Cuidados dos animais

Como cuidar de ferida de cachorro?

Publicado - 16 Dezembro 2020 - 18h13

Atualizado - 07 Maio 2024 - 12h47

Nenhum tutor gosta de ver seu filho de quatro patas ferido ou machucado. Mas não tem jeito: várias situações do cotidiano podem acabar acarretando isso. Às vezes uma simples picada de inseto pode se transformar em um machucado bastante incômodo. Em outros casos, alergias e brigas de cachorro são o motivo por trás do problema. Independente da causa, quando isso acontece muitos tutores se perguntam como tratar ferida de cachorro e o que é bom passar nos machucados do pet. Para esclarecer essas dúvidas, preparamos uma matéria com algumas informações importantes. Confira!

Como tratar ferida de cachorro: avaliar a causa do problema é importante para saber o que fazer

É claro que sempre queremos fazer o que está a nossa disposição para melhorar a condição dos nossos doguinhos, mas no caso da ferida em cachorro, é importante identificar o que causou isso para saber como cuidar do animal do jeito certo. Foi uma mordida de cachorro? Arranhões de gato? Queimadura ou algum tipo de alergia? Corte profundo ou leve na pele do cão? Responder essas perguntas é fundamental para saber com o que estamos lidando e se é possível aprender como tratar ferida de cachorro por conta própria, já que, dependendo da gravidade de cada caso, o tutor deve levar o doguinho para ser examinado pelo médico veterinário.

O que é bom passar em machucado de cachorro?

Quando se trata de ferimentos leves derivados de picada de insetos, arranhões ou cortes com pouca profundidade, o ideal é examinar cautelosamente a região em primeiro lugar. Como o cão está machucado, pode ser necessária a presença de uma outra pessoa para ajudar a segurá-lo. Não toque a ferida de jeito nenhum, principalmente se estiver com as mãos sujas, ou isso pode piorar a situação. Em seguida, passamos para o que passar em machucado de cachorro: lave a região com bastante água e sabão para remover qualquer impureza que possa ter se infiltrado ali. Para garantir uma higiene ainda mais eficaz, recomenda-se fazer uma segunda lavagem, só que dessa vez apenas com soro fisiológico. Depois, espere secar e faça um curativo com gaze na região. Como o cachorro pode sentir muito incômodo nos primeiros dias, também é possível utilizar o colar elizabetano para evitar que o doguinho remova o curativo e abra a ferida novamente.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

Cachorro peludo deitado usando colar elizabetano

 

O uso de medicamentos deve ser evitado se não for indicado por um profissional

Na hora de tentar aprender como cuidar de ferida de cachorro, alguns tutores podem se desesperar e começar a procurar na internet que remédios podem ajudar nesses casos. No entanto, isso não é recomendado em hipótese alguma. O uso de antibióticos e analgésicos só é viável se tiver sido prescrito por um médico veterinário, bem como o uso de pomadas e cremes que ajudam na cicatrização da ferida de cachorro. Portanto, nada de tentar utilizar qualquer medicamento no seu cãozinho por conta própria, hein? Isso pode trazer mais problemas para a saúde do animal do que você imagina, mesmo que a sua intenção seja das melhores. A melhor solução é investir em curativos e fazer a higiene diária da região com água ou soro fisiológico.

Alguns casos precisam de intervenção médica. Mas como identificar isso?

Essa é uma questão mais simples do que parece. Se for uma ferida pequena e com aspecto leve ou moderado, geralmente não há a necessidade de procurar o auxílio de um profissional, ainda mais se não houver nenhum outro tipo de sintoma. Já se a ferida estiver muito inflamada e o cachorro apresentar quadros como vômitos regulares, é importante ter uma avaliação médica do caso. Além disso, feridas muito grandes e principalmente aquelas que estão em carne viva também necessitam de maiores cuidados e atenção, e a pessoa mais qualificada para tratar esse tipo de ferida em cães é o médico veterinário do animal. Por isso, se o machucado do seu doguinho se enquadra em alguma dessas situações, não hesite em recorrer a um especialista e jamais tente automedicar o seu pet.

Redação: Juliana Melo

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas