Adestramento

Ataque de cachorro: veja em infográfico os sinais da linguagem corporal canina que indicam uma briga

O ataque de cachorro nunca acontece repentinamente e sem motivos: sempre tem gatilhos que despertam o lado mais agressivo do cãozinho. O que poucas pessoas sabem é que, antes de atacar, é possível perceber algumas mudanças no comportamento do animal. Para identificar isso é fundamental compreender a linguagem corporal canina e conhecer muito bem o seu amigo de quatro patas. Geralmente, o cachorro inquieto rosnando ou o cachorro arrepiado já são um sinal de alerta para essa situação, mas existem vários outros indicativos que também ajudam a prever os ataques. O Patas da Casa preparou um infográfico com as principais mudanças no comportamento canino diante dessas situações. Dá só uma olhada!

Cachorro rosnando e com os pelos arrepiados é um sinal de ataque. Aprenda a identificar a situação!
Cachorro rosnando e com os pelos arrepiados é um sinal de ataque. Aprenda a identificar a situação!

Mais Lidas

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
Comportamento animal

Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
Comportamento animal

Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
Comportamento animal

Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
Comportamento animal

Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

Cachorro rosnando é um dos principais sinais de que o animal está prestes a atacar

Os sons emitidos pelos cães - como latidos, uivos e rosnados - são uma forma de comunicação do universo animal. Cada um desses ruídos têm um significado diferente na linguagem corporal canina, e, no caso de um cachorro rosnando, é importante ficar atento à situação. Isso costuma ser um indicativo de que o cãozinho está se preparando para atacar, e normalmente vem acompanhado de outros sinais, como o cachorro com pelo arrepiado, mostrando os dentes e com as orelhas apontadas para frente. 

A posição do rabo também tem um papel importante na linguagem: quando os cães estão com a cauda ereta ou na altura do corpo é porque eles estão se sentindo ameaçados e prestes a atacar para se proteger. Além disso, o olhar fixo para o “alvo” é um outro indicativo de que tem algo incomodando o cãozinho, e é a junção de todos esses elementos que ajudam a identificar quando um cachorro vai partir para o ataque.

Ataque de cachorro: por que isso acontece e como evitar?

Se você viu o cachorro mostrando os dentes e rosnando, saiba que isso não foi à toa. Os cachorros dificilmente atacam gratuitamente e sem motivo nenhum. É preciso entender que a agressividade não faz parte do comportamento canino, e até mesmo os cães com fama de “bravos” - como o Pitbull, por exemplo - têm suas razões para atacar. 

Os principais motivos para que isso aconteça normalmente têm a ver com disputas: seja por alimento, brinquedos, território ou qualquer outro objeto que seja significativo para o cãozinho em questão. Em alguns casos, o cachorro também pode sentir ciúmes do tutor, o que influencia bastante nisso - principalmente porque quando dois ou mais cães vivem juntos, eles tendem a competir pela atenção dos humanos. 

Mas como evitar ataque cachorro? Uma tática que pode ajudar é desviar a atenção do cãozinho antes do ataque, seja com brinquedos ou barulhos (a audição canina é super sensível, então qualquer ruído alto prende a atenção deles, como bater palmas). Isso geralmente funciona quando o alvo do animal é um outro cachorro ou uma outra pessoa. Caso o alvo seja você, a melhor alternativa é se afastar calmamente e respeitar o espaço do cãozinho, demonstrando que você não é uma ameaça para ele.

Redação: Juliana Melo

Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

Próxima matéria

Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!
Saúde

Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!

Quem convive com um cão no dia a dia costuma conhecer bem o comportamento do bichinho e logo percebe quando algo não está normal. No entanto, mesmo quem tem um olhar atento pode se perguntar "como saber se o cachorro está doente?" diante de uma mudança no temperamento ou um quadro mais grave como vômito e diarreia. O veterinário é a pessoa certa para avaliar os sintomas, dar um diagnóstico preciso e orientar a respeito do melhor tratamento, mas antes de levar o pet no médico é importante entender os sinais de que ele realmente está mal para poder explicar a situação na clínica. Reunimos dicas certeiras sobre o assunto para te ajudar a cuidar do cachorro quando ele apresentar algum desconforto. Confira!

Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
Grandes

Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
Grandes

Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
Pequenos

Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

Ver Todas >

Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
Comportamento animal

Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
Comportamento animal

Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

5 coisas que o cachorro latindo pode significar
Comportamento animal

5 coisas que o cachorro latindo pode significar

O cachorro latindo é um comportamento mais comum dos que os tutores esperam. Afinal, como todos sabem, os latidos fazem parte da linguagem canina e são uma forma do seu amigo de quatro patas se expressar. Mas você sabia que existem vários tipos de latidos de cachorro, e cada um deles representa uma situação diferente? É importante ficar atento ao comportamento animal, mas também treinar o seu ouvido para conseguir decifrar o verdadeiro significado por trás de um cachorro latindo.

Como saber se o gato é fêmea?
Comportamento animal

Como saber se o gato é fêmea?

Os tutores de primeira viagem (e até mesmo alguns experientes) sempre ficam confusos na hora de descobrir se filhote de gato é fêmea ou macho. Afinal de contas, como descobrir o sexo do gato? O que é necessário observar para diferenciar um gatinho de uma gatinha? Embora essa seja uma missão um pouco difícil nas primeiras semanas de vida do bichano, basta observar alguns detalhes ara descobrir o sexo do gato.

Ver Todas >