Vômito

Cachorro vomitando ou regurgitando? A gente te explica a diferença entre os dois sintomas!

Vômito ou regurgitação? Vamos esclarecer de vez como diferenciar os sintomas!
Vômito ou regurgitação? Vamos esclarecer de vez como diferenciar os sintomas!

É muito comum que os tutores confundam um cachorro vomitando com a regurgitação, já que em ambos os casos acontece a expulsão do alimento pelo organismo do bichinho. Embora a situação se assemelhe nos sintomas, é importante ter em mente que são problemas distintos, com diferentes causas e, consequentemente, diferentes tipos de tratamento. Antes de correr para o veterinário, é importante estar atento aos sinais - até mesmo para que você possa explicar para o médico o que está acontecendo com o seu cãozinho. Pensando nisso, separamos algumas informações fundamentais para que você consiga diferenciar um cachorro regurgitando de um doguinho vomitando. Confira!

Cachorro regurgitando é motivo de preocupação?

A regurgitação é um processo que ocorre de forma totalmente involuntária e, muitas vezes, nem o cachorro entende o que está acontecendo. Em alguns casos, o cãozinho come rápido demais e acaba regurgitando logo em seguida, situação bastante comum nos filhotes de cachorro. Já em outros, pode ser que tenha alguma obstrução na passagem que acaba impedindo o alimento de chegar ao estômago - e a reação natural é o animal regurgitar e expulsá-lo.

Mas, diferente do vômito de cachorro, o alimento expelido durante a regurgitação ainda não foi digerido pelo organismo. Por isso que quase sempre é possível ver grãos de ração praticamente inteiros quando um cachorro põe a comida para fora. Além do mais, também não tem aquele cheirinho desagradável de quando o cachorro vomita.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Na regurgitação, o alimento volta antes de começar a ser digerido pelo organismo do animal
    Na regurgitação, o alimento volta antes de começar a ser digerido pelo organismo do animal

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?
    Saúde animal

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?

    Encontrar o cachorro ofegante não é uma questão incomum na vida dos tutores. Normalmente, os peludos ficam mais cansados depois de um longo passeio ou brincadeiras, mas quando não houve nenhum estímulo é preciso ficar atento. Observe alguns sinais do cachorro ofegante: língua pra fora pode indicar calor ou cansaço, agora se o sintoma estiver acompanhado de tremores ou cachorro com dificuldade de respirar, o ideal é levá-lo imediatamente ao veterinário. Para saber como diferenciar e se há necessidade de buscar ajuda médica, nós conversamos com Ricardo Duarte, que é docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário FMU, de São Paulo.

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Vômito de cachorro: entenda o que pode estar acontecendo

    No caso de um cachorro vomitando, os sinais são mais claros. Depois de comer, o cãozinho é capaz de perceber que tem algo de errado e logo procura formas de tentar alertar o seu tutor. Como o alimento muitas vezes já foi parcialmente ou totalmente digerido pelo estômago do animal, o vômito de cachorro apresenta um aspecto mais pastoso e um forte odor. O vômito também pode ser decorrente de outros problemas e ter a coloração diferente. Se for um vômito amarelado ou esverdeado, o problema está na bile do animal, enquanto que se o vômito vir acompanhado de uma espuma branca, a indigestão pode ter sido causada por irritações no intestino do animal ou até mesmo alguma situação de estresse. Agora o cachorro vomitando sangue precisa ser levado ao veterinário imediatamente, porque pode indicar hemorragias ou situações mais graves.

    Meu cachorro está vomitando: o que fazer?

    Antes de mais nada, é importante não se desesperar e tentar observar a frequência do seu cachorro vomitando. Se aconteceu apenas uma vez e o seu cão passou a se comportar normalmente logo depois, não há tanto motivo para se preocupar. No entanto, se a situação durar por mais tempo e você perceber que tem algo de errado com a saúde do animal, não hesite em marcar uma consulta com um médico veterinário o mais rápido possível!

    Mas atenção: nada de procurar na internet remédio para cachorro vomitando e nem receitas caseiras para tentar amenizar a situação, viu? Automedicar o seu pet pode ser muito perigoso, e somente um profissional é capaz de indicar o melhor tratamento para ele. Como podem ser variadas as causas para um cachorro vomitando, o que fazer nesse momento faz toda a diferença - e a melhor maneira de fazer a coisa certa é com a ajuda de um veterinário!

    Redação: Juliana Melo

    Quais doenças os filhotes de gato têm mais chances de contrair?

    Próxima matéria

    Quais doenças os filhotes de gato têm mais chances de contrair?

    Pastor-de-shetland ou Border Collie? Veja as diferenças entre as duas raças de cachorro
    Raças

    Pastor-de-shetland ou Border Collie? Veja as diferenças entre as duas raças de cachorro

    É muito comum que haja uma confusão quando falamos do Pastor-de-shetland e do Border Collie. Afinal, são duas raças de cachorro que compartilham basicamente os mesmos ancestrais e, fisicamente, o cão Pastor-de-shetland tem algumas semelhanças notáveis quando comparado com um Collie - e, consequentemente, com o Border Collie também. Por isso, nada mais justo do que destacar quais são as principais diferenças entre essas raças, não é mesmo? 

    Sangue nas fezes do cachorro pode ser giárdia? Veterinário explica os sintomas da doença
    Diarreia

    Sangue nas fezes do cachorro pode ser giárdia? Veterinário explica os sintomas da doença

    Por mais que não seja a atividade mais agradável do mundo, é na hora de analisar os xixis, cocôs e vômitos eventuais do nosso cachorro que a gente descobre que alguma coisa não está indo tão bem. Um cachorro vomitando sangue, por exemplo, pode estar com uma série de viroses e doenças — o mesmo acontece quando o sangue sai nas fezes do animal. Esse é, inclusive, uma das principais ações da giárdia em cães: o verme age no sistema digestório do animal e causa a giardíase, doença que pode ser transmitida para os humanos e é comum em cachorros que frequentam canis, parques e outros lugares em que têm contato com outros animais.

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?
    Ração

    Qual a diferença nutricional entre ração para raças pequenas e grandes?

    Todo mundo sabe que os cuidados com a alimentação do cachorro são fundamentais para manter a saúde do animal em dia. No entanto, o que poucas pessoas compreendem é que existem diferentes tipos de ração para cachorro e que todas elas são específicas para determinada fase da vida do animal e também levando em consideração o seu porte físico. Sim, é isso mesmo: o porte do animal também influencia na escolha da ração. Isto acontece porque uma ração para cachorro pequeno apresenta algumas diferenças nutricionais se comparada a uma ração para cachorro grande, e vice-versa; o que pode prejudicar a saúde do seu pet se for consumida de maneira inadequada. Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa preparou uma matéria com várias informações sobre isso. Veja a seguir!

    Ração de gato e ração de cachorro: quais as diferenças nutricionais entre os alimentos de cada espécie?
    Ração

    Ração de gato e ração de cachorro: quais as diferenças nutricionais entre os alimentos de cada espécie?

    Se você tem um cachorro e um gato em casa, já deve ter se questionado sobre a diferença na alimentação de cada espécie. Afinal, gato pode comer ração de cachorro e vice-versa? A ração de gato tem nutrientes diferentes do alimento oferecido aos cães? Tiramos todas as dúvidas sobre a alimentação desses animais e os cuidados que você deve tomar!

    Ver Todas >

    10 mitos e verdades sobre a Leishmaniose canina!
    Saúde animal

    10 mitos e verdades sobre a Leishmaniose canina!

    A leishmaniose canina pode trazer sérios problemas para a saúde do animal. A doença é classificada como uma zoonose (ou seja, seres humanos também podem contraí-la) e os cães domésticos são os principais hospedeiros. A transmissão ocorre pela picada do mosquito-palha infectado com o protozoário Leishmania infantum chagasi. A prevenção é muito importante, já que a doença pode levar humanos e cachorros à morte ou causar sérias sequelas. 

    Como identificar um gato desidratado?
    Saúde animal

    Como identificar um gato desidratado?

    Embora não apreciem muito esse hábito, beber água é fundamental para a saúde do gato. Os tutores devem ter bastante atenção na rotina dos bichanos: eles precisam de uma quantidade adequada de líquidos para não desenvolverem complicações no sistema urinário que podem levar à falência dos rins. A curto prazo, um gato desidratado, normalmente em decorrência de algum outro problema de saúde, precisa receber bastante atenção para não chegar a um estado mais grave. 

    Pente para pulga de cachorro funciona? Conheça o acessório!
    Saúde animal

    Pente para pulga de cachorro funciona? Conheça o acessório!

    Manter o seu cachorrinho livre de pulgas pode não ser uma tarefa muito fácil, mas é essencial para saúde e bem-estar dele. As pulgas em cachorro podem não só causar coceira no animal, como também transmitir bactérias e verminoses, além de provocar dermatites. O pente para pulga é um acessório de uso prático para o tutor , confortável para os animais e até mais sustentável

    5 fatos sobre a diabetes em cães que precisam da sua atenção
    Saúde animal

    5 fatos sobre a diabetes em cães que precisam da sua atenção

    A diabetes em cachorro é um quadro delicado e que precisa de atenção e muito cuidado. A doença se desenvolve a partir de alterações nos níveis de produção de insulina pelo corpo do animal, com apresentações diferentes de acordo com o tipo de diabetes. Apesar de ser muito parecida com a ação em humanos, a diabetes em cães causa muitas dúvidas nos tutores, que podem acabar caindo em alguns mitos sobre a doença. Quanto antes o tratamento for iniciado, porém, mais chances o cachorro tem de conseguir viver com a doença, sem afetar tanto a sua qualidade de vida. Para te ajudar com isso, reunimos 5 fatos sobre a diabetes canina para sanar todas as suas incertezas sobre a doença. Confira abaixo!

    Ver Todas >