close
Vacina

5 perigos de deixar as vacinas de cachorro atrasadas

Atualizado · 03 de fevereiro de 2021 · 16h22

Publicado · 03/02/2021 · 15h44

Afinal, pode atrasar vacina do cachorro ou não? Veja quais são os perigos desse hábito
Afinal, pode atrasar vacina do cachorro ou não? Veja quais são os perigos desse hábito

Ter um doguinho é sinônimo de companheirismo, felicidade e… responsabilidades! Cuidar da saúde e do bem-estar dos pets é algo necessário para que eles cresçam fortes e saudáveis. Por isso, a vacina para cachorro é uma das principais formas de proteger o seu amigo de uma série de doenças que, além de serem incômodas, podem ser fatais. Mas o que acontece se atrasar a vacina do cachorro? Será que isso é algo que pode fazer tão mal para o animal assim, ou não tem muito problema se o atraso durar apenas alguns dias? A seguir, descubra quais são os principais perigos de esquecer de vacinar o seu cãozinho.

1) As vacinas de cachorro atrasadas deixam o animal desprotegido

Por mais óbvio que pareça, nem todo mundo entende que quando a vacina do cachorro atrasada afeta diretamente a imunidade do animal em relação a diferentes doenças, como parvovirose e cinomose. O motivo para isso é que o organismo do cachorro fica com a quantidade de anticorpos diminuída, uma vez que a produção é estimulada com a regularidade das vacinas. Logo, o cachorro fica mais vulnerável enquanto não tomar as doses de reforço anuais.

2) Os filhotes são os mais afetados ao deixar a vacina do cachorro atrasada

Em processo de desenvolvimento, os filhotes de cachorro têm a imunidade muito frágil no primeiro ano de vida, por isso estão mais vulneráveis a diversas doenças. O recomendado é que o cachorro filhote seja vacinado a partir de 45 dias de vida, logo após a vermifugação. A segunda e terceira doses das vacinas devem ocorrer em 21 dias e 42 dias, respectivamente, depois do início do ciclo vacinal. É necessário respeitar o intervalo entre uma e outra para garantir a imunização completa do animal.

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Deixar a vacina do cachorro atrasada pode prejudicar bastante a saúde do pet
    Deixar a vacina do cachorro atrasada pode prejudicar bastante a saúde do pet

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    3) Atrasei a terceira vacina do meu cachorro, e agora?

    Quando se atrasa qualquer uma das três doses da vacina do cachorro filhote, é necessário reiniciar o processo de vacinação. Isto é, se o filhote receber a segunda ou a terceira dose de vacina atrasada, o médico veterinário vai precisar aplicar novamente a primeira dose, 21 dias depois a segunda, e 21 dias depois a terceira. Somente assim é possível garantir que a vacina atinja a eficácia necessária no organismo do animal.

    4) Quanto maior for o tempo de atraso, maior riscos o cachorro sofre

    “Depois que o animal atinge a fase adulta, pode atrasar a vacina de cachorro?” Não. Claro que o problema maior é quando o cãozinho ainda é filhote, porque ele passa mais tempo vulnerável e ainda tem o sistema imunológico fragilizado, mas os cachorros adultos também não devem ficar com as vacinas atrasadas. Quanto maior for o tempo sem a imunização, maior o risco do animal ficar doente.

    5) Lembre-se: tem problema atrasar a vacina do cachorro, sim! 

    Como você já deve ter percebido, não pode atrasar a vacina de cachorro de jeito nenhum. Tudo bem que às vezes imprevistos acontecem e nem sempre é possível seguir à risca o prazo estabelecido pelo médico veterinário, mas o ideal mesmo é que não haja nenhum tipo de atraso quanto a isso. Se não for possível vacinar o animal na data certa, o recomendado é que o cachorro não tenha contato com outros cãezinhos e que evite passeios em locais com mais riscos, como trilhas e praias. Não se esqueça que o cachorro fica mais exposto à diversas doenças e enfermidades quando ele não está vacinado.

    Redação: Juliana Melo

    Quais são as raças de cachorro braquicefálico? Shih Tzu, Bulldogs, Pug e muito mais

    Próxima matéria

    Quais são as raças de cachorro braquicefálico? Shih Tzu, Bulldogs, Pug e muito mais

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos
    Vacina

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos

    A vacina para cachorro é uma das principais formas de proteger o seu amigo de uma série de doenças que, além de serem realmente incômodas para o animal, podem ser fatais em alguns casos. Por isso, manter a carteira de vacinação do seu doguinho em dia é uma ótima maneira de cuidar para que ele se mantenha saudável. Ainda assim, os atrasos podem acontecer em uma série de casos diferente. Para explicar sobre as consequências, como agir quando isso acontece e o porquê das vacinas serem tão importantes, a gente conversou com a veterinária Renata Bloomfield.

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano
    Cuidados

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano

    A chegada de um novo ano geralmente vem acompanhada de uma lista de metas e objetivos para se colocar em prática. Mas você já parou para pensar que seu amigo de quatro patas também pode ser incluído nessa aventura? Com a correria do dia a dia, é muito comum que alguns cuidados com cachorro sejam cada vez mais deixados de lado, como os passeios diários ou os banhos quinzenais. O problema é que manter esses cuidados é essencial para garantir a saúde e bem-estar dos pets, então os tutores precisam encontrar na agenda um tempo para se dedicarem aos amigos de quatro patas. 

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Quais os benefícios e perigos do osso para cachorro?
    Brinquedos

    Quais os benefícios e perigos do osso para cachorro?

    O osso para cachorro é um dos símbolos mais associados ao melhor amigo do homem. É um dos poucos itens que um cão pode morder sem que o tutor tenha que chamar a sua atenção. Além do propósito de divertir, o osso para cachorro é um recurso eficaz no processo de mastigação, além de amenizar o lado destrutivo de alguns cães. Mas afinal, qual osso dar para cachorro? Confira!

    Ver Todas >

    Mordida de cachorro: o que fazer ao ser atacado por um cão?
    Saúde animal

    Mordida de cachorro: o que fazer ao ser atacado por um cão?

    Levar uma mordida de cachorro é sempre uma situação inesperada. Seja de um animal desconhecido ou do seu próprio pet, um ataque pode ser muito perigoso. Pela mordida, o cachorro pode transmitir muitas doenças ao homem, sejam infecções mais brandas ou doenças graves, como a raiva. Como não podemos prever que um cão vai nos atacar, é importante estar sempre preparado. 

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?
    Saúde animal

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Quando o cachorro desenvolve pancreatite canina, é muito importante começar a tratar desde cedo. A doença é considerada uma das mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro, além de uma das mais graves. A pancreatite no cachorro acomete o pâncreas e debilita todo o sistema digestivo, trazendo sintomas bem desconfortáveis ao animal. A demora no diagnóstico pode acabar levando o animal a óbito. O cachorro com pancreatite canina precisa iniciar o tratamento o quanto antes para conseguir se recuperar. 

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?
    Saúde animal

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    A pasta e a escova de dente para gatos são os principais aliados para a boa higiene bucal dos felinos. Escovar os dentes do gato evita doenças, previne o mau hálito e preserva os dentinhos. Seja quando o gato troca de dente ou quando já é um bichano idoso, a dentição felina requer cuidados especiais em todas as fases da vida. Saber como escovar os dentes do gato corretamente é o primeiro passo para garantir a higiene bucal, além de uma alimentação balanceada. 

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?
    Saúde animal

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?

    A giárdia canina é uma doença infecciosa causada por um protozoário que pode acometer cães, gatos e seres humanos. Essa zoonose ocorre quando o cachorro ingere cistos do protozoário, que podem estar presentes na água e alimentos. Além disso, como os cachorrinhos são animais que usam a boca para diversas funcionalidades, é possível que o pet colete o parasita lambendo um brinquedo, bebendo água de uma poça ou mastigando algum objeto. Ficar de olho em como prevenir a doença é muito importante, visto que a giárdia em cães é transmitida para outros animais com facilidade. 

    Ver Todas >