close
Histórias reais

Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

Não sabe como apresentar gato filhote a um gato adulto? Confira algumas dicas!
Não sabe como apresentar gato filhote a um gato adulto? Confira algumas dicas!

Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. Para te guiar nessa missão, o Patas da Casa entrevistou quatro tutores que passaram por essa situação. Veja as dicas valiosas que eles deram!

Paciência é fundamental na hora de apresentar gatos filhotes a adultos

Um é pouco, dois é bom e três é melhor ainda! A tutora Vitória Studart levou a gata Chica para casa com apenas dois meses de idade, enquanto já tinha outras duas gatas com mais de 10 anos, Cléo e Lola. “Quando a Chica chegou, deixamos ela dentro de um quarto por um dia e aos poucos fomos abrindo espaço pros outros bichinhos da casa. O processo de adaptação foi tranquilo, e aos poucos a Cléo e a Lola foram se acostumando com a nova integrante”, conta. No entanto, isso não quer dizer que as três gatinhas são muito amigas - na realidade, elas raramente ficam juntas, e cada uma dorme em um canto, segundo a tutora. Sobre o processo de adaptação, Vitória reflete: “Acho que ter paciência é fundamental, e é importante ter tempo pra ficar perto deles durante essa adaptação e dar muito carinho pro gato adulto, que às vezes se sente rejeitado”.

É importante criar um ambiente seguro para ambos os gatos

No caso de Dyogo Botelho, o desafio foi introduzir a nova gatinha, Kaelian, no dia a dia de um gato idoso, que era o Merlyn. Como o gato mais velho nunca tinha convivido com nenhum outro animal da mesma espécie, o principal cuidado que Dyogo teve nessa apresentação foi proporcionar um ambiente em que os felinos se sentissem seguros e confortáveis, com a presença de toda a família. Ainda assim, a adaptação não foi exatamente fácil: “O Merlyn rejeitou muito a presença do novo membro e se isolou em cima da geladeira por um bom tempo. Tivemos até que colocar comida pra ele lá, já que não descia para se alimentar”.

Mas depois desse tempinho de isolamento vivendo nas alturas, a convivência entre o gato idoso e a nova gatinha melhorou bastante. “Como todo filhote, a Kaelian tinha muita energia para brincar e perturbava um pouco o Merlyn, mas ele impôs o limite dele e aos poucos eles foram se entendendo e respeitando os espaços dentro da casa”, relembra Dyogo, que completa: “Com bastante afeto e sem forçar nada, tudo vai dar certo”.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Gato filhote e adulto: o Cafuné e a Bleach hoje convivem muito bem
    Gato filhote e adulto: o Cafuné e a Bleach hoje convivem muito bem
    As gatinhas Chica, Cléo e Lola respeitam o espaço de cada uma. E ainda tem o Zeca e o Dom para participar disso!
    As gatinhas Chica, Cléo e Lola respeitam o espaço de cada uma. E ainda tem o Zeca e o Dom para participar disso!
    O Jorginho e o Lorde são praticamente melhores amigos
    O Jorginho e o Lorde são praticamente melhores amigos
    Gato filhote e adulto: o Cafuné e a Bleach hoje convivem muito bem
    As gatinhas Chica, Cléo e Lola respeitam o espaço de cada uma. E ainda tem o Zeca e o Dom para participar disso!
    O Jorginho e o Lorde são praticamente melhores amigos

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    A maioria das pessoas acha quase impossível descobrir o sexo do gato filhote. De fato, diferenciar o órgão genital do gato macho e gato fêmea nos primeiros meses de vida não é fácil. Mas descobrir esse "detalhe" é importante antes de levar um filhotinho pra casa. Não parece, mas é muito normal achar que adotou um gato fêmea e descobrir, depois, que se trata de um gato macho. !

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa
    Adote um animal

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa

    O cachorro filhote chorando é uma situação comum de ocorrer, pois se acostumar com um novo lar é uma tarefa muito difícil. A chegada de um filhote de cachorro ao novo lar é marcada por muita alegria e descobertas - da parte do animal e dos próprios donos. O cãozinho terá contato com cheiros que ele nunca sentiu, pessoas diferentes, um ambiente totalmente desconhecido. O novo papai ou mamãe de pet, por outro lado, está aprendendo sobre a rotina, como o sono e alimentação, e comportamentos do bichinho. Nos primeiros dias de adaptação na nova casa é comum ouvir o cachorro filhote chorando à noite. O que fazer? A reação imediata do tutor é ficar preocupado se ele está com fome ou sentindo dor, mas saiba que esse comportamento é muito normal.

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 200 opções para você nomear a sua cadela
    Adote um animal

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 200 opções para você nomear a sua cadela

    Dar as boas vindas a um pet em casa é ótimo, mas escolher nomes para cachorrinhas pode ser uma tarefa bem desafiadora. São tantas opções que achar um único apelido pode ser complicado. Quando se trata de nome para cachorra fêmea pequena, é comum que os nomes mais fofos e meigos sejam os preferidos entre os tutores. Você pode ir dos mais comuns exemplos de nome de cachorro - Meg ou Belinha - , apostar em um mais excêntrico - Faísca ou Medusa - ou tentar um mais engraçado.

    Conheça a personalidade do seu gato adulto

    Na hora de apresentar o gato filhote Cafuné para a gata adulta Bleach, a Julia Afonso foi muito cautelosa: “Ele ficou uma semana em um quarto sem poder andar pela casa nem nada para que a Bleach pudesse se acostumar com o cheiro e entender que tinha a presença de outro gato na casa”. Após algumas pesquisas na internet, a tutora decidiu colocar o pote de comida dos gatos bem próximos, mas com uma porta separando. Assim, eles podiam comer juntos e sentindo o cheiro um do outro. “Depois de uma semana, soltei o Cafuné pela casa”, conta.

    Contudo, o processo de adaptação dos gatos da Julia também não foi tão tranquilo: “A Bleach nunca foi muito chegada a outros animais. Das vezes que eu a levava no veterinário, se tivesse outro gato por perto ela começava a reclamar. Então quando o Cafuné chegou, ela bufava e ameaçava atacar, mas nunca atacou de verdade. Foi meio estressante para os dois”. Hoje, a relação entre os gatinhos está bem melhor. Embora não sejam melhores amigos, eles definitivamente se entendem e respeitam o espaço do outro. “Acho que ela meio que dita as regras da casa, e ele só obedece”. Para ajudar nessa jornada, a tutora revela que a melhor dica é conhecer a personalidade do seu gato adulto (já que o filhote ainda não tem essa parte totalmente formada ainda): “É importante saber se ele é tranquilo com outros gatos ou não para fazer com que seja menos estressante possível para os dois”.

    A castração é importante para evitar o territorialismo

    A Maria Clara Beta foi muito corajosa ao adotar um filhote de gato no Rio de Janeiro, a quem deu o nome de Jorginho. Ela levou o novo "filho" para conhecer o gatinho Lorde, que já era da família. O filhote ficou apavorado e vivia se escondendo debaixo da cama e dentro de gavetas. Já o Lorde, que era o gato adulto da casa, foi bastante educado e elegante, e estava curioso para conhecer o novo membro. “Com o tempo, o Jorginho foi saindo do esconderijo e ganhando espaço na casa. Eles foram se cheirando, se conhecendo e em pouco tempo formaram uma linda amizade”.

    Sobre a adaptação, Maria Clara não teve nenhuma dor de cabeça: “Mesmo sendo gatos machos, foi bem tranquilo. O Lorde era castrado, e o Jorginho eu castrei bem cedo, antes mesmo de fazer um ano de idade para não ter nenhum problema de adaptação, de ficar querendo marcar território”. No geral, a tutora acredita que essa decisão foi boa para todo mundo porque, segundo ela, o Lorde ficou feliz de ter companhia e o Jorginho ficou feliz de ter uma casa. “A relação deles é super engraçada. O Jorginho já tá aqui há dois anos com a gente, e eles são amigos. O Lorde é mais quieto, e o outro é mais brincalhão e atrapalhado. Eles se lambem, dormem juntos e se fazem companhia quando a gente está fora”.

    Além da castração, que foi algo bem importante para facilitar a adaptação do gato filhote com o gato adulto, Maria Clara ressalta que é importante se preparar  financeiramente para ter mais um gatinho. “Mas também você deve se preparar pra ter o dobro de amor, felicidade, diversão e carinho na sua vida”, completa.

    Redação: Juliana Melo

    Todo gato de 3 cores é fêmea? Veja o que descobrimos!

    Próxima matéria

    Todo gato de 3 cores é fêmea? Veja o que descobrimos!

    Adotar gato: os produtos que o tutor precisa comprar antes de levar o bichano para casa
    Adoção

    Adotar gato: os produtos que o tutor precisa comprar antes de levar o bichano para casa

    A empolgação de adotar gato muitas vezes toma conta da gente, mas essa não pode ser uma atitude impulsiva. Pelo contrário, deve ser muito bem planejada para fornecer tudo que o bichano precisa nos primeiros dias. Os gatos preenchem o ambiente com muito amor e alegria, mas também exigem alguns cuidados especiais com a higiene, alimentação e outras coisinhas. Felizmente existem alguns produtos capazes de ajudar a deixar o animal mais familiarizado e confortável no seu novo lar, como a caixa de areia para gatos. 

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar
    Cuidados

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar

    Quem tem gato já deve ter percebido a guerra que é dar remédio, principalmente quando é comprimido. Isso porque, diferente dos cachorros que costumam aceitar o remédio disfarçado na comida, os gatos são muito seletivos e conseguem perceber qualquer coisa diferente no potinho. Caso o seu gato seja guloso, você até pode tentar amassar o comprimido até virar pó e misturar no sachê para gatos, mas se essa técnica não funcionar, você pode tentar outras que vamos ensinar!

    Adoção

    "Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

    Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores, tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o seu novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!
    Comportamento

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!

    Gatos são conhecidos pela independência e instinto territorialista, mas a verdade é que os felinos também são muito apegados aos seus pertences. Casa, brinquedos, caminha, móveis e humanos, tudo entra nessa lista. Se o seu gato costuma ter um lugar preferido para dormir ou ama ficar na janela observando o movimento da rua, saiba que qualquer mudança na rotina pode deixá-lo estressado, ansioso e até doente.

    Ver Todas >

    Filhote de Maltês: o que esperar da raça nos primeiros meses de vida?
    Adote um animal

    Filhote de Maltês: o que esperar da raça nos primeiros meses de vida?

    O filhote de Maltês é um cachorro conhecido por se parecer com um ursinho de pelúcia de tão fofo. De pequeno porte, com a pelagem completamente branca, olhar hipnotizante e energia de sobra, a raça de cachorro pequeno é muito recomendada para famílias com crianças em casa. Logo nos primeiros meses de convivência, a raça Maltês já demonstra alto companheirismo e lealdade ao tutor. Ou seja, além das características físicas que não passam despercebidas, o Maltês filhote possui uma personalidade apaixonante. 

    Ragdoll: 15 curiosidades sobre a raça de gato gigante
    Adote um animal

    Ragdoll: 15 curiosidades sobre a raça de gato gigante

    O Ragdoll é uma das raças mais populares que existem no mundo - e o que não faltam são motivos para ser tão conhecido assim. Além de fazer parte do grupo de raças de gato gigante, esse bichano é extremamente dócil, meigo e carinhoso. O gato Ragdoll não dá muito trabalho e tem tudo para ser uma ótima companhia para os humanos. Mas você sabia que o gato da raça Ragdoll possui algumas curiosidades bem interessantes? 

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno
    Adote um animal

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno

    O Jack Russell Terrier é um cachorro de pequeno porte que leva alegria por onde passa. Essa raça de cachorro é muito amável, encantadora e de personalidade forte. Apesar do pequeno tamanho, eles são cães muito corajosos e demandam bastante energia de seus tutores. Como grande parte dos cães do grupo Terrier, essa raça é um grande exemplo de cachorro de caça e adora investigar todos os lugares, exibindo seu vigor e vivacidade. 

    Gatos Bengal: características, personalidade, saúde... saiba tudo sobre a raça (+ galeria com 30 fotos)
    Adote um animal

    Gatos Bengal: características, personalidade, saúde... saiba tudo sobre a raça (+ galeria com 30 fotos)

    É impossível não reconhecer o gato Bengal. As manchinhas da pelagem do Gato-de-Bengala são únicas, assim como o seu rabo comprido, traços finos e olhos claros. Ele parece até um gato leopardo! A inteligência da raça Bengal é uma das suas características mais marcantes, junto com as diferentes maneiras de vocalizar e a facilidade em ser adestrado. Além disso, o Gato de Bengala pode ser dividido em alguns níveis de acordo com seu parentesco, dos mais próximos aos selvagens aos mais domesticados.

    Ver Todas >