close
Saúde

Cachorro obeso: como ajudar o animal a perder peso?

Cachorro obeso pode desencadear vários problemas de saúde! Veja como ajudar o seu amigo a perder peso.
Cachorro obeso pode desencadear vários problemas de saúde! Veja como ajudar o seu amigo a perder peso.

A obesidade canina é um problema bem comum entre os cães. Assim como em seres humanos, o excesso de gordura pode provocar diversos problemas de saúde - como doenças cardíacas e hepáticas -, além de diminuir a qualidade de vida do animal. Por isso, é importante estar atento aos sinais de que seu cachorro está ganhando peso e começar a pensar em mudanças de hábitos na rotina dele. Quer saber como evitar a obesidade canina e ajudar seu cachorro a perder peso? O Patas da Casa listou 4 dicas para ajudar o seu amigo a emagrecer. 

1) Prefira as rações especiais para cachorro obeso

Se o seu cão está com um quadro de obesidade, vale a pena rever o tipo de alimento que você fornece para ele. Existem opções especiais de ração para cachorro obeso, que têm a mesma quantidade de nutrientes e calorias (fonte de energia), mas menos gordura que as versões comuns. Além de escolher a ração ideal para ajudar no processo de emagrecimento, é importante que o alimento seja adequado ao porte e idade do animal. Se tiver dúvidas, peça ajuda de um veterinário para escolher. 

2) Passear com cachorro ajuda a perder peso

As atividades físicas são fundamentais para os animais que precisam perder peso. Fazer longos passeios com o cachorro diariamente é um grande aliado no emagrecimento, mas a intensidade do exercício varia de acordo com o tamanho e idade dele. A corrida, por exemplo, pode ajudar nesse processo, mas é importante respeitar os limites do animal. Você também pode levá-lo a praias, trilhas ou parques para cachorros: essas são ótimas opções para brincar bastante e gastar a energia do peludo. 

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Obesidade canina: mudanças na alimentação e prática de exercícios físicos ajudam a lidar com a doença
    Obesidade canina: mudanças na alimentação e prática de exercícios físicos ajudam a lidar com a doença

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    3) Mantenha seu cão ativo com brincadeiras em casa

    Você também pode inserir algumas atividades na rotina para ajudar o seu cãozinho a perder peso. Brincar com cachorro, mesmo em casa, vai mantê-lo ativo e gastar a energia dele - essa também é uma forma de prevenir a doença. Além dos passeios diários, tenha o hábito de sempre fazer o seu amigo brincar, incentivando ele com atividades interessantes. Jogar bolinha, brincar de puxar corda, pique-esconde... vale tudo para deixar o animal sempre em movimento. 

    4) Evite o excesso de petiscos durante o dia

    Para evitar a obesidade, é importante controlar a alimentação do cachorro e respeitar a quantidade indicada no saco de ração. Além disso, os petiscos devem ser controlados, principalmente se o animal não é muito ativo fisicamente. A quantidade recomendada depende do peso total do animal. Se o seu amigo está obeso, prefira petiscos naturais ou indicados para cães nessa condição - ou seja, aqueles que têm pouca gordura e carboidratos na composição. Você também pode dar frutas e vegetais como um agrado, mas é importante ter o aval do veterinário antes de oferecer qualquer alimento ao seu cachorro, principalmente se ele está em algum tratamento.

    Bônus: Cachorro obeso precisa de acompanhamento de um veterinário

    Se você desconfia que tem um cachorro obeso, a primeira coisa que você precisa fazer é levá-lo a um veterinário. Isso porque o aumento de peso pode ter sido desencadeado por alguma doença, como é o caso do hipotireoidismo canino. Em outros casos, a obesidade favorece o surgimento de outras patologias, como problemas no fígado, coração e nos ossos. A partir dessa análise, o veterinário vai ajudar a traçar um plano de perda de peso para o animal, que pode incluir rações especiais e até medicamentos, em determinados casos. 

    Redação: Gabrielle Nunes

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães

    Próxima matéria

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães

    Como ajudar seu gato obeso a perder peso? Veja algumas dicas!
    Saúde

    Como ajudar seu gato obeso a perder peso? Veja algumas dicas!

    A obesidade é um dos problemas mais comuns quando se trata da saúde dos gatos. Como os felinos são naturalmente mais preguiçosos e gostam de passar boa parte do dia deitados, a falta de exercícios físicos muitas vezes acaba deixando o gato gordo. Se isso for atrelado à uma alimentação inadequada, o quadro se torna ainda mais difícil de evitar. Então, como reverter essa situação e ajudar o gato obeso a perder peso? Que tipos de brincadeiras e exercícios podem começar a fazer parte da rotina desses felinos? Existe algum tipo de ração para gatos obesos? Para te guiar nessa tarefa, separamos algumas dicas que podem ajudar o seu gatinho a emagrecer. Dá só uma olhada!

    Acessórios para cachorro que facilitam a vida do tutor e ajudam no bem-estar do animal
    Cuidados

    Acessórios para cachorro que facilitam a vida do tutor e ajudam no bem-estar do animal

    Não adianta tentar se convencer do contrário: dar as boas vindas a um cachorro na sua casa é sempre sinônimo de mudanças que devem ocorrer. Além da dinâmica do dia a dia e da necessidade de alimentar e cuidar de mais um ser vivo, é provável que o tutor de primeira viagem seja apresentado a uma série de objetos que não conhecia antes. Existem acessórios para cachorro que são perfeitos para melhorar o bem-estar do animal em diferentes situações e que, ao mesmo tempo, são uma mão na roda para os tutores. Vem ver a lista que nós separamos aqui embaixo!

    Roupa para cachorro: saiba quando usar e como ajudar seu cão a se adaptar!
    Cuidados

    Roupa para cachorro: saiba quando usar e como ajudar seu cão a se adaptar!

    Os cães se tornaram verdadeiros filhos para nós humanos. Por isso, alguns tutores fazem de tudo para oferecer o melhor para seus peludos, e isso vai de brinquedos e petiscos até roupa para cachorro. O acessório não é somente um mimo para o seu animal. Em lugares onde a temperatura está sempre mudando, a roupinha de cachorro é uma aliada para aliviar o frio e até prevenir doenças respiratórias. Quer saber como deixar o seu pet ainda mais fofo? Veja nossas dicas de como escolher roupa para cachorro e como adaptá-lo com o novo acessório.

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo
    Cuidados

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo

    Cuidar de cachorro não é tão simples quanto parece, mas também não é nenhum bicho de sete cabeças. No entanto, para facilitar a convivência com o pet, é preciso acostumá-lo com alguns hábitos desde cedo, como escovar os dentes e tomar banho. Caso contrário, o cãozinho pode apresentar certa resistência nessas horas, e todo o processo acaba sendo bem mais trabalhoso. Para te ajudar nessa missão, separamos 5 hábitos essenciais que devem fazer parte da rotina de todos os cães, independente da idade. Veja quais são eles!

    Ver Todas >

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos
    Saúde animal

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos

    Você já ouviu falar em fluidoterapia em gatos? Muito comum em casos de insuficiência renal em gatos, a fluidoterapia em felinos é um tratamento de suporte que promove a hidratação do animal. É um procedimento versátil que pode ser aplicado de diversas maneiras e com fluidos específicos para cada situação. Para tirar todas as dúvidas sobre a fluidoterapia em gatos, o Patas da Casa conversou com a veterinária especialista em gato e dona do Diário Felino Jéssica de Andrade.

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?
    Saúde animal

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?

    A FIV felina é considerada uma das doenças mais perigosas. Além de toda a preocupação ao resgatar ou adotar um gatinho, existe outra questão que precisa de cuidado: a fácil transmissão. Existem testes que detectam a patologia, e é necessário realizá-los antes de levar um novo gato para casa - especialmente se tiver outros gatos. O gato com FIV pode acabar transmitindo a doença para os outros residentes se não houver nenhum tipo de cuidado.

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina
    Saúde animal

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina

    A dirofilariose em gatos é uma doença em que os parasitas se alojam na corrente sanguínea do pet e pode chegar até o coração - por isso também é chamada de doença do verme de coração. O problema é uma das doenças causadas por tipos vermes de gato. A dirofilariose também pode atingir os cães e é temida por ser uma complicação de saúde muito perigosa para ambos os pets. 

    Dermatofitose em gatos: saiba mais sobre essa doença muito comum e silenciosa
    Saúde animal

    Dermatofitose em gatos: saiba mais sobre essa doença muito comum e silenciosa

    A dermatofitose em gatos é uma doença de pele silenciosa, porém muito comum de acontecer com os felinos. Mesmo que muitas vezes seja difícil de ser identificada, essa doença é altamente contagiosa e é classificada como uma zoonose, ou seja, também é transmissível para os humanos. Por isso, saber mais sobre os sintomas de dermatofitose é muito importante não só para o bem-estar de seu gato, como também do próprio tutor.

    Ver Todas >