Raças

Quais são as raças de cachorro que mais sentem calor? Veja quais cuidados tomar!

Do Spitz Alemão ao Chow Chow: veja algumas raças de cachorro que sofrem com o calor
Do Spitz Alemão ao Chow Chow: veja algumas raças de cachorro que sofrem com o calor

Com o verão se aproximando, é inevitável pensar no conforto e bem-estar dos nossos pets. Sabe-se que, assim como os humanos, os animais também podem sentir calor nos dias mais quentes. Contudo, o que poucas pessoas imaginam é que existem algumas raças de cachorro específicas que sofrem mais com as altas temperaturas desta estação. Pensando nisso, o Patas da Casa separou que raças são essas e quais cuidados devem ser tomados para amenizar o desconforto dos peludinhos durante essa época do ano. Veja só!

1) Chow Chow tem grande quantidade de pelos e precisa se hidratar regularmente

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A raça de cachorro Chow Chow não se adapta muito bem ao calor
    A raça de cachorro Chow Chow não se adapta muito bem ao calor

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    É bastante difícil resistir ao charme de um Chow Chow, principalmente por causa dos seus pelos que contribuem para deixá-lo uma aparência ainda mais fofinha. O problema é que a pelagem densa é a mesma que prejudica a raça nos dias mais quentes, fazendo com que esses animais sintam muito calor. Além disso, o Chow Chow também tem uma dupla camada de gordura espalhada pelo corpo, o que é ótimo para protegê-lo do frio, mas é um obstáculo na hora de tentar refrescar o pet no verão. Alguns tutores optam pela tosa total, mas isso não é tão recomendado porque essa é uma raça que sofre mesmo tosada. Portanto, a melhor maneira de melhorar o calor do Chow Chow é oferecendo bastante água, aparando minimamente os pelos e garantindo que ele sempre fique na sombra.

    2) Bulldog Inglês: além de sentir calor, dificuldade para respirar aumenta

    O Bulldog Inglês não consegue regular a temperatura do corpo direito e sente muito calor
    O Bulldog Inglês não consegue regular a temperatura do corpo direito e sente muito calor

    Por se tratar de uma raça de cão braquicefálico, os dias mais quentes se tornam um verdadeiro tormento para o Bulldog Inglês. A dificuldade para respirar aumenta nessa época, visto que o formato do crânio desses animais não contribui muito para isso. Se nos dias comuns, o cão já sofre com esse tipo de dificuldade, no verão isso piora. Além do mais, isso interfere diretamente na regulação térmica do corpo do Bulldog Inglês, pois esse processo é feito por meio da respiração. Isso pode desencadear a síndrome do super aquecimento corpóreo, um problema bastante perigoso para a raça. Para evitar que isso aconteça, o ideal é optar por passeios bem cedo de manhã ou no final do dia, sempre buscando a sombra. A água fresca também é muito bem-vinda!

    3) Bulldog Francês exige os mesmos cuidados que o Bulldog Inglês

    Bulldog Francês: água e passeios com temperaturas mais amenas são a forma ideal de cuidar desses pets
    Bulldog Francês: água e passeios com temperaturas mais amenas são a forma ideal de cuidar desses pets

    Como são parentes distantes, é de se pensar que o Bulldog Francês também precisa de certos cuidados nos dias quentes, e isso está certo! Na verdade, os cães braquicefálicos no geral sempre necessitam de ainda mais atenção no verão justamente por causa da dificuldade para respirar que eles têm. A hidratação é o ponto chave para fazer o seu cão se sentir melhor e menos desconfortável nessa época: o pote de água do cachorro deve ser enchido frequentemente. Outro fator importante é levar o Bulldog Francês para passear quando a temperatura não estiver muito quente, preferindo as caminhadas mais cedo ou à noite. 

    4) O Pequinês é uma das raças que mais sofrem com o calor

    O cachorro Pequinês precisa de ainda mais cuidado do que outras raças
    O cachorro Pequinês precisa de ainda mais cuidado do que outras raças

    Para quem tem um Pequinês, o cuidado deve ser redobrado. Além desta ser uma raça de cachorro braquicefálico, esses pequenos cãezinhos também têm uma grande quantidade de pelos espalhados pelo corpo. Ou seja, basicamente junta a situação das outras raças mencionadas anteriormente. Sendo assim, o tutor deve tomar uma série de precauções a fim de evitar que o pet sofra com insolação ou hipertermia. Aparar os pelos do Pequinês pode ser uma boa ideia para começar, assim como, claro, fornecer bastante água para os pets. A prática de exercícios físicos nessa época deve ser evitada.

    5) Lulu da Pomerânia: cachorro da raça não é acostumado com altas temperaturas

    O Lulu da Pomerânia tem uma densa pelagem perfeita para o frio, mas que não é boa para dias quentes
    O Lulu da Pomerânia tem uma densa pelagem perfeita para o frio, mas que não é boa para dias quentes

    Por ser originário de Alemanha, o Lulu da Pomerânia - que também é conhecido como Spitz Alemão - é uma raça que, definitivamente, não se dá bem com o calor. O seu corpo combinado com uma densa pelagem são o combo perfeito para aguentar as baixas temperaturas de onde o cãozinho veio, mas quando o clima começa a esquentar, ele sofre bastante. Como os pelos do Lulu da Pomerânia é um dos seus traços mais característicos, não se recomenda a tosa completa dos pelos, mas dar uma aparada é algo que pode aliviar. Fora isso, não esqueça de incentivar bastante a hidratação do pet!

    6) Pug tende a sentir bastante calor no verão (e a língua para fora é um dos primeiros sinais)

    Pug: é importante ter cuidado ao passear com a raça no verão
    Pug: é importante ter cuidado ao passear com a raça no verão

    Outra raça de cachorro braquicefálico para a lista é o Pug. Embora muitos achem fofinho as reações deste cãozinho, em alguns casos isso pode ser indicativo de incômodos que o pet vem sofrendo. Nos dias quentes, por exemplo, o cachorro Pug tende a ficar bastante tempo com a língua exposta para fora, e isso é um claro sinal de que ele pode estar tendo certa dificuldade para respirar e regular a temperatura corporal. No caso do Pug, outro fator que geralmente contribui para que ele sinta ainda mais calor é a tendência à obesidade. Por isso, não esqueça de exercitar seu pet durante outras épocas do ano e, quando o verão chegar, tome bastante cuidado com ele. Ofereça muita água e evite passeios se a temperatura estiver muito alta.

    7) Golden Retriever se sente incomodado quando está muito quente

    O Golden Retriever também não curte muito o calor e pode ter problemas como hipertermia
    O Golden Retriever também não curte muito o calor e pode ter problemas como hipertermia

    Por mais tranquilos que os cachorros da raça Golden Retriever sejam, esses animais nem sempre aguentam os dias calorentos. Na verdade, eles correm até risco de sofrerem hipertermia caso não recebam os devidos cuidados. Mas, assim como outras raças, o Golden Retriever não deve ser tosado completamente, ou isso pode acabar deixando-o muito exposto aos raios solares e, consequentemente, queimaduras. Sendo assim, aparar os pelos pode até ser uma boa ideia, desde que isso não comprometa o bem-estar do animal. Ah, e claro: hidratá-lo também é essencial para amenizar o desconforto do calor.

    Redação: Juliana Melo

    Vantagens e desvantagens do jornal para cachorro

    Próxima matéria

    Vantagens e desvantagens do jornal para cachorro

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Ver Todas >

    Como viajar com cachorro de ônibus? Veja as regras e cuidados importantes!
    Cuidados dos animais

    Como viajar com cachorro de ônibus? Veja as regras e cuidados importantes!

    Nada parte mais o coração de um tutor do que ter que viajar e não poder levar o seu filho de quatro patas junto. Afinal, os cães fazem parte da nossa família e uma das melhores coisas é poder compartilhar esses momentos com eles. Mas sabia que com o planejamento certo é super possível viajar com cachorro? Existem várias opções viáveis e uma delas é a viagem de ônibus. 

    Cachorro com medo de trovão: veja algumas dicas para acalmar o pet
    Cuidados dos animais

    Cachorro com medo de trovão: veja algumas dicas para acalmar o pet

    Não é incomum encontrar um cachorro com medo de chuva e de trovão. O barulho da tempestade gera em alguns cães um sentimento tão grande de insegurança que eles perdem o controle de suas próprias emoções. Toda aflição provocada pelo perigo que o som da chuva e trovão representa pode influenciar no comportamento do cãozinho, como tentativa de fuga, destruição e até agressividade. É importante observar como o cãozinho reage nessas situações e buscar formas de reverter o medo que ele sente. 

    Lhasa Apso tosado: veja os cortes mais indicados para a raça de cachorro
    Cuidados dos animais

    Lhasa Apso tosado: veja os cortes mais indicados para a raça de cachorro

    Manter os pelos do cachorro bonitos e saudáveis é dever de todo tutor, principalmente para quem é dono de raças mais peludinhas, como o Lhasa Apso. Por isso, alguns cuidados básicos do dia a dia - como a escovação, banho e tosa - são indispensáveis, tanto por uma questão de higiene, como também para deixar o cãozinho com uma boa aparência. No caso do Lhasa Apso, a tosa pode sofrer diferentes modificações e o cachorro pode usufruir de tipos de cortes e penteados para todos os gostos. Quer conhecer um pouco mais sobre os tipos de tosa para Lhasa Apso? É só dar uma olhada na matéria que preparamos a seguir!

    Banho em gato: entenda de uma vez por todas porque não é recomendado
    Cuidados dos animais

    Banho em gato: entenda de uma vez por todas porque não é recomendado

    Já parou para se perguntar se pode dar banho em gato? Esse é um assunto bastante polêmico e que desperta muita dúvida na maioria dos tutores (principalmente nos pais de primeira viagem). Como muitos sabem, os felinos são animais que cuidam da sua própria higiene e fazem a autolimpeza diariamente com a própria língua, então em muitos casos os médicos veterinários não indicam o banho em gato.

    Ver Todas >