Petiscos

Petiscos: qual a quantidade ideal para oferecer ao meu cachorro?

A verdade é que os cachorros amam petiscos. Descubra a melhor forma de oferecer esses alimentos ao seu cãozinho!
A verdade é que os cachorros amam petiscos. Descubra a melhor forma de oferecer esses alimentos ao seu cãozinho!

Cães têm diferentes raças, tamanhos e temperamentos, mas uma coisa em comum entre a maioria é o amor por petiscos. Não dá para negar: toda vez que você mexe em um pacote na cozinha, imediatamente aparece um cachorro feliz do seu lado esperando um agrado. Naturais, em diferentes formatos ou caseiros, há várias opções de petiscos e biscoitos para cachorros e eles podem ser aliados bem interessantes na rotina com o seu bichinho. Além de ajudar na manutenção da saúde e bem-estar, os petiscos podem ser utilizados como recompensa toda vez que seu cãozinho acertar um truque nos treinos de adestramento, por exemplo. Essa estratégia costuma ser muito eficaz!

Veja algumas dicas de como escolher o melhor petisco para o seu melhor amigo, a quantidade ideal e como utilizá-lo da melhor forma no dia a dia.

Petisco para cachorro: o que devo considerar antes de oferecer ao meu bichinho?

Muitos são os benefícios dos petiscos, mas é importante que você tome alguns cuidados ao dar esse tipo de alimento para o seu cão. Primeiro, eles não podem substituir a ração do seu cachorro e precisam ser oferecidos com moderação. A maioria dos petiscos possuem proteínas, corantes e sódio, além dos flavonóides, responsáveis pelo sabor irresistível desses snacks. O problema é que a quantidade dessas substâncias costuma ser mais elevada em relação a ração. Por isso, sempre opte por produtos de qualidade e boa procedência, afinal, o seu cachorro merece o melhor, não é mesmo?!

Petiscos: qual a quantidade ideal para oferecer ao seu cãozinho?

Muita gente se pergunta qual a quantidade ideal de petiscos que um cachorro deve comer por dia. Há diferenças do cão saudável e ativo para um cachorro idoso ou que está acima do peso? Assim como a ração, os petiscos devem ser oferecidos de acordo com o peso e saúde do cachorro. O ideal é variar de 2 a 10 unidades por dia, dependendo do tamanho do cãozinho.

Uma opção muito válida é oferecer frutas e legumes como “petiscos”. Mas fique atento: alguns alimentos não podem ser dados para cachorros em hipótese alguma. Abacate, chocolate, macadâmia e uvas são alguns dos itens proibidos. O ideal é sempre conversar com o veterinário antes de incluir qualquer coisa diferente na rotina alimentar do seu cãozinho.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Petiscos são ótimos aliados no adestramento do seu cão
    Petiscos são ótimos aliados no adestramento do seu cão
    Apesar dos cães adorarem petiscos, você precisa ficar atento com a qualidade e quantidade desse tipo de alimento
    Apesar dos cães adorarem petiscos, você precisa ficar atento com a qualidade e quantidade desse tipo de alimento
    Petiscos são ótimos aliados no adestramento do seu cão
    Apesar dos cães adorarem petiscos, você precisa ficar atento com a qualidade e quantidade desse tipo de alimento

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    Petiscos podem ajudar na manutenção da saúde bucal do seu cachorro

    Assim como os humanos, os bichinhos também precisam de um cuidado especial com a saúde bucal. A escovação dos dentes, por exemplo, precisa ser parte da rotina do animal, mas hoje já é possível encontrar algumas opções de petiscos que ajudam no combate ao tártaro, mau-hálito e outros problemas que podem surgir na boca do seu cãozinho. Esses produtos possuem uma textura que facilita a mastigação e são super saborosos. Assim, seu cachorro fica entretido e ainda terá um benefício para a saúde.

    Biscoito para cachorro caseiro: uma opção válida ou não?

    A verdade é que a maioria dos cães amam experimentar coisas gostosas e diferentes, por isso os petiscos são tão atrativos para eles. Apesar de existirem diversas opções nos pet shops, você mesmo pode fazer os snacks do seu cachorro. O ideal é buscar uma receita de biscoito para cachorro com ingredientes permitidos e finalizar o preparo no forno. Evite utilizar sal, açúcar, óleos e fermento nos preparos. Tomando esses cuidados, seu cachorro ficará super feliz e agradecido pelos petiscos!

    Redação: Luana Lopes

    5 hábitos na alimentação do gato que todo tutor precisa repensar

    Próxima matéria

    5 hábitos na alimentação do gato que todo tutor precisa repensar

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?
    Passeio

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?

    Passear com o cachorro é um dos momentos mais importantes da rotina de um pet. Além de ser uma atividade super propícia para estreitar os laços com o cãozinho com brincadeiras ao ar livre, também é uma forma de incentivá-lo a fazer novos aumigos e gastar toda a energia acumulada. Os passeios são excelentes aliados para manter a saúde física e mental do pet, mas será que você sabe qual é o tempo ideal para passear com cachorro?

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno
    Raças

    Jack Russell Terrier: um guia completo sobre a raça de cachorro pequeno

    O Jack Russell Terrier é um cachorro de pequeno porte que leva alegria por onde passa. Essa raça de cachorro é muito amável, encantadora e de personalidade forte. Apesar do pequeno tamanho, eles são cães muito corajosos e demandam bastante energia de seus tutores. Como grande parte dos cães do grupo Terrier, essa raça é um grande exemplo de cachorro de caça e adora investigar todos os lugares, exibindo seu vigor e vivacidade. Quando o cão Jack Russell Terrier quer algo, ele só desiste quando consegue. 

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?
    Brinquedos

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?

    Quem nunca viu um cachorro correndo atrás de uma bola? A  bolinha para cachorro  é clássica e um dos brinquedos preferidos desses animais. Qualquer cãozinho quando vê uma bola se diverte bastante, principalmente aqueles mais energéticos e ativos. Porém, engana-se quem pensa que toda bolinha é igual, porque há uma infinidade de modelos que podem ser comprados. Não existe um melhor que o outro, mas sim o que é mais adequado para cada tipo de cachorro, levando em conta a idade, tamanho e nível de energia.

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Weimaraner: veja um guia completo sobre a raça de cachorro

    O Weimaraner é um cão de grande porte que conquista a todos com sua simpatia e beleza inconfundível. Essa raça de cachorro possui uma obediência fora do comum e exibe todos os atributos para conquistar a todos da família humana. Criado para ser um cão de caça perfeito, o cachorro Weimaraner possui uma condição física energética que demanda uma rotina de exercícios físicos. Ficou curioso para saber mais sobre esse doguinho? Dá só uma olhada no guia que o Patas da Casa preparou!

    Ver Todas >

    Cachorro pode comer arroz?
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer arroz?

    Será que o cachorro pode comer arroz? É muito importante ficar atento aos alimentos que são liberados e proibidos para os cães antes de oferecer qualquer tipo de comida que fuja da dieta deles. O organismo canino tem um funcionamento diferente do nosso e nem sempre é capaz de digerir comidas humanas, principalmente por conta dos temperos que são utilizados. Por isso, mesmo que seja tentador oferecer aquele restinho que sobrou do almoço para os cães, não esqueça de pensar na saúde e bem-estar do seu pet em primeiro lugar. 

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Alimentação animal

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    8 vegetais que cachorro não pode comer
    Alimentação animal

    8 vegetais que cachorro não pode comer

    Mesmo que o cachorro não siga uma alimentação completamente natural, muitos vegetais podem complementar a dieta quando oferecidos como petiscos casuais. Mas você já se perguntou quais legumes pode dar para cachorro? Sim, não é porque é "saudável" que está liberado: existem alguns legumes e verduras que cachorro não pode comer. Eles podem causar desconforto e, muitas vezes, são até tóxicos. 

    Alimentação do gato: quais nutrientes são essenciais para a saúde dos felinos?
    Alimentação animal

    Alimentação do gato: quais nutrientes são essenciais para a saúde dos felinos?

    Os gatos precisam de uma alimentação equilibrada e de qualidade para se manterem saudáveis. Os felinos precisam, por exemplo, de uma quantidade muito superior de proteínas do que os cães, que tem uma dieta mais diversificada. Então, qual é a alimentação do gato considerada ideal e quais nutrientes são necessários para cuidar da saúde desses animais? Para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, o Patas da Casa foi atrás de algumas informações importantes.

    Ver Todas >