Saúde

Cachorro com olho vermelho: 5 razões para o problema

O   cachorro com olho vermelho pode ser indicativo de uma série de doenças oculares. Saiba quais são as mais comuns!
O cachorro com olho vermelho pode ser indicativo de uma série de doenças oculares. Saiba quais são as mais comuns!

Encontrar o cachorro com os olhos vermelhos é uma situação que preocupa qualquer tutor. Será que é grave? Precisa de muitos cuidados? O que pode ser? A verdade é que saber a origem do olho vermelho do cachorro muitas vezes é difícil e requer a ajuda de um veterinário (de preferência especializado em oftalmologia), até mesmo para dar início ao tratamento mais adequado. No entanto, alguns problemas acabam sendo mais comuns, como é o caso da conjuntivite e do glaucoma em cães. Pensando nisso, separamos as principais razões por trás de um cachorro com os olhos vermelhos e outros sintomas que podem ajudar a entender do que se trata. Veja a seguir!

1) Cachorro com olho vermelho pode ser sintoma de conjuntivite

Da mesma forma que acontece com os humanos, a conjuntivite também é uma doença ocular que pode atingir os cães. O cachorro com o olho vermelho e remelando é um dos sinais mais evidentes da doença, mas outros sintomas que também podem ser observados são lacrimação excessiva, dificuldade para manter os olhos abertos e arranhões na membrana ocular. Se esse for o caso do cãozinho, é de extrema importância procurar um veterinário o quanto antes para evitar a progressão da doença que, se não for tratada, pode levar o animal à cegueira. Quanto antes for diagnosticado, mais fácil e rápido será o tratamento.

2) O olho vermelho em cachorro às vezes é causado por uma úlcera da córnea

Outra razão por trás de um cachorro com olho inchado e vermelho é a úlcera de córnea. Embora seja menos comum do que uma conjuntivite, ainda assim é um motivo de preocupação. Algumas raças, como Pug, Shih Tzu e Bulldog Francês, estão mais propensas a desenvolver a doença. Além do cachorro com o olho vermelho, outros sinais clínicos da úlcera da córnea são: dor intensa na região dos olhos, sensibilidade à luz (fotofobia), diminuição do tamanho da pupila, olhos piscando muito rápido e frequentemente. O diagnóstico deve ser feito por um especialista e o tratamento pode variar de acordo com a gravidade da situação.

3) Cachorro com olho vermelho e remelando pode ser sinal de uma alergia

As alergias nos cães podem se manifestar de diferentes formas e uma delas é deixando o cachorro com o olho vermelho. Vários motivos podem estar por trás dessa alergia: pode ter sido alguma coisa que o cãozinho comeu ou até uma poeirinha que pode ter entrado dentro do olho dele. O contato com substâncias alergênicas, como produtos de limpeza, ervas daninhas e pólen, também costumam causar o olho vermelho em cachorro. Não é uma situação exatamente preocupante, mas ainda assim é sempre bom ter muito cuidado com tudo que entra em contato com seu animal, pois até uma simples alergia pode acabar evoluindo para um quadro mais grave.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    O cachorro com os olhos vermelhos precisa de cuidados específicos, sempre supervisionado por um veterinário
    O cachorro com os olhos vermelhos precisa de cuidados específicos, sempre supervisionado por um veterinário

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?
    Saúde animal

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?

    Encontrar o cachorro ofegante não é uma questão incomum na vida dos tutores. Normalmente, os peludos ficam mais cansados depois de um longo passeio ou brincadeiras, mas quando não houve nenhum estímulo é preciso ficar atento. Observe alguns sinais do cachorro ofegante: língua pra fora pode indicar calor ou cansaço, agora se o sintoma estiver acompanhado de tremores ou cachorro com dificuldade de respirar, o ideal é levá-lo imediatamente ao veterinário. Para saber como diferenciar e se há necessidade de buscar ajuda médica, nós conversamos com Ricardo Duarte, que é docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário FMU, de São Paulo.

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    4) Cachorro: olho vermelho e com inchaço são sintomas de glaucoma

    O glaucoma em cães é um problema bastante sério e que precisa de muita atenção. Existem vários estágios da doença e o primeiro se manifesta principalmente com o cachorro com olho inchado e vermelho. Em seguida, outros sintomas que podem ser observados são o azulamento ou acinzentamento da córnea, lacrimação frequente e o aumento do globo ocular. O cãozinho também pode começar a apresentar comportamentos compulsivos e coçar a região dos olhos com muita frequência. É fundamental levá-lo ao veterinário se houver qualquer suspeita de glaucoma, já que a progressão da doença pode acabar deixando o cachorro cego.

    5) Cachorro com olho vermelho e inchado também pode ser uveíte

    Assim como o glaucoma, a uveíte em cães é uma doença ocular que costuma deixar o cachorro com olho vermelho e inchado. Mais comum do que se pensa, o problema consiste na inflamação da úvea, camada do olho que vasculariza o globo ocular. Além de lacrimação e sensibilidade à luz, outro sinal de uveíte são pontos de sangramento aparentes. O tratamento da doença geralmente consiste no uso de anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos.

    Colírio para cachorro com olhos vermelhos precisa ser receitado por um veterinário

    Independente de qual for a causa por trás do olho vermelho do cachorro, nunca tente tratar o problema por conta própria. A automedicação dos pets é bastante perigosa e, em vez de ajudar o seu amigo de quatro patas, você pode acabar até prejudicando a saúde dele. Por isso, não hesite em buscar orientações de um veterinário. Só o veterinário será capaz de identificar o que causou a vermelhidão nos olhos do cão e poderá receitar os melhores tratamentos, como colírios. Em hipótese nenhuma busque receitas caseiras na internet ou qualquer outra alternativa sem o acompanhamento de um médico, pois o globo ocular é uma área muito frágil que deve ser tratada com muita cautela. 

    Redação: Juliana Melo

    Como aumentar a imunidade do cachorro? Qual o impacto na saúde? Saiba tudo sobre o sistema imunológico canino

    Próxima matéria

    Como aumentar a imunidade do cachorro? Qual o impacto na saúde? Saiba tudo sobre o sistema imunológico canino

    6 razões por trás do xixi de cachorro no lugar errado (filhotes, adultos e idosos)
    xixi

    6 razões por trás do xixi de cachorro no lugar errado (filhotes, adultos e idosos)

    Chegar em casa depois de um longo dia na rua e ver que os cômodos estão todos sujos porque o bichinho fez xixi fora do banheirinho tira paciência de qualquer um, né? Por isso, quem tem um cãozinho sabe bem da importância que é como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo, independente da idade. Mas, às vezes, mesmo com treinamento o cachorro pode voltar a fazer as necessidades fora do local indicado, e isso pode estar relacionado à diferentes causas. É importante entendê-las para que seja possível mudar esse tipo de comportamento, ou até mesmo para prestar o suporte que o cãozinho precisa, caso o motivo seja algum problema de saúde. Pensando nisso, separamos 6 possíveis razões para o cachorro fazendo xixi no lugar errado. Dá só uma olhada!

    As 8 raças de cachorro com mais predisposição genética para ter problemas de pele
    Raças

    As 8 raças de cachorro com mais predisposição genética para ter problemas de pele

    Os cuidados com a saúde do seu bichinho de estimação devem vir em primeiro lugar sempre. E na hora de escolher uma raça de cachorro para comprar ou adotar, é fundamental saber tudo sobre o animal, desde os padrões de comportamento até a genética dele. Alguns problemas de saúde podem se manifestar com mais facilidade em determinadas raças, que carregam genes “defeituosos”. É por isso que as doenças de pele geralmente têm um fator congênito por trás.

    Como acabar com carrapato em cachorro: um guia completo para se livrar do problema
    Carrapato

    Como acabar com carrapato em cachorro: um guia completo para se livrar do problema

    Quem tem um cãozinho em casa sabe que o carrapato de cachorro é uma das principais ameaças ao bem estar do animal. Além de ser super incômodo para o seu amigo, ele ainda pode transmitir diferentes doenças que debilitam e podem até ser fatais. Por isso, é sempre bom saber a melhor forma de prevenir e como acabar com carrapatos em cachorros — assim, você já vai estar preparado se o parasita resolver fazer uma visita à sua casa. Dá uma olhada nos truques e dicas que nós separamos aqui embaixo!

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos
    Vacina

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos

    A vacina para cachorro é uma das principais formas de proteger o seu amigo de uma série de doenças que, além de serem realmente incômodas para o animal, podem ser fatais em alguns casos. Por isso, manter a carteira de vacinação do seu doguinho em dia é uma ótima maneira de cuidar para que ele se mantenha saudável. Ainda assim, os atrasos podem acontecer em uma série de casos diferente. Para explicar sobre as consequências, como agir quando isso acontece e o porquê das vacinas serem tão importantes, a gente conversou com a veterinária Renata Bloomfield.

    Ver Todas >

    Castração de gato: quais os cuidados que você deve ter no pós-operatório?
    Saúde animal

    Castração de gato: quais os cuidados que você deve ter no pós-operatório?

    A castração de gato é um procedimento cirúrgico que vai muito além de evitar a gravidez indesejada e o possível abandono de animais: ela também é uma forma de cuidar da saúde do seu amigo de quatro patas. No entanto, é comum que muitos tutores se sintam inseguros com a cirurgia, principalmente porque é necessário ter alguns cuidados antes e depois de castrar gato. 

    Cálculo renal em gatos: como se desenvolve? Tem cura? Veterinária explica tudo sobre o problema
    Saúde animal

    Cálculo renal em gatos: como se desenvolve? Tem cura? Veterinária explica tudo sobre o problema

    Não é mistério que os felinos têm certa dificuldade para beber água no dia a dia. A questão é que muitas vezes isso acaba desencadeando vários problemas na saúde do gato, principalmente no sistema urinário, trazendo grande preocupação para os tutores. O cálculo renal em gatos é uma doença mais comum do que se imagina e precisa de alguns cuidados. Por isso, é essencial saber identificar um gato com problema renal para procurar a ajuda de um especialista o quanto antes. 

    Cardiomiopatia dilatada em cães: veterinária explica como a doença se desenvolve
    Saúde animal

    Cardiomiopatia dilatada em cães: veterinária explica como a doença se desenvolve

    Os cachorros são companheiros incomparáveis e donos de um grande coração. Mas o tutor deve estar sempre atento a saúde deste órgão, pois esses animais também podem sofrer com alguns tipos de cardiopatia em cães. Algumas dessas doenças cardíacas são bastante comuns, como é o caso da cardiomiopatia dilatada em cães. Apesar do nome difícil, é muito importante saber tudo sobre essa doença que atinge o coração dos cachorros.

    Complexo gengivite-estomatite felina: entenda mais sobre a inflamação oral que atinge os gatos
    Saúde animal

    Complexo gengivite-estomatite felina: entenda mais sobre a inflamação oral que atinge os gatos

    Ter um gatinho não é só diversão: é preciso também saber cuidar da saúde do animal. Alguns problemas podem surgir quando menos se espera, e cabe ao tutor saber como identificá-los e o que fazer nesses momentos. É provável que você nunca tenha ouvido falar do complexo gengivite-estomatite felina (também chamado de gengivite-estomatite-faringite felino), não é mesmo?

    Ver Todas >