Cuidados

Como dar banho em gato? 7 dicas para fazer a higiene do felino

Banho em gato: veja 7 dicas para dar banho no seu felino
Banho em gato: veja 7 dicas para dar banho no seu felino

Dar banho em gato é um assunto que gera dúvidas e até polêmicas entre os donos do animal. Como muitos sabem, os felinos não gostam de tomar banho mas, em algumas situações, o famoso “banho de gato” pode ser necessário. O próprio gatinho é responsável por sua higiene, já que a sua língua tem filamentos capazes de retirar impurezas e sujeiras que ficam na pelagem. Esse hábito felino também ajuda a evitar a presença de carrapatos. Porém, o que fazer em casos de sujeira mais pesada como graxa ou tinta, por exemplo? Aí não tem jeito mesmo e o dono terá que apelar por um banho completo para garantir a limpeza do pet! Para te ajudar nessa aventura, montamos uma lista com as 7 dicas para dar banho no seu gato da forma correta.

1. Como dar banho em gato filhote?

Os felinos têm o hábito de se autolimpar desde os primeiros meses de vida Por esse motivo, os banhos são dispensáveis. Mas, como qualquer filhote, os gatinhos costumam ser bastante arteiros e podem acabar se sujando com coisas mais difíceis de limpar. Se a sujeira for mínima, uma toalha úmida é o suficiente! Caso a situação for mais crítica, dê banho em uma banheira de bebê, use água morna e um shampoo específico para o animal. E tosa e secagem? São necessários? Gatos não precisam ser tosados em condições normais, principalmente filhotes que ainda têm os pelos baixos. Quanto à secagem, o vento e o barulho intensos dos secadores de cabelo podem ser muito assustadores para os pequeninos. Por isso, prefira dar banho em dias mais quentes, para que eles possam secar ao sol.

2. Com quantos meses pode dar banho em gato?

O primeiro banho do gato pode ser dado quando o quadro de vacinas estiver completo, contando a antirrábica, que é a última. Isso acontece por volta dos 4 meses de idade.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Veja algumas dicas para dar banho em gato adulto
    Veja algumas dicas para dar banho em gato adulto

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    3. Como dar banho em gato adulto? 

    Dar banho em gatos adultos pode ser uma aventura e tanto! Caso o seu pet já seja acostumado com banho desde filhote, essa missão pode ser mais tranquila mas se seu felino não é muito chegado em água, existem algumas dicas que podem ajudar!

    • Alguns dias antes, apare as unhas do gato para diminuir as chances de ser arranhado. Se ele gostar de ser escovado, aproveite o momento para distraí-lo enquanto corta as unhas e, de quebra, tirar o excesso de pelos;

    • Aproveite um momento que o gato esteja mais cansado ou brinque um pouco antes para que ele fique mais amigável. Pode incluir brinquedos na banheira vazia e ir enchendo de água aos poucos para que ele associe a banheira e a água a coisas boas;

    • Use uma banheira e não dê banho no chuveiro ou na pia;

    • Prepare o ambiente e feche as portas para ficar mais fácil de pegá-lo novamente caso ele fuja da banheira; 

    • Se vista apropriadamente com luvas, mangas compridas e roupas velhas que possam ser acidentalmente rasgadas; 

    • Se possível, peça ajuda a alguém. Enquanto uma pessoa segura e controla o animal, a outra o lava; 

    • Comece o banho a partir do pescoço e siga em direção ao crescimento dos pelos. Tome cuidado com os olhos, ouvidos, boca e nariz. Coloque tampões de algodão nos ouvidos para evitar que caia água e cause desconforto (além de evitar otites). O rosto pode ser limpo com uma pano úmido;

    • Use uma toalha macia e seca para enxugar o gato. Gatos com pelos curtos podem ser secos apenas com toalhas, já os gatos com pelos longos precisam de cuidados para evitar que os fios embolem.  Escove o bichano durante a secagem e, se ele for tranquilo, pode usar o secador de cabelo.

    4. Pode usar shampoo para banho de gatos?


    Existem shampoos específicos para banhos em gatos, mas é importante perguntar ao veterinário se ele é adequado para o seu animal. Animais com alergias de pele ou outras condições podem precisar de produtos apropriados. Também é melhor evitar os produtos com aromas muito fortes, que podem incomodar o olfato apurado do seu pet.

    5. Qual a periodicidade dos banhos em gatos?

    Como gatos se limpam sozinhos, os banhos não precisam ser frequentes. A indicação é de 45 a 60 dias ou até mais caso o gatinho não esteja sujo.

    6. Precisa secar o gato com secador após o banho?

    Como falamos, o secador de cabelo após o banho pode ser usado em gatos com os pelos longos. O que deve ser observado é se o gato tem resistência ao barulho e ao vento do aparelho. Caso o animal demonstre pânico, respeite e vá de pouquinho em pouquinho. Outra opção é esperar o pet se acalmar e tentar novamente depois de algum tempo. Não se esqueça de escovar o gato conforme for secando para evitar os nós nos pelos.

    7. Gatos correm risco ao tomar banho?

    Para que o banho não seja prejudicial ao seu pet, é importante prestar atenção na temperatura da água. Os extremos - quente e frio - podem ser prejudiciais. A água muito quente, por exemplo, pode causar dermatites. Por isso, mantenha a água morna, como se fosse para bebês. Como o gato pode ficar arisco e estressado com o banho, ele corre risco de se machucar ao fugir. Por isso, mantenha objetos de vidro e/ou cortantes guardados e a tampa do vaso sanitário fechada, já que ao fugir podem acabar caindo lá dentro.

    Redação: Mariana Almeida

    Cachorro pode dormir no ar condicionado? Descubra se faz mal ou não!

    Próxima matéria

    Cachorro pode dormir no ar condicionado? Descubra se faz mal ou não!

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa
    Higiene

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa

    Manter o cachorro sempre limpo vai além da questão de deixar seu animal cheiroso, principalmente para quem dorme ou deixa o pet deitar na cama e no sofá. A higiene regular do seu cão impede o surgimento de parasitas e doenças de pele. Mas dar banho em cachorro em casa pode ser uma missão bastante trabalhosa! Com algumas dicas, você pode tirar de letra e ainda deixar seu bichinho limpo para colocar a pata onde quiser. Mesmo que tenha o hábito de levá-lo no pet shop, é bom saber o que fazer para situações de emergência ou até mesmo para economizar uma grana.

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar
    Cuidados

    Como dar comprimido para gato? Confira 6 dicas que irão ajudar

    Quem tem gato já deve ter percebido a guerra que é dar remédio, principalmente quando é comprimido. Isso porque, diferente dos cachorros que costumam aceitar o remédio disfarçado na comida, os gatos são muito seletivos e conseguem perceber qualquer coisa diferente no potinho. Caso o seu gato seja guloso, você até pode tentar amassar o comprimido até virar pó e misturar no sachê para gatos, mas se essa técnica não funcionar, você pode tentar outras que vamos ensinar!

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Adestrar gatos: como ensinar seu felino a dar a pata e sentar?
    Comportamento

    Adestrar gatos: como ensinar seu felino a dar a pata e sentar?

    Como adestrar gatos? A resposta é simples: tenha paciência e petiscos para gatos na mão. Muita gente pensa que adestrar gatos é uma missão impossível. Isso acontece porque há uma ideia equivocada de que os felinos são desobedientes e teimosos; quando, na verdade, gatos são animais extremamente inteligentes e treináveis. Quer aprender a ensinar truques  como dar a pata e sentar? Nós te ajudamos!

    Ver Todas >

    Como cuidar da unha do cachorro inflamada?
    Cuidados dos animais

    Como cuidar da unha do cachorro inflamada?

    A unhas do cachorro fazem parte da anatomia das patinhas e, além de ajudarem na sustentação do animal ao se movimentar, funcionam como um mecanismo de defesa. Mas assim como as unhas dos humanos, os cães também precisam de cuidados específicos nessa região, já que as unhas crescem rápido. A unha de cachorro inflamada ou encravada pode causar muito incômodo e dor, necessitando até mesmo de algum procedimento mais complexo dependendo da gravidade da inflamação.

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet
    Cuidados dos animais

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    O cachorro idoso precisa de cuidados específicos para ter uma velhice com mais qualidade de vida. Assim como a rampa e escada, a meia ou sapato antiderrapante para cachorro idoso deixa o pet mais seguro nessa fase. Mas o item realmente é necessário? Assim como os humanos, o cachorro idoso vai perdendo massa muscular com o tempo, tornando a locomoção mais difícil e até mesmo facilitando quedas e fraturas. 

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova
    Cuidados dos animais

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova

    A mudança de casa é uma das coisas mais estressantes na vida de um gato. Muito apegados à rotina, os bichanos se veem de uma hora para outra longe dos cômodos e das coisas que conhecem. A explicação para essa dificuldade de adaptação é simples: os gatos ainda possuem muitos instintos e características da fase selvagem, por isso são bem territorialistas. Para eles, o território que têm seu cheiro é o lugar em que sente seguro e sem ameaças para desenvolver suas habilidades. 

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir
    Cuidados dos animais

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir

    Os gatos passam cerca de 2/3 do dia dormindo e é exatamente por isso que os tutores devem se atentar a um acessório muito importante para o momento de descanso do pet: a cama para gato. Além de fazer parte da gatificação da casa, as caminhas também servem como refúgio para o animal, deixando ele muito mais à vontade para expressar seus instintos naturais. Mas na hora de comprar o acessório, o tutor também deve se atentar à personalidade do gato para escolher a melhor opção.

    Ver Todas >