close
Adestramento

Como ensinar cachorro a fingir de morto e rolar? Veja o passo a passo!

Atualizado · 02 de junho de 2022 · 17h18

Publicado · 01/06/2022 · 14h00

  Os truques para ensinar ao cachorro fingir de morto e rolar são divertidos e podem ser feitos seguindo alguns passos
Os truques para ensinar ao cachorro fingir de morto e rolar são divertidos e podem ser feitos seguindo alguns passos

O adestramento de cachorro, além de ajudar a melhorar o comportamento canino e estimular sua cognição, é uma ótima maneira de se divertir com o seu pet. Existem muitos truques para ensinar ao cachorro e, com certeza, fingir de morto e rolar são alguns dos mais famosos. Muitos tutores acham que saber como ensinar truques para cachorro desse tipo é uma tarefa complicada. Realmente, os processos de como adestrar um cachorro a fingir de morto e a rolar são um pouco mais avançados do que ensinar a sentar, dar a pata e deitar. Mas não tem mistério! Com paciência, confiança e persistência você aprende como adestrar cachorro a obedecer esses comandos de maneira fácil e tranquila. Confira a seguir um passo a passo para ensinar cachorro a fingir de morto e a rolar!

Passo 1: Escolha um local confortável e um momento tranquilo para que o adestramento de cachorro seja feito

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
      Antes de adestrar cachorro, deixe o animal à vontade e tranquilo em um ambiente que ele goste
    Antes de adestrar cachorro, deixe o animal à vontade e tranquilo em um ambiente que ele goste

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Para que o processo de como ensinar o cachorro a fingir de morto e a rolar funcione corretamente, é importante que todo o ambiente seja favorável. Para começar o treinamento, o ideal é escolher um local confortável e onde o pet já se sinta à vontade, como um cantinho que ele gosta dentro de casa. Ensinar truques para cachorro requer paciência tanto do tutor quanto do cão. Por isso, se o pet estiver muito eufórico, espere até ele se acalmar. Adestrar cachorro muito agitado pode não trazer o resultado esperado. O animal precisa estar tranquilo e relaxado. Além disso, não fique muito tempo treinando. O adestramento de cachorro precisa ser feito em sessões mais curtinhas, pois ficar horas praticando só vai deixar o pet entediado e ele não vai responder tão bem. Vale mais a pena adestrar cachorro em curtos períodos de tempo com uma quantidade maior de repetições. 

    Passo 2: Para adestrar cachorro, deixe separado o petisco e o clicker

     

      O clicker e os petiscos serão seus aliados no processo de como adestrar um cachorro
    O clicker e os petiscos serão seus aliados no processo de como adestrar um cachorro

    O clicker e o petisco têm papéis fundamentais no adestramento de cachorro, pois eles fazem com que o adestramento seja algo positivo ao pet. Caso não tenha o clicker, não tem problema. O petisco sozinho já é uma forma de como ensinar truques para cachorro, mas o clicker dá aquela ajuda extra e pode facilitar ainda mais. Trata-se de um pequeno controle que, ao ser apertado, emite um som que ajuda o pet a compreender que atitudes são recompensadas e quais não devem ser feitas. Aperte sempre que o pet se dispersar ou concluir um movimento correto. 

    Passo 3: Aprenda como adestrar um cachorro a deitar antes de ensiná-lo a fingir de morto e rolar

     

      Os truques para cachorro rolar e fingir de morto devem ser feitos com o cachorro deitado de barriga para baixo
    Os truques para cachorro rolar e fingir de morto devem ser feitos com o cachorro deitado de barriga para baixo

    Antes do treinamento de como ensinar o cachorro a fingir de morto é importante que o pet já saiba o comando de deitar. O cachorro fingindo de morto vai partir de uma posição deitada e, por isso, se seu pet já souber esse truque tudo vai ficar mais fácil. Mas, caso ele não saiba, não se preocupe! O processo de como adestrar cachorro a deitar é simples. Faça o pet sentar levantando a mão com um petisco acima de sua cabeça. Depois, abaixe a mão com o petisco até o chão para que o cãozinho siga seu movimento. Faça algumas vezes e, depois de algumas repetições, adicione o comando "deita" sempre que chegar com o petisco no nível do chão. Repita o processo algumas vezes recompensando ao acertar. O objetivo é deixar o cachorro deitado com a barriga para baixo - que é a posição inicial dos truques para cachorro fingindo de morto e rolando. 

    Passo 4: Para chegar ao cachorro fingindo de morto, passe o petisco em torno do pescoço do pet deitado

     

      O cachorro fingindo de morto vai ficar paradinho após ouvir o comando
    O cachorro fingindo de morto vai ficar paradinho após ouvir o comando

    Já sabendo os truques para cachorro de sentar e deitar, o próximo passo é aprender como ensinar o cachorro a fingir de morto. Com o pet deitado de barriga para baixo, você deve segurar um petisco em sua mão e fazer movimentos em círculo em torno da cabeça do animal, como se estivesse colocando um colar em seu pescoço. Ao fazer esse movimento, o pet será obrigado a virar a cabeça ao mesmo tempo para seguir sua mão e o petisco. Com isso, todo o seu corpinho vai virar junto até chegar na posição de cachorro fingindo de morto. O processo de como adestrar um cachorro não é alcançado de primeira. Nas primeiras vezes, o animal vai tentar levantar, mas sempre que ele fizer isso, tire a mão, faça-o deitar e comece novamente. Não deixe que ele se levante pois isso vai atrapalhar o resultado. 

    Com a repetição, o pet vai se ajeitando aos poucos e respondendo melhor ao adestramento de cachorro, até que se torne algo natural para ele. Nas primeiras tentativas de adestrar cachorro a fingir de morto, não use o comando de voz. Passe a falar "morto" quando o pet já tiver conseguido realizar o movimento corretamente algumas vezes, para que ele associe o movimento - já conhecido por ele - ao comando. 

    Passo 5: Já para o processo de como adestrar cachorro a rolar, segure o petisco e faça movimentos para o lado por cima da cabeça do cão

     

      Depois de adestrar cachorro a rolar, o pet vai sair girando por aí sempre que ouvir seu comando
    Depois de adestrar cachorro a rolar, o pet vai sair girando por aí sempre que ouvir seu comando

    Agora que você já sabe como adestrar cachorro a fingir de morto, é hora de ensiná-lo a rolar. O cão também deve partir da posição deitada mas, ao invés de rolar o petisco em movimentos de círculo ao redor do pescoço do cão, você fará apenas um movimento para o lado em cima da cabeça do pet. Como você vai estar segurando o petisco, o animal vai seguir o movimento das suas mãos e, assim, virará seu corpinho para o lado. Dessa forma, você apenas vai precisar guiar o animal a seguir sua mão com o petisco e, consequentemente, o pet vai rolar. 

    Assim como em todos os truques para cachorro, o pet pode demorar a entender um pouco e começar a levantar para buscar o petisco em vez de seguir seu movimento. Mas mantenha-se firme e só ofereça a comida quando ele acertar. Sempre que o cão tentar levantar, interrompa e inicie tudo novamente. 

    Passo 6: Nos dois truques para cachorro, recompense o pet ao acertar  

     

      Não deixe de dar um petisco ao final do adestramento de cachorro para que o pet veja o treino como algo positivo
    Não deixe de dar um petisco ao final do adestramento de cachorro para que o pet veja o treino como algo positivo

    A melhor maneira de como adestrar um cachorro é por meio do reforço positivo. O que isso significa? Sempre que o cão conseguir concluir um truque corretamente, ofereça petisco, carinho e palavras de apoio ao animal. Assim, ele vai se sentir estimulado a fazer os truques para cachorro mais vezes e aprenderá de forma saudável e divertida. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta 

     

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Próxima matéria

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)
    xixi

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)

    Ter um cãozinho vai muito além dos momentos de diversão e fofura: é preciso também saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo. Caso contrário, uma situação que pode se tornar muito comum (e desagradável) é encontrar xixi de cachorro pela casa toda. Felizmente, existem algumas técnicas que são bastante úteis na hora de ensinar o animal a fazer xixi e cocô no local adequado.

    Passo a passo: como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo (filhotes e adultos)
    xixi

    Passo a passo: como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo (filhotes e adultos)

    Xixi em todos os cantos e um cheiro característico pela casa? Alguns tutores sofrem na tentativa de como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo, mas esse problema não é impossível de corrigir. Com o treinamento correto e uma rotina bem definida, qualquer cãozinho (seja filhote, adulto ou até um idosinho) pode aprender a fazer suas necessidades no lugar destinado para isso. Em apartamento ou numa casa com quintal, abaixo você confere o passo a passo para ensinar perfeitamente o seu animal como acertar o xixi!

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Como ensinar o cachorro a fingir de morto e rolar? Veja algumas dicas!
    Adestramento

    Como ensinar o cachorro a fingir de morto e rolar? Veja algumas dicas!

    Comprar ou adotar cachorro é um ato que traz muitas responsabilidades. Além dos cuidados com a saúde e alimentação, saber como lidar com o comportamento canino é algo que faz diferença no dia a dia com o animal. Mas com isso surgem muitas dúvidas: como ensinar cachorro a fazer tal truque? Se você é pai de pet de primeira viagem, não desista. O ensinamento de alguns comandos não é um bicho de sete cabeças e pode ser feito por qualquer um. 

    Ver Todas >

    Por que cachorro boceja?
    Comportamento animal

    Por que cachorro boceja?

    O bocejo dos cães pode ter diferentes significados, e nem sempre está associado somente ao sono ou cansaço (embora estes também sejam possíveis motivos). Na realidade, é bem comum ver um cachorro bocejando e logo depois virando um poço de alegria e energia. Em alguns casos, o comportamento também pode estar relacionado ao estresse e ansiedade, sendo importante aumentar a observação com seu amigo de quatro patas. 

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida
    Comportamento animal

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    O Gato-do-deserto é uma raça de gato selvagem que vista de longe parece um filhote fofinho. Mas se engana quem pensa que essa pode ser uma raça de gato indefesa e carinhosa como os felinos que estamos acostumados. O nome científico dele é Felis Margarita (também chamado de Gato-da-areia Árabe): uma raça de gatos que se esconde no intenso calor diurno e extremo frio noturno de desertos do Oriente Médio. 

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?
    Comportamento animal

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?

    O pelo de gato exerce uma função importante tanto na proteção do corpo e da pele, como também na linguagem corporal felina. Sim, é isso mesmo: mesmo sem um vocabulário, os bichanos são capazes de expressar sentimentos e vontades com movimentos, posições específicas e até mesmo com o estado da pelagem. Se você já viu um gato arrepiado, deve entender do que estamos falando!

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?
    Comportamento animal

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?

    O termo “pet friendly” nunca esteve tão em alta quanto agora. Todo mundo sabe que os cães são grandes companheiros dos humanos e carregam até o título de melhores amigos. Mas, mesmo fazendo parte da nossa família há tanto tempo, foi recentemente que esses pets conquistaram um “espaço” definitivo nos momentos de lazer dos tutores. É aqui que entra a ideia de pet friendly: hotéis, pousadas, restaurantes, shoppings, mercados e vários outros estabelecimentos hoje em dia recebem os peludos de braços abertos (em alguns cidades, como no Rio de Janeiro, é lei!).

    Ver Todas >