A tela de proteção para cachorro não costuma ser mencionada e às vezes nem é considerada tão necessária. Ainda assim, ela é tão importante quanto a rede de proteção para gatos e um item essencial quando você leva um cãozinho para casa.  Isso porque, por mais que sejam espertos, os cachorros não têm tanta noção do perigo e alguns ainda são bastante corajosos, o que pode resultar em acidentes graves. Por isso, varandas e janelas (principalmente aquelas em que o cachorro tenha acesso) precisam garantir a proteção do animal. Reunimos algumas informações para explicar a importância de instalar redes de proteção para cachorro na sua casa. 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Tela de proteção para cachorro: apartamento com pet exige segurança

Os cães são curiosos e gostam de explorar novos ambientes, inclusive lugares inusitados, como as janelas. E aí que mora o perigo, pois eles podem se assustar com algo na rua ou ir em busca de algum latido por perto e se acidentarem. É por isso que todos os tutores que moram em apartamentos e sobrados devem adotar a tela de proteção para cães como medida de segurança.

A proteção é ainda mais necessária com aqueles cachorros que gostam de ficar na janela ou têm a habilidade de pular mais alto. Apesar de muitas pessoas acharem que a energia do pet está relacionada ao seu porte, ela tem mais a ver com a personalidade do animal. Por conta disso, saiba que se o seu cão é de porte pequeno não necessariamente ele terá menos energia que um cão maior. A rede de proteção é necessária para todos os cães, independente do porte ou personalidade.

 

cachorro olhando para a tela de proteção para cachorro

Como escolher a melhor rede de proteção para cachorro?

 

A tela de proteção para cachorro precisa ser resistente. Até porque os cães podem ter mais força do que pensamos, principalmente os de porte grande. A rede de proteção para cachorro precisa suportar 500kg/m² para garantir a segurança do animal. Além disso, o tutor deverá analisar a qualidade do material utilizado na rede. O ideal é que ela seja produzida com fios de polietileno com nó, contenha aditivo anti UV e antioxidante. Não deixe nunca de verificar a garantia e contratar um profissional de confiança para fazer a instalação de sua rede de proteção para cachorro. O mais recomendado é que a tela de proteção para cães tenha três anos de garantia para defeitos de fabricação e durabilidade em condições normais de uso, incluindo sol, umidade e chuva.


A tela de proteção para cachorro normalmente é encontrada em três tipos, que define o tamanho dos buracos: 3x3, 5x5 e 7x7. O tamanho ideal é aquele que o cãozinho não consiga colocar o focinho no buraco da tela para não mordê-la. Por isso, antes de comprar o item se certifique disso. O preço da instalação pode variar de acordo com o tamanho da rede. É recomendado fazer a troca do item de proteção a cada três anos. Sempre observe se a tela está segura ou não. Caso perceba que a rede está frouxa, com rasgos ou sem ganchos, busque um profissional para fazer a manutenção com urgência. 

Tela de proteção: cachorro precisa de outros cuidados com a segurança

Se engana quem acha que a tela de proteção para cachorro será o único cuidado de segurança que evitará acidentes domésticos com o pet. Ter um cachorro é um ato de muito amor, mas também requer bastante responsabilidade. Por isso, existem muitos compromissos e gastos que um tutor de um cachorro deve fazer para garantir a qualidade de vida de seu bichinho. O cachorro precisará de um cinto de segurança (encontrado em pet shops) na hora de andar de carro, por exemplo. Além disso, se seu doguinho ama ficar na janela não se esqueça de protegê-lo contra o sol. Usar protetor solar para cães evitará problemas de saúde. 


Além disso, conviver com um animal vai demandar o investimento em outros itens de segurança, como o portão para cachorro, para evitar o acesso do animal a locais que representam algum perigo, como escadas. Piscinas também precisam de acessórios de segurança para pets, como lonas específicas e grades. 

Redação: Hyago Bandeira