Alimentação animal

Chocolate para cachorro: 6 motivos para não oferecer o alimento para o seu pet na Páscoa

Publicado - 22 Março 2024 - 16h33

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Nathalia Breder / Médica Veterinária, com foco no atendimento em Nutrição de cães e gatos

CRMV CRMV: 9287/RJ

Formada em Medicina Veterinária pela UNIFESO em 2007 e pós-graduada em Clínica e Cirurgia de animais selvagens e exóticos pelo Qualittas, 2008, pós-graduada em Clínica e Cirurgia de pequenos animais (cães e gatos) pela Equalis, 2009. Mestranda em Nutrição de cães e gatos pela Universidade Federal de Lavras (UFLA/2022). Possuo diversos cursos dentro da área de nutrição desde 2008.

Laura Furtado / Redatora

Jornalista em formação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói. Desde pequena, sempre tive um amor e carinho especial por todos os animais. Quando completei 6 anos, meus pais me presentearam com um cãozinho da raça Bichon Frisé que chamamos de Billy. Foi o dia mais feliz da minha vida, fiquei horas chorando sem acreditar que ele era meu. Billy viveu 14 anos com a gente, mas virou uma estrelinha em 2019 depois de uma história linda ao nosso lado.

Em 2019, ganhei da minha sogra uma Dachshund, o famoso salsichinha, e desde então minha vida voltou a fazer sentido. Pode parecer clichê, mas nada explica o sentimento de amor e carinho que ter um pet proporciona. Nós decidimos chamar ela de Teteia, e não poderia existir nome melhor pra descrever ela. Teteia significa moça atraente, e a minha Teteia salsicha é realmente a coisa mais linda do mundo, além de ser extremamente carinhosa, companheira e engraçada.

Em 2023, participei de uma entrevista e entrei para o time do Patas da Casa. Fiquei muito feliz, porque sempre tive afinidade e carinho pelos animais, e não há nada melhor do que escrever sobre coisas que a gente ama, né. Me identifiquei de cara com os valores do Patas e sempre considerei o projeto de suma importância para tutores que, assim como eu, buscam se informar para garantir o melhor para os pets. Desde então, cada dia tem sido um aprendizado, e sou muito feliz por fazer parte de um projeto tão especial quanto o Patas.

• Filme com animal preferido: “Marley e Eu”
• Uma raça de cachorro: Vira-lata
• Uma raça de gato: Siamês
• A curiosidade favorita sobre cachorros: Os cães de suporte emocional podem agir como 'terapeutas', ajudando pacientes com ansiedade, depressão, autismo e estresse pós-traumático
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatinhos tem efeitos positivos na sáude mental e física dos humanos
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar cachorro ou gato pode mudar a vida das pessoas e dos animais para melhores, trazendo muito amor e felicidade
• Nome de pet favorito: Larica

O chocolate para cachorro é um verdadeiro veneno para a saúde canina! O alimento pode causar uma série de complicações no organismo animal e, em casos mais graves, levar à morte. Para manter o cachorro seguro, é preciso resistir à tentação de oferecer esse alimento - mesmo que os pets implorem com aquela famosa carinha de pidão. Mas o que pode acontecer quando o cachorro come chocolate? Quais são os riscos envolvidos na ingestão desse alimento tão perigoso? O Patas da Casa conversou com Nathalia Breder, médica veterinária com foco em nutrição, para entender melhor porquê o chocolate para cachorro faz mal. Confira a seguir 6 motivos para não oferecer chocolate para cães em hipótese nenhuma!

1) O chocolate é altamente tóxico para o cachorro 

A ingestão de qualquer tipo de chocolate pode deixar o cachorro intoxicado e causar uma série de problemas para a saúde animal. Os chocolates contém em sua composição duas substâncias potencialmente perigosas e tóxicas para os peludos: a teobromina e a cafeína. Tanto um quanto o outro não são metabolizados completamente pelo organismo do pet, o que acaba sobrecarregando órgãos e provocando sintomas gravíssimos. “Quanto mais puro o chocolate, ou seja, quanto maior a porcentagem de cacau, maior o risco”, explicou Nathalia. 

2) O chocolate para cachorro provoca problemas gastrointestinais 

O chocolate para cachorro faz mal e não deve ser oferecido em nenhuma hipótese. A teobromina e a cafeína podem pode irritar o sistema gastrointestinal dos peludos e deixar o cachorro vomitando e com diarreia. Esses costumam ser os sinais mais “tranquilos” e deve servir de alerta para que o tutor tome providências. Contudo, a profissional alertou que em alguns casos, o chocolate pode causar gastroenterites graves, com perda de sangue e necessidade de internação. Geralmente, os sinais de intoxicação surgem 6 a 12 horas após a ingestão do chocolate.

Imagem Quiz:Passeio, comida ou você? Qual o grande amor da vida do seu cachorro?

Passeio, comida ou você? Qual o grande amor da vida do seu cachorro?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

3) O chocolate para cachorro afeta o sistema nervoso central

Quando o peludo não recebe atendimento veterinário após comer um chocolate, outros sintomas mais graves podem surgir dessa omissão. Como as principais substâncias do chocolate não são metabolizadas direito pelo corpo do pet, o sistema nervoso do cachorro acaba sendo ativado por um tempo longo demais. Como consequência, eles podem apresentar tremores, devido a estimulação dos músculos, aumento da temperatura corporal, aumento da pupila e hiperestesia (sensibilidade ao toque). Em casos mais graves, o chocolate pode levar o cachorro a ter convulsões, entrar em coma e falecer. 

Chocolate para cachorro: salsicha comendo chocolate em cima da mesa
 Não é indicado oferecer remédio caseiro para cachorro que comeu chocolate. Leve o pet imediatamente para uma clínica veterinária

4) A ingestão de chocolate pode provocar problemas cardíacos em cachorro 

Assim como nos humanos, a cafeína é capaz de aumentar os batimentos cardíacos dos cachorros e causar arritmias. Isso acontece porque a cafeína aumenta a secreção do cortisol, um hormônio produzido pelas glândulas adrenais. Essas arritmias podem deixar o cachorro ofegante, fraco e com falta de apetite.

5) Chocolate para cachorro pode sobrecarregar os rins

O chocolate para cachorro também pode provocar sintomas de insuficiência renal em cães, como aumento na ingestão de água e da quantidade de urina. Isso acontece porque a teobromina é uma substância com ação diurética, além de ser um estimulante cardíaco e vasoconstritor. No último caso, há redução significativa dos vasos sanguíneos, o que resulta em uma diminuição de fluxo sanguíneo para esse órgão. Como consequência, os rins não conseguem filtrar adequadamente o sangue e ocorre uma acumulação de toxinas no corpo do cachorro.

6) As embalagens de chocolate podem provocar asfixia em cachorro e obstrução intestinal

Agora que você já sabe que não pode dar chocolate para cachorro, é preciso tomar alguns cuidados em relação ao armazenamento dele em casa. Os cães são animais naturalmente curiosos e comilões, então podem se interessar e acabar comendo uma barra de chocolate jogada pela casa. Mas outro cuidado importante envolve as embalagens desses produtos, que costumam ser de plástico ou alumínio, materiais difíceis de digerir e mastigar. Se o animal comer a embalagem, ela pode provocar uma obstrução intestinal nos cães e até asfixia, que nada mais é do que a obstrução das vias respiratórias do pet. Por isso lembre-se sempre de armazenar esses produtos em locais seguros, longe do alcance dos cachorros e também descartar corretamente as embalagens. 

Veterinária explica o que fazer quando o cachorro come chocolate

Mesmo tomando todos os cuidados possível para preservar a saúde do cachorro, pode acabar acontecendo dele ingerir chocolate. Caso isso ocorra, os tutores precisam estar preparados para saberem exatamente o que fazer. De acordo com Nathalia Breder, o cão deve ser levado imediatamente para um médico veterinário: “O ideal é que não seja ofertado chocolate em momento algum e de nenhum tipo, mas caso aconteça a ingestão, recomenda-se que leve o pet a uma clínica 24h para que possa receber o tratamento adequado.”

Ela ainda reforça que não deve ser ofertado nenhum remédio caseiro para cachorro que comeu chocolate: “Não é aconselhado utilizar produtos alternativos, como leite e carvão ativados em casa.” Em seu perfil nas redes sociais, a veterinária publicou um vídeo explicando exatamente os efeitos do chocolate nos cães:

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Cachorro

Esses são os 6 sinais que seu cachorro te ama mais visíveis - e provam que você é a "casca de bala" dele e vice-versa

Frases para cachorro de amor podem revelar muito sobre os sentimentos humanos sobre os fortes vínculos que são criados com os pets. ...

Cuidados

Direitos dos animais em condomínios: advogada lista o que os condomínios podem proibir ou não sobre a presença de cães e gatos

Já ouviu falar nos direitos dos animais? Pois saiba que, assim como nós, os nossos pets também são protegidos pela lei. Existe a lei...

Saúde

O que acontece no corpo da gata no cio? Dos miados estridentes aos picos hormonais, veja todas as mudanças que ela enfrenta

Não precisa ser expert no universo felino para conseguir identificar uma gata no cio. Dos miados estridentes aos picos hormonais, o ...

Cachorro

Com ajuda do ChatGPT, mulher cria site para mostrar como os cachorros enxergam de verdade: testamos por aqui!

Você já se perguntou como os cachorros enxergam? Essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas, sejam elas tutoras de um pet ou não. ...

Comportamento

"Amor de gato": foi assim que aprendi a interpretar as emoções do meu gatinho e percebi que sou o amor da vida dele

O amor de gato é um sentimento especial e gratificante que os bichanos demonstram por seus donos. Mas ao contrário dos cães, eles ex...

Histórias reais

Vira-lata caramelo invade festa junina e faz participação especial na hora quadrilha

Não tem jeito: o vira-lata caramelo sempre dá um jeito de abrilhantar qualquer enredo. Se há algum tempo viralizaram histórias de ca...

Ver todas