Saúde

Cachorro espirrando: quando devo me preocupar?

Cachorro espirrando nem sempre é sinal de coisa grave: veja quando se preocupar e o que fazer!
Cachorro espirrando nem sempre é sinal de coisa grave: veja quando se preocupar e o que fazer!

O pai de pet que nunca achou fofo ver o próprio cachorro espirrando que atire a primeira pedra! Mesmo que seja bonitinho e, na maior parte dos casos, algo inofensivo, a frequência de espirros do seu animal pode ser um sinal que deve chamar a sua atenção. Assim como acontece com os humanos, os espirros podem ser a reação do organismo do cachorro uma série de coisas e você precisa saber em quais casos a ajuda do veterinário é necessária. Por isso, a gente reuniu aqui embaixo tudo o que você precisa saber sobre o espirro de cachorro para garantir o melhor cuidado para o seu amigo quando ele precisar. 

Cachorro espirrando de vez em quando: nesses casos, não há necessidade de preocupação

A primeira coisa em que você precisa prestar atenção ao perceber que o seu cachorro está espirrando e pode precisar de ajuda é a frequência em que os espirros acontecem. Se eles são raros no dia a dia do seu amigo, é bem provável que ele só esteja tentando expulsar algum corpo estranho que entrou por ali: a causa pode ser um pouco de poeira, um pedacinho de grama, um inseto pequeno que veio junto de farejadas para reconhecer um novo caminho… qualquer coisa que pode causar incômodo à região das narinas do animal.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O cachorro espirrando muito deve sempre ser levado ao veterinário, principalmente se houver sangue
    O cachorro espirrando muito deve sempre ser levado ao veterinário, principalmente se houver sangue

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cachorro espirrando muito: o que pode ser?

    Quando o espirro acontece de forma mais frequente, com intervalos curtos entre um e outro e por mais de um dia inteiro, a ida ao veterinário é indispensável. Além disso, vale a pena ficar atento ao comportamento do animal para tentar reparar em algum outro sintoma que pode ajudar o profissional a diagnosticar o que o seu amigo tem.

    O cachorro com nariz escorrendo e espirrando, por exemplo, pode estar com a gripe canina, doença que também é conhecida como tosse dos canis. Ela tem sintomas muito parecidos com o da gripe dos humanos — inclusive a secreção nasal — e pode ser causada por um vírus ou uma bactéria. O cachorro espirrando sangue, por sua vez, pode ter a condição causada por alguma inflamação da gengiva ou no trato respiratório do animal. Além disso, a expulsão de sangue também pode ser causada por um tumor benigno nas narinas do cachorro. 

    Por último, os espirros alérgicos, que são causados por algum ativo que incomode o animal. O alérgeno pode ser desde um cheiro muito forte (comum aos produtos de limpeza e químicos, como a acetona) até poeira, ácaros e pólen. Ou seja: fique atento aos ambientes que o animal tem frequentado para tentar identificar qual é o gatilho da situação. 

    Cachorro espirrando: remédio caseiro pode não ser a melhor solução

    Não importa se os espirros são causados pela gripe canina ou por alguma alergia: assim que você perceber que o animal está espirrando muito, o ideal é pedir ajuda ao seu veterinário de confiança e não medicar o animal sem prescrição. Quando a situação é causada por uma alergia recorrente e você já tem um remédio receitado como orientação para os momentos de crise, tudo bem, o animal pode ser medicado. Em qualquer outro caso, é melhor que o seu amigo seja examinado e diagnosticado antes de tomar qualquer medicamento que pode ou não cooperar para a melhora do quadro de espirros.  

    Espirro reverso em cães: saiba o que é e como identificar no seu amigo

    Se num espirro normal o seu cachorro coloca o ar para fora, no espirro reverso, como o próprio nome já diz, ele puxa o ar para dentro do corpo através das narinas — e não, isso não parece com a respiração normal. Ele faz um som parecido com uma tosse abafada nesse momento. As causas do espirro reverso são parecidas com a do espirro comum e ele é mais comum em cachorros braquicefálicos, que têm a anatomia do focinho e das vias respiratórias diferenciadas. 

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Gato picado por abelha: o que fazer?

    Próxima matéria

    Gato picado por abelha: o que fazer?

    Gato espirrando: devo me preocupar? Saiba quando procurar um veterinário!
    Saúde

    Gato espirrando: devo me preocupar? Saiba quando procurar um veterinário!

    É tão raro ver um gato espirrando que a maioria dos donos até se assustam ao ouvir um espirro felino. O espirro funciona como uma proteção do corpo à algo que esteja irritando as mucosas nasais. Mas é muito importante observar o seu animal: acompanhado de outros sintomas, o gato espirrando pode significar que ele esteja ficando doente. Antes de partir para o diagnóstico de rinotraqueíte, uma doença respiratória muito comum nos felinos, mantenha a calma e observe o seu amigo.

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno
    Raças

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno

    O Jack Russell Terrier é um cachorro de pequeno porte que leva alegria por onde passa. Essa raça de cachorro é muito amável, encantadora e de personalidade forte. Apesar do pequeno tamanho, eles são cães muito corajosos e demandam bastante energia de seus tutores. Como grande parte dos cães do grupo Terrier, essa raça é um grande exemplo de cachorro de caça e adora investigar todos os lugares, exibindo seu vigor e vivacidade. Quando o cão Jack Russell Terrier quer algo, ele só desiste quando consegue. 

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro

    O Weimaraner é um cão de grande porte que conquista a todos com sua simpatia e beleza inconfundível. Essa raça de cachorro possui uma obediência fora do comum e exibe todos os atributos para conquistar a todos da família humana. Criado para ser um cão de caça perfeito, o cachorro Weimaraner possui uma condição física energética que demanda uma rotina de exercícios físicos. Ficou curioso para saber mais sobre esse doguinho? Dá só uma olhada no guia que o Patas da Casa preparou!

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)
    Pequenos

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)

    Dentre tantas raças de cachorro que existem pelo mundo, uma que certamente merece destaque é o Bichon Frisé. Esse pequeno cãozinho já é capaz de conquistar vários admiradores só por causa da sua aparência fofinha e felpuda, mas não é só isso que chama a atenção na raça: o cachorro Bichon Frisé também é super carismático e afetuoso. Por isso, é bem difícil não se apaixonar por ele. 

    Ver Todas >

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde
    Saúde animal

    Epilepsia em gatos: veterinária tira dúvidas sobre o problema de saúde

    Quando se trata da saúde do gato, todo cuidado é pouco. Assim como acontece com os humanos, os felinos também são vulneráveis a vários problemas bem desagradáveis, como a epilepsia. O distúrbio afeta o sistema nervoso central e gera consequências como a convulsão em gatos. A situação pode assustar bastante os tutores, por isso é importante conhecer cada detalhe da doença. 

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!
    Saúde animal

    Como aumentar a imunidade do gato? Veja algumas dicas!

    A preocupação com a saúde dos gatos é inevitável, afinal os bichanos são praticamente como se fossem filhos de quatro patas para os seres humanos. Por isso, além de oferecer uma boa alimentação para esses animais, muitos tutores também procuram por alternativas de como melhorar a imunidade do seu gato para evitar problemas de saúde. Como muitos sabem, a vitamina C é indispensável nessa missão, mas onde ela pode ser encontrada? 

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?
    Saúde animal

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    O sistema digestivo do cachorro é composto por boca, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus e cada um desses órgãos possui uma atividade específica durante a digestão dos alimentos. O problema é que, assim como ocorre com os humanos, os cães também podem sofrer com algumas doenças que atingem o sistema digestivo canino e que são causadas por fatores que variam desde a ingestão de alimentos contaminados até quadros de estresse ou ansiedade. 

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato
    Saúde animal

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato

    Já parou para pensar como ocorre o cruzamento entre os gatos? Os machos sempre estão dispostos a acasalar, mas as fêmeas precisam estar no período do cio para aceitar a aproximação. O primeiro cio costuma ocorrer quando o animal atinge a puberdade, que normalmente é entre o 8º e o 10º mês de vida. Esse costuma ser um período bastante delicado para todos, que precisam já que a gata passa por uma grande carga de estresse. 

    Ver Todas >