close
Saúde

Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno

Atualizado · 21 de maio de 2020 · 14h18

Publicado · 01/07/2019 · 16h12

Descubra o que pode causar alergia no seu cachorro Pug e como cuidar para que isso não aconteça
Descubra o que pode causar alergia no seu cachorro Pug e como cuidar para que isso não aconteça

Há quem pense que todos os cães enfrentam o mesmo tipo de problemas ao longo da vida, mas não é bem assim. Algumas raças de cachorro têm detalhes muito característicos na anatomia que favorecem o desenvolvimento de condições específicas. Uma prova disso são os casos de alergias em Pugs: por causa das dobrinhas e rugas que têm pelo corpo, eles acabam tendo uma propensão maior a desenvolver diferentes tipos de dermatites alérgicas. Por isso, ao dar as boas-vindas a um Pug na sua casa, o ideal é que você saiba o que pode causar essas alergias e como reagir caso o seu animalzinho apareça com algo do tipo. Hoje, o Patas da Casa vai ao seu socorro: descubra, aqui embaixo, mais sobre esse problema!

Os principais causadores de alergia em cachorro Pug

Mesmo que os diferentes tipos de alergias em cachorro Pug apareçam na forma de dermatites tópicas — pequenos machucados, bolinhas ou outras ocorrências na pele do animal — elas podem ser causadas por fatores variados. Ainda assim, é possível determinar alguns dos mais comuns, para que você fique atento e evite alguns hábitos que podem desencadear isso no animal desde quando ele é um filhote de Pug até a vida adulta:

  • Bactérias e fungos: as dobrinhas características do corpo do Pug são um charme, mas na prática, também podem ser um prato cheio para a proliferação de fungos e bactérias. Por isso, mantenha o animal e o ambiente em que ele vive sempre limpos e dê uma atenção especial à secagem depois dos banhos. Além disso, a higienização correta da região do focinho do animal também pode evitar a acne canina, um tipo mais específico de alergia em Pugs;

  • Produtos de limpeza: mesmo que o asseio do ambiente seja importante, fique atento sobre a reação do animal às substâncias utilizadas, principalmente no chão. O ideal é investir em produtos neutros ou que sejam indicados para ambientes com animais — o mesmo cuidado que deve existir com o Pug filhote;

  • Produtos de higiene do Pug: se o cuidado deve existir com os produtos aplicados no ambiente, não há como ser diferente com os shampoos, condicionadores, sabonetes e outros produtos de higiene do seu Pug. Escolha sempre produtos específicos para animais, sem perfumes muito fortes e, de preferência, indicados pelo seu veterinário, já que isso pode ajudar na prevenção das alergias;

  • Alimentação: uma das ocorrências alérgicas mais comuns em Pugs acontecem através da alimentação. Isso pode acontecer depois da ingestão de alimentos humanos ou de outros produtos, inclusive por acidente, mas a alergia alimentar também pode ser causada por um ingrediente da ração que ele come. Neste caso, um veterinário especializado terá que fazer uma investigação mais completa da possível intolerância alimentar;

  • Parasitas: por si só, as pulgas e carrapatos já podem atrapalhar a qualidade de vida de qualquer animal, mas nos Pugs, eles também podem desencadear um processo alérgico ligado às suas picadas. Você pode evitar a infestação desses e de outros parasitas como ácaros e piolhos cuidando do ambiente e com medicamentos indicados pelo veterinário para o cachorro.
Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Conte com a ajuda de um veterinário para tratar a reação alérgica do seu cachorro Pug
    Conte com a ajuda de um veterinário para tratar a reação alérgica do seu cachorro Pug

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Como identificar que o seu Pug está tendo uma reação alérgica

    Assim como as causas variam, é normal que os sintomas que o seu cachorro apresenta quando tem uma reação alérgica sejam diferentes dependendo do caso. Ainda assim, existem ocorrências na saúde e no comportamento dele que, certamente, precisam chamar a sua atenção. A queda de pelos excessiva, por exemplo, é uma delas: assim como outros cachorros de pequeno porte e pelo curto, os Pugs trocam a pelagem duas vezes ao ano — algo que fuja dessa regra deve ser um alerta.

    Além disso, as alergias também podem aparecer através de coceiras, descamações, mau cheiro, vermelhidão ou feridas causadas pelo próprio animal coçando a região. O desenvolvimento de conjuntivite e otite também são possíveis se a alergia se alastrar perto dos olhos ou ouvidos.

    O tratamento ideal para o seu Pug com alergia é determinado pelo veterinário

    Assim como qualquer outra condição de saúde que seu cachorro pode ter, a alergia é algo que deve ser examinado pelo veterinário imediatamente depois de ser identificada. É o profissional que vai ser capaz de dar um diagnóstico preciso da causa do problema e, consequentemente, vai indicar um tratamento específico e eficaz. Mesmo que a sua intenção ao tentar remediar a alergia do seu Pug em casa seja boa, pode acabar complicando a situação — por isso, não faça nada por conta própria, ok?

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Próxima matéria

    Pancreatite canina: como é a recuperação da doença?

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Pequenos

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)
    Pequenos

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)

    Dentre tantas raças de cachorro que existem pelo mundo, uma que certamente merece destaque é o Bichon Frisé. Esse pequeno cãozinho já é capaz de conquistar vários admiradores só por causa da sua aparência fofinha e felpuda, mas não é só isso que chama a atenção na raça: o cachorro Bichon Frisé também é super carismático e afetuoso. Por isso, é bem difícil não se apaixonar por ele. 

    Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Raças

    Pinscher: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    É impossível não lembrar do Pinscher ao pensar nas raças de cachorro mais populares que existem. O cachorro Pinscher é a prova viva de que tamanho não é documento. Apesar de ser um cachorro pequeno, ocupa um espaço enorme no coração dos brasileiros. A fama de Pinscher bravo que carrega faz com que muita gente o associe a um cão problemático, mas a verdade é que o cachorro da raça Pinscher tem mais valentia do que raiva: ele vai fazer de tudo para proteger seu lar de qualquer ameaça.

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    O cachorro Chihuahua é, sem dúvidas, uma das raças mais queridas do mundo. Ele conquistou as telonas do cinema com o filme “Legalmente Loira”, e mostrou a todos que tamanho definitivamente não é documento. A raça de cachorro Chihuahua é uma das menores e mais corajosas que existe. Embora não se saiba ao certo como e quando o primeiro cãozinho nasceu, uma coisa é certa: o Chihuahua é apaixonante, companheiro e muito destemido. 

    Ver Todas >

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?
    Saúde animal

    Dente de gato: como preservar a saúde bucal do seu felino?

    A pasta e a escova de dente para gatos são os principais aliados para a boa higiene bucal dos felinos. Escovar os dentes do gato evita doenças, previne o mau hálito e preserva os dentinhos. Seja quando o gato troca de dente ou quando já é um bichano idoso, a dentição felina requer cuidados especiais em todas as fases da vida. Saber como escovar os dentes do gato corretamente é o primeiro passo para garantir a higiene bucal, além de uma alimentação balanceada. 

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?
    Saúde animal

    Giárdia canina: como funciona a vacina contra a doença?

    A giárdia canina é uma doença infecciosa causada por um protozoário que pode acometer cães, gatos e seres humanos. Essa zoonose ocorre quando o cachorro ingere cistos do protozoário, que podem estar presentes na água e alimentos. Além disso, como os cachorrinhos são animais que usam a boca para diversas funcionalidades, é possível que o pet colete o parasita lambendo um brinquedo, bebendo água de uma poça ou mastigando algum objeto. Ficar de olho em como prevenir a doença é muito importante, visto que a giárdia em cães é transmitida para outros animais com facilidade. 

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?
    Saúde animal

    Sarna em gatos: o que é e o que fazer?

    A sarna em gatos é um dos problemas de pele mais comuns que podem afetar o bichano. Causada por ácaros que ficam na pelagem dos felinos, a doença também pode acometer cachorros e até mesmo humanos. O gato com sarna sofre bastante com coceiras e problemas na pele. Felizmente, existe tratamento de sarna em gatos capaz de eliminar os parasitas e garantir conforto ao peludo. 

    Tosse de cachorro: o que pode ser?
    Saúde animal

    Tosse de cachorro: o que pode ser?

    O cachorro com tosse é algo que pode assustar muitos tutores, principalmente quando acontece de forma recorrente e não tem um motivo aparente. O sintoma indica algum incômodo no sistema respiratório canino e pode estar associado a diferentes causas que variam desde problemas mais simples, como um engasgo na hora de comer, até algo mais sério, como doenças cardíacas e vermes pulmonares.

    Ver Todas >