Cuidados

Cachorro com medo de fogos: 5 dicas para acalmar o seu amigo

 Veja as melhores maneiras de proteger o cachorro dos fogos de artifício!
Veja as melhores maneiras de proteger o cachorro dos fogos de artifício!

Com a chegada do fim de ano, a história se repete: como acalmar cachorro com medo de fogos? Em época de natal e réveillon, os cães mais sensíveis tendem a sofrer bastante com o barulho. Em alguns casos, o pânico pode ser tão grande que, na tentativa de se proteger, os cães fogem de casa: o que era para ser uma noite agradável, se torna uma tortura para eles e para a família. Pensando em te ajudar nessas situações, separamos algumas dicas e truques para acalmar cachorro com medo de fogos. Confira!

Dica 1) Invista em essências relaxantes para acalmar o cachorro com medo de fogos

Assim como acontece com os humanos, algumas essências podem ajudar nos momentos de tensão. A lavanda, por exemplo, contém o princípio de linalol, que possui um efeito capaz de deixar o cãozinho mais calmo. Dessa forma, o ingrediente é ideal para acalmar o cachorro com medo de fogos. É importante lembrar que a essência não deve ser aplicada diretamente no cão, mas sim nos locais onde o pet costuma ficar, como a caminha para dormir. Você também pode usar em um difusor de ambientes.

Dica 2) Como acalmar cachorro com medo de fogos: prepare um local seguro e tranquilo

Independente da raça ou da idade, muitos cães enxergam os fogos de artifício como uma ameaça. Por isso, é fundamental fazer com que o cachorro se sinta seguro e protegido nesses momentos para evitar reações agressivas e inesperadas. Experimente preparar uma casinha ou até mesmo um esconderijo para que ele possa se abrigar durante a queima de fogos. Coloque cobertores nas portas e janelas para abafar os estouros. Vale de tudo para fazer com que seu amigo se sinta tranquilo!

Dica 3) Distraia o seu cachorro com medo de fogos com brinquedos e petiscos

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Cachorro com medo de fogos: uma dica é distrair o seu amigo com brincadeiras
    Cachorro com medo de fogos: uma dica é distrair o seu amigo com brincadeiras

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Sabe aquela história de focar no lado positivo da coisa? Então, ela também funciona na hora de colocar em prática as dicas de como acalmar cachorro com medo de fogos. Uma das formas de ajudar o seu amigo de quatro patas a relaxar em momentos estressantes é mudando o foco para algo que ele ame, como petiscos, coisas gostosas e brinquedos. Dessa forma, o cão passa a associar o barulho a experiências positivas e, consequentemente, diminui o medo.

    Dica 4) Técnica de amarrar cachorro: fogos não terá um efeito tão intenso

    Em dias em que é possível prever os fogos, como o natal e ano novo, a técnica do pano pode ajudar a diminuir o estresse do cachorro com medo de fogos. Baseado em enrolar um tecido em pontos específicos do corpo do cão, o truque oferece a sensação de tranquilidade e segurança para o pet. Mas nada de fazer a amarração na hora dos estouros, ok? Isso pode causar o efeito contrário, fazendo com que o seu amigo associe o pano aos barulhos e fique com ainda mais medo. Faça sempre antes! Além disso, é essencial que o cachorro seja supervisionado por alguém para evitar acidentes com o tecido.

    Dica 5) Cachorro com medo de fogos: use medicação para os casos mais graves

    Tremedeira, choro, agitação e latido são alguns dos sinais de que o medo de fogos de artifício está colocando a saúde do cão em risco. Nesses casos, o uso de medicações específicas ou até mesmo florais podem ajudar a acalmar o cachorro com medo de fogos de artifícios. Ainda assim, nada de fazer isso por conta própria, ok? Somente um médico veterinário é capaz de avaliar o quadro do seu amigo de quatro patas e prescrever o medicamento adequado.

    Redação: Úrsula Gomes

    Capa de sofá para cachorro é uma boa solução para proteger o estofado?

    Próxima matéria

    Capa de sofá para cachorro é uma boa solução para proteger o estofado?

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Cachorro com medo de fogos: como acalmar o animal + técnica de amarrar o pano
    Cuidados

    Cachorro com medo de fogos: como acalmar o animal + técnica de amarrar o pano

    Não é raro cachorro ter medo de fogos de artifício ou qualquer outro barulho muito forte e repentino. Em épocas de festas de fim de ano, carnaval e final de campeonatos de futebol, os animais podem sofrer bastante com os estouros. Não é à toa que o Revéillon é o período com o maior índice de fugas de cachorrinhos. E não existe uma regra, esse medo pode acometer qualquer raça e qualquer porte.

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios
    Cuidados

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios

    Ninguém pode negar: manter uma boa rotina é fundamental para saúde física e mental do ser humano. Mas, além de você, existe outro serzinho que precisa de hábitos diários para garantir um bom funcionamento do seu organismo: o seu cachorro. Ao contrário do que muitos tutores pensam, os cães são animais de rotina e, por isso, mudanças repentinas nos horários podem deixá-los estressados e, até mesmo, depressivos. O horário de passear com cachorro, por exemplo, é um dos que mais impactam o seu bichinho e deve ser o mesmo todos os dias. Para te ajudar nessa e em outras tarefas que envolvem a rotina do seu cãozinho, o Patas da Casa reuniu algumas dicas sobre o assunto. Dá uma olhada!

    Não pode passear com o cachorro na quarentena? Veja 6 dicas para gastar a energia do seu amigo em casa
    Passeio

    Não pode passear com o cachorro na quarentena? Veja 6 dicas para gastar a energia do seu amigo em casa

    Em um período de quarentena, será que realmente vale a pena arriscar e passear com cachorro na rua? Desde que o novo coronavírus surgiu, as recomendações dos principais órgãos de saúde são para que a população evite ao máximo sair de casa. Entretanto, para quem tem um bichinho que está acostumado com os passeios diários, isso pode ser um problema. Mas e se a gente te dissesse que é totalmente possível resolver isso? Existem várias formas de fazer o seu doguinho gastar energia dentro de casa - ou até mesmo dentro do prédio - e, em tempos de quarentena, essa é a melhor maneira de garantir que tanto você quanto o seu pet vão estar seguros! Confira algumas dicas a seguir!

    Ver Todas >

    A caixa de areia do gato deve ser limpa com qual frequência?
    Cuidados dos animais

    A caixa de areia do gato deve ser limpa com qual frequência?

    A caixa de areia para gatos é um item super importante na rotina dos felinos domésticos. Por puro instinto, os gatinhos aprendem desde cedo que aquele é o lugar certo para fazer as necessidades - e também aprendem a enterrar o xixi e as fezes. Mas você, humano, sabe como cuidar da caixinha de areia do jeito correto? Já avisamos que não vale colocar a areia no recipiente e esquecer que ela existe: o banheiro dos gatos precisa de manutenção quase diária.

    Bigode de gato: como saber se as
    Cuidados dos animais

    Bigode de gato: como saber se as "vibrissas" estão saudáveis?

    Mais que elegância, o bigode de gato tem importantes funções no comportamento felino. Manter uma boa aparência em nossos gatinhos é sempre bom, mas além da estética, é essencial prestar atenção na saúde do animal. A queda das vibrissas do gato, popularmente chamadas de bigodes, e outras alterações sempre vão gerar dúvidas nos tutores. É preciso se preocupar com a queda desses pelos? E afinal, para que serve o bigode de gato? 

    Shampoo hipoalergênico para cachorro deve ser usado em quais casos?
    Cuidados dos animais

    Shampoo hipoalergênico para cachorro deve ser usado em quais casos?

    O bem-estar e a saúde do cachorro devem ser prioridades. Por isso, é muito importante manter a higiene com alguns cuidados básicos, como limpar as orelhas e escovar os dentes. O banho em cachorro também deve fazer parte da rotina - mesmo que alguns pets não gostem, é essencial para o bem-estar do animal. Mas e quando a pele do animal apresenta sinais de alergia?

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos
    Cuidados dos animais

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos

    Para garantir que nenhum animal de estimação seja maltratado, foi criada, em 1998, a lei de contra maus-tratos aos animais, transformando qualquer agressão a cães e gatos um crime previsto no artigo 32 da Lei Federal nº 9.605. No entanto, nos últimos anos algumas alterações foram feitas dentro dessa legislação, e é importante entender o que mudou e, principalmente, como denunciar maus-tratos a cachorro e gato.   

    Ver Todas >