Saúde

Quando o psicólogo de cachorro é necessário?

Cachorro deprimido ou ansioso? Saiba quando um psicólogo de cachorro pode ajudar!
Cachorro deprimido ou ansioso? Saiba quando um psicólogo de cachorro pode ajudar!

Assim como os humanos, os cães também podem passar por momentos que mexem muito com a saúde mental e emocional deles. Isso pode acontecer, por exemplo, durante os períodos de adaptação a um novo lar ou até mesmo quando o animal passa muito tempo sozinho. Para ajudá-los a enfrentar esses desafios, hoje é possível buscar a ajuda de um psicólogo para cachorro - termo popular que, na prática, se refere a comportamentalistas caninos ou psicólogos comportamentais e treinadores de cães. Mas então, como saber se o seu amigo de quatro patas precisa de um psicólogo de cachorro? É possível identificar um cão deprimido ou ansioso? Para esclarecer essas e outras dúvidas, o Patas da Casa conversou com a psicóloga comportamental Joyce Hash, de São Paulo. Veja só o que ela nos contou!

Cachorro ansioso ou depressivo sempre dá alguns sinais de que não está bem

Se você tem um cãozinho em casa, já deve ter reparado que eles têm um jeito próprio de se comunicar, certo? A linguagem corporal canina é extremamente rica, e quando algo não vai bem como seu amigo de quatro patas, ele dá alguns sinais disso. “O cachorro ansioso pode apresentar agitação, destruição de móveis ou outros objetos (além dos próprios brinquedos), choro e latido em excesso. Já quando se trata de um cachorro depressivo, pode apresentar apatia, falta de apetite ou fome demais, não vai querer brincar nem passear, boceja o tempo todo e demonstra estar entediado”, destaca a profissional. Por isso, é importante ficar atento a toda e qualquer alteração no comportamento canino, pois é a partir disso que surgem os primeiros indícios de que o seu cãozinho está com algum problema.

Cães que ficam muito tempo sozinhos podem desenvolver ansiedade de separação

Todo mundo sabe que os cães geralmente são muito sociáveis e adoram a companhia de seus humanos e até mesmo de outros animais. Por isso, segundo Joyce, a recomendação para tutores que passam o dia fora de casa é procurar um day care para o cachorro não ficar totalmente sozinho nessas horas. Assim, o animal pode brincar com outros cães e socializar de forma adequada. “Alguns cães acabam desenvolvendo ansiedade de separaçao e se sentem inseguros quando estão longe de seus tutores. Eles apresentam comportamentos de destruição, auto mutilação, latido excessivo, apatia, entre outros”.

Vale destacar que nem todos os cachorros vão desenvolver esse problema. Alguns conseguem conviver tranquilamente, mesmo que fiquem sozinhos durante uma parte do dia. “Para isso, é necessário ensinar e enriquecer o ambiente para que o cão tenha atividade física e mental durante a ausência de seu tutor”.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Seja ansiedade ou depressão, cachorro precisa da ajuda de um profissional nesses momentos
    Seja ansiedade ou depressão, cachorro precisa da ajuda de um profissional nesses momentos

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    Mudança de casa pode deixar o cachorro depressivo?

    Qualquer tipo de mudança acaba mexendo com o psicológico de um cãozinho. Afinal, trata-se de um ambiente ou rotina completamente novos, e vai levar um tempo até que ele consiga se adaptar ao local. “Alguns cachorros se adaptam mais facilmente do que outros. Mas se o cãozinho apresentar comportamentos atípicos por mais de dois meses, o ideal é procurar um especialista para ajudá-lo com essa questão”, orienta Joyce.

    Além disso, não podemos deixar de falar de outro tipo de mudança, que é quando um cão é resgatado e adotado por uma família. “Nem todos os animais adotados apresentam problemas psicológicos, mas a grande maioria sim. Muitas vezes são cães tirados das ruas que sofreram diversos abusos e podem apresentar medo, reatividade ou até agressividade, que é muito comum em cães que tiveram um passado com histórico de maus-tratos, por exemplo”, revela.

    Ansiedade e depressão: cachorro vai precisar de acompanhamento até o fim da vida?

    Em primeiro lugar, é preciso identificar qual é o tipo de problema que o peludo enfrenta. A avaliação deve ser feita por um profissional e, em seguida, deve-se iniciar o tratamento com o animal. Vale lembrar que cada cãozinho tem o seu tempo de aprendizado, portanto não é possível estipular um prazo certo para o tratamento ser concluído. “É super importante respeitar o tempo de cada cachorrinho e não parar o acompanhamento do profissional durante o processo, pois o cão pode regredir e apresentar novamente o problema. Também é importante ressaltar que o tutor deverá manter o que foi aprendido durante o treinamento por toda a vida do animal”.

    Para encontrar um bom psicólogo de cachorro comportamental, a dica é conversar com um veterinário de confiança ou com outro tutor que tenha passado por essa mesma situação. Assim, você consegue boas referências de um psicólogo comportamentalista canino para ajudar o seu amigo. 

    Redação: Juliana Melo

    Como funciona a memória dos cães? Veja essa e outras curiosidades sobre o cérebro do cachorro

    Próxima matéria

    Como funciona a memória dos cães? Veja essa e outras curiosidades sobre o cérebro do cachorro

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Posso passear com o cachorro antes das vacinas? Saiba os cuidados necessários no pré e pós-vacinação
    Vacina

    Posso passear com o cachorro antes das vacinas? Saiba os cuidados necessários no pré e pós-vacinação

    Nas primeiras semanas de vida, é comum que a saúde de um filhote precise de atenção redobrada. Além da introdução da ração, que deve começar aos dois meses de vida, as vacinas para cães normalmente causam dúvidas: qual deve ser a primeira vacina do cachorro? Os passeios podem acontecer normalmente antes da imunização? Quais são os tipos de vacinas e para que servem? Como cuidar do animal ainda tão pequenininho antes e depois das doses? Descubra, aqui embaixo, um pouco mais sobre essa fase da vida do cachorro!

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais
    Pequenos

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais

    É praticamente impossível não se apaixonar por um cachorro da raça Pug! Com os famosos olhos esbugalhados, focinho achatado e corpo compacto e rechonchudo, o cãozinho é um dos queridinhos dos brasileiros. São tantas características que fazem do Pug um animal único, que fica até difícil saber por onde começar. Pensando nisso, o Patas da Casa preparou uma matéria bem especial para todos os amantes da raça Pug. A seguir, descubra mais sobre a origem, personalidade, cuidados com a saúde e qual é o preço desse doguinho tão carismático!

    Ver Todas >

    Quais são as raças de cachorro que vivem mais tempo?
    Comportamento animal

    Quais são as raças de cachorro que vivem mais tempo?

    No mundo canino, a proporção da idade do cachorro é totalmente diferente do que conhecemos entre os humanos. A média de vida de um cãozinho é de 10 a 13 anos, mas isso pode mudar de acordo com o tamanho, raça e cuidados que o animal recebeu ao longo da vida. No entanto, algumas raças de cachorro são conhecidas pela alta expectativa de vida. Um fator absolutamente genético! 

    Como é o temperamento do Poodle?
    Comportamento animal

    Como é o temperamento do Poodle?

    O Poodle é um dos cachorros mais populares do Brasil e um dos motivos para isso está relacionado ao fato desta raça ser super “família”. Muito companheiro e leal aos donos, ele gosta de participar de todos os momentos, desde uma confraternização até um cochilo no sofá. Não importa se estamos falando de um Poodle toy, anão, médio ou standard: todos os tamanhos são muito sociáveis e gostam de fazer novos amigos.

    Já se perguntou qual o significado do bocejo dos cães? Veja curiosidades sobre esse comportamento canino!
    Comportamento animal

    Já se perguntou qual o significado do bocejo dos cães? Veja curiosidades sobre esse comportamento canino!

    Você com certeza já deve ter flagrado o cachorro bocejando muito e associou apenas a sono, não é? Para a surpresa de muitos, esse comportamento canino pode dizer muito sobre o que o cãozinho está sentindo ou pensando. Sim, é verdade! De acordo com algumas pesquisas científicas, a linguagem dos cachorros também se manifesta com bocejos e pode ter vários significados, desde demonstração de empatia pelo seu humano até uma espécie de fuga do estresse.

    Cama para gatos: 4 objetos que podem ser transformados em uma caminha para o seu bichano
    Comportamento animal

    Cama para gatos: 4 objetos que podem ser transformados em uma caminha para o seu bichano

    Cuidar de gato é pensar também na hora do descanso desses animais. Todo mundo sabe que os felinos passam boa parte do dia dormindo, e não existe hora nem local certo para isso. Muitas vezes eles se apropriam do sofá da sala ou até se escondem entre as prateleiras para tirar uma sonequinha. Mas nenhum lugar é melhor do que uma cama para o gato descansar. Ela precisa ser confortável e aconchegante, e o melhor de tudo é que não é preciso gastar muito para ter uma dessas em casa. 

    Ver Todas >