Carrapato

Remédio para carrapato: 4 opções para proteger o seu amigo dos parasitas

O remédio para carrapato e pulgas é essencial para deixar o seu amigo livre de doenças (e coceira)!
O remédio para carrapato e pulgas é essencial para deixar o seu amigo livre de doenças (e coceira)!

Todo pai e mãe de pet sabe (ou deveria saber) da importância de manter o controle de parasitas do cachorro sempre atualizado. O remédio para carrapato e pulgas é a melhor forma de evitar o desconforto que os parasitas causam e deixar o animal livre de doenças bem graves, como a babesiose canina, uma variação da doença do carrapato. Mas sempre surge a dúvida de qual a melhor opção para proteger o animal em todas as fases da vida: comprimido para carrapato, coleira antipulgas, remédio líquido, sabonetes… são muitas alternativas encontradas no pet shop.

Antes de escolher, é preciso levar algumas coisas em consideração, como a região em que você mora, o preço de cada produto, o tipo de ação e a duração dos efeitos. Não se esqueça de conversar com um veterinário de confiança antes de decidir, ok?! Listamos abaixo as formas mais comuns de lidar com pulgas e carrapatos e as vantagens de cada um.

1) Comprimido para carrapato palatável: uma alternativa eficaz e segura

O comprimido para carrapato palatável é uma forma bem conhecida e segura para lidar com os parasitas que atingem os cães. O remédio de administração oral funciona da seguinte forma: ao ser ingerido, o princípio ativo do comprimido (que pode variar de remédio para remédio) entra na corrente sanguínea do animal e é absorvido pelo sistema gastrointestinal dele. Com isso, as pulgas e carrapatos que mordem o cachorro são expostos ao inseticida e morrem. Não precisa se preocupar, o componente ativo não faz nenhum mal ao cachorro.

A duração e preço dos remédios para carrapato encontrados no pet shop variam muito. Os que prometem ação de um mês custam uma média de R$60, enquanto os comprimidos que agem por cerca de 90 dias podem ser encontrados pelo valor de R$250 (indicado para animais de grande porte). Todos eles possuem um gosto mais agradável e podem ser oferecidos como petisco.

2) Antipulgas e carrapatos na versão líquida: a opção mais barata que você vai encontrar

Essa é a versão mais acessível de remédio para carrapato, mas atenção: ela pode não ser tão eficaz como as outras opções e precisa ser aplicada com muito cuidado. Trata-se de um líquido que vem em uma pipeta e é colocado na nuca do animal - o produto também pode ser encontrado em spray. Geralmente, tem ação de um mês e custa cerca de R$30, podendo ser mais caro de acordo com o porte do seu cachorro.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O comprimido para carrapato palatável tem gosto de petisco e alguns cachorros amam!
    O comprimido para carrapato palatável tem gosto de petisco e alguns cachorros amam!

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    3) Coleira antipulgas e carrapatos protege o animal por mais tempo

    A coleira antipulgas e carrapatos tem uma ação variada, mas é possível encontrar versões que protegem o animal por até oito meses. Os princípios ativos do produto são liberados aos poucos e têm um efeito contínuo, exterminando os parasitas. As opções mais baratas são as que têm uma duração menor (cerca de dois meses): custam de R$30 a R$120. Já aquelas que duram mais tempo podem ser encontradas entre R$150 e R$250 - tudo depende do porte do seu cachorro.

    4) Shampoos e sabonetes para pulgas e carrapatos são tratamentos complementares

    É possível encontrar shampoos e sabonetes que ajudam no controle de infestação de carrapatos e pulgas bem baratos no pet shop. Normalmente, esses produtos são indicados como um complemento do tratamento do seu pet - isso porque, dependendo da situação, o shampoo e sabonete não são suficientes para matar os parasitas.

    Bônus: não se esqueça de cuidar do ambiente para controlar as pulgas e carrapatos

    Se o seu amigo está passando por esse problema e você mora em uma casa, a primeira coisa que você precisa fazer é descobrir como acabar com carrapatos no quintal. Isso porque não adianta nada você investir em um tratamento no cachorro se o ambiente estiver infestado de parasitas. Além de produtos inseticidas encontrados nas lojas especializadas, uma forma segura de fazer isso é utilizando itens que você tem em casa mesmo, como vinagre, bicarbonato de sódio e frutas cítricas. As receitas caseiras costumam funcionar muito bem!

    Redação: Luana Lopes

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    Próxima matéria

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    Remédio para pulgas: 4 formas de proteger e eliminar os parasitas do seu cachorro
    Pulga

    Remédio para pulgas: 4 formas de proteger e eliminar os parasitas do seu cachorro

    Não tem jeito: quem tem cãozinho em casa sempre se preocupa com a saúde do seu amigo, e um dos problemas mais temidos é a presença de pulga em cachorro. Como elas se proliferam rapidamente, às vezes acaba sendo muito difícil de eliminar as monstrinhas. Mas afinal, o que tutor pode fazer ao encontrar esses parasitas no corpo do animal? Como tirar pulga de cachorro? Que tipos de remédio para pulgas podem ser indicados? Para te ajudar nessa missão, o Patas da Casa fez uma listinha com 5 dicas de como acabar com pulgas de cachorro de maneira bem prática. Dá só uma olhada!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Carrapato

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Brinquedos para cachorros: um guia completo com todas as opções para divertir o seu amigo
    Brinquedos

    Brinquedos para cachorros: um guia completo com todas as opções para divertir o seu amigo

    Os cachorros normalmente têm um espírito aventureiro e brincalhão bem típico deles: qualquer coisinha já vira motivo para festa e eles não precisam de muito para se divertir. Não é à toa que os bichinhos conseguem transformar até mesmo um simples graveto - ou aquele chinelo velho largado pela casa - em um brinquedo super interessante e entretivo. Porém, apesar da capacidade de tornar tudo em brincadeira, o tutor precisa levar em consideração que nem tudo que o cãozinho encontra pela frente é algo que ele pode mexer ou brincar. Já pensou se ele engole uma peça por acidente? É por isso que existem certos brinquedos para cachorro, que são mais os indicados e seguros para divertir o seu amigo de quatro patas: bolinha, mordedor e até mesmo alguns brinquedos educativos e recicláveis podem entrar nessa lista. Veja quais são as melhores opções para agradar o seu parceiro!

    Brinquedos para gatos: um guia completo com todas as opções para divertir o seu amigo felino
    Brinquedos

    Brinquedos para gatos: um guia completo com todas as opções para divertir o seu amigo felino

    Os brinquedos para gatos são objetos muito importantes na vida do felino: ajudam a estimular seus instintos naturais, gastam energia, promovem bem-estar e ainda estreitam a relação com os donos. Não importa se a escolha será uma bolinha para gatos ou um arranhador de papelão, é importante não deixar esses acessórios fora da rotina do animal. Confira uma lista com todos os brinquedos de gato!

    Ver Todas >

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato
    Saúde animal

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato

    Já parou para pensar como ocorre o cruzamento entre os gatos? Os machos sempre estão dispostos a acasalar, mas as fêmeas precisam estar no período do cio para aceitar a aproximação. O primeiro cio costuma ocorrer quando o animal atinge a puberdade, que normalmente é entre o 8º e o 10º mês de vida. Esse costuma ser um período bastante delicado para todos, que precisam já que a gata passa por uma grande carga de estresse. 

    Saúde animal

    "Meu cachorro tem muita fome": quando a fome em excesso passa a ser uma compulsão alimentar?

    Quando se trata da alimentação do cachorro, normalmente a situação que mais aflige os tutores é quando o animal não quer comer ração. Contudo, é importante ter muita atenção se o comportamento do seu amigo for o contrário disso, porque às vezes o cachorro comendo muito é um sinal de compulsão alimentar - o que pode trazer prejuízos para a saúde do pet a longo prazo. 

    6 cuidados com gatos para evitar vômitos e diarreia
    Saúde animal

    6 cuidados com gatos para evitar vômitos e diarreia

    O vômito e diarreia em gatos são condições que sempre ligam o alerta nos tutores. Geralmente sintoma de algum outro problema de saúde, o gato vomitando ou com diarreia pode representar tanto uma reação natural do organismo felino quanto uma doença mais grave. O sistema digestivo do gato é sensível e pode ser afetado por uma simples alteração na alimentação. 

    Quais são as raças de gato mais propensas à obesidade felina?
    Saúde animal

    Quais são as raças de gato mais propensas à obesidade felina?

    A obesidade em gatos é um problema que precisa de atenção. Geralmente, o quadro não está relacionado à predisposição genética, mas alguns fatores contribuem para o aumento de peso nos felinos. A falta de exercícios físicos e uma alimentação inadequada, por exemplo, são hábitos que podem levar à obesidade. Então se o seu gatinho é muito preguiçoso ou não tem acesso a todos os nutrientes que precisa, é bem provável que ele se torne um gato obeso. 

    Ver Todas >