Gato

Ração para gatos castrados: tudo sobre o alimento e como escolher a melhor para seu pet

Publicado - 30 Maio 2022 - 18h31

Atualizado - 18 Abril 2024 - 22h09

A ração para gatos castrados é um cuidado essencial que se deve ter com o bichinho após a cirurgia. A castração do gato traz inúmeros benefícios ao animal, pois acaba com certos comportamentos (como saidinhas e marcação de território) e ainda evita algumas doenças, como o câncer de mama. Por outro lado, o animal tende a ganhar mais peso, o que pode ser prejudicial à sua saúde. É aí que entra a ração para gato castrado, recomendada sempre que o animal passa pela cirurgia. Muitos tutores, porém, têm dúvidas sobre esse tipo de ração. Gatos castrados se beneficiam de que maneira? Que nutrientes estão presentes neste alimento? Qual a melhor ração para gatos castrados? E como fazer a troca da comida antiga para a nova corretamente? O Patas da Casa te explica tudo sobre a ração de gato castrado. Confira!

Gato castrado tem menos energia e maior tendência a ganhar peso

Antes de entender melhor o que é a ração para gato castrado, precisamos compreender o que muda no corpo do bichano após a cirurgia de castração. Ao ser castrado, gato passa por algumas mudanças hormonais que desaceleram o seu organismo. Assim, o bichano passa a ficar mais calminho e menos territorialista, além de não sentir mais tanta necessidade de fugir de casa, já que não está mais buscando por um parceiro ou parceira para cruzar. Com essas mudanças de comportamento após a castração, o animal fica mais dócil e tranquilo - mas também fica mais sedentário. O gato perde um pouco da sua energia e, por isso, passa a se exercitar menos. Além disso, é comum que comece a comer mais. Como resultado disso tudo, o pet acaba ganhando peso.

O excesso de peso traz diversos riscos à saúde do gato

O ganho de peso após a cirurgia de castração pode ser um problema para a saúde do animal. O gato obeso apresenta um acúmulo excessivo de gordura e passa a ter maior predisposição a outras doenças, como a diabetes. Além disso, os ossos sofrem mais impacto, fazendo com que os gatos obesos tenham maior chance de desenvolver doenças ósseas, como a osteoartrite. Os animais acabam se movimentando ainda menos pois podem sentir dor - o que aumenta até mesmo o risco de doenças urinárias e constipação, uma vez que o pet se desloca menos até a caixinha de areia e acaba prendendo o xixi e o cocô. Ou seja, o excesso de peso é bem perigoso para o animal e, como após a castração este risco é maior, é importante ficar atento.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

A ração para gato castrado tem menos calorias

Mas afinal, o que tem de diferente na ração para gato castrado em relação às outras rações? Como explicamos, o gato pós cirurgia gasta menos energia e come mais, causando o excesso de peso. A ração de gatos castrados têm um papel muito importante no combate à obesidade pois contém menos calorias. Em sua composição, há taxas muito pequenas de lipídios e carboidratos. Com esse tipo de ração, gatos castrados vão comer apenas a quantidade necessária desses nutrientes para o seu organismo, sem ingerir calorias extras que são as responsáveis pelo excesso de peso - e que costumam estar presentes em maior quantidade nos outros tipos de ração.

A ração de gato castrado tem mais fibras

O fato de ser menos calórica não é a única vantagem desse tipo de ração. Gatos castrados sentem mais fome ao longo do dia e esse é um dos motivos que fazem com que eles ganhem peso. A ração específica para esses bichanos, porém, conta com uma concentração de fibras mais elevada que os outros tipos. As fibras ajudam a dar uma sensação de saciedade aos peludos. Assim, quando o bichano come a ração para gato castrado, ele sente menos fome e, consequentemente, deixa de comer em excesso. Além disso, outra vantagem das fibras é que elas ajudam a regular o fluxo intestinal do animal.

gato comendo ração para gatos castrados
<strong>A ração para gato castrado tem mais proteínas e menos carboidratos, evitando a obesidade felina</strong>

A ração para gatos castrados também tem mais proteínas e minerais 

Como explicamos, a ração para gato castrado tem uma quantidade menor de lipídios, nutriente responsável por dar energia rapidamente ao animal. Mas então isso quer dizer que o pet que come a ração de gato castrado vai ficar sem energia? Não! O gato vai receber sim muita energia mas por meio de outra fonte: as proteínas. A ração para gatos castrados tem uma concentração proteica bem maior que as outras. A proteína é uma fonte saudável de energia e é a responsável por formar uma reserva energética no animal. Assim, o alto teor proteico da ração de gatos castrados vai ajudar a dar disposição, sendo a principal fonte de energia do pet. Além disso, esse tipo de ração tem uma maior concentração de minerais que ajudam na absorção de todos os nutrientes ingeridos pelo pet, ideal para garantir uma alimentação mais equilibrada.

Qual a melhor ração para gatos castrados? Saiba como escolher a melhor opção para seu pet

Nem toda ração para gato castrado é igual! É muito importante que o tutor saiba escolher o modelo certo para cada pet. Para definir qual a melhor ração para gatos castrados, é importante levar algumas coisas em consideração. A primeira delas é a idade do animal. Você deve sempre escolher o alimento recomendado para sua faixa etária - filhote, adulto ou idoso. Em cada fase da vida, o gatinho vai precisar de certos nutrientes em maior ou menor quantidade. Um gato filhote que está se desenvolvendo, por exemplo, precisa de uma maior ingestão de cálcio por ser o mineral fundamental na formação dos ossos. Na hora de comprar a ração para gato castrado, confira no rótulo se ela foi feita para filhote, adulto ou idoso e escolha a que for indicada para seu pet. 

A escolha da melhor ração para gatos castrados também deve levar em conta o tamanho e a saúde do pet

Além da idade, o peso do animal é outro fator importante na hora de escolher a melhor ração para gatos castrados. Existem gatos de pequeno, médio ou grande porte e cada um deles deve ingerir uma quantidade de comida que esteja de acordo com o seu peso. Um gato grande sempre vai comer mais do que um gatinho pequeno. Vale conversar com o veterinário para saber a quantidade recomendada para o tamanho do seu peludo. 

Outro fator que deve ser considerado ao escolher a melhor ração para gatos castrados é a saúde do animal. Alguns gatos possuem condições de saúde que necessitam de um cuidado extra ao se alimentar. Um gato com doença renal, por exemplo, precisa de uma ração renal, enquanto um gato com diabetes precisa de uma alimentação com menores níveis de açúcar. Além disso, alguns pets são alérgicos a certos componentes presentes no alimento. Portanto, converse com o veterinário para ter certeza de que está oferecendo a melhor ração para gatos castrados antes de comprar qualquer uma.

A ração de gatos castrados úmida ajuda a prevenir doenças renais 

Os felinos naturalmente já bebem menos água e têm maior predisposição a desenvolver doenças renais. No gato castrado, o risco pode ser maior, já que o pet fica com menos disposição até para coisas simples como ir até o potinho de água. Por isso, a ração para gato castrado úmida é uma boa solução. Ao contrário da ração seca, o sachê para gatos já tem uma concentração maior de água em sua composição. Ao ingeri-la, o pet está indiretamente bebendo mais água também. Assim, o gatinho se alimenta e ainda previne doenças como insuficiência renal. Além disso, a ração de gato castrado úmida costuma ser mais agradável ao paladar criterioso dos bichanos. 

A troca da ração para gato castrado precisa ser feita gradualmente 

Os gatos não são muito fãs de mudanças. Qualquer alteração na rotina pode deixar o gato estressado e ansioso. A troca de ração é uma dessas coisas que são bem chatas para o pet. Por isso, é preciso fazer com calma e de forma gradual, pois uma troca brusca da ração normal para a ração de gato castrado pode fazer com que o bichano recuse a comida. O ideal é começar misturando apenas um pouco da ração para gato castrado com a ração antiga. Ao longo dos dias, coloque mais um pouco, aumentando a proporção da ração de gato castrado e diminuindo a da ração anterior. Vá com calma e leve o tempo necessário para que o pet se acostume. Faça isso até chegar o dia em que o potinho passe a ter 100% de ração para gato castrado. Com esse cuidado, você evita que o bichano não queira comer e garante que ele se alimente corretamente. 

Além da ração para gato castrado, existem outras formas de melhorar o bem-estar e evitar obesidade 

A alimentação com ração para gatos castrados é uma das principais maneiras de melhorar a qualidade de vida de um bichano após a cirurgia e evitar doenças como a obesidade. Porém, também existem outras medidas que podem ser tomadas no dia a dia além da dieta balanceada para garantir um maior bem-estar. A gatificação da casa, por exemplo, é uma ótima maneira de estimular o animal a se exercitar de maneira natural e divertida. Colocar nichos, prateleiras, arranhadores e brinquedos pela casa desperta a curiosidade e os instintos do pet, que vai ter um ambiente propício para ele explorar e se exercitar. Além disso, é muito importante fazer visitas frequentes ao veterinário para manter os cuidados com a saúde sempre em dia. 

Redação: Maria Luísa Pimenta

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas