Adoção animal

Cachorro japonês: conheça as raças originárias do Japão

Publicado - 25 Abril 2022 - 11h46

Atualizado - 18 Maio 2024 - 12h23

As características de um cachorro não são apenas definidas pela sua raça - ou a ausência dela. O lugar de onde ele vem também pode dizer muita coisa. Isso explica bastante sobre as características do “cachorro japonês”, ou seja, cães provenientes do Japão. Acredita-se que são as raças mais antigas do planeta, o que justifica o fato de muitas já terem sido extintas. Mesmo assim, os cachorros japoneses são muito valorizados no país. Inclusive, seis deles já foram considerados patrimônio natural vivo: Akita Inu, Shiba Inu, Kishu Inu, Shikoku Inu, Hokkaido Inu e Kai Ken.

Entender sobre as raças de cachorro japonês é também compreender um pouco mais sobre o Japão, já que esses cães costumam ser obedientes, robustos, calmos e ágeis, o que se assemelha bastante com o comportamento dos próprios japoneses. Além disso, suas características físicas também explicam muito sobre o lugar de onde vêm. Os cachorros japoneses são do tipo "Sptiz", o que significa que são parecidos com lobos. Por isso que as raças mais populares costumam ter pelos grossos, orelhas pontudas e também o rabo encaracolado. Mas, independente do seu formato ou personalidade, as raças de cachorros japonês também fazem muito sucesso aqui no Brasil. Conheça as mais populares!

1 - Akita Inu é o cachorro japonês mais popular da Ásia

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Cão Akita Inu deitado em chão de bosque
O Akita Inu é uma raça de cachorro japonês independente

 

Talvez você não o reconheça de nome, mas a aparência de um Akita Inu é inconfundível. Considerado o cachorro japonês mais popular da Ásia, seu nome faz referência a região de onde vem no Japão, Akita, e Inu significa cachorro. Apesar de possuir um temperamento dócil, já foi usado como cão de guarda e caça no passado. É considerada uma raça bastante fiel, mas talvez não seja o cachorro japonês mais carinhoso, já que gosta de ter a sua independência. Além disso, também pode apresentar dificuldade em conviver com outros cães.

2 - Shiba Inu é a raça de cachorro japonês mais antiga do país

 

Cão Shiba Inu com a língua de fora
O Shiba Inu é o cachorro japonês mais antigo do paí­s

 

A origem do Shiba Inu é incerta, mas acredita-se que ele tenha surgido por volta dos 300 a.C. Por conta disso, é considerado o mais antigo cachorro do japão, além de também ser um dos menores. Ou seja, é umcachorro japonês pequeno, o que nem sempre é comum. Por volta de 1993, por conta dos inúmeros cruzamentos com diferentes raças, o Shiba Inu ficou comprometido e, para evitar que entrasse em extinção, foi declarado Patrimônio Natural do Japão. Também é considerado um cão de raça independente e tímido com desconhecidos, mas é bem-humorado e brincalhão. No entanto, não gosta muito de dividir atenção.

3 - O Hokkaido Inu é uma raça de cachorro japonês díficil de encontrar em outra região

 

Cão Hokkaido Inu em pé em gramado
Hokkaido Inu é a raça de cachorro japonês mais rara do país

 

Apesar de várias raças já terem viajado o mundo inteiro e ser bem fácil encontrar raça de cachorro japonês até no Brasil, o Hokkaido Inu não se acha com tanta facilidade fora do seu país de origem por ser raro até mesmo na região. Conhecido também pelo nome de Ainu, no passado era usado como cão de caça por ser bem forte e resistir ao frio por conta da pelagem grossa. Podem ser bravos, mas são cachorros inteligentes e leais ao seu dono. Costumam ser bem ativos, então quem estiver considerando ter um precisa ter em mente que precisará gastar a energia do amigo de quatro patas. 

4 - Spitz Japonês é o cachorro japonês preferido dos japoneses

 

Cão Spitz Japonês no colo de tutora
O Spitz Japonês é a raça de cachorro japonês mais sociável

 

O Spitz Japonês é, provavelmente, uma das raças mais populares do país. No entanto, é importante ressaltar que, apesar das poucas informações sobre o seu surgimento, sabe-se que ele é uma variação do Spitz Branco Alemão. Diferente das raças de cachorro japonês citadas anteriormente, o Spitz Japonês costuma ser mais sociável, muito alegre e inteligente. Além disso, está entre as raças de cachorro mais fáceis de adestrar.. É um cão bastante atento e obediente,mas com bastante energia - que precisa ser gasta com passeios diários. É uma ótima companhia e também se dá bem com outros cachorros.

5 - Terrier Japonês é um cachorro japonês fácil de cuidar

 

Cão Terrier Japonês correndo em gramado
Terrier Japonês é um cachorro do Japão bem fácil de cuidar

 

O Terrier Japonês é provavelmente o cachorro do japão que mais foge do estereótipo de possuir pelos grossos, orelhas pontudas e também o rabo encaracolado. O motivo: é resultado da mistura do Fox Terrier Inglês com outras raças pequenas do Japão. Mesmo assim, ficou popular no país por ser um cão de “fácil manutenção”. Por ser um cachorro japonês pequeno, é bem fácil de cuidar. Além disso, não são muito barulhentos, ideal para quem mora em apartamento. De qualquer forma, são cachorros apegados ao seus tutores e adoram a companhia de crianças. Para completar, também se adapta a mudanças com uma certa facilidade.

6 - O Shikoku Inu é um cachorro japonês de caça que foi adestrado com o tempo

 

Cão Shikoku com natureza ao fundo
O Shikoku Inu é um cachorro japonês de personalidade forte

 

Assim como diversas raças de cachorro japonês, o Shikoku Inu também foi utilizado como cão de caça no passado e para capturar veados e javalis. Por vir de uma região bastante e restrita, não há muito cruzamento com outras raças e por isso é considerada uma das mais puras do Japão. Apesar de ser considerado um cão dócil, possui também uma "personalidade forte" e por isso, se não for acostumado com outros animais e diferentes pessoas, podem demonstrar um comportamento agressivo com estranhos e demais bichos. Além disso, são conhecidos por ser cautelosos, resistentes, inteligentes e também muito leais. Apesar de serem silenciosos, são agitados e precisam de ambientes com espaço.

Redação: Victor Viana

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Adote um animal

50 nomes para cadelas pretas: ideias criativas para te ajudar a nomear o pet recém-adotado

Encontrar uma lista com 50 nomes para cadelas recém-adotadas não é uma tarefa muito difícil. Afinal, existem milhares de inspirações...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Ver todas