Comportamento

Por que os gatos dormem tanto? Entenda as horas de sono dos felinos

Sabia que os gatos dormem entre 12 e 16 horas por dia?
Sabia que os gatos dormem entre 12 e 16 horas por dia?

Não importa se você ainda está se acostumando com os hábitos de um gato ou se já tem a companhia de um deles em casa: todo mundo se espanta com a quantidade de tempo que os gatinhos passam dormindo durante o dia. A pergunta que é um clássico e deve bater recordes nos consultórios veterinários reforça a preocupação que muita gente tem com a rotina de sono dos felinos: afinal de contas, o sono em excesso é normal ou é preciso se preocupar? Descubra mais sobre a rotina de sono dos gatos que muitos de nós gostaríamos de copiar!

Dormir demais não significa que o seu gatinho é preguiçoso

Na verdade, é justamente o contrário. A rotina de sono dos gatos inclui tantas horas de sono por dia — entre 12 e 16 horas — porque, instintivamente, eles são animais caçadores e noturnos. Ou seja: durante o dia, eles dormem para poupar o máximo de energia possível, se preparando para uma caçada (mesmo que elas não sejam tão frequentes na vida dos animais criados em casa). O organismo do “minileão” que você tem em casa é completamente programado para ser um predador e, por mais que pareça que ele só quer dormir porque não tem algo melhor para fazer, é normal que ele acorde completamente alerta e pronto para atacar - o ratinho de pelúcia, na falta de uma presa “de verdade”.

Assim como os humanos, os gatos alternam intensidades de sono

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Não se preocupe, filhotes de gatos dormem muito mesmo
    Não se preocupe, filhotes de gatos dormem muito mesmo

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Cachorro pode dormir na cama junto com o dono?
    Comportamento animal

    Cachorro pode dormir na cama junto com o dono?

    Contar com a companhia do seu doguinho em diferentes momentos do dia é o sonho de qualquer pai de pet. Infelizmente, levar o animal para cima e para baixo não é sempre possível, por isso, é normal que essas pessoas queiram recuperar o tempo perdido enquanto estão em casa — e isso inclui ter o cachorro dormindo na cama à noite. A dúvida que fica quando se toca nesse assunto é a seguinte: faz bem dormir com o cachorro na cama? Há quem diga que sim e quem prefira nem testar: para te ajudar a descobrir, nós juntamos os prós e os contra da prática aqui embaixo.

    O estado de alerta dos gatos durante o sono é uma característica de boa parte das horas de descanso desses animais, mas assim como acontece enquanto nós estamos dormindo, eles também têm alguns períodos de sono mais profundos também. Você consegue identificar o sono REM (a fase dos sonhos mais vívidos, que também acontece com os humanos) com facilidade: é quando eles têm espasmos nas patas e também movimentam as pálpebras enquanto dormem. Fora desse momento, eles podem dormir até sentados ou em pé: é só tensionar os músculos e fechar os olhos.

    O sono dos gatos não são os únicos resquícios da natureza predadora desses animais

    Quando falamos que o bichinho que você tem em casa é um “minileão”, não é apenas força de expressão: os instintos de predador no dia a dia dos gatos aparecem em costumes que vão muito além dos hábitos de sono. Vira e mexe, é certo encontrar seu gatinho caminhando furtivamente em modo de alerta, logo antes de atacar alguma coisa que, para ele, é uma ameaça. Por mais que pareça fofo para você, na cabeça dele é muito sério! O instinto caçador do felino pode ser estimulado se você esconder brinquedinhos e petiscos pela casa.

    Os instintos influenciam até nas necessidades fisiológicas: os gatos escondem o cocô que fazem nas caixas de areia porque, na natureza, se não fizessem isso, poderiam deixar rastros que atraem predadores e espantam possíveis presas. Como eles têm o olfato muito apurado e são bem higiênicos, é bom deixar a caixa de areia constantemente limpa e evitar produtos com odores muito fortes nas áreas em que os bichinhos costumam transitar. Com pequenas adaptações, a sua vida com um gatinho em casa vai ficando cada vez mais simples e confortável!

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Comportamento felino: entenda de uma vez por todas como funciona o equilíbrio dos gatos

    Próxima matéria

    Comportamento felino: entenda de uma vez por todas como funciona o equilíbrio dos gatos

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos
    Saúde

    Pancreatite em gatos: entenda mais sobre a doença que atinge os felinos

    Uma das doenças gastrointestinais mais sérias e conhecidas entre os humanos também possui a sua versão no universo felino: a pancreatite em gatos tem uma ação bastante similar no corpo dos nossos bichanos e também precisa de tratamento imediato para não causar danos à saúde do gato. É claro que isso se torna motivo de preocupação para os gateiros, mas não se assuste! A pancreatite felina tem tratamento e é possível diminuir o avanço da doença com alguns cuidados simples. 

    Adoção

    "Quero adotar um gato": tudo o que você precisa saber e fazer antes de levar um felino para casa

    Se você procura um bichinho independente, carinhoso e de personalidade forte, talvez seja o momento certo de adotar um gatinho. Com um jeito próprio de demonstrar todo o seu amor, os felinos têm conquistado cada vez mais o coração das mães e dos pais de pet de plantão. Mas, na hora de decidir isso, é preciso ter em mente que incluir um novo membro à sua família implica uma série de fatores, tanto para o animal quanto para os tutores e, principalmente, para o lugar que será o seu novo lar. Para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um gato. Dá uma olhada!

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos
    Saúde

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos

    A esporotricose em gatos é uma das doenças mais graves que pode atingir os felinos. Isso porque ela evolui muito rápido para a fase disseminada, causando sérios riscos à vida do gatinho. Provocada por um fungo presente em vegetações, a “micose” apresenta feridas bem características na pele do felino, sendo esse um dos principais sintomas da doença. Apesar da complexidade da infecção, o tratamento correto é capaz de curar essa doença de gato. Esporotricose também pode ser prevenida com alguns cuidados específicos no dia a dia do seu felino. Para saber mais sobre a doença, nós conversamos com o médico veterinário Frederico Lima, do Rio de Janeiro.

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Ver Todas >

    Pastor Alemão: 5 curiosidades sobre a personalidade dessa raça de cachorro grande
    Comportamento animal

    Pastor Alemão: 5 curiosidades sobre a personalidade dessa raça de cachorro grande

    O Pastor Alemão é um dos cachorros mais populares e queridos do Brasil. Embora carregue a fama de bravo, o cão desta raça conta com uma personalidade amável e brincalhona que resulta em um verdadeiro combo de energia. Além disso, a inteligência e obediência do cachorro Pastor Alemão fazem dele um ótimo candidato a cão de guarda. Se você ainda tem dúvidas se pretende tê-lo como o novo integrante da sua família, confira abaixo tudo sobre a personalidade e temperamento do Pastor Alemão.

    7 coisas que você precisa ensinar ao cachorro filhote nos primeiros meses de vida
    Comportamento animal

    7 coisas que você precisa ensinar ao cachorro filhote nos primeiros meses de vida

    Os filhotes de cachorro merecem todo o cuidado e amor do mundo, principalmente nos primeiros meses de vida. Frágeis, eles precisam ser ensinados desde cedo algumas pequenas coisas para facilitar a convivência, como fazer as necessidades no lugar certo, não morder e até mesmo socializar com outros cães, animais e humanos. Então, como cuidar de filhote cachorro e, ao mesmo tempo, ensinar tudo isso a ele?

    Guia longa para cachorro: o que é e como utilizar da forma correta?
    Comportamento animal

    Guia longa para cachorro: o que é e como utilizar da forma correta?

    Você provavelmente já sabe que passear com cachorro é o momento preferido da vida dele e indispensável na rotina. Mas já se perguntou se é possível dar um gostinho de liberdade ao animal sem comprometer a segurança dele? Certamente o sonho da maioria dos cães é correr livremente por aí sem amarras, mas com certeza essa ideia desperta o pavor em pais e mães de pet mais cuidadosos. Se você nunca considerou comprar uma guia longa para cachorro, é hora de repensar isso.

    Comportamento dos gatos: por que os bichanos gostam de deitar em cima do notebook?
    Comportamento animal

    Comportamento dos gatos: por que os bichanos gostam de deitar em cima do notebook?

    Se você é um gateiro, certamente já deve ter flagrado o seu gato deitado em lugares inusitados, como a pia do banheiro, caixa de papelão e janelas. Embora esses sejam os mais comuns, existe um outro cantinho que um gato folgado pode procurar para descansar: o seu notebook. Isso mesmo! O local é um dos grandes queridinhos dos bichanos e não é incomum encontrar fotos de "gatos estagiários" durante o home office. 

    Ver Todas >