close
Saúde

Tártaro em gatos: veterinária explica os perigos do problema que parece inofensivo

Atualizado em 26 de janeiro de 2021 às 17h03

Publicado em 26 de janeiro de 2021 às 16h30

O tártaro em gatos é um problema que precisa de atenção!
O tártaro em gatos é um problema que precisa de atenção!

Se você tem um bichano, certamente já deve ter ouvido falar da necessidade de cuidar da saúde bucal dele. A falta de higiene pode acabar resultando no tártaro em gatos, um problema mais comum do que se imagina. “O tártaro, ou cálculo dentário, são formações calcificadas que surgem na superfície dos dentes dos felinos, abrigando colônias de bactérias e outros microorganismos nocivos”, explica a Dra. Claudia Youle, que é especializada em odontologia veterinária. Para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto, realizamos uma entrevista com a profissional. Veja!

Como o tártaro em gatos se desenvolve?

A principal causa para a formação do tártaro é a falta de higiene bucal adequada. “O tártaro é formado em grande parte por cálcio. Para que ele consiga se firmar no esmalte do dente, é preciso que haja uma película pegajosa para haver aderência, que é a placa bacteriana”, explica a especialista. A placa bacteriana, por sua vez, é formada por camadas aderentes ao dente, que geralmente são possíveis de serem removidas por meio da escovação dentária. No entanto, quando esse tipo de higiene é ineficaz ou inexistente, a placa vai ganhando mais espaço entre os dentes do animal. “Em seguida, o cálcio presente na saliva começa a se aderir na placa bacteriana, molécula por molécula, até conferir o aspecto de pequenas 'pedrinhas', que formam o tártaro em gatos”, conclui Claudia.

Gato com mau hálito é indicativo de tártaro? Veja os principais sinais do problema!

Se o seu gatinho estiver com tártaro, não vai ser muito difícil de perceber. Como a médica veterinária explica, o tártaro em si é diagnosticado visualmente, com um profissional avaliando a superfície dos dentes do animal. No entanto, é importante ficar alerta: “O felino é diferente de outras espécies neste aspecto, porque uma placa bacteriana com quantidade leve de tártaro pode causar doença periodontal. Portanto, se o seu gato tiver mau hálito e gengivite, ele já pode ter os primeiros estágios da doença”.

Também existem outros sinais do tártaro em gatos que vale à pena ficar de olho, como quando o animal grita enquanto come ou coloca a pata no focinho com frequência, como se estivesse querendo tirar algo de dentro. Se ele come com o rosto de lado ou a comida cai da boca dele ao se alimentar também são possíveis indicativos de que o seu pet está com tártaro.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Para evitar o tártaro em gatos, o tutor deve verificar os dentes do pet regularmente
    Para evitar o tártaro em gatos, o tutor deve verificar os dentes do pet regularmente

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    A remoção do tártaro em gatos deve ser feita por profissionais qualificados

    Acha que o bichano está com tártaro? Então é importante marcar uma consulta com um veterinário o quanto antes (de preferência especializado em odontologia). “Um bom tratamento odontológico requer um profissional bem treinado e bem equipado, principalmente para felinos”, destaca Claudia. Quando o problema é detectado, é comum o paciente ser encaminhado para uma limpeza dentária de rotina, que vai auxiliar na remoção do tártaro. Além disso, também é possível descobrir se há outras lesões dentárias durante esse processo com a radiografia intraoral. “Hoje em dia sabe-se que 70% da população de gatos com mais de três anos já apresenta algum grau de doença periodontal e, desses doentes, 60% apresenta lesões de destruição do dente (lesão de reabsorção dos felinos), que causam dor e inapetência”, informa.

    Tártaro: gatos podem sofrer consequências se o problema não for resolvido

    Tratar o problema o quanto antes evita que o tártaro evolua, trazendo consequências para a saúde do gato.  “O tártaro em gatos pode ser muito nocivo, pois ele abriga e dá condições de desenvolvimento para milhares de bactérias prejudiciais para a saúde do animal. Elas causam a gengivite primeiro e depois evoluem para doença periodontal, que é a infecção e destruição de todas as estruturas ao redor do dente, como gengiva, ossos da face e ligamento periodontal”, explica a dentista. Por se tratar de um quadro progressivo, a falta de tratamento pode levar à sinusite, otite e abscessos na face. “Também pode causar inflamações e infecções no coração e rins, pois essas bactérias caem na circulação sanguínea e se espalham por todo corpo”, finaliza Claudia.

    Como prevenir a formação de tártaro em gatos?

    Quando o assunto é prevenção, o primeiro pensamento que surge na cabeça dos tutores é procurar um remédio para tártaro em gatos ou formas de como tirar o mau hálito de gato. De fato, existem vários produtos no mercado pet que prometem milagres no controle de formação do tártaro, conforme Claudia destaca. Contudo, não é possível prevenir totalmente o problema - até mesmo porque poucos felinos permitem a escovação dentária que ajuda no controle das placas, principais responsáveis pela formação do tártaro. O que há, na verdade, é o controle da situação: “O ideal para essa espécie é escolher uma ração de categoria Super Premium que tem adjuvantes para controle de tártaro, oferecer petiscos que os façam roer e gerar atrito nos dentes, usar antissépticos na água de beber (embora nem todos aceitem) e o mais importante: o tutor deve inspecionar a boca do seu gato periodicamente e procurar um dentista veterinário caso encontre algo estranho”. A recomendação principal é levar o animal ao dentista pelo menos uma vez por ano.

    Redação: Juliana Melo

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Próxima matéria

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Anticoncepcional para cadelas: veterinária explica os perigos do método que evita a gestação
    Saúde

    Anticoncepcional para cadelas: veterinária explica os perigos do método que evita a gestação

    A cadela no cio é sinônimo de preocupação para os tutores que não querem filhotinhos em casa. Não é à toa que muitos buscam alternativas para afastar qualquer possibilidade de uma gravidez indesejada. Uma delas é a vacina anticoncepcional para cadelas. Embora esse método funcione de um jeito no organismo humano, não quer dizer que aconteça da mesma forma nos animais. Na verdade, o anticoncepcional para cachorro traz efeitos colaterais nada agradáveis para a saúde do animal - e não é recomendado. Para entender mais, veja o que a veterinária Meire Nascimento Lima, que é coordenadora do grupo Vet Popular, esclareceu sobre o assunto!

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos
    Vacina

    Tem problema atrasar a vacina do cachorro? Veterinária explica os riscos

    A vacina para cachorro é uma das principais formas de proteger o seu amigo de uma série de doenças que, além de serem realmente incômodas para o animal, podem ser fatais em alguns casos. Por isso, manter a carteira de vacinação do seu doguinho em dia é uma ótima maneira de cuidar para que ele se mantenha saudável. Ainda assim, os atrasos podem acontecer em uma série de casos diferente. Para explicar sobre as consequências, como agir quando isso acontece e o porquê das vacinas serem tão importantes, a gente conversou com a veterinária Renata Bloomfield.

    Síndrome do gato paraquedista: veterinária explica as características e perigos dessa condição
    Saúde

    Síndrome do gato paraquedista: veterinária explica as características e perigos dessa condição

    Se você tem um bichano e nunca ouviu falar da síndrome do gato paraquedista - também chamada de síndrome do gato voador -, chegou a hora de saber mais sobre o assunto. Essa, na verdade, é uma condição bastante comum e que pode afetar animais de todas as idades e, como o próprio nome indica, tem totalmente a ver com “voar nas alturas”, que é algo que os gatos adoram fazer. Para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa entrevistou a médica veterinária Bruna Oliveira, que é especialista em felinos. Veja só o que ela nos contou!

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)
    Raças

    Khao Manee: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de gato tailandesa (e muito rara!)

    O Khao Manee tem um grande potencial para ser um dos grandes queridinhos entre os apaixonados por gatos. Com olhos de cores marcantes e pelo branquinho, o felino desta raça possui uma aparência rara que chama atenção e é uma ótima companhia para qualquer família. De origem tailandesa, esse gatinho é super amigável e ama estar ao lado dos seus humanos - e até mesmo de outros animais. Para conhecer mais a fundo o gato Khao Manee, o Patas da Casa separou as principais informações sobre esse bichano incrível. Dá uma olhada!

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação
    Saúde animal

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação

    Saber um pouquinho de primeiros socorros veterinários vai ser muito útil se você acha que um cachorro parece engasgado - inclusive, é algo que pode salvar a vida do seu pet nessas horas! Seja porque ele comeu muito rápido ou tentou engolir alguma coisa que não devia, se deparar com um cachorro engasgado em casa é sempre um momento de desespero para qualquer pai de pet. Não saber como resolver essa situação é super comum e, ao mesmo tempo, um hábito perigoso: nunca se sabe quando você vai precisar socorrer o seu amigo em casa. 

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!
    Saúde animal

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!

    Os sintomas de cinomose canina são facilmente confundidos com outras doenças de cachorro e infelizmente pode até mesmo levar o animal à morte. Mais comum em filhotes não vacinados, a cinomose é altamente contagiosa e em alguns casos pode deixar sequelas que vão acompanhar o pet por toda a vida. É importante estar atento a qualquer sinal da cinomose em cães que ainda não completaram o calendário de vacinação, pois é uma doença que evolui rapidamente para um quadro grave. Ou seja, é uma situação de emergência!

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir
    Saúde animal

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir

    A giárdia canina é uma doença com alta contaminação entre os cães. O cachorro que a contrai sente bastante desconforto no sistema digestivo, com diarreia e vômitos frequentes. Comum principalmente no verão, a giardíase canina pode se apresentar de maneira mais leve ou mais grave. Sem tratamento, a giárdia canina pode matar o cachorro contaminado se ele não receber o tratamento adequado logo no início da infecção. Além disso, a giárdia canina pega em humanos e tem maior chance de atacar filhotes de cachorro. 

    Ver Todas >