa, fresca e corrente. Esse, inclusive, é um dos motivos por que eles ficam bebericando as torneiras de casa. A fonte de água oferece justamente o líquido que eles gostam e atraem a atenção dos bichanos, deixando-os com mais vontade de beber água.

3) Oferecer sachê para gatos. Além de ser uma opção saborosa, nutritiva e muito apreciada pelos felinos, os sachês têm uma composição de, aproximadamente, 80% de água. Ou seja, ao mesmo tempo em que isso sacia a fome do animal, também é uma forma de garantir que ele consuma água mesmo sem perceber.

4) Chá para gatos é outra opção interessante. Se a ideia é preparar algo diferente para despertar o interesse do pet, os chás são bem-vindos. Contudo, é importante se certificar de que não há açúcar nem cafeína na composição do chá, ingredientes que podem ser prejudiciais para os felinos. Também é bom avaliar o comportamento do animal, pois nem todo gato gosta de chá. A bebida deve ser oferecida em temperatura ambiente, nunca muito quente e nem muito fria.

 

Gato branco bebendo água em fonte automática
A hidratação do gato vai evitar problemas renais

 

Alguns cuidados são importantes com os potes de água para gatos

É claro que o potinho de água (também chamado de bebedouro de gato) é uma das melhores maneiras de cuidar da hidratação do seu felino. Porém, uma coisa que poucos sabem é que existem alguns fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher o melhor pote para o seu pet, como o formato e o tamanho do acessório. O objeto deve ter um formato apropriado e ser grande o suficiente para que as bordas não encostem nas vibrissas do animal, pois o bigode de gato é uma região muito sensível.

Além disso, é importante limpar o bebedouro regularmente para eliminar possíveis sujeiras que tenham acumulado ali ao longo da semana. Por fim, uma dica final para deixar esse momento de hidratação ainda mais interessante é adicionar cubinhos de gelo para que o gato beba muita água geladinha!

Fonte para gato beber água: conheça os diferentes modelos

Um dos melhores tipos de bebedouro é a fonte de água para gatos, que renova a água constantemente e faz com que os bichanos se sintam mais estimulados a ingerir o líquido. Existem diferentes modelos do acessório, feitos com materiais diferentes e formatos interessantes - mas não vale confundir a fonte de água para gatos com aquelas fontes de água decorativas, hein?!

Algumas opções de fonte de água para gatos de acordo com o material são:

  • Fonte para gato beber água de plástico
  • Fonte para gato beber água de alumínio
  • Fonte para gato beber água de inox
  • Fonte para gato beber água de porcelana
  • Fonte para gato beber água de barro

Apesar de serem várias alternativas, as fontes de plástico e de alumínio não são tão recomendadas porque podem liberar substâncias nocivas aos animais. No caso do modelo de plástico, é bom verificar se o produto é livre de BPA (informação que consta na embalagem) para minimizar os danos. Mas, se puder, opte sempre por fontes de água de inox, porcelana ou barro.

Qual a quantidade ideal de água para gatos?

Não se pode ter um gato que bebe muita água ou pouca água: o ideal é que o animal beba uma quantidade adequada para manter o organismo hidratado e funcionando perfeitamente. No caso dos felinos, é recomendado ingerir entre 50 e 70 ml de água para cada quilo de peso corporal todos os dias. Isso quer dizer que animais com um peso de 5kg, aproximadamente, precisam ingerir no mínimo 250 ml por dia. Portanto, para saber se um gato bebe água suficiente diariamente, é importante fazer essa medição.

Saber como fazer o gato beber água no frio é ainda mais importante

É difícil ver um gato que bebe muita água no inverno. Como já deu para perceber, o tempo pode, sim, influenciar no comportamento dos bichanos. Se estiver muito quente, o gatinho transpira mais e têm maior necessidades de repor os líquidos perdidos no suor, por isso tende a beber mais água. Já se estiver mais frio, o gato bebe menos água porque não vai suar e nem perder líquido. Por esse motivo, quando a temperatura baixa, o tutor deve ter uma atenção redobrada com a hidratação do pet! Não deixe de seguir as dicas mencionadas acima, e é bom trocar a água dos potes regularmente. (Lembrando que no caso de uma fonte de água, não há essa necessidade).

 

Gato cinza olhando para prato com comida
Ração renal: gato precisa passar por um perí­odo de transição para o novo alimento

 

Gato que bebe muita água é normal?

Se o seu gato bebe muita água - bem além do que o recomendado, inclusive -, saiba que isso não é exatamente normal. É claro que há dias mais quentes em que o bichano vai sentir mais sede e pode acabar bebendo um pouquinho mais de água, mas se é algo que acontece rotineiramente, é bom ficar de olho. O gato bebendo água em excesso pode indicar problemas de saúde, como:

  • Diabetes
  • Insuficiência renal
  • Hipertireoidismo

Em alguns casos, a ingestão de água em grande quantidade também pode acontecer decorrente de quadros de vômito e diarreia em gatos. O objetivo, nesse caso, é tentar compensar a perda de líquidos provocada pelos sintomas.

Ingestão de água ajuda a prevenir problema renal em gato

Quando o gato filhote bebe água e é incentivado a isso desde o início da vida, fica muito mais fácil prevenir doenças e problemas renais no futuro. Mesmo que esses animais não sintam a necessidade de se hidratarem o tempo todo, a falta do líquido no organismo pode acarretar em sérios problemas de saúde conforme o animal fica mais velho.

O gato com problema renal, por exemplo, é uma situação super comum na terceira idade. Nesses casos, mudanças no apetite, aumento de sede e alterações na frequência do xixi são os sintomas mais alarmantes. Entre as doenças que podem ser prevenidas quando o gato bebe água corretamente, podemos destacar o cálculo renal, doença renal crônica, pedra na bexiga e insuficiência renal. Gatos precisam passar por consultas periódicas e beber uma quantidade razoável de água para evitar que estes quadros se desenvolvam.

Se você tiver um gato com insuficiência renal ou qualquer outro problema nos rins, não deixe de consultar um médico veterinário de confiança. O diagnóstico é um protocolo necessário para dar início ao tratamento mais adequado e tentar melhorar a qualidade de vida do seu amigo de quatro patas. Além disso, é bem provável que o especialista modifique a dieta do pet e passe alimentos específicos, como uma ração renal. Gatos precisam passar por uma transição gradual para se acostumarem com o novo alimento. Você pode fazer do seguinte jeito:

  • 1º dia: 80% da ração antiga + 20% da ração renal.
  • 2º dia: 60% da ração antiga + 40% da ração renal.
  • 3º dia: 40% da ração antiga + 60% da ração renal.
  • 4º dia: 20% da ração antiga + 80% da ração renal.
  • 5º dia: 100% da ração renal.

Redação: Juliana Melo

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

Comportamento

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Comportamento

Gato reage de jeito engraçado aos cheiros que não gosta - e explicação tem a ver com um sentido poderoso da espécie

Você sabia que um cheiro que gato não gosta pode desencadear reações bem inusitadas nos felinos? Isso acontece porque o olfato dos g...

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Ver todas