close
Pulga

Pente para pulga de cachorro funciona? Conheça o acessório!

Atualizado · 26 de Outubro de 2020 · 18h09

Publicado · 23/10/2020 · 18h27

O pente para pulga deve ser usado para complementar o tratamento tradicional com antiparasitários
O pente para pulga deve ser usado para complementar o tratamento tradicional com antiparasitários

Manter o seu cachorrinho livre de pulgas pode não ser uma tarefa muito fácil, mas é essencial para saúde e bem-estar dele. As pulgas em cachorro podem não só causar coceira no animal, como também transmitir bactérias e verminoses, além de provocar dermatites. O pente para pulga é um acessório de uso prático para o tutor, confortável para os animais e até mais sustentável - já que muitos produtos para infestação de pulgas e carrapatos podem ser tóxicos para o meio ambiente. O acessório é indicado para infestações leves e serve como um auxílio no tratamento com remédios para pulgas.

Cachorro com pulga: como confirmar a presença dos parasitas?

Se você observar o cachorro com coceira excessiva, se lambendo ou se mordendo, preste atenção! Pode ser que ele esteja com pulgas. Para ter certeza disso, é possível fazer uma observação na pelagem do seu pet: usando os dedos, vá dividindo os pelos note se há pontos marrons correndo na direção oposta, tentando se esconder. Outra forma de checagem é durante o banho. Se desconfia de pulgas, deixe o ralo fechado enquanto molha o animal. Se perceber alguns pontos pretos na água parada, é provável que seu cão esteja com pulgas.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O cachorro se coçando excessivamente é um sinal de infestação de pulgas
    O cachorro se coçando excessivamente é um sinal de infestação de pulgas

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Pente de pulga para cachorro: como usar o acessório?

    Depois de ter certeza que seu cachorro está com pulgas, o uso do pente para pulga é boa solução para acabar com o parasita. Além do modelo tradicional, existe o pente elétrico para pulgas, que funciona com lâminas de rotação motorizadas que removem as pulgas e os emaranhados com segurança. Lembre-se que a escovação da pelagem do cachorro também é essencial para bem-estar dele, evitando pelos mortos e nós.

    É importante, no entanto, que não deixe de dar um remédio para pulgas ao animal, já que o pente para pulgas é apenas um complemento do tratamento tradicional. O pente para tirar pulgas funciona muito bem, mas não substitui outros cuidados com o animal e o ambiente em que ele vive.

    Antes de utilizar pente para pulgas, molhe seu doguinho, assim você se certificará que as pulgas não vão pular em cima de você. Depois, comece a escovar a pelagem do animal com firmeza e cuidado para não machucá-lo. Após remover as pulgas com o pente, coloque elas em um recipiente com água e detergente para que não fujam e descarte. Depois desse processo, verifique toda a pele do cachorro em busca de feridas e possíveis alergias causadas pelos parasitas. Se observar qualquer coisa fora do comum, é importante marcar uma consulta com o veterinário para tratar o problema e até mesmo verificar se o animal terá que tomar doses extras de antiparasitários.

    É importante tratar as pulgas do ambiente em que o cachorro vive

    Não basta retirar as pulgas do cachorro! A casa em que ele vive também precisa de cuidado. As pulgas podem deixar ovos no ambiente, favorecendo uma nova infestação no animal. Assim que tratar seu animal com o pente fino para pulgas e com o antiparasita, faça também um tratamento pela casa com bicarbonato de sódio, sal e água. Misture os três ingredientes e aplique em sofás, tapetes e almofadas e locais onde o cachorro dorme. Deixe a mistura agindo por algumas horas e aspire ou limpe os resíduos. Além disso, é importante que a caminha do cachorro e seus brinquedos sejam lavados com água bem quente. Repita o processo sempre que possível.

    Redação: Hyago Bandeira

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período

    Próxima matéria

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período

    Poodle: veja o infográfico e conheça todas as características da raça de cachorro
    Raças

    Poodle: veja o infográfico e conheça todas as características da raça de cachorro

    O Poodle é um dos cães mais populares do mundo, e não faltam motivos para isso. Além dos pelos encaracolados de diferentes cores, que são típicos da raça, a inteligência, curiosidade e obediência do cachorro Poodle são traços que chamam a atenção. Mas como será que esse cãozinho é no dia a dia? Quais são as principais características e que cuidados devem ser tomados com o animal?

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido
    Raças

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido

    A raça Bullmastiff é um cachorro grande e robusto, mas que não deixa a desejar no temperamento afetuoso e gentil. Esse cãozinho britânico, que surgiu no século XIX, conquista as pessoas por onde passa. Sempre em alerta, ativo, companheiro e fiel aos tutores, o Bullmastiff estará sempre pronto para proteger a família e seu território. Por não ser uma raça de cachorro tão comum no Brasil, elaboramos um guia com todas as informações que você precisa saber sobre o Bulmastiff, que também é chamado por Bulmastife e Bulmastife Boxer. 

    Samoieda: conheça tudo sobre a raça de cachorro originária da Sibéria
    Raças

    Samoieda: conheça tudo sobre a raça de cachorro originária da Sibéria

    O cachorro Samoieda é sem dúvidas um dos pets mais companheiros que existem. Com seu porte médio e as características físicas marcantes e típicas da raça, a raça de cachorro conquista admiradores por onde passa. O alto nível de energia também é um traço forte desse pet, que não possui nada de tímido. Ficou curioso para conhecer mais sobre a raça originária da Sibéria? Então dá só uma olhada no guia que preparamos com tudo sobre esse doguinho: origem, personalidade, cuidados básicos de rotina, saúde e muito mais.

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande

    O Terra Nova é uma raça de cachorro grande que, apesar do corpo musculoso e robusto, é muito dócil e amigável. Ele chama bastante atenção por conta do seu tamanho e também ser bem peludinho, lembrando bastante um ursinho de pelúcia - ou, nesse caso, um ursão. Dentre uma das características mais marcantes da raça, podemos destacar o seu lado atlético e a paixão que o cachorro Terra Nova tem por água. É isso mesmo: esta é uma das raças de cachorro que mais gosta de nadar e brincar na água.

    Ver Todas >

    Gato com diarreia: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com diarreia: o que fazer?

    O gato com diarreia é motivo de preocupação, pois este é um forte indicativo de que algo não vai bem no sistema digestivo do seu felino. A diarreia em gatos pode atingir desde o filhote ao gato adulto e saber como prevenir ou agir neste momento, até a próxima visita ao veterinário, pode ajudar o seu pet a lidar com esse problema que pode ser muito desagradável aos felinos e tutores. O Patas da Casa reuniu algumas informações muito importantes para ajudar você, que busca evitar mais sofrimento ao felino, mas não sabe oque fazer ao ver seu gato com diarreia.

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?
    Saúde animal

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?

    Normalmente, o cocô de cachorro apresenta uma coloração amarronzada e consistência firme. Quando sua aparência se torna diferente, é importante ligar o sinal de alerta. Um dos problemas mais observados é a presença de sangue nas fezes do cachorro. Porém, existe outra condição comum que chama a atenção: as fezes de cachorro com gosma. Existem diversos motivos por trás dessa condição. Muitas vezes, as fezes de cachorro com muco são apenas consequência de mudanças alimentares. 

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer
    Saúde animal

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer

    Devido a sua sensibilidade e exposição, o pênis de cachorro, sem um cuidado e higiene adequados, pode desenvolver algumas infecções. Além de ocasionar graves ferimentos ao órgão do animal, esses males podem comprometer o pênis do cachorro e trazer muita dor, principalmente no momento de urinar. Para evitar este sofrimento ao seu pet, é importante inspecionar a saúde geral do animal.

    Otohematoma em cães: o que é a doença que deixa a orelha de cachorro inchada?
    Saúde animal

    Otohematoma em cães: o que é a doença que deixa a orelha de cachorro inchada?

    O otohematoma é uma doença que acomete a orelha de cachorro e causa bastante incômodo no animal. Apesar do termo não ser tão conhecido, o otohematoma em cães é bastante comum. A orelha inchada de cachorro é um dos principais sintomas dessa condição que costuma aparecer quando o cão está com outra doença base. O Patas da Casa conversou com o médico veterinário especialista em dermatologia Roberto Teixeira. 

    Ver Todas >