Gato

Por que gatos castrados devem comer ração para gato castrado?

Publicado - 25 Maio 2024 - 15h00

A castração de gato é um dos principais cuidados com a saúde dos animais. Além de evitar reproduções indesejadas, o procedimento também previne uma série de doenças, como o câncer de mama e de próstata. Mas você já ouviu falar que gatos castrados devem ter uma alimentação mais específica? É aí que entra a ração para gato castrado! Para entender melhor como funciona esse tipo de ração e suas indicações, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Tatiana De Vita.

As diferenças nutricionais entre a ração tradicional e a ração para gato castrado

Conforme a profissional explica, a ração para gato castrado possui algumas particularidades importantes quando comparada com a ração ‘tradicional’. De acordo com ela, as principais características da ração para gatos castrados são:

  • Redução de calorias, para evitar o ganho de peso desses animais que ficam menos ativos após a castração;
  • Alto teor de proteínas, já que os gatos utilizam as proteínas como fonte de energia;
  • Alto teor de fibras, para regular o trânsito gastrointestinal, aumentar a saciedade e deixá-los satisfeitos por mais tempo.

Ou seja, com esse tipo de ração, gato castrado tem todos os nutrientes que ele precisa de uma maneira equilibrada e balanceada, sem sofrer com problemas que ele possivelmente teria com uma ração ‘tradicional’, como a obesidade felina.

Imagem Quiz:Que tipo de comida seu gato mais gosta? Ração, sachê ou a sua?

Que tipo de comida seu gato mais gosta? Ração, sachê ou a sua?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Por que gato castrado tem que comer ração de gato castrado?

Na cirurgia de castração de gato, alguns hormônios são afetados porque estão intimamente ligados com os órgãos que são retirados durante o procedimento. É por isso que, após a castração, o comportamento do gato muda. “Com a diminuição desses hormônios, os gatos tendem a diminuir seu nível de atividade, reduzir a necessidade de busca por parceiros para procriação, reduzir tentativas de fuga, a marcação de território e o gasto de energia”, explica Tatiana.

De uma maneira geral, o gato tende a ficar mais calmo e menos ativo. Por esse motivo, como a especialista destaca, esses animais acabam precisando de uma ração que acompanhe o seu nível de atividade e seu metabolismo atual. É por isso que a ração para gato castrado tem um papel fundamental nisso, já que, conforme Tatiana destaca, esse tipo de ração possui menos calorias, maior quantidade de proteína e fibras.

gato com pote de ração
O gato castrado fica mais sedentário e precisa de uma alimentação balanceada

Gato castrado tem tendência ao sobrepeso e precisa de controle de calorias

Mudanças fazem parte da rotina de um gato castrado. Ele não vai ter mais a mesma energia de antes, e, consequentemente, pode ganhar peso com mais facilidade. Por esse motivo, a troca da ração é recomendada pelos veterinários.

“Com o gato menos ativo e mais sedentário, o gasto calórico diminui quando comparado à fase antes da castração, portanto, as necessidades calóricas devem ser readequadas para o novo estilo de vida e comportamento desses animais. Se essa readequação alimentar e nutricional não ocorre, o gato acaba ingerindo uma quantidade calórica além da necessária para essa nova fase, e maior do que o seu gasto diário, levando ao aumento de seu peso”, justifica Tatiana.

Além da ração, gato castrado pode comer sachê?

É comum que os tutores se questionem se, além da ração, gatos castrados podem consumir outros tipos de alimentos, como os famosos sachês. A notícia felizmente é positiva. “O sachê é um excelente aliado para gatos castrados e para aqueles que buscam a redução das calorias diárias ingeridas. Isso porque os sachês possuem menos Kcal quando comparados a mesma quantidade de alimentos secos”, revela a médica veterinária.

De acordo com ela, o sachê para gatos, desde que seja completo e balanceado, pode até mesmo substituir integralmente a alimentação com a ração seca. Outra possibilidade é misturar o sachê com a ração, o que é chamado de mix feeding, para aumentar a palatabilidade e ingestão de água nos gatos.

Petiscos também estão liberados para o gato castrado (mas com moderação!)

Além do sachê, o gato castrado também pode aproveitar e se deliciar com petiscos diariamente, desde que de forma moderada. A exceção fica por conta de animais com alergias alimentares, obesos ou com outras doenças — nesses casos, segundo a profissional, recomenda-se a avaliação individual, feita por um médico veterinário.

“Normalmente, a oferta de petiscos não deve ultrapassar de 10% da ingestão calórica diária total necessária dos gatos.  Por exemplo, gatos que necessitam de 100Kcal por dia de energia metabolizável, devem receber no máximo 10Kcal de petiscos e reduzir para 90Kcal de ração, totalizando 100Kcal por dia.”

Outras dicas para cuidar do peso de um gato castrado

O sedentarismo pode ser um problema e tanto na rotina de um gato castrado. Por isso, além da alimentação com uma ração apropriada, é importante tomar também alguns outros cuidados com o seu amigo de quatro patas que passou pela cirurgia de esterilização.

O enriquecimento ambiental, por exemplo, é muito importante: “O gato deve ser estimulado a uma rotina de atividades físicas, aumentando seu gasto de energia e consequentemente seu gasto calórico. O ambiente deve ser enriquecido para que o gato possa manter um nível de atividade, com brinquedos interativos e nichos na parede para estimular a escalada.”

Gato

Gato solta pum? Descubra se é normal os felinos terem gases ou não e o que fazer

Você já se perguntou se o gato solta pum igual os humanos? Por mais estranho que pareça, essa é uma dúvida que pode surgir quando se...

Gato

Gato se lambendo muito: esses são os motivos mais comuns para a lambedura excessiva, segundo os especialistas

É muito comum ver um gato se lambendo no dia a dia para se limpar. Isso faz parte da rotina de higiene deles. A língua desses animai...

Cuidados

Como fazer o gato beber mais água: essas são as 6 dicas dadas por um veterinário para aumentar a hidratação do pet

Saber como fazer o gato beber água é uma das grandes preocupações entre os tutores. Isso porque é da natureza dos felinos não se hid...

Comportamento

Frases de gatos para qualquer situação: postar no status, legenda de fotos e homenagens para o bichano

Assim como existem frases de cachorro para várias situações, também existem frases de gato bem legais que podem ser usadas em difere...

Gato

Gato solta pum? Descubra se é normal os felinos terem gases ou não e o que fazer

Você já se perguntou se o gato solta pum igual os humanos? Por mais estranho que pareça, essa é uma dúvida que pode surgir quando se...

Cachorro

Como medir cachorro para comprar coleira, roupas, camas e outros acessórios: veja o guia e nunca mais erre!

Saber como medir cachorro corretamente pode ajudar você na hora de comprar diversos acessórios para o seu pet. Coleira para cachorro...

Gato

Gato se lambendo muito: esses são os motivos mais comuns para a lambedura excessiva, segundo os especialistas

É muito comum ver um gato se lambendo no dia a dia para se limpar. Isso faz parte da rotina de higiene deles. A língua desses animai...

Cuidados

Como fazer o gato beber mais água: essas são as 6 dicas dadas por um veterinário para aumentar a hidratação do pet

Saber como fazer o gato beber água é uma das grandes preocupações entre os tutores. Isso porque é da natureza dos felinos não se hid...

Ver todas