Comportamento

Você sabe o que é um gato feral?

Gato feral: conheça mais sobre esse tipo de felino
Gato feral: conheça mais sobre esse tipo de felino

A companhia de um gatinho faz toda a diferença nas nossas vidas. Mesmo com a injusta fama de ariscos, esses animais conseguem oferecer muito amor quando têm um lar e uma família para chamar de sua. No entanto, a realidade de vários felinos é bastante diferente disso, de forma que muitos deles sofrem com o abandono. Com o passar do tempo, se não houver nenhum tipo de resgate ou cuidado com esse animal, as chances dele se tornar um gato feral são bem altas. Se você nunca ouviu falar nesse termo e não sabe o que ele significa, chegou a hora de compreender o que são os gatos ferales (ou gatos ferais) e quais as características mais marcantes desses felinos.

Afinal, o que é um gato feral?

Os gatos ferais são descendentes de felinos domésticos que retornaram ao estado selvagem por algum motivo. Geralmente isso ocorre com animais que foram abandonados ainda muito filhotes e nunca tiveram nenhum tipo de contato com humanos. Quando um gato é abandonado já adulto, mas tem filhotes nesse meio tempo, é possível que a ninhada também adote hábitos selvagens se não forem resgatados e viverem em lugares muito isolados. Isso acontece porque a falta de familiaridade com o ambiente doméstico e de cuidados faz com que esses gatos revivam seus instintos naturais.

Fisicamente, o gato feral se parece muito com qualquer outro animal doméstico. A diferença mesmo se encontra no comportamento  do gato, já que esses bichinhos tendem a ser mais agressivos e dificilmente aceitam qualquer aproximação de seres humanos, podendo até mesmo atacar por se sentirem ameaçados. É importante não confundi-los com um gato arisco, pois até mesmo os animais ariscos conseguem conviver com as pessoas, diferentemente do gato feral.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Os gatos ferais tendem a ser bem agressivos e evitam qualquer tipo de aproximação ou contato com os humanos
    Os gatos ferais tendem a ser bem agressivos e evitam qualquer tipo de aproximação ou contato com os humanos

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Gatos selvagens e gatos ferais não são sinônimos

    A diferença entre esses felinos é que os gatos selvagens nunca tiveram nenhum tipo de convivência com o ser humano, então eles vivem na natureza e totalmente isolados dos centros urbanos. Os gatos ferais, por outro lado, já tiveram algum tipo de contato com o universo humano, mesmo que esse contato tenha sido por meio dos seus antecedentes. Não é à toa que eles se parecem tanto com um gatinho doméstico, não é mesmo?

    No entanto, é possível que um animal feral retorne a vida na natureza da mesma forma que os selvagens vivem, como é o caso do gato australiano. Depois de sofrerem o abandono, muitos gatos ficaram reclusos na selva da Austrália e passaram a caçar outros bichos para sobreviverem. 

    O gato feral pode ser domesticado novamente?

    Depois de conhecer e se sensibilizar com a história dos gatos ferais, muitas pessoas questionam se é possível reverter a situação e domesticar esses animais de novo. Bom, infelizmente a resposta para isso é não. Se um gato retorna aos seus instintos selvagens, é muito difícil conseguir a domesticação novamente. É um processo que pode, inclusive, comprometer a saúde do gato, pois ele já voltou a viver de um jeito que é saudável para ele e mudanças muito bruscas podem estressar ou desencadear problemas como depressão e ansiedade.

    A melhor maneira de evitar que os gatos ferais se desenvolvam é dando uma chance e um lar para os animais abandonados. O resgate e a adoção de gatos é um ato que pode salvar muitas vidas.

    Redação: Juliana Melo

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Próxima matéria

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande
    Grandes

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande

    Se você está pensando em comprar ou adotar um cachorro de raça, precisa conhecer o Bernese Mountain. Esse cãozinho, que também é chamado de Boiadeiro de Berna e Boiadeiro Bernês, tem uma personalidade cativante e que consegue encantar a todos. Ele adora estar perto da sua família, é bastante leal e não é muito agitado como outras raças. Por isso, é um ótimo animal para te acompanhar em diversos momentos do dia a dia. 

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?
    Comportamento animal

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?

    É bem provável que você já tenha visto um cachorro na janela do carro curtindo o ventinho no rosto ou até tenha presenciado o seu doguinho fazer isso. Essa é uma situação super comum, principalmente quando os donos decidem viajar com cachorro de carro ou nas idas para o veterinário. Mas já parou para se perguntar por que esses bichinhos gostam tanto de ficar com a cabeça na janela? Será que é só por uma questão de aventura, ou existe explicação por trás do comportamento?

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?
    Comportamento animal

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?

    Quem nunca viu um cachorro correndo atrás de uma bola? A  bolinha para cachorro  é clássica e um dos brinquedos preferidos desses animais. Qualquer cãozinho quando vê uma bola se diverte bastante, principalmente aqueles mais energéticos e ativos. Porém, engana-se quem pensa que toda bolinha é igual, porque há uma infinidade de modelos que podem ser comprados. Não existe um melhor que o outro, mas sim o que é mais adequado para cada tipo de cachorro, levando em conta a idade, tamanho e nível de energia.

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)
    Comportamento animal

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)

    O adestramento de cachorro é super conhecido por aí, mas algumas pessoas não sabem que os gatos domésticos também pode ser treinados. Adestrar gato também promove muitos benefícios à rotina do pet, além de aproximá-lo do tutor e mudar comportamentos inadequados. No entanto, o processo de adestramento do gato é bem diferente do que já estamos acostumados com os cães. 

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil
    Comportamento animal

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil

    Um dos grandes desafios que vários tutores enfrentam é não saber como socializar gatos corretamente, o que pode desencadear problemas de convivência, como ciúmes e brigas. Normalmente, o período mais indicado para fazer a socialização é quando o gato ainda é um filhotinho, porque ele ainda está se adaptando ao mundo e fica mais fácil de apresentá-lo a novas experiências. 

    Ver Todas >