Saúde

Picada de escorpião em cachorro: saiba o que acontece no organismo do animal e o que fazer

Picada de escorpião: cachorro pode ter reações bem complicadas se não receber o tratamento adequado. Saiba o que fazer!
Picada de escorpião: cachorro pode ter reações bem complicadas se não receber o tratamento adequado. Saiba o que fazer!

Os cães são animais bastante curiosos e que adoram explorar todos os ambiente. No entanto, essa mesma curiosidade às vezes pode acabar se tornando um problema quando, por exemplo, o cachorro entra em contato com outros animais considerados perigosos, como o escorpião. A espécie de artrópode está presente em várias regiões do país, geralmente são noturnos e não têm um comportamento agressivo, mas podem “atacar” se forem manipulados ou se sentirem alguma ameaça. Como se trata de um animal venenoso, o acidente pode trazer graves consequências para a saúde dos cachorro. Assim como os humanos, os cães precisam de atendimento imediato. Para saber como lidar com a picada de escorpião em cachorro, o Patas da Casa conversou com o médico veterinário Guilherme Borges Ribeiro, de Petrópolis (RJ).

Entenda como funciona a reação da picada de escorpião em cachorro

Existem diferentes espécies de escorpião no Brasil e ao redor do mundo, mas a reação do organismo canino a essas picadas sempre acontece basicamente da mesma forma. “Após a picada, o corpo do paciente recebe a toxina (veneno) do escorpião e, conforme o tempo passa, ela provoca algumas alterações no organismo do animal, desencadeando uma série de sintomas”, explica o especialista. O veneno do escorpião tem uma ação muito forte e rápida, causando bastante dor na vítima. A toxina age principalmente no sistema nervoso do cachorro.

Picada de escorpião em cachorro: sintomas são variados

Depois que o cachorro é picado por escorpião, não demora muito tempo até que os primeiros sintomas começam a aparecer. “O principal deles é a dor, geralmente intensa, no local da picada e que pode estar acompanhada de edema/inchaço, coloração alterada e temperatura mais quente”, revela Guilherme. Além disso, outros possíveis sintomas são:

• Salivação intensa

• Cansaço

• Náuseas

• Sensibilidade abdominal

• Diarreia

• Tremores

• Espasmos musculares

Alterações cardíacas (arritmias)

• Convulsões

Vale destacar que os sintomas de picada de escorpião em cachorro, assim como a gravidade da situação, vai depender principalmente do tipo de escorpião que picou o animal, já que isso é algo que varia bastante de região para região, segundo o médico veterinário.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Os escorpiões são muito comuns em algumas regiões do Brasil
    Os escorpiões são muito comuns em algumas regiões do Brasil

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    O que fazer para ajudar um cachorro picado por escorpião?

    A preocupação dos tutores é enorme quando o assunto é picada de escorpião em cachorro, e embora muitos procurem por soluções imediatas, infelizmente isso não é possível sem o auxílio de um profissional. “Essa é a melhor opção para evitar possíveis complicações e encaminhar o cãozinho para um tratamento correto. Muitas vezes as pessoas pioram o quadro do paciente quando realizam algo na tentativa de ajudá-lo. Não existe nenhuma medicação caseira que vai ajudar a retardar o veneno”.

    Apesar disso, algumas medidas podem - e devem - ser tomadas para evitar uma piora no animal. Manter o paciente calmo e menos agitado é essencial para que o veneno não se espalhe pela sua corrente sanguínea tão rapidamente e também para que ele não sinta muita dor enquanto não recebe o devido tratamento.

    Picada de escorpião em cachorro: tratamento requer orientação médica

    Conforme Guilherme explica, não há a disponibilidade de um soro antiescorpiônico na medicina veterinária, mas isso não quer dizer que o cãozinho não possa ser tratado. “Nós realizamos um tratamento de suporte e alívio dos sintomas, pensando muito em eliminar a dor inicialmente. Também são indicados exames complementares para acompanhamento e entendimento da gravidade em cada indivíduo”.

    Saiba como prevenir a picada de escorpião em cachorro

    Para evitar a picada de escorpião em cachorro, o ideal é sempre supervisionar o ambiente em que o cãozinho vive, fazendo limpezas frequentes e se certificando de que não tem nada escondido no local. Evite o acúmulo de lixos e entulhos próximo de onde o cachorro brinca ou dorme, e utilize telas nos ralos e pias da casa para garantir a segurança do animal. Além disso, quem mora em uma casa com quintal ou jardim, é importante aparar a grama regularmente, evitando que ela fique muito alta.

    Redação: Juliana Melo

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    Próxima matéria

    Quais as doenças mais comuns que atingem o sistema digestivo do cachorro?

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Pequenos

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Grandes

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    Uma das raças de cachorros gigantes mais famosas é a do Dogue (ou Dog) Alemão, que também é conhecida como cão Dinamarquês. O motivo para isso é simples: trata-se da mesma raça do famoso personagem de desenho animado Scooby Doo. Mas a verdade é que o cão Dogue Alemão vai muito além do seu tamanho e aparência robusta: ele é um amigo de quatro patas extremamente leal, dócil e carinhoso. 

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Dogo Argentino: tudo o que você precisa saber sobre essa raça de cachorro grande

    Você já ouviu falar no Dogo Argentino? Essa é uma raça de cachorro que teve origem em um país vizinho ao nosso, a Argentina. Embora pareçam sérios, os cães desta raça são uns amores e têm tudo para te conquistar, principalmente se o que você procura é um amigo de quatro patas bem leal e parceiro. Mas antes de comprar ou adotar um cachorro desta raça, que tal conhecê-lo um pouco mais a fundo? 

    Ver Todas >

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato
    Saúde animal

    Anticoncepcional para gatos: veterinária aponta os perigos da vacina para cio de gato

    Já parou para pensar como ocorre o cruzamento entre os gatos? Os machos sempre estão dispostos a acasalar, mas as fêmeas precisam estar no período do cio para aceitar a aproximação. O primeiro cio costuma ocorrer quando o animal atinge a puberdade, que normalmente é entre o 8º e o 10º mês de vida. Esse costuma ser um período bastante delicado para todos, que precisam já que a gata passa por uma grande carga de estresse. 

    Saúde animal

    "Meu cachorro tem muita fome": quando a fome em excesso passa a ser uma compulsão alimentar?

    Quando se trata da alimentação do cachorro, normalmente a situação que mais aflige os tutores é quando o animal não quer comer ração. Contudo, é importante ter muita atenção se o comportamento do seu amigo for o contrário disso, porque às vezes o cachorro comendo muito é um sinal de compulsão alimentar - o que pode trazer prejuízos para a saúde do pet a longo prazo. 

    6 cuidados com gatos para evitar vômitos e diarreia
    Saúde animal

    6 cuidados com gatos para evitar vômitos e diarreia

    O vômito e diarreia em gatos são condições que sempre ligam o alerta nos tutores. Geralmente sintoma de algum outro problema de saúde, o gato vomitando ou com diarreia pode representar tanto uma reação natural do organismo felino quanto uma doença mais grave. O sistema digestivo do gato é sensível e pode ser afetado por uma simples alteração na alimentação. 

    Quais são as raças de gato mais propensas à obesidade felina?
    Saúde animal

    Quais são as raças de gato mais propensas à obesidade felina?

    A obesidade em gatos é um problema que precisa de atenção. Geralmente, o quadro não está relacionado à predisposição genética, mas alguns fatores contribuem para o aumento de peso nos felinos. A falta de exercícios físicos e uma alimentação inadequada, por exemplo, são hábitos que podem levar à obesidade. Então se o seu gatinho é muito preguiçoso ou não tem acesso a todos os nutrientes que precisa, é bem provável que ele se torne um gato obeso. 

    Ver Todas >