close
Cuidados

Colar cervical para cachorro: o que é e para que serve?

Atualizado · 29 de novembro de 2021 · 20h06

Publicado · 29/11/2021 · 20h06

O colar cervical para cachorro é importante para limitar os movimentos da cabeça em casos de dor
O colar cervical para cachorro é importante para limitar os movimentos da cabeça em casos de dor

O colar cervical para cachorro, ao contrário do que muitos pensam, não é a mesma coisa que o colar elizabetano. Apesar de ambos ajudarem na saúde do animal, eles possuem formatos e funções diferentes. O colar cervical para cães é muito indicado em casos de problemas na coluna cervical e dores. O acessório se adapta à anatomia do cachorro, ajudando o animal em situações em que seu corpo precisa ficar mais quietinho, sem se mover muito. Mas como o colar cervical para cachorro funciona? Em quais casos é indicado? Como colocar colar cervical em cachorro de maneira correta? O Patas da Casa responde todas essas e outras questões sobre o colar cervical para cães para acabar de vez com todas as dúvidas. Confira!

O que é colar cervical para cachorro? Acessório imobiliza os movimentos do pescoço

O colar cervical para cachorro é uma acessório colocado ao redor do pescoço do pet com o intuito de manter sua cabeça imobilizada. A composição do colar cervical para cães é feita com materiais macios. Assim, mesmo restringindo os movimentos, o cachorro fica confortável e não se sente sufocado. Ou seja, é um artifício semelhante ao colar cervical utilizado em humanos. O colar cervical para cães é muito fácil de ser colocado e retirado, pois possui uma tira de velcro responsável por ajustar o acessório no pescoço do animal. Ao usar o colar cervical, o cachorro fica com os movimentos da cabeça limitados de maneira segura.

O colar cervical para cães é indicado para problemas de coluna e pós-operatório

Mas afinal, para que serve o colar cervical para cachorro? O cachorro com dor na cervical é o mais beneficiado pelo objeto. Muitos cães, principalmente os cachorros grandes, sofrem com problemas de coluna, como a hérnia de disco. O movimento do pescoço pode piorar o quadro e, por isso, a imobilização é necessária. O acessório deixa os movimentos do pescoço restritos, evitando a piora das dores na coluna. Além do caso do cachorro com dor na cervical, o objeto pode ser indicado no tratamento de outros problemas que precisam ter os movimentos restringidos e no pós-operatório de algumas cirurgias em que o cão precisa ficar um tempo em repouso sem se mexer muito. É importante ressaltar: apenas o veterinário pode indicar o uso do colar cervical. Cachorro não pode utilizar o objeto sem uma avaliação profissional antes pois, se usar da maneira errada, pode até prejudicar a saúde animal.

Colar elizabetano X colar cervical para cachorro: os dois acessórios possuem indicações e funções diferentes

Como muitas pessoas confundem os tipos de colar para cachorro, é importante entender quais as diferenças entre os dois. O colar cervical para cães, como explicamos, ajuda a imobilizar os movimentos do pescoço, indicado para cachorro com dor na coluna cervical. O colar elizabetano também restringe os movimentos da cabeça, mas não é recomendado para problemas de coluna. Apesar de diminuir a movimentação, o colar elizabetano é mais indicado no pós-operação da castração de cachorro e para evitar lambeduras em excesso no corpo ou nos pontos de cicatrização.

O animal fica os movimentos restringidos, mas não da forma necessária para os casos de dor na coluna. Ou seja, o colar cervical para cães e o colar elizabetano diminuem os movimentos, mas cada um tem um formato diferente específico para suas próprias indicações: no caso do colar cervical para cachorro, dor na coluna; e no caso do colar elizabetano, evitar lambeduras. O colar cervical para cachorro e o colar elizabetano nunca podem ser usados juntos e um não pode substituir o outro.

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Colar cevical: cachorro com dor na coluna vai ficar com os movimentos da cabeça restringidos, o que ajudará na sua recuperação
    Colar cevical: cachorro com dor na coluna vai ficar com os movimentos da cabeça restringidos, o que ajudará na sua recuperação

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Como escolher o colar cervical adequado? Atenção ao tamanho do acessório 

    Para escolher o colar cervical para cachorro adequado é preciso ficar atento principalmente ao tamanho. Ao comprar, verifique as medidas indicadas na caixa e compare com as do seu bichinho. Para ter o tamanho da coleira cervical para cães ideal, verifique a altura do acessório, que deve ir desde a base do pescoço até a orelha do animal. Além disso, cheque a circunferência do pescoço. Esse cuidado na hora de comprar o colar cervical para cachorro é muito importante, pois um tamanho muito pequeno pode sufocar o animal, enquanto um muito grande não vai imobilizar corretamente. 

    Como colocar colar cervical em cachorro: não deixe nem muito apertado e nem muito largo

    A verdade é que saber como colocar colar cervical em cachorro é muito fácil, pois todo o processo é bem prático e intuitivo. O acessório parece uma coleira para cachorro, mas tem altura maior, é mais grosso e é fechado com uma tira de velcro. Não tem mistério: basta posicionar o acessório ao redor do pescoço e prender com o velcro. Ao usar o colar cervical, o cachorro precisa se sentir confortável. Então, uma dica de como colocar colar cervical em cachorro é entender que justo não quer dizer sufocante: você precisa ajustar o velcro de forma que não fique extremamente apertado, mas que esteja justo no pescoço para que a imobilização seja eficiente. Normalmente, os cães se adaptam bem ao colar cervical para cachorro, mas pode acontecer dele não gostar. O ideal é ficar sempre de olho, principalmente na primeira vez que estiver utilizando o acessório. Se perceber muito desconforto, retire e converse com o veterinário para buscar outras formas de adaptação ou tratamento. O reforço positivo com petiscos pode ajudar no processo de adaptação.

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Granulado de madeira para gatos: como funciona?

    Próxima matéria

    Granulado de madeira para gatos: como funciona?

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Como fazer um comedouro para cachorro de rua?
    Cuidados dos animais

    Como fazer um comedouro para cachorro de rua?

    Não existe nada que corte mais o coração do que ver um cachorro de rua perto de casa. O pior de tudo é quando não podemos fazer o resgate do animal e não sabemos como ajudar. Mas até as pequenas atitudes podem mudar a vida de um cãozinho abandonado, como fazer um comedouro para animais de rua. Os animais de rua sobrevivem dos restos de comida que encontram e raramente consomem água limpa. 

    Qual o melhor bebedouro para cachorro?
    Cuidados dos animais

    Qual o melhor bebedouro para cachorro?

    Escolher um bom bebedouro de água para cachorro não é uma tarefa muito complicada, mas requer certo cuidado. Além de se atentar ao porte do seu pet, é preciso levar em consideração também outros fatores como a rotina e estilo de vida de cada animal para não errar no bebedouro. Cães precisam ingerir uma certa quantidade de água por dia, e saber qual é o melhor modelo para o seu amigo com certeza vai facilitar a ingestão do líquido.

    Como funciona o cortador de unha para cachorro? É bom ter um em casa?
    Cuidados dos animais

    Como funciona o cortador de unha para cachorro? É bom ter um em casa?

    Apesar de muitos tutores saberem o que é o cortador de unha de cachorro, muitos não sabem como usá-lo. É muito comum que os pais e mães de pet deixem que as unhas do animal sejam cortadas no pet shop, quando o cão já vai fazer outros serviços como a tosa higiênica. Assim, não possuem o acessório em casa e nem fazem ideia de como usar um cortador de unha. Cachorros precisam ter as unhas aparadas com frequência para ter até mesmo mais qualidade de vida. 

    Como tratar feridas na pele do gato?
    Cuidados dos animais

    Como tratar feridas na pele do gato?

    Existem muitas situações que podem causar feridas na pele do gato. Os felinos costumam ter um comportamento ativo, gostando de subir em locais altos e saltar de um canto para o outro. Todas essas atividades do dia a dia podem deixar o gato com feridas na pele. No entanto, existem outros motivos que podem causar essa complicação. Saber as principais causas desse quadro é uma informação importante para aprender como cuidar do seu felino machucado. 

    Ver Todas >