Especial fim de ano!

Cachorro com medo de fogos: como acalmar o animal + técnica de amarrar o pano

Publicado - 01 Julho 2019 - 14h14

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Não é raro cachorro ter medo de fogos de artifício ou qualquer outro barulho muito forte e repentino. Em épocas de festas de fim de ano, carnaval e final de campeonatos de futebol, os animais podem sofrer bastante com os estouros. Não é à toa que o Revéillon é o período com o maior índice de fugas de cachorrinhos. E não existe uma regra, esse medo pode acometer qualquer raça e qualquer porte.

Além de ser um barulho muito alto até mesmo para humanos, para os cachorros é muito mais incômodo, pois eles escutam 4 vezes mais que nós. Ou seja, eles conseguem ouvir sons que não conseguimos captar e os demais são potencializados. Esse é um dos motivos dos fogos serem tão apavorantes para os cachorrinhos. Para ajudar nessas situações, existem alguns treinamentos, truques, dicas e até mesmo remédio para acalmar cachorro com medo de fogos.

Dica 1: acostume seu cão com o barulho dos fogos

Todos os dias coloque, em volume baixo, o barulho dos fogos. No YouTube já existem vários canais específicos para cachorros que disponibilizam vídeos de dessensibilização do barulho dos fogos. Dessa forma, ele pode se acostumar com os sons e não sofrer tanto quando for real. Com o passar dos dias, aumente o volume, mas sempre deixando em uma frequência que seja confortável para o pet. Aproveite esse treinamento e associe os fogos a algo positivo como petiscos, brincadeiras e carícias.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Dica 2: use o truque do pano para ajudar a acalmar o cachorro

Em dias que você consegue prever os fogos, existe uma técnica chamada Tellington Touch, que consiste em enrolar um pano no corpo do cachorro para diminuir o estresse. O método leva esse nome porque foi criado pela canadense Linda Tellington-Jones, especialista em comportamento animal. É importante usar esse truque quando o cachorro puder ficar sob a supervisão de um humano. Isso porque, no caso de um momento de desespero, a tira de tecido pode se enganchar em algum lugar e causar um efeito oposto do desejado. Para fazer no seu cachorrinho, veja a ilustração abaixo:

 

 

Dica 3: utilize florais

 

Converse com seu veterinário sobre o medo do seu cachorro e veja a possibilidade de dar um floral para o seu pet. Em muitos cachorros, o efeito é bastante positivo! A vantagem de utilizar florais é que pode ser aliado às demais dicas e não tem contraindicações.

Dica 4: medicação para casos graves

Após testar todas as técnicas e nenhuma funcionar com seu cachorro, o veterinário deve ser procurado para que possa orientar o dono quanto ao melhor tratamento, podendo até mesmo prescrever calmantes. Em hipótese nenhuma ofereça o medicamento sem a orientação do profissional, ok?

Cuidados com cachorro em situações de fogos de artifício

Cachorros que sentem medo e ficam desesperados podem ter atitudes inesperadas mesmo sendo adestrados. Por isso, alguns cuidados podem ser indispensáveis nessas situações. Veja abaixo:

  • Não deixe o cachorro preso com correntes: quando desesperados, eles podem tentar se soltar a acabar se machucando gravemente, podendo até mesmo se enforcar na coleira;
  • Não deixe o seu cachorro sozinho: a presença dos donos ou de outro adulto de confiança do cachorro pode ajudar a acalmá-lo e evitar acidentes;
  • Não agarre o seu cachorro durante os fogos: dessa forma, mesmo sem querer, você acaba reforçando o medo dele;
  • Mantenha as portas, janelas e portões fechados: na hora do desespero, eles podem ficar desorientados e acabar fugindo;
  • Deixe o cachorro transitar pela casa: não obrigue o cachorro a ficar em um cômodo. Deixe que ele decida o local em que se sente mais seguro.
cachorro com medo de fogos escondido atrás da cortina

 

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas