close
Adestramento

Apito para cachorro: conheça esse acessório e saiba como utilizar (e se deve!)

Apito para cachorro pode ser um aliado no adestramento, mas é preciso seguir o treinamento correto para funcionar. Entenda mais!
Apito para cachorro pode ser um aliado no adestramento, mas é preciso seguir o treinamento correto para funcionar. Entenda mais!

Você já ouviu falar de apito para cachorro? O acessório é muito conhecido fora do país e agora que começa a despertar o interesse de adestradores e tutores brasileiros. O apito ultrassônico para cachorro pode ser um aliado na hora de educar filhotes e tem uma função básica no adestramento de cães: criar uma associação para que o animal tenha um comportamento desejado. O apito pode funcionar bem com cachorros que latem muito ou que não obedecem algumas palavras de comando, por exemplo. Para entender melhor, reunimos as principais informações sobre o apito para cachorro e quando o acessório pode te ajudar no dia a dia com seu peludo.

Apito para cachorro: como o acessório ajuda no adestramento de cães?

O apito de cachorro surgiu na Europa com a função de chamar os cães de pastoreio, como o Border Collie, para perto do seu dono (e sem a necessidade de gritar). Hoje, no mundo moderno, esses apitos assumiram outra função: o acessório pode ser associado ao clicker como uma maneira de adestrar seu cão

Com o uso do apito, cachorro que costuma ficar fora da guia pode ser treinado para retornar para perto de seu dono - ou para não perder o foco em uma atividade. O apito não incomoda o ouvido dos cães, apenas faz com que associem aquele barulho com o ato de se posicionar junto ao tutor. Assim como o clicker, o acessório serve somente para a associação, sem ser necessário o uso da voz ou gestos. Para um animal que se afasta demais do seu dono e não costuma voltar quando chamado, o apito para chamar cachorro pode facilitar essa comunicação 

Você pode usar o apito para comandos que seu cão deve atender enquanto solto. É o caso do “vem” ou “volta”. Você pode decidir como vai apitar o instrumento, com um sopro mais longo ou  com sons mais curtos. Com o treinamento correto, logo o seu cão entenderá o que você está querendo dizer. Vale também para os comandos básicos, como sentar, deitar e dar a patinha

Apito para cachorro parar de latir? Reveja seus métodos!

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Apito para cachorro parar de latir só funciona com a associação correta do acessório!
    Apito para cachorro parar de latir só funciona com a associação correta do acessório!

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Em alguns casos, o apito de cachorro é utilizado para fazer o cachorro parar de latir. O problema é que o uso dele sem treinamento e associação, não funciona. Nenhum instrumento de adestramento tem resultado sem treino. Então, se você encontrar um apito silencioso para cachorro parar de latir, que te garante que fará seu cão realmente parar com o comportamento, desconfie. É importante lembrar que também não adianta ficar apitando o acessório toda vez que seu cão latir, pois ele não foi treinado para associar aquele estímulo com uma resposta. Se por acaso ele parar, foi apenas porque ficou curioso com o barulho. 

    Se você tem um cachorro que late muito, o ideal é procurar um profissional que te ajude a entender os motivos por trás do comportamento. Depois, invista no treinamento e, quem sabe, um apito para cachorro que pode te ajudar a fazer a associação correta do seu animal com o comando e o som do acessório. 

    Apito para cachorro realmente funciona?

    O apito de cães funciona quando associado a um comando. Mas, em relação ao som, os cães conseguem ouvir e identificar esse barulho no meio de outros ruídos. Isso ocorre porque a audição do cachorro é muito poderosa: os caninos escutam até quatro vezes mais que os humanos, em uma frequência de aproximadamente 50.000 Hz - enquanto os humanos só escutam até 20.000 Hz. 

    A adestradora Kati Yamagake, de São Paulo, não recomenda o uso do apito. Ela argumenta que os humanos e os cães não escutam na mesma frequência e, por isso, não é possível controlar a frequência, o volume do apito e a entonação. Se o dono estiver com raiva, por exemplo, ele vai apitar em um ritmo diferente do que se estivesse mais tranquilo.  “Esse tipo de apito é mais utilizado para cães de pastoreio, cães que tem um espaço amplo para correr e uma função para cumprir. Como eu posso medir a intensidade do meu sopro com um cão no meio urbano? É mais válido utilizar outras técnicas e, até mesmo, o próprio clicker, que emite um som único, com a mesma entonação sempre e não depende de como estamos nos sentindo”, afirma a adestradora. 

    A melhor dica é sempre buscar ajuda de um profissional especializado antes de introduzir algum objeto na rotina do animal, seja o apito ou qualquer outra coisa. O adestrador de cães vai avaliar cada comportamento e entender a melhor forma de corrigir esses problemas. 

    Redação: Júlia Cruz

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!

    Próxima matéria

    Como treinar o Rottweiler para evitar comportamentos agressivos? Veja as dicas de um adestrador!

    Poodle: veja o infográfico e conheça todas as características da raça de cachorro
    Raças

    Poodle: veja o infográfico e conheça todas as características da raça de cachorro

    O Poodle é um dos cães mais populares do mundo, e não faltam motivos para isso. Além dos pelos encaracolados de diferentes cores, que são típicos da raça, a inteligência, curiosidade e obediência do cachorro Poodle são traços que chamam a atenção. Mas como será que esse cãozinho é no dia a dia? Quais são as principais características e que cuidados devem ser tomados com o animal?

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido
    Raças

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido

    A raça Bullmastiff é um cachorro grande e robusto, mas que não deixa a desejar no temperamento afetuoso e gentil. Esse cãozinho britânico, que surgiu no século XIX, conquista as pessoas por onde passa. Sempre em alerta, ativo, companheiro e fiel aos tutores, o Bullmastiff estará sempre pronto para proteger a família e seu território. Por não ser uma raça de cachorro tão comum no Brasil, elaboramos um guia com todas as informações que você precisa saber sobre o Bulmastiff, que também é chamado por Bulmastife e Bulmastife Boxer. 

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro

    O que não faltam são raças de cachorro para a gente se apaixonar, e o Kelpie Australiano é só mais um doguinho dessa lista! De origem australiana, esse é um dos poucos cães que foram desenvolvidos no país - mas isso não foi um impedimento para logo depois conquistarem muitos fãs ao redor do mundo. Com um jeitinho bem amigável, brincalhão e inteligente, o Kelpie Australiano - também chamado de Australian Kelpie - tem tudo para ser uma companhia incrível para o seu dia a dia. 

    Samoieda: conheça tudo sobre a raça de cachorro originária da Sibéria
    Raças

    Samoieda: conheça tudo sobre a raça de cachorro originária da Sibéria

    O cachorro Samoieda é sem dúvidas um dos pets mais companheiros que existem. Com seu porte médio e as características físicas marcantes e típicas da raça, a raça de cachorro conquista admiradores por onde passa. O alto nível de energia também é um traço forte desse pet, que não possui nada de tímido. Ficou curioso para conhecer mais sobre a raça originária da Sibéria? Então dá só uma olhada no guia que preparamos com tudo sobre esse doguinho: origem, personalidade, cuidados básicos de rotina, saúde e muito mais.

    Ver Todas >

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?
    Comportamento animal

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?

    O Border Collie merle tem uma variação de pelagem que encanta qualquer um, mas também traz muitas dúvidas. Qual a explicação para essa cor de cachorro? A pelagem merle deriva de algum problema genético? A saúde do pet é prejudicada por isso? São muitas perguntas, que nem sempre têm uma resposta fácil. O Border Collie merle tem um aspecto “marmorizado" na pelagem, que normalmente se apresenta nas versões blue merle (tons que variam do preto ao cinza misturado ao branco) e red merle (pelagem branca com tons avermelhados ou marrom). 

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer
    Comportamento animal

    Arranhador para gatos: benefícios, todos os tipos e modelos e como fazer

    O arranhador para gatos é um acessório indispensável na casa de todo felino. Além de ser uma forma de estimular a interação do animal com o ambiente, o arranhador é um brinquedo divertido que ajuda a aliviar o incômodo das unhas crescendo e mantém os instintos primitivos dos pets. Existem vários tipos de arranhadores para gatos, feitos com diferentes materiais e que podem ser indicados de acordo com o padrão de comportamento do seu amiguinho. 

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?
    Comportamento animal

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?

    O cachorro que come fezes é uma situação que pode acontecer por diferentes motivos, mas sempre causa estranhamento entre os tutores. O hábito, também chamado de coprofagia canina, às vezes é encarado como algo engraçadinho, mas precisa de muita atenção. Isso porque a ingestão de fezes a longo prazo pode ser um verdadeiro problema para a saúde do seu amigo de quatro patas, que pode ser facilmente infectado por parasitas, bactérias e outros microrganismos presentes no dejeto.

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?
    Comportamento animal

    Gato Siamês e vira-lata: como identificar cada um?

    O gato Siamês é uma das raças mais populares no Brasil. Já a raça de gato SRD (Sem Raça Definida), o famoso gato vira lata, também não fica para trás. Você com certeza já deve ter se esbarrado por aí com um filhote de gato vira-lata que tem as características do gato Siamês (olhos azuis, pelagem acinzentada e extremidades num tom mais escuro). Esse é um Siamês mestiço, conhecido como Sialata, uma mistura entre os dois. Mas como diferenciar os tipos de gatos siameses e vira-latas? 

    Ver Todas >