Saúde de gato

Bronquite em gatos: entenda mais sobre a ação da doença respiratória nos felinos

Publicado - 31 Maio 2020 - 14h55

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Um gato tossindo pode indicar uma série de problemas de saúde. No entanto, quando esse sintoma aparece para incomodar os felinos, está quase sempre associado a uma doença respiratória, como a bronquite em gatos – também conhecida como asma brônquica ou bronquite crônica. Apesar de haver muitas terminologias, o distúrbio é reconhecido clinicamente como o resultado da inflamação das vias aéreas inferiores, gerada pela sensibilidade a certos estímulos. A seguir, saiba mais sobre o assunto, das causas às formas de tratamento.

Bronquite em gatos: quais são as principais causas?

As causas subjacentes da inflamação associada à bronquite felina são desconhecidas, mas as vias respiratórias podem reagir a alguns gatilhos (exposição a alérgenos) e doenças que podem incitar ou agravar o problema. Veja abaixo:

  • Poeira;
  • Fumaça de cigarro ou de poluição;
  • Perfume e produtos de limpeza;
  • Pólen;
  • Mofo;
  • Agentes infecciosos - vírus, bactérias;
  • Parasitas - dirofilariose, pulmonares.

Quando as vias aéreas de um gato são sensíveis aos estímulos, a exposição a esses agentes leva à produção excessiva de muco, assim como ao estreitamento dos brônquios e bronquíolos, o que dificulta a passagem de ar. Entre as consequências estão os espasmos musculares nos tubos respiratórios e a dificuldade em respirar.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Quais são os principais sintomas da bronquite felina?

Normalmente, os gatos que sofrem de bronquite ou asma felina têm um histórico de tosse. Esse sintoma é frequentemente confundido com bolas de pelos, pois os gatos exibem um comportamento semelhante ao tentar expelir algo que ficou preso na garganta ou foi engolido. Da mesma forma, a tosse pode ser interpretada como um engasgo ou tentativa malsucedida de vômito.

Para ajudar você a identificar corretamente a bronquite no seu gatinho, aqui estão os principais sinais clínicos dessa doença respiratória:

  • Tosse;
  • Respiração rápida;
  • Respiração de boca aberta;
  • Aumento do ruído ou chiado ao respirar;
  • Dificuldades respiratórias / aumento do esforço durante a respiração;
  • Intolerância aos exercícios.

Em animais levemente afetados pela bronquite, a tosse ou chiado no peito podem ocorrer apenas ocasionalmente. Alguns gatos com doenças respiratórias são sintomáticos entre crises agudas e graves da constrição das vias aéreas. Os felinos severamente afetados têm tosse e chiado no peito diariamente e muitas crises de contração das vias respiratórias, levando à respiração de boca aberta e respiração ofegante.

Alguns gatos têm maior probabilidade de sofrer com a bronquite?

A bronquite felina é mais comum em gatos de dois a oito anos de idade (animais jovens e de meia-idade). Os gatinhos siameses são mais predispostos a ter doenças das vias aéreas inferiores, com uma prevalência de até 5% da raça. Gatos obesos e com sobrepeso também têm um risco maior de desenvolver algum distúrbio respiratório.

Como é feito o diagnóstico da bronquite em gatos?

O diagnóstico da asma/bronquite felina é feito por uma combinação do histórico do animal, exame físico, radiografias torácicas, hemograma completo e até lavagem transtraqueal. Este é um procedimento realizado sob anestesia geral para coletar amostras de secreções das vias aéreas para citologia e cultura bacteriana para descartar infecções.

Bronquite felina: como tratar o problema?

O remédio para bronquite felina é a principal forma de tratamento da doença. Dependendo da gravidade, o gatinho será tratado com uma combinação de corticosteroide (anti-inflamatório esteroidal), por inalador ou pílula, e um broncodilatador para ajudar a abrir as vias aéreas.

Em paralelo, o tutor deve eliminar quaisquer fatores conhecidos por desencadear ou agravar problemas respiratórios no animal. Em outras palavras, isso significa reforçar a limpeza da casa, remover a fumaça de cigarro, retirar tapetes, almofadas e cortinas, além de afastar os demais fatores ambientais que podem agravar a condição da saúde do gato.

Redação: Guilherme Segal

Gato

Gato fofoqueiro acorda todo dia de madrugada por um motivo especial

Gatos são super observadores e estão sempre atentos a tudo. Além disso, para quem pensa que não, os bichanos podem, sim, ser bem com...

Adote um animal

Tonquinês: conheça a raça de gato com pelagem degradê

O gato Tonquinês, conhecido carinhosamente como Tonks, é uma das raças de gato mais companheiras e dóceis que existem, indo contra o...

Gato

Todos os dias esse gatinho leva o mesmo presente para a sua mãe humana

Já se perguntou por que os gatos levam presentes para os donos? É comum que a maioria desses “presentinhos” não sejam tão agradáveis...

Adote um animal

Gato laranja vai passear na rua e volta com dois presentinhos adoráveis para a dona

O gato laranja carrega a fama de ser um gatinho bagunceiro, carismático, amoroso e falante. Ele é daqueles que adora uma atenção e e...

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Gato

Gato fofoqueiro acorda todo dia de madrugada por um motivo especial

Gatos são super observadores e estão sempre atentos a tudo. Além disso, para quem pensa que não, os bichanos podem, sim, ser bem com...

Ver todas