Gato

Verme em gato: 7 perguntas e respostas sobre o parasita

Publicado - 29 Julho 2022 - 10h00

Atualizado - 22 Maio 2024 - 10h03

Os vermes em gatos são um problema que todo tutor precisa ter conhecimento, já que podem afetar qualquer bichano. Tratam-se de parasitas que podem ter corpo cilíndrico ou achatado, e sempre se alojam em algum órgão da anatomia felina. O verme de gato traz muitos prejuízos à saúde e pode contaminar o animal de diversas maneiras diferentes. Ver um gato com verme não é uma situação tão incomum, mas muitos tutores têm dúvidas acerca dessa condição. Quais são os tipos de verme de gato? Podemos encontrar verme de gato em humanos? Quais os sintomas de verme em gatos mais comuns? Confira a seguir 7 perguntas e respostas sobre parasitas.

1) Quais os tipos de verme de gato mais comuns?

Existem muitos tipos diferentes de vermes em gatos. Um dos mais comuns é a tênia, que se aloja no intestino e causa problemas no sistema digestivo do gato. A lombriga é outro tipo de verme de gato que inicialmente habita o intestino, mas pode se espalhar para outros órgãos. Apesar de a ancilostomose em cachorro ser mais comum, a verminose também pode afetar os gatinhos. O verme se aloja no intestino e se alimenta do sangue do animal. Por fim, um dos vermes em gatos mais perigosos é o verme do coração, que causa a dirofilariose felina. O parasita ataca diretamente o coração do animal e de lá se espalha por todo o corpo através da corrente sanguínea.

2) Como acontece a contaminação dos vermes em gatos?

Como existem muitos tipos de verme de gato, também existem diversas formas de contágio. O mais comum é o contato direto com animais, objetos e ambientes contaminados. É dessa forma que temos um gato com verme dos tipos lombriga e ancilóstomo, por exemplo. Já com a tênia, a transmissão ocorre ao ingerir os ovos dos parasitas. No caso da dirofilariose felina, o contágio acontece através da picada de um mosquito contaminado.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

3) Quais são os sintomas de verme em gatos mais frequentes?

Quando falamos de verme em gatos, sintomas costumam ser bem parecidos entre todos os tipos. Isso acontece porque a maioria deles tem o intestino como principal alvo. Assim, os sintomas de verme em gatos mais comuns são: diarreia (com sangue ou não), vômito, febre, perda de peso, pelos fracos e secos, letargia e barriga inchada. Além disso, podemos ver ainda a presença de verme nas fezes do animal. Já os sintomas de verme em gatos causados pela dirofilariose felina são diferentes, pois o principal órgão a ser atacado é o coração. Nesse tipo de verme em gatos, sintomas mais frequentes são problemas respiratórios, dificuldade de respirar, problemas neurológicos, convulsões, tosse, cegueira e falta de coordenação motora.

4) É possível pegar verme de gato em humanos?

Assim como podemos ter gato com verme, nós também podemos sofrer com esse tipo de parasita. Mas afinal, o verme de gato pega em humano? Alguns deles, sim. Um dos tipos mais comuns de tênia em gatos é o Echinococcus. Além de afetar os bichanos, também podemos ter esse verme de gato em humanos, sendo assim considerado uma zoonose. Na maioria das vezes, a pessoa contrai essa doença ao entrar em contato com objetos contaminados. Como esse verme de gato pega em humano, é fundamental lavar bem as mãos sempre depois de manusear itens como comedouro e caixinha de areia de um bichano contaminado.

 

Gato vomitando no mato
Os sintomas de verme em gatos mais comuns são diarreia, vômito, perda de peso e letargia

 

5) Como tratar um gato com verme?

Ao identificar os sintomas de verme em gatos, o tutor deve levar o pet ao veterinário para obter um diagnóstico. A partir daí, o gato com verme precisa começar a ser tratado. Cada caso é diferente mas, no geral, o tratamento consiste no uso de vermífugos para gatos, que são remédios específicos para vermes. O veterinário é quem vai indicar qual é o melhor para cada situação. Vale ressaltar também que de nada adianta tratar o gato com verme se não realizar a higienização do ambiente. Os parasitas podem ser bastante resistentes e sobreviver por muito tempo em um local ou objeto contaminados. Portanto, se você tem um gato com verme, limpe bem os lugares que o ele frequenta na casa e todos os seus objetos. Só assim você evita que o animal se contamine novamente. 

6) Como prevenir os vermes em gatos?

O vermífugo para gato não funciona apenas como um remédio para verminoses: ele também é sua principal forma de prevenção. A primeira dose deve ser aplicada a partir dos 30 dias de vida do filhote. Após 15 dias, deve tomar a segunda dose. Depois de mais 15 dias, recebe a terceira. Até completar 6 meses, o pet deve tomar uma dose mensal. A partir daí, o bichano deve tomar reforços, que podem ser administrados anualmente, a cada 6 meses ou a cada 3 meses, dependendo de cada caso. É importante conversar com o veterinário para saber a frequência ideal para seu gatinho. Vale ressaltar ainda que a criação indoor previne o verme de gato, pois um animal que vive em casa tem menos risco de se contaminar com esses parasitas, que são mais facilmente encontrados em ambientes externos.

7) Os vermes em gatos podem contaminar pets que só vivem em casa?

É muito mais comum que um bichano contraia o verme de gato na rua. É nos ambientes externos que o pet fica mais exposto a esses parasitas, já que pode ter contato com animais e objetos contaminados. Mas isso quer dizer que um gato que só vive em casa nunca terá verme? Não. Mesmo com a criação indoor, sempre existe o risco de contrair uma verminose. Em alguns casos, a transmissão acontece por meio de pulgas e mosquitos que podem acabar entrando dentro de casa, seja por uma janela ou até mesmo na própria roupa do dono. 

Quando o tutor chega em casa, alguma pulguinha pode estar presa no sapato ou na camisa. Se estiver infectada, ela pode contaminar o animal. Além disso, quem tem outros animais (como cães) que frequentam a rua, podem muito bem trazer os parasitas para dentro de casa. Portanto, mesmo que seja bem mais difícil que um bichano que só vive em casa contraia verme de gato, é importante sempre ter cuidado e aplicar o vermífugo para gatos com regularidade.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Gato reage de jeito engraçado aos cheiros que não gosta - e explicação tem a ver com um sentido poderoso da espécie

Você sabia que um cheiro que gato não gosta pode desencadear reações bem inusitadas nos felinos? Isso acontece porque o olfato dos g...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Veja o motivo desta comida ser considerada a pior de todas para a saúde do seu cachorro

Nem tudo que a gente come é liberado para os cães. Alguns alimentos, inclusive, são considerados bastante tóxicos e prejudiciais par...

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Ver todas