Saber como dar banho em cachorro com sarna é fundamental para tratar a doença, que consiste na proliferação exacerbada de ácaros na pele. O parasita se aloja nos poros e folículos pilosos do animal e provoca sintomas como coceira, vermelhidão, feridas e queda de pelo no cachorro

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de cachorro!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Para tratar a doença e livrar o doguinho destes incômodos, muitos veterinários recomendam o uso de shampoo para sarna de cachorro. Por isso, reunimos as principais dicas sobre como dar banho em cachorro com sarna e garantir a eficácia do tratamento. Confira a seguir! 

Banho em cachorro com sarna: 5 dicas para acertar no tratamento

Quando o assunto é como tratar sarna em cachorro, os banhos com sabonetes e shampoos medicinais costumam ser o caminho escolhido. Depois de alojados na pele do animal, os parasitas secretam uma espécie de substância protetora que dificulta a ação de medicamentos tópicos. Por isso, usar remédio para dar banho em cachorro com sarna é uma das formas mais eficientes de expor os ácaros ao tratamento. 

Outra vantagem do ritual é que a limpeza ajuda a acalmar a pele e alivia os desconfortos associados à doença, como o cachorro se coçando, sensibilidade e descamação. Dito isso, vamos ao que interessa! Veja abaixo as nossas dicas para dar banho em cachorro com sarna: 

Dica 1) Use roupas apropriadas na hora de dar banho em cachorro com sarna

Existem três tipos comuns de sarna em cachorro: sarna sarcóptica (escabiose), sarna otodécica (sarna de ouvido) e sarna demodécica (sarna negra). Apenas a sarna sarcóptica pode ser transmitida para humanos. Portanto, se este for o tipo que o seu cãozinho apresenta, é melhor se proteger contra possíveis contaminações durante o banho. 

Usa roupas apropriadas para este momento, como blusas e calças de mangas compridas e luvas de borracha ou látex. Além disso, certifique-se de lavar as peças assim que o banho do cachorro com sarna acabar. 

Dica 2) Use um shampoo para sarna de cachorro indicado pelo veterinário

O shampoo para sarna de cachorro precisa ser específico para tratar a doença e, portanto, deve ser indicado pelo veterinário. Muitos profissionais recomendam fórmulas contendo peróxido de benzoíla, que tem características antipruriginosas e ajudam a acalmar a pele.

Cachorro doente com sarna deitado no chão

 

Dica 3) Aplique o shampoo no cachorro com delicadeza

É importante aplicar o shampoo para sarna em todos os cantinhos do corpo do animal, mas com atenção e delicadeza. Lembre-se que o doguinho está com a pele sensibilizada e que o produto contém substâncias que podem ser tóxicas. Portanto, seja gentil e tenha cuidado extra em regiões específicas, como o rosto e a área íntima do pet. 

Dica 4) Deixe o shampoo agir na pele do cachorro por alguns minutos

Na hora do banho em cachorro, confira as instruções de uso do shampoo para sarna e, se indicado na embalagem, deixe o produto agir por alguns minutos na pele do animal. Este passo garante que o medicamento seja capaz de abrir os poros e os folículos da pele e aja diretamente nos ácaros parasitas. 

Dica 5) Enxágue a pele do cachorro abundantemente para retirar todo o shampoo

Por último, mas não menos importante, certifique-se de enxaguar bastante e retirar todo o shampoo da pele do cachorro com sarna. Use água morna, não quente. Assim, você consegue abrir os poros da pele do cachorro, mas não piora a sensibilidade e a descamação. Em seguida, seque bem o pet com uma toalha limpa e macia, sem apertar muito a pele para não piorar a situação.

Na dúvida, peça ao veterinário mais orientações para combater a sarna em cachorro: como tratar e prevenir a transmissão entre os animais da casa, se é necessário administrar remédios por via oral, entre outras.