Cachorro

Quais são as doenças de cachorro mais comuns no verão e como evitá-las?

Publicado - 14 Janeiro 2021 - 14h09

Atualizado - 07 Maio 2024 - 17h39

Com a chegada do verão, é necessário redobrar os cuidados com o cachorro e também com a sua saúde. Os peludos costumam aproveitar bastante essa época, já que os passeios e banhos de mar ou piscina são mais frequentes. No entanto, a mudança de rotina vem acompanhada de uma grande preocupação, que é a proliferação de certas doenças de cachorro que ocorrem nessa época. Otite canina, desidratação e até mesmo infestação de pulgas e carrapatos são problemas bastante comuns no verão. A seguir, separamos as principais informações sobre cada quadro e o que fazer para evitá-lo. Veja!

A otite canina é um problema frequente no verão

Essa inflamação no ouvido do cachorro pode ser de três tipos: externa, média ou interna. Geralmente, a otite canina externa é o quadro mais comum de acontecer e se assemelha bastante à dor de ouvido que os humanos sentem. Mas por que os cães ficam mais suscetíveis a desenvolver otite no verão? Simples: como eles passam mais tempo molhados, a umidade facilita a proliferação de bactérias e fungos na região. A melhor maneira de evitar que isso aconteça é secando muito bem as orelhas do cachorro depois dos banhos e dos dias na praia ou na piscina, além de limpar a região com frequência.

Insolação e hipertermia: cachorro também sofre com a alta exposição solar

Outro problema que pode atingir tanto os humanos quanto os cães nos dias mais quentes é a insolação. Nesse caso, o cachorro pode apresentar sintomas como respiração ofegante, prostração e até mesmo diarreia com a presença ou não de sangue. O motivo para isso acontecer normalmente está associado com a prática de exercícios físicos em temperaturas muito altas ou em ambientes pouco arejados. Se a situação for muito grave, o quadro pode evoluir para uma hipertermia, que é o que acontece quando o cão é incapaz de regular a temperatura corporal e, se não for tratado a tempo, pode até mesmo morrer. Por isso, o ideal é evitar a prática de atividades físicas quando estiver muito quente. Recomenda-se que os passeios e outros exercícios sejam feitos no início do dia, antes das 10h, ou somente no final do dia, quando o sol estiver menos intenso.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

Cão marrom peludo bebendo água em pote em dia ensolarado
Para prevenir a desidratação em cachorro, a medida mais eficaz é oferecer bastante água nos dias quentes

 

O acúmulo de umidade pode desencadear uma série de doenças de pele

A umidade é uma verdadeira inimiga dos cães. Como já vimos, deixar o cachorro com o corpo molhado por muito tempo torna o ambiente bastante propício para a proliferação de fungos e bactérias, o que pode provocar inflamações e infecções na pele do seu amigo, além da otite canina. Então, certifique-se de secar muito bem o seu pet sempre que ele se molhar.

Além do mais, outro problema de pele comum nessa época são as queimaduras. A exposição solar em horários inadequados pode acabar queimando as almofadinhas do cachorro, ou até mesmo o corpo de cães que possuem poucos pelos. Para prevenir esse tipo de problema, não esqueça de passar e retocar o protetor solar no seu pet durante os passeios.

A desidratação nos cachorros é outra preocupação nos dias mais quentes

Um dos sinais mais claros de que o cachorro está com calor é a língua para fora. No entanto, poucas pessoas se dão conta de que as épocas mais quentes podem acabar desencadeando um problema bastante grave na saúde do cachorro, que é a desidratação. Os sinais mais visíveis de que o animal está desidratado são: mal estar, dificuldade para respirar, vômito e diarreia. Portanto, o que o tutor deve fazer para evitar a desidratação em cães é oferecer uma quantidade ainda maior de água quando estiver muito quente, principalmente no caso de filhotes e cachorros idosos.

Cães ficam mais vulneráveis à infestação de pulgas e carrapatos no verão

Se as pulgas e os carrapatos já são preocupações constantes na vida dos pais de pet, no verão o cuidado deve ser redobrado. Tanto o calor quanto a umidade criam o ambiente perfeito para que os parasitas se reproduzam, o que pode ser bastante prejudicial para a saúde do seu pet. Se o seu cachorro tem o hábito de sair para passear e interagir com vários outros doguinhos, é recomendado que o uso de antipulgas e remédio para carrapatos façam parte da rotina dele, principalmente no verão. E não se esqueça de também cuidar da infestação do ambiente em que o animal vive.

Redação: Juliana Melo

Gato

Gato solta pum? Descubra se é normal os felinos terem gases ou não e o que fazer

Você já se perguntou se o gato solta pum igual os humanos? Por mais estranho que pareça, essa é uma dúvida que pode surgir quando se...

Cachorro

Como medir cachorro para comprar coleira, roupas, camas e outros acessórios: veja o guia e nunca mais erre!

Saber como medir cachorro corretamente pode ajudar você na hora de comprar diversos acessórios para o seu pet. Coleira para cachorro...

Gato

Gato se lambendo muito: esses são os motivos mais comuns para a lambedura excessiva, segundo os especialistas

É muito comum ver um gato se lambendo no dia a dia para se limpar. Isso faz parte da rotina de higiene deles. A língua desses animai...

Cachorro

"Tapete de lamber": esse brinquedo interativo para cachorro ajuda a reduzir ansiedade, tédio e estresse. Veja como funciona!

Um brinquedo interativo para cachorro que vem conquistando cada vez mais pais de pet é o tapete de lamber. Se você nunca ouviu falar...

Gato

Gato solta pum? Descubra se é normal os felinos terem gases ou não e o que fazer

Você já se perguntou se o gato solta pum igual os humanos? Por mais estranho que pareça, essa é uma dúvida que pode surgir quando se...

Cachorro

Como medir cachorro para comprar coleira, roupas, camas e outros acessórios: veja o guia e nunca mais erre!

Saber como medir cachorro corretamente pode ajudar você na hora de comprar diversos acessórios para o seu pet. Coleira para cachorro...

Gato

Gato se lambendo muito: esses são os motivos mais comuns para a lambedura excessiva, segundo os especialistas

É muito comum ver um gato se lambendo no dia a dia para se limpar. Isso faz parte da rotina de higiene deles. A língua desses animai...

Cuidados

Como fazer o gato beber mais água: essas são as 6 dicas dadas por um veterinário para aumentar a hidratação do pet

Saber como fazer o gato beber água é uma das grandes preocupações entre os tutores. Isso porque é da natureza dos felinos não se hid...

Ver todas