Passeio

Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?

Cachorro latindo para outro cachorro no passeio normalmente é sinal de ansiedade
Cachorro latindo para outro cachorro no passeio normalmente é sinal de ansiedade

“Meu cachorro faz escândalo quando sai” - se você está familiarizado com esse tipo de situação, deve estar se perguntando qual é a melhor forma de corrigir o comportamento do seu amigo de quatro patas, não é mesmo? Bom, a verdade é que quando o assunto é passear com o cachorro, cada bichinho reage de uma forma diferente. Alguns são mais tranquilos, enquanto outros são super agitados. Mas o que fazer quando o cachorro late muito no passeio?

Uma boa opção para melhorar o comportamento canino nessas horas é o adestramento de cães. Para entender como isso funciona e que técnicas podem ser utilizadas para lidar com o cachorro latindo no passeio, nós conversamos com o adestrador profissional Gabriel Martins.

Cachorro latindo para outro cachorro: por que isso acontece?

Se o seu cachorro late para outros cachorros quando vai passear, é bem provável que você já tenha se perguntado qual o motivo disso. De acordo com o profissional, os cães apresentam o comportamento por vários motivos, mas na maioria das vezes é algo que está relacionado com a ansiedade - que, inclusive, pode ser alimentada pelos próprios donos. “A partir do momento em que nós paramos para deixar os cães se cheirarem durante o passeio, cria-se uma necessidade de falar com todos os cachorros da rua. Existem casos em que o cão faz isso por não ter contato com outros cães da maneira correta”, destaca Gabriel.

Para evitar que esse tipo de comportamento se desenvolva ao longo do tempo, o ideal é fazer a socialização correta do cãozinho ainda no primeiro ano de vida. Assim o cachorro já vai estar tão acostumado com a presença de outros cães e pessoas que nem vai ficar tão agitado na hora do passeio.

“Meu cachorro late para as pessoas na rua, o que devo fazer?”

Quando o cachorro late muito no passeio - tanto para outros cães, quanto para outras pessoas -, logo surge aquele pensamento: o que eu posso fazer para corrigir isso? Para começar, é necessário entender que os latidos de cachorro são mais comuns quando o animal está agitado ou ansioso com alguma coisa. Por isso, segundo o adestrador profissional, o tutor deve ter um cuidado especial em recompensar os momentos de calma e tranquilidade. “Uma boa forma de começar a fazer isso é quando você estabelece que o cão só coloca a coleira quando estiver calmo, só sai de casa quando estiver calmo e só tem o que quer enquanto estiver calmo. Existem diversos enriquecimentos ambientais que desestressam e estimulam a calma do dog.”

Já quando é o caso de um cachorro latindo para outro cachorro, a recomendação é usar algo que seja do interesse do cãozinho como estímulo positivo - petiscos e brinquedos, por exemplo - e treinar bastante o foco do animal com o seu condutor. “O próximo passo é passar por outros cães com uma boa distância, utilizando o petisco ou o brinquedo a seu favor, fazendo com que ele esqueça do outro animal”, orienta Gabriel.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O adestramento de cães pode melhorar significativamente o comportamento canino durante o passeio
    O adestramento de cães pode melhorar significativamente o comportamento canino durante o passeio

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Adestramento de cães: alguns acessórios podem ajudar a melhorar a experiência nos passeios

    Além dos treinos com estímulos positivos e recompensas, existem alguns itens que podem ajudar no adestramento de cães que latem muito no passeio. O principal deles é a coleira escolhida, que é o acessório responsável por conduzir o cachorro na rua. Existem diferentes modelos, e cada um deles pode auxiliar de uma forma diferente na hora de corrigir comportamentos indesejados dos doguinhos. Veja as orientações de Gabriel para cada opção, com os prós e contras:

    • Coleira peitoral: é uma coleira de tração, então estimula o cão a puxar cada vez mais. Se o cão já sabe andar ao seu lado ou caso você queira que ele te puxe em uma bike, skate e patins, é super recomendado o uso. Também é ideal para se utilizar em carros, atrelada ao cinto de segurança para cachorro.

    Coleira peitoral anti-puxão: é auto corretiva e recomendada para cães menos agitados ou cães de pequeno/ médio porte. Se for o caso de um cão mega ansioso, persistente e forte, ela não terá tanta eficiência e poderá causar lesão na coluna do animal.

    • Coleira cabresto: é autocorretiva também. Muito recomendada em todos os casos de cães que puxam, pois conseguimos redirecionar o dog com muito mais facilidade. Deve-se fazer um treino de dessensibilização antes de usar, pois pode gerar bastante incômodo no início.

    Coleira de pescoço ou enforcador: são eficientes para cães mais tranquilos. Com esse tipo de coleira, você consegue corrigir o dog com mais facilidade e mostrar para ele o que está certo e o que está errado. O grande problema é que essas correções devem ser feitas com a intensidade correta, pois caso contrário, podem causar lesões ou traumas no animal.

    Cachorro late muito no passeio: quanto tempo dura o treinamento para melhorar o comportamento do pet?

    Antes de tudo, é importante ter em mente que o cachorro latindo para outro cachorro não vai mudar o comportamento sem um direcionamento do tutor. O treinamento e adestramento de cães é fundamental para melhorar isso, mas o tempo de duração é algo que vai variar de acordo com cada doguinho. “Nos casos mais simples, em um dia já conseguimos excelentes resultados. Em casos medianos, bastam algumas semanas para o dog se acostumar com a nova rotina. Quando o cão já é adulto e muito insistente, às vezes é necessário que ele conviva um tempo em um centro de treinamento com outros cães que já são equilibrados, pois eles aprendem bastante coisas convivendo juntos e em harmonia”, orienta Gabriel.

    Em que casos é necessário procurar por um adestramento de cães profissional?

    Ainda que seja possível utilizar algumas técnicas para o adestramento de cães, às vezes a ajuda de um profissional é muito mais útil e facilita o processo. Por isso, a indicação de Gabriel para procurar um adestrador profissional é quando o tutor não estiver conseguindo resolver o problema por conta própria: “Existem diversas dinâmicas de adestramento, como consultorias comportamentais, treinos de obediência básica, orientação para filhotes e etc. Os valores e tempo necessário para a melhora do cão variam de acordo com a disponibilidade e necessidade do tutor.”

    Redação: Juliana Melo

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    Próxima matéria

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    Adestramento de cães: 5 coisas que você precisa saber antes de adestrar o seu cachorro
    Adestramento

    Adestramento de cães: 5 coisas que você precisa saber antes de adestrar o seu cachorro

    A melhor forma de lidar com um cachorro bagunceiro ou que não sabe se comportar é estabelecendo limites e ensinando a ele o que é certo e errado. E como fazer isso, afinal? O adestramento de cães pode parecer um bicho de sete cabeças, mas não é, desde que seja feito do jeito correto. Assim como qualquer campo de conhecimento, existem algumas regras básicas que todo tutor precisa saber antes de adestrar cachorro, como quais são as técnicas mais utilizadas e qual a melhor idade para iniciar o adestramento de cães.

    Adestramento

    "Meu cachorro late muito para a porta ou janela": adestradora explica o que você deve fazer para corrigir isso

    Se você tem um amigo de quatro patas em casa, certamente deve saber que lidar com latido de cachorro no dia a dia é algo comum. Acontece que, assim como os humanos, os cachorros possuem uma maneira única de se comunicar e demonstrar uma série de coisas, desde uma dor até saudades, por exemplo. Ainda assim, cachorros latindo muito para a porta ou janela podem gerar um incômodo para você e, principalmente, para os vizinhos. Nesse caso, a melhor solução é entender as razões por trás desse comportam

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios
    Cuidados

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios

    Ninguém pode negar: manter uma boa rotina é fundamental para saúde física e mental do ser humano. Mas, além de você, existe outro serzinho que precisa de hábitos diários para garantir um bom funcionamento do seu organismo: o seu cachorro. Ao contrário do que muitos tutores pensam, os cães são animais de rotina e, por isso, mudanças repentinas nos horários podem deixá-los estressados e, até mesmo, depressivos. O horário de passear com cachorro, por exemplo, é um dos que mais impactam o seu bichinho e deve ser o mesmo todos os dias. Para te ajudar nessa e em outras tarefas que envolvem a rotina do seu cãozinho, o Patas da Casa reuniu algumas dicas sobre o assunto. Dá uma olhada!

    Comportamento canino: como socializar cachorros com outros cães?
    Adestramento

    Comportamento canino: como socializar cachorros com outros cães?

    A socialização de cães é uma das maiores preocupações dos donos de animais em geral. Saber que você pode levar o seu cachorrinho para locais públicos sem que ele fique agressivo ou amedrontado na presença de outros animais é o ideal, tanto para você, quanto para ele. Mesmo assim, por causa do instinto de liderança e territorialismo, muitos deles têm dificuldades para se relacionar em ambientes como esse. Por isso, o que não faltam são táticas e truques que você pode colocar em prática para ajudar no comportamento do seu cachorrinho. Confira, aqui embaixo, as dicas do Patas da Casa!

    Ver Todas >

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
    Comportamento animal

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

    No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
    Comportamento animal

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

    O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar
    Comportamento animal

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar

    O cachorro latindo é um comportamento mais comum dos que os tutores esperam. Afinal, como todos sabem, os latidos fazem parte da linguagem canina e são uma forma do seu amigo de quatro patas se expressar. Mas você sabia que existem vários tipos de latidos de cachorro, e cada um deles representa uma situação diferente? É importante ficar atento ao comportamento animal, mas também treinar o seu ouvido para conseguir decifrar o verdadeiro significado por trás de um cachorro latindo.

    Como saber se o gato é fêmea?
    Comportamento animal

    Como saber se o gato é fêmea?

    Os tutores de primeira viagem (e até mesmo alguns experientes) sempre ficam confusos na hora de descobrir se filhote de gato é fêmea ou macho. Afinal de contas, como descobrir o sexo do gato? O que é necessário observar para diferenciar um gatinho de uma gatinha? Embora essa seja uma missão um pouco difícil nas primeiras semanas de vida do bichano, basta observar alguns detalhes ara descobrir o sexo do gato.

    Ver Todas >