Saúde

Cachorro com olho remelando: veja quais problemas pode indicar e como cuidar

Cachorro com olho remelando é normal, mas fique atento com a quantidade: em excesso, a secreção pode indicar problemas mais graves
Cachorro com olho remelando é normal, mas fique atento com a quantidade: em excesso, a secreção pode indicar problemas mais graves

É comum que, depois de uma boa noite de sono, você encontre aquela característica secreção no olho do cachorro. A remela não costuma ser associada a coisas graves. Ainda assim, é importante ficar atento e não ignorá-la totalmente. Isso porque o excesso de remela indica que a saúde do seu cão não vai bem. Todo cuidado é pouco quando se trata da visão dos animais. Pensando nisso, separamos tudo que você precisa saber sobre o assunto. Dá uma olhada!

O que significa a remela no olho do cachorro?

Com um tom puxado para o marrom, a remela no olho do cachorro nada mais é do que uma secreção que se acumula nos cantos das pálpebras dos olhos durante as sonecas. Em alguns casos, essa secreção é mais leve, não fica agarrada no pelo do pet e pode ser retirada facilmente. Em outros animais, a remela é mais espessa e difícil de retirar.

Cachorro com remela em excesso pode indicar problemas mais graves

Ainda que seja uma secreção natural, o olho de cachorro remelando com mais frequência pode ser sinal de alguma doença que está incomodando o seu amigo. Mas, afinal, como saber quando a remela é normal ou sintoma de algo mais grave? Observe o animal: se é preciso limpar os olhos do cachorro mais de uma vez ao dia ou se a remela vem acompanhada de outros sinais, como vermelhidão nos olhos e coceira, é possível que o cachorro esteja com algum problema de saúde. Nesses casos, remela no olho do cachorro pode ser sinal de:

- Conjuntivite: Assim como acontece com os humanos, o cão também está sujeito a ter conjuntivite. Os sinais mais comuns são olhos vermelhos, inchados e remelando. A doença é causada por vírus, bactérias ou substâncias tóxicas e, por isso, é difícil identificar a origem deste incômodo. Ainda que pareça uma doença boba, se não tratada pode ocasionar na perda da visão do pet. Por isso, se notar o cachorro com olho remelando e vermelho, procure um especialista o mais rápido possível para iniciar o tratamento.

- Alergia: Produtos de limpeza, ambiente fechado, clima seco, poeira e algumas sujeiras na casa podem causar alergias no cachorro. Sendo assim, é comum encontrar algumas irritações pelo corpo do animal. Por ser uma região bastante sensível, os olhos são os primeiros a apresentar os sintomas, como o excesso de remela. Para evitar esse problema, mantenha o ambiente sempre limpo e arejado.

- Síndrome do olho seco: Caracterizada pela inflamação da córnea e a da conjuntiva dos cães, a síndrome do olho seco se apresenta com remela em excesso, piscadas insistentes e olhos irritados. A doença pode ser causada por diferentes motivos, desde ação bacteriana à traumas e batidas que desregulam as glândulas lacrimais. Se não for tratada, pode causar danos irreversíveis à visão do seu amigo.

- Glaucoma: Outra doença conhecida dos humanos, o glaucoma também pode afetar os cães. Progressiva e silenciosa, a doença ocorre devido ao excesso de líquido no interior dos olhos, resultando no aumento na pressão intraocular. Além da remela no olho do cachorro, irritação, vermelhidão e o aspecto esbranquiçado n também são sinais de que seu pet não está bem. Por ser um quadro grave, é fundamental um acompanhamento médico especialista para realizar o tratamento mais adequado.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A melhor forma de limpar o olho de cachorro remelando é com soro fisiológico
    A melhor forma de limpar o olho de cachorro remelando é com soro fisiológico

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Soro fisiológico é a melhor opção para limpar a remela no olho do cachorro

    Não existem dúvidas de que uma boa maneira de evitar o incômodo das remelas é limpando os olhos do seu cachorro diariamente. A melhor opção para essa tarefa é utilizar o soro fisiológico para não agredir a pele e os olhos do seu pet. Nesse caso, também é aconselhável usar gazes esterilizadas e algodão para que não fique nenhum resíduo no olho do cachorro. Mas, em caso de produção excessiva de remela, o recomendado é consultar um veterinário para saber qual o melhor medicamento a ser utilizado.

    Redação: Úrsula Gomes

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?

    Próxima matéria

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido
    Raças

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido

    A raça Bullmastiff é um cachorro grande e robusto, mas que não deixa a desejar no temperamento afetuoso e gentil. Esse cãozinho britânico, que surgiu no século XIX, conquista as pessoas por onde passa. Sempre em alerta, ativo, companheiro e fiel aos tutores, o Bullmastiff estará sempre pronto para proteger a família e seu território. Por não ser uma raça de cachorro tão comum no Brasil, elaboramos um guia com todas as informações que você precisa saber sobre o Bulmastiff, que também é chamado por Bulmastife e Bulmastife Boxer. 

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados
    Grandes

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados

    Se você sempre sonhou em ter um cachorro grande dentro de casa, a raça Boxer certamente é uma opção que não vai te decepcionar. Por trás da aparência robusta e que pode ser considerada até um pouco intimidante para alguns, existe um cãozinho companheiro e com muito amor para oferecer aos seus humanos. Conheça um pouco mais sobre o comportamento da raça, cuidados com a saúde e quanto custa um cachorro Boxer.

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Ver Todas >

    Gato e cachorro têm depressão? Descubra se o transtorno pode afetar seu bichinho de estimação
    Saúde animal

    Gato e cachorro têm depressão? Descubra se o transtorno pode afetar seu bichinho de estimação

    Você já se perguntou se o seu cachorro tem depressão? Ou se o seu gato que mudou de comportamento, na verdade está com um transtorno ligado ao estresse? Muitos tutores nem imaginam, mas cachorro ou gato com depressão não é um quadro tão difícil de ocorrer. A saúde mental é um assunto em evidência, principalmente nas campanhas do setembro amarelo. Mas assim como cães e gatos podem ajudar quem tem depressão, eles também podem ser afetados pela doença.

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina
    Saúde animal

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    A pancreatite canina é uma inflamação no pâncreas do cachorro causada por alterações na produção de enzimas. Esse doença gastrointestinal leva a lesões no órgão, gerando dores abdominais, respiração ofegante, desidratação, vômito e diarreia. O cachorro com pancreatite fica com a saúde muito debilitada e, em casos mais graves, pode até mesmo falecer. 

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Ver Todas >