Histórias reais

Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

Não sabe como apresentar gato filhote a um gato adulto? Confira algumas dicas!
Não sabe como apresentar gato filhote a um gato adulto? Confira algumas dicas!

Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. Para te guiar nessa missão, o Patas da Casa entrevistou quatro tutores que passaram por essa situação. Veja as dicas valiosas que eles deram!

Paciência é fundamental na hora de apresentar gatos filhotes a adultos

Um é pouco, dois é bom e três é melhor ainda! A tutora Vitória Studart levou a gata Chica para casa com apenas dois meses de idade, enquanto já tinha outras duas gatas com mais de 10 anos, Cléo e Lola. “Quando a Chica chegou, deixamos ela dentro de um quarto por um dia e aos poucos fomos abrindo espaço pros outros bichinhos da casa. O processo de adaptação foi tranquilo, e aos poucos a Cléo e a Lola foram se acostumando com a nova integrante”, conta. No entanto, isso não quer dizer que as três gatinhas são muito amigas - na realidade, elas raramente ficam juntas, e cada uma dorme em um canto, segundo a tutora. Sobre o processo de adaptação, Vitória reflete: “Acho que ter paciência é fundamental, e é importante ter tempo pra ficar perto deles durante essa adaptação e dar muito carinho pro gato adulto, que às vezes se sente rejeitado”.

É importante criar um ambiente seguro para ambos os gatos

No caso de Dyogo Botelho, o desafio foi introduzir a nova gatinha, Kaelian, no dia a dia de um gato idoso, que era o Merlyn. Como o gato mais velho nunca tinha convivido com nenhum outro animal da mesma espécie, o principal cuidado que Dyogo teve nessa apresentação foi proporcionar um ambiente em que os felinos se sentissem seguros e confortáveis, com a presença de toda a família. Ainda assim, a adaptação não foi exatamente fácil: “O Merlyn rejeitou muito a presença do novo membro e se isolou em cima da geladeira por um bom tempo. Tivemos até que colocar comida pra ele lá, já que não descia para se alimentar”.

Mas depois desse tempinho de isolamento vivendo nas alturas, a convivência entre o gato idoso e a nova gatinha melhorou bastante. “Como todo filhote, a Kaelian tinha muita energia para brincar e perturbava um pouco o Merlyn, mas ele impôs o limite dele e aos poucos eles foram se entendendo e respeitando os espaços dentro da casa”, relembra Dyogo, que completa: “Com bastante afeto e sem forçar nada, tudo vai dar certo”.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Gato filhote e adulto: o Cafuné e a Bleach hoje convivem muito bem
    Gato filhote e adulto: o Cafuné e a Bleach hoje convivem muito bem
    As gatinhas Chica, Cléo e Lola respeitam o espaço de cada uma. E ainda tem o Zeca e o Dom para participar disso!
    As gatinhas Chica, Cléo e Lola respeitam o espaço de cada uma. E ainda tem o Zeca e o Dom para participar disso!
    O Jorginho e o Lorde são praticamente melhores amigos
    O Jorginho e o Lorde são praticamente melhores amigos
    Gato filhote e adulto: o Cafuné e a Bleach hoje convivem muito bem
    As gatinhas Chica, Cléo e Lola respeitam o espaço de cada uma. E ainda tem o Zeca e o Dom para participar disso!
    O Jorginho e o Lorde são praticamente melhores amigos

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Se você está pensando em ter um pinscher na sua vida pode estranhar a numeração que normalmente acompanha o nome da raça. O cachorro pinscher é conhecido por ser bem pequeno, mas ainda assim há variações de tamanho: as classificações 0, 1, 2 ou miniatura são super importantes para saber a dimensão aproximada do cãozinho. Além disso, pode ajudar muito na hora de decidir pelo seu novo melhor amigo.

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    Às vezes, a vontade de adotar um gatinho é tão grande que acabamos nos precipitando e não dando a devida atenção a alguns detalhes muito importantes, como o sexo do filhote. É muito normal achar que adotou uma fêmea e só depois descobrir que o gato, na verdade, é macho. Nós sabemos que não é nada fácil diferenciar o órgão genital do gato logo nos primeiros meses de vida do animal. Se você faz parte deste time, não se preocupe, isso é muito comum!

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!
    Adote um animal

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!

    Não há dúvidas de que os cachorros são os pets mais populares no Brasil. A fama de melhor amigo do homem não é à toa: 44,5% - ou seja, quase metade - dos lares têm pelo menos um cachorro no país, segundo a Faculdade de Medicina Veterinária da USP. Mas será que existe uma raça que é mais popular que as outras?

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Conheça a personalidade do seu gato adulto

    Na hora de apresentar o gato filhote Cafuné para a gata adulta Bleach, a Julia Afonso foi muito cautelosa: “Ele ficou uma semana em um quarto sem poder andar pela casa nem nada para que a Bleach pudesse se acostumar com o cheiro e entender que tinha a presença de outro gato na casa”. Após algumas pesquisas na internet, a tutora decidiu colocar o pote de comida dos gatos bem próximos, mas com uma porta separando. Assim, eles podiam comer juntos e sentindo o cheiro um do outro. “Depois de uma semana, soltei o Cafuné pela casa”, conta.

    Contudo, o processo de adaptação dos gatos da Julia também não foi tão tranquilo: “A Bleach nunca foi muito chegada a outros animais. Das vezes que eu a levava no veterinário, se tivesse outro gato por perto ela começava a reclamar. Então quando o Cafuné chegou, ela bufava e ameaçava atacar, mas nunca atacou de verdade. Foi meio estressante para os dois”. Hoje, a relação entre os gatinhos está bem melhor. Embora não sejam melhores amigos, eles definitivamente se entendem e respeitam o espaço do outro. “Acho que ela meio que dita as regras da casa, e ele só obedece”. Para ajudar nessa jornada, a tutora revela que a melhor dica é conhecer a personalidade do seu gato adulto (já que o filhote ainda não tem essa parte totalmente formada ainda): “É importante saber se ele é tranquilo com outros gatos ou não para fazer com que seja menos estressante possível para os dois”.

    A castração é importante para evitar o territorialismo

    A Maria Clara Beta foi muito corajosa ao adotar um filhote de gato no Rio de Janeiro, a quem deu o nome de Jorginho. Ela levou o novo "filho" para conhecer o gatinho Lorde, que já era da família. O filhote ficou apavorado e vivia se escondendo debaixo da cama e dentro de gavetas. Já o Lorde, que era o gato adulto da casa, foi bastante educado e elegante, e estava curioso para conhecer o novo membro. “Com o tempo, o Jorginho foi saindo do esconderijo e ganhando espaço na casa. Eles foram se cheirando, se conhecendo e em pouco tempo formaram uma linda amizade”.

    Sobre a adaptação, Maria Clara não teve nenhuma dor de cabeça: “Mesmo sendo gatos machos, foi bem tranquilo. O Lorde era castrado, e o Jorginho eu castrei bem cedo, antes mesmo de fazer um ano de idade para não ter nenhum problema de adaptação, de ficar querendo marcar território”. No geral, a tutora acredita que essa decisão foi boa para todo mundo porque, segundo ela, o Lorde ficou feliz de ter companhia e o Jorginho ficou feliz de ter uma casa. “A relação deles é super engraçada. O Jorginho já tá aqui há dois anos com a gente, e eles são amigos. O Lorde é mais quieto, e o outro é mais brincalhão e atrapalhado. Eles se lambem, dormem juntos e se fazem companhia quando a gente está fora”.

    Além da castração, que foi algo bem importante para facilitar a adaptação do gato filhote com o gato adulto, Maria Clara ressalta que é importante se preparar  financeiramente para ter mais um gatinho. “Mas também você deve se preparar pra ter o dobro de amor, felicidade, diversão e carinho na sua vida”, completa.

    Redação: Juliana Melo

    Nebelung: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    Próxima matéria

    Nebelung: tudo o que você precisa saber sobre a raça de gato

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar
    Cuidados

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar

    Quem tem gato já deve ter percebido a guerra que é dar remédio, principalmente quando é comprimido. Isso porque, diferente dos cachorros que costumam aceitar o remédio disfarçado na comida, os gatos são muito seletivos e conseguem perceber qualquer coisa diferente no potinho. Caso o seu gato seja guloso, você até pode tentar amassar o comprimido até virar pó e misturar no sachê para gatos, mas se essa técnica não funcionar, você pode tentar outras que vamos ensinar!

    Adoção

    "Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

    Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores, tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o seu novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!
    Comportamento

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!

    Gatos são conhecidos pela independência e instinto territorialista, mas a verdade é que os felinos também são muito apegados aos seus pertences. Casa, brinquedos, caminha, móveis e humanos, tudo entra nessa lista. Se o seu gato costuma ter um lugar preferido para dormir ou ama ficar na janela observando o movimento da rua, saiba que qualquer mudança na rotina pode deixá-lo estressado, ansioso e até doente.

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Ver Todas >

    Quais são as raças de gatos mais independentes?
    Adote um animal

    Quais são as raças de gatos mais independentes?

    As pessoas normalmente têm a ideia de que os gatos são animais mais independentes e menos apegados do que os cachorros. De fato, esse pensamento não está totalmente errado, mas existem sim algumas raças de gato que são mais carinhosas e dependentes de seus donos do que outras, exigindo maior atenção e dedicação no dia a dia. No entanto, o contrário também é totalmente possível: tem raças de gato que são bastante independentes e conseguem se virar muito bem sozinhas. 

    30 raças de cachorro preto e suas características físicas (+ galeria de fotos)
    Adote um animal

    30 raças de cachorro preto e suas características físicas (+ galeria de fotos)

    Os cachorros pretos costumam ser injustiçados na hora de ganharem uma família. Isso acontece porque muita gente associa essa cor de pelagem à falta de sorte e outras superstições. No entanto, é necessário desmistificar essa ideia e abrir os nossos corações para os cães pretos que, assim como qualquer outro, estão sempre dispostos a oferecer amor e carinho. A pelagem preta, inclusive, faz parte do padrão de centenas de raças de cachorros. 

    Nomes para Pitbull: veja uma seleção com 150 nomes para a raça de cachorro
    Adote um animal

    Nomes para Pitbull: veja uma seleção com 150 nomes para a raça de cachorro

    O American Pit Bull Terrier, conhecido apenas como Pitbull no Brasil, é um cachorro companheiro, alegre e muito apegado ao dono. Apesar da fama de agressivo, o Pitbull se dá muito bem com todas as pessoas desde que tenha passado pela socialização adequada. Criar um Pitbull dócil é uma realidade, desde que os cuidados comecem ainda nos primeiros meses de vida no animal. Se você está pensando em ter a fofurinha que é um filhote de Pitbull em casa, provavelmente ficará em dúvida em como nomeá-lo. 

    12 curiosidade sobre o Poodle, um dos cachorros mais populares do Brasil
    Adote um animal

    12 curiosidade sobre o Poodle, um dos cachorros mais populares do Brasil

    Dono de uma personalidade dócil e brincalhona, o Poodle é um dos cachorros mais populares do Brasil. Com diversos tamanhos, tipos de pelagem e cores, essa raça de cachorro também carrega muitas curiosidades que o tornam único. Já deu para perceber que, por estar presente em muitos lares brasileiros, o Poodle é sociável e não dispensa a companhia de seus humanos, né?!

    Ver Todas >