Saúde

Catarata em cachorro, uveíte, conjuntivite... conheça as doenças oculares mais comuns que atingem os cães

Doença no olho do cachorro: saiba quais são as mais comuns e como identificar
Doença no olho do cachorro: saiba quais são as mais comuns e como identificar

Cachorro com olho inchado, vermelho e remelando não é uma situação normal. Em muitos casos, isso pode ser um indicativo de doença no olho do cachorro, e é importante ficar atento a quaisquer outros sintomas que possam aparecer para procurar a ajuda de um profissional. Dentre as doenças nos olhos do cachorro, as mais comuns são conjuntivite, catarata, glaucoma, úlcera na córnea, síndrome do olho seco e a uveíte em cães. Em alguns casos, o cachorro com olho remelando e vermelho também pode ser um sinal de alergia a alguma substância que ele teve contato ou alimento que ingeriu. Para entender como essas doenças podem afetar os olhos dos animais, separamos as informações mais importantes sobre cada uma delas. Vem que a gente te explica! 

Uveíte em cães: lacrimação e inchaço são os sinais mais comuns

Mais comum do que se pensa, a uveíte em cães é uma inflamação ocular que costuma deixar o cachorro com olho vermelho e inchado. Ela atinge uma área muito sensível dos animais: a úvea, camada do olho que vasculariza o globo ocular. Por isso, é fundamental ficar atento aos sintomas e procurar um médico veterinário o quanto antes para tratar este problema no olho do cachorro. Geralmente, os cães lacrimejam bastante e ficam com os olhos inchados e mais sensíveis à luz. Em alguns casos, também pode ocorrer pontos de sangramento, deixando o cachorro com olho vermelho. 

Com a confirmação do diagnóstico, o médico indica o melhor tratamento para o caso, que geralmente consiste no uso de medicamentos como antiinflamatórios, analgésicos e antibióticos. Apesar de ser um procedimento delicado e que requer muita atenção, a uveíte em cães tem grandes chances de ser curada se for tratada corretamente.

Cachorro com olho vermelho e remelando pode ser conjuntivite

Assim como os humanos, os cãezinhos também podem desenvolver a conjuntivite. Esse problema no olho do cachorro trata-se de uma inflamação da membrana conjuntiva que pode ser causada por vírus, bactérias ou substâncias tóxicas. Mas, apesar de muita gente acreditar que a conjuntivite em cachorro não é nada demais, a falta de tratamento adequado pode levar à cegueira. Para identificar este tipo de problema no olho do cachorro, não é muito difícil.

Geralmente, os tutores são capazes de perceber o cachorro com olho remelando e vermelho, que são considerados os principais sintomas da doença. Além deles, o cachorro com conjuntivite também pode lacrimejar com frequência e ter certa dificuldade em manter os olhos abertos. Ao notar qualquer sinal dessa doença nos olhos do cachorro, procure um médico veterinário imediatamente. Dependendo da gravidade do caso, podem ser indicados colírios ou antibióticos para a conjuntivite canina, além da limpeza várias vezes ao dia. Mas atenção: nada de tentar automedicar o seu pet. É imprescindível o acompanhamento de um médico veterinário.

Doenças nos olhos dos cães: fotos para você comparar os sintomas

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    A catarata em cachorro pode ser observada pela opacidade do cristalino do olho do animal
    A catarata em cachorro pode ser observada pela opacidade do cristalino do olho do animal
    A uveíte em cães é caracterizada pelo olho vermelho e inchado
    A uveíte em cães é caracterizada pelo olho vermelho e inchado
    O cachorro com conjuntivite, além do olho vermelho e inchado, também costuma lacrimejar bastante
    O cachorro com conjuntivite, além do olho vermelho e inchado, também costuma lacrimejar bastante
    Cachorro com olho vermelho: a úlcera de córnea afeta a superfície dos olhos, deixando-os vermelhos
    Cachorro com olho vermelho: a úlcera de córnea afeta a superfície dos olhos, deixando-os vermelhos
    Cachorro com olho remelando em excesso é um dos principais sintomas da síndrome do olho seco
    Cachorro com olho remelando em excesso é um dos principais sintomas da síndrome do olho seco
    O glaucoma é uma doença no olho do cachorro que pode deixar a região esbranquiçada e levar à cegueira
    O glaucoma é uma doença no olho do cachorro que pode deixar a região esbranquiçada e levar à cegueira
    A catarata em cachorro pode ser observada pela opacidade do cristalino do olho do animal
    A uveíte em cães é caracterizada pelo olho vermelho e inchado
    O cachorro com conjuntivite, além do olho vermelho e inchado, também costuma lacrimejar bastante
    Cachorro com olho vermelho: a úlcera de córnea afeta a superfície dos olhos, deixando-os vermelhos
    Cachorro com olho remelando em excesso é um dos principais sintomas da síndrome do olho seco
    O glaucoma é uma doença no olho do cachorro que pode deixar a região esbranquiçada e levar à cegueira

    Mais Lidas

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?
    Saúde animal

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?

    Encontrar o cachorro ofegante não é uma questão incomum na vida dos tutores. Normalmente, os peludos ficam mais cansados depois de um longo passeio ou brincadeiras, mas quando não houve nenhum estímulo é preciso ficar atento. Observe alguns sinais do cachorro ofegante: língua pra fora pode indicar calor ou cansaço, agora se o sintoma estiver acompanhado de tremores ou cachorro com dificuldade de respirar, o ideal é levá-lo imediatamente ao veterinário. Para saber como diferenciar e se há necessidade de buscar ajuda médica, nós conversamos com Ricardo Duarte, que é docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário FMU, de São Paulo.

    Vermífugo para cachorro: veterinária tira todas as dúvidas sobre o intervalo de uso do remédio
    Saúde animal

    Vermífugo para cachorro: veterinária tira todas as dúvidas sobre o intervalo de uso do remédio

    Você certamente já ouviu falar em vermífugo para cães. Mas sabe, exatamente, para que ele serve? Quem tem animal de estimação precisa estar atento a uma série de cuidados para manter a saúde do bichinho em dia - e usar esse remédio no período certo é uma dessas medidas indispensáveis para a proteção do pet. Como o nome já indica, o medicamento previne doenças causadas por vermes, como a Dirofilaria immitis, Toxocara canis e Giárdia sp.

    Catarata em cachorro: como reconhecer o problema?

    Outra doença nos olhos do cachorro é a catarata, problema ocular bastante comum e que afeta diretamente o cristalino do animal, impedindo-o de enxergar normalmente. Isso faz com que os cães percam a noção de espaço e é possível identificar esse problema no olho do cachorro com observações cotidianas. Normalmente, os cachorros passam a ter dificuldade para andar por ambientes desconhecidos e também podem bater o focinho nos lugares sem querer, já que eles deixam de enxergar bem. Mas, além da falta de noção de espaço, os cachorros também sofrem uma alteração no globo ocular, que deixa o cristalino branco e opaco. Com o tempo, a região também pode se tornar levemente acinzentada ou azulada, e, se não for tratada corretamente, esta doença em olho de cachorro pode deixar o seu amigo de quatro patas cego. Por isso, é importante saber identificar os sintomas e procurar um veterinário o quanto antes para dar início ao tratamento. 

    Síndrome do olho seco é uma inflamação na córnea

    Embora não seja muito falada, a síndrome do olho seco é uma inflamação que acomete a córnea, o tecido conjuntivo e as glândulas lacrimais dos olhos dos cães. Este é um problema no olho do cachorro que desestabiliza a hidratação na região, deixando o olho do animal extremamente vulnerável. Quando isso acontece, um dos sintomas que pode ser percebido é o cachorro com olho remelando em excesso ou piscando com muita frequência, demonstrando ter alguma irritação no local. O tratamento para olho seco vai depender da análise feita por um médico veterinário.

    Glaucoma em cachorro e úlcera de córnea também são problemas comuns

    O glaucoma em cachorro é outra doença bastante comum. Apesar de silenciosa, essa é uma inflamação progressiva e que pode trazer sérias consequências para a visão do seu amigo de quatro patas. Isso porque ela é caracterizada pelo aumento da pressão intraocular e, se não for tratada rapidamente, pode levar à cegueira. Os sintomas mais comuns da doença no estágio inicial são cachorro com olho remelando, vermelho e com a perda dos reflexos e da visão de forma gradativa. Já em casos mais graves, o glaucoma também pode deixar o olho do animal esbranquiçado.

    A úlcera na córnea, por sua vez, é caracterizada por uma lesão na superfície dos olhos que pode acontecer por causa de fatores externos, como traumas, infecções e o contato com substâncias tóxicas. Nesse caso, é possível observar o cachorro com olho vermelho, piscando muito e com lacrimação excessiva. O tratamento pode variar de acordo com cada caso.

    Redação: Juliana Melo

    Hipotireoidismo e hipertireoidismo em gatos: qual a diferença, como identificar e quais os tratamentos?

    Próxima matéria

    Hipotireoidismo e hipertireoidismo em gatos: qual a diferença, como identificar e quais os tratamentos?

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos
    Saúde

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos

    A esporotricose em gatos é uma das doenças mais graves que pode atingir os felinos. Isso porque ela evolui muito rápido para a fase disseminada, causando sérios riscos à vida do gatinho. Provocada por um fungo presente em vegetações, a “micose” apresenta feridas bem características na pele do felino, sendo esse um dos principais sintomas da doença. Apesar da complexidade da infecção, o tratamento correto é capaz de curar essa doença de gato. Esporotricose também pode ser prevenida com alguns cuidados específicos no dia a dia do seu felino. Para saber mais sobre a doença, nós conversamos com o médico veterinário Frederico Lima, do Rio de Janeiro.

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!
    Carrapato

    Babesiose canina: o que é e sintomas mais comuns. Saiba tudo sobre esse tipo da doença do carrapato!

    Os carrapatos são o pesadelo de qualquer dono de cachorro! Além de provocar coceiras, alergias e outros incômodos, o parasita também é responsável por transmitir doenças muito graves aos cães. Mesmo que seja algo relativamente comum entre os animais, o problema não deve ser subestimado pelos tutores. A doença do carrapato, como é popularmente conhecida, pode se manifestar de quatro maneiras diferentes, dependendo da espécie do parasita infectado. A Babesiose canina é uma das principais formas de manifestação da enfermidade. Por isso, preparamos um guia completo sobre tudo o que você precisa saber!

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Gato idoso pode desenvolver Alzheimer?
    Saúde animal

    Gato idoso pode desenvolver Alzheimer?

    A idade também chega para os animais de estimação. No caso de um gato idoso, a atenção com alimentação e saúde deve ser redobrada nessa fase da vida. No entanto, às vezes mesmo com tantos cuidados, alguns problemas se tornam inevitáveis, como é o caso da demência em gatos. Você já se perguntou se gato tem Alzheimer alguma vez? Na verdade, a condição é conhecida no universo veterinário como Síndrome da Disfunção Cognitiva, uma condição que apresenta sinais semelhantes ao Alzheimer em humanos. 

    O que a doença do carrapato causa no organismo do cachorro?
    Saúde animal

    O que a doença do carrapato causa no organismo do cachorro?

    Cuidar da saúde do cachorro é dever de todo tutor! Por isso, às vezes até mesmo uma simples alteração no apetite do animal pode ser indicativo de que tem algo de errado com o seu amigo de quatro patas. Quando se trata da doença do carrapato, cachorro pode apresentar diferentes sintomas do quadro. O problema pode se manifestar de várias formas no organismo do cachorro - algumas mais comuns do que outras. 

    8 mitos e verdades sobre a saúde dos gatos
    Saúde animal

    8 mitos e verdades sobre a saúde dos gatos

    Quando se trata da saúde de gato, uma coisa é certa: todo o cuidado é pouco. Embora exista a lenda de que os bichanos possuem sete vidas, alguns cuidados específicos influenciam diretamente no bem-estar e, principalmente, na expectativa de vida do seu amigo. Ainda assim, é comum que alguns tutores tenham dúvidas sobre as medidas necessárias para proteger o seu pet e evitar as principais doenças de gato, especialmente os gateiros de primeira viagem. 

    Batimentos cardíacos de cachorro: qual a frequência considerada normal e como medir?
    Saúde animal

    Batimentos cardíacos de cachorro: qual a frequência considerada normal e como medir?

    Todo mundo sabe que os cães são donos de um enorme coração, sempre dispostos a dar muito amor e carinho para quem quiser receber. Contudo, é sempre importante ficar atento a possíveis alterações no coração de cachorro, e saber como medir os batimentos cardíacos do animal pode ajudar bastante nessas horas. Mas então, como analisar isso da forma correta? Qual é a frequência considerada normal quando se trata dos batimentos cardíacos de um cachorro?

    Ver Todas >