Passeio

Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado

A coleira cabresto é indicada para cães que puxam muito no passeio
A coleira cabresto é indicada para cães que puxam muito no passeio

A coleira com cabresto ajuda o tutor a lidar com cães que puxam muito no passeio. Sua posição ao redor do focinho pode trazer a impressão de que o animal está incomodado, mas na verdade, a coleira cabresto para cachorro é muito traz alguns benefícios. Ela faz parte do time de coleiras anti-puxão, ou seja, aquelas que são perfeitas para cachorro que é mais descontrolado e ansioso durante o passeio. Se você quer saber como funciona uma coleira cabresto e em que casos ela é mais recomendada, confira as dicas que o Patas da Casa separou a seguir!

Coleira cabresto para cachorro é muito segura e não machuca o animal

A coleira cabresto é muitas vezes comparada a uma focinheira por conta do seu formato, que possui algumas tiras posicionadas em volta do pescoço e do focinho do cachorro. Por isso, é comum encontrar pessoas que acham que o animal se sente mal e que é um jeito cruel de controlar o cão. Mas pelo contrário, a coleira cabresto é uma forma bastante humana de ajudar seu animal a ficar menos agitado e a ter um comportamento mais tranquilo ao andar na rua. A guia cabresto é bem resistente e possui boa capacidade de tração, o que ajuda a dar segurança tanto ao pet quanto ao tutor, sem deixar o animal ferido. Quando colocada da forma correta, não machuca e nem incomoda de forma alguma seu animal, trazendo apenas vantagens.

Guia cabresto: entenda como ela funciona no aprendizado do seu animal

A coleira cabresto é também uma coleira anti-puxão para cachorro. Ela ajuda o tutor a conter o animal que costuma puxar muito durante o passeio. Por isso, é eficaz na educação do cão. Esse modelo de coleira faz com que o cachorro vire para o lado, interrompendo o ritmo do passeio, toda vez que tenta puxar. A coleira cabresto é bem resistente, então não é preciso forçar. Sua firmeza e propriedade de tração fazem o animal perceber que deve parar. Aos poucos, o cão vai entendendo que não é ele quem deve conduzir o passeio, e sim o tutor. O treinamento com reforço positivo é fundamental, tanto na adaptação do novo acessório quanto nas primeiras caminhadas. Por isso, antes de colocar a coleira, evite fazer associações negativas e sempre recompense o cachorro para ele ver que não tem perigo.

A coleira cabresto precisa ser colocada justa ao corpo, mas sem ficar apertada

A coleira cabresto para cachorro possui tiras que envolvem o pescoço e o focinho do animal. Mas é preciso ter cuidado na hora de colocar para que não fique muito apertada. Não prenda de maneira muito forte, pois isso pode machucar o animal e até impedir que ele abra a boca. Lembre-se que a coleira cabresto não é uma focinheira, portanto, não deve limitar nenhum movimento do pet. Ela deve ficar justa no focinho, mas o ideal é deixar um espaço livre de um ou dois dedos. Assim, o animal não fica desconfortável e a coleira cabresto consegue cumprir bem o seu papel.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A coleira cabresto para cachorro ajuda os cães mais agitados a se comportarem melhor no passeio
    A coleira cabresto para cachorro ajuda os cães mais agitados a se comportarem melhor no passeio

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    A coleira cabresto é indicada principalmente nos casos de cães muito agitados

    A principal função da coleira cabresto é segurar o animal de forma segura quando ele estiver puxando demais durante o passeio. Por isso, a coleira cabresto para cachorro é recomendada para os pets mais agitados e/ou desobedientes. Se parece que é seu cãozinho que te leva para passear e não ao contrário, pode ser uma boa ideia considerar adquirir uma coleira cabresto. Cachorro em processo de adestramento também é um outro caso em que esse tipo de coleira é recomendado. Como o animal fica bem mais controlado e responde melhor aos comandos do tutor, o processo de adestramento fica mais fácil ao utilizar esse acessório. Portanto, a coleira cabresto é muito boa para os animais que estão começando a aprender a se comportar e a andar ao lado do tutor. Mas fique atento a um detalhe ao usar a coleira: não é todo cachorro que pode usar. Cachorro com focinho pequeno e cães braquicefálicos, como Pug e Bulldogs, costumam se sentir desconfortáveis com o acessório, que acaba não cumprindo a sua função por conta do formato diferente na área do corpo do pet.

    Coleira cabresto: veja algumas dicas para usar o acessório da melhor maneira possível 

    Para tirar o melhor proveito possível e todas as vantagens da coleira cabresto, é importante seguir alguns cuidados. O primeiro e mais importante é se lembrar sempre de que não é para dar fortes puxões. A coleira já é resistente, então utilize gestos bem calmos e gentis. A força nunca deve ser usada para controlar seu amigo. Por isso, lembre-se sempre também de nunca deixar a coleira cabresto muito apertada. Nesse caso, o efeito vai ser o oposto: um cachorro nervoso e incomodado, que ficará mais agitado ainda. Além disso, não deixe seu cão ficar o dia inteiro com a coleira. Permita que seu animal se acostume aos poucos. No começo, coloque apenas por alguns minutos, sempre recompensando o cachorro com petiscos e carinho. Depois, vá aumentando esse tempo, para que ele se sinta mais à vontade com o acessório. Quando seu cachorro já estiver acostumado com a coleira, é hora de passear na rua. Seguindo todos os cuidados, a coleira cabresto é um ótimo aliado na educação do seu cachorro.

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Como fazer o cachorro parar de pular nas pessoas?

    Próxima matéria

    Como fazer o cachorro parar de pular nas pessoas?

    Ração light para cães: em quais casos ela é recomendada? Qual a diferença da ração tradicional?
    Ração

    Ração light para cães: em quais casos ela é recomendada? Qual a diferença da ração tradicional?

    A Alimentação do cachorro requer um cuidado muito especial na rotina do seu pet. Dentre os diferentes tipos de ração de cachorro que existem, a ração light para cães se destaca como uma alternativa para animais que estão na faixa do peso ideal ou com um leve sobrepeso. No entanto, é importante ter em mente que ela é um tipo de ração diferente da ração diet para cães. Entenda!

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Transfusão de sangue em cães: como é o procedimento, como doar e em quais casos é recomendado?
    Histórias reais

    Transfusão de sangue em cães: como é o procedimento, como doar e em quais casos é recomendado?

    Você já ouviu falar sobre transfusão de sangue em cães? Nós estamos tão acostumados a ver campanhas de doação de sangue humano, que às vezes esquecemos que os cãezinhos também podem precisar desse recurso vital. Apesar dos bancos de sangue veterinários não serem tão comuns com os de pessoas, eles existem – principalmente nos grandes centros urbanos – e ajudam a salvar muitas vidas.

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!
    Saúde

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!

    O plano de saúde para gatos pode ser uma ótima alternativa para quem tem um felino em casa! Os pets fazem parte da família e, como qualquer ente querido, demandam atenção e cuidados especiais. No caso dos gatinhos, essa série de precauções inclui check-ups anuais, vacinas e visitas frequentes ao consultório veterinário. Manter essa rotina saudável não precisa, necessariamente, ser um peso no orçamento.

    Ver Todas >

    Brinquedos para cachorros filhotes: quais as opções mais seguras para até seis meses de idade?
    Comportamento animal

    Brinquedos para cachorros filhotes: quais as opções mais seguras para até seis meses de idade?

    Os brinquedos para cachorro filhote fazem toda a diferença nos primeiros meses de vida do cãozinho, pois servem como estímulos sensoriais que ajudam no desenvolvimento do animal. É importante, porém, que eles sejam apropriados para a idade do pet. Quer saber quais são os melhores brinquedos para filhotes de cachorro de até 6 meses? Então veja abaixo algumas alternativas!

    Cachorro Labrador: a cor da raça indica a personalidade do pet?
    Comportamento animal

    Cachorro Labrador: a cor da raça indica a personalidade do pet?

    Labrador preto, chocolate, caramelo… Existem muitos tipos de cores de pelagem que podem existir na raça Labrador. Cachorro tão popular e querido por todos, o Labrador é conhecido por sua personalidade amigável, carinhosa e divertida - o verdadeiro melhor amigo do homem! A grande variedade de cores de um cachorro Labrador, porém, leva algumas pessoas a se questionarem se a cor da pelagem indica algum traço especial na personalidade do animal. 

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Comportamento animal

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Comportamento animal

    "Meu cachorro destrói tudo": o que fazer e como direcionar o comportamento do pet?

    Quem tem um cachorro destruidor sabe bem a sensação de chegar em casa e encontrar o sofá destruído, o controle remoto mordido ou a caminha dele destroçada. Esse comportamento traz problemas tanto para o tutor quanto para o cão e, por isso, é importante saber como evitá-lo. Algumas mudanças na rotina, como comprar uma cama para cachorros destruidores e passear mais com o cachorro, podem ser necessárias para controlar seu pet. 

    Ver Todas >