Passeio

Passear com cachorro antes ou depois das refeições?

Passear com cachorro também depende da rotina alimentar do seu cãozinho. Entenda o por quê
Passear com cachorro também depende da rotina alimentar do seu cãozinho. Entenda o por quê

Passear com o cachorro é uma das principais formas de promover uma boa qualidade de vida ao seu animal de estimação por vários motivos. Além de ser uma experiência enriquecedora para os pets, pois é o momento em que eles têm contato com o mundo externo, essa também é uma forma de gastar a energia deles. Mas você sabe qual é o momento ideal para realizar o passeio de cachorro? Muitos tutores acham que não faz diferença passear com cachorro antes ou depois das refeições, mas a verdade é que isso pode causar um grande impacto, sim, na saúde do animal. Pensando nisso, o Patas da Casa preparou uma matéria para esclarecer tudo sobre o assunto. Confira só!

Passeio de cachorro: qual o melhor horário para sair de casa com o pet?

O que não faltam são dicas na internet de passear com o cachorro, mas você sabia que a escolha do horário influencia bastante no conforto e bem-estar do seu doguinho? O início da manhã (antes das 10h) e o final da tarde (após as 16h) são os melhores momentos para isso, mas, ao contrário do que muitos pensam, o ideal é que os passeios aconteçam antes da refeição do cachorro, e não depois.

Há quem pense que passear com o cachorro depois que ele come é uma forma de condicionar o pet a fazer suas necessidades logo em seguida, mas é importante estar atento aos riscos que isso pode acarretar na saúde animal. Assim como os humanos, os cães também precisam fazer uma digestão calma e tranquila, e por isso qualquer tipo de exercício físico é contraindicado - ainda mais se for imediatamente depois que o bichinho come. Como os cachorros passeando normalmente ficam bastante agitados, isso pode facilitar o desenvolvimento de problemas de saúde bem sérios, como a torção gástrica em cães.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O cachorro vomitando ou regurgitando normalmente acontece quando o cão se alimenta rápido demais
    O cachorro vomitando ou regurgitando normalmente acontece quando o cão se alimenta rápido demais

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Passeando com cachorro: entenda os riscos dos passeios após as refeições

    Uma grande vantagem de passear com cachorro logo após as refeições é que essa é uma forma de “programar” o organismo canino para fazer xixi e cocô de forma regular e consistente. Por outro lado, os riscos que esse hábito pode trazer são inúmeros. Dentre um dos principais problemas, podemos citar a torção gástrica em cães, que consiste na dilatação e torção do estômago em seu próprio eixo. O quadro geralmente se desenvolve quando o cachorro se alimenta rapidamente e de forma exagerada, mas a prática de exercícios físicos logo após a alimentação também pode favorecer o quadro.

    Também é importante ficar atento a possíveis sinais de que o animal está passando mal. O cachorro regurgitando ração ou vomitando pode acontecer quando ele come demais ou depois de passear. Vale destacar que se ainda assim você preferir passear com cachorro depois que ele comer, nossa sugestão é esperar pelo menos cerca de 30 minutos após a refeição para evitar que ele passe mal ou desenvolva torção gástrica. Também é importante aguardar cerca de meia hora após o passeio para oferecer qualquer tipo de alimento ao seu amigo de quatro patas - a “lei dos 30 minutos” é imprescindível em qualquer circunstância.

    Cachorro regurgitando x cachorro vomitando: como identificar e o que fazer nessas situações?

    Muitos tutores não sabem diferenciar um cachorro regurgitando de um cachorro vomitando ração. A grande diferença entre essas duas situações é quando o cão regurgita, o alimento ainda não foi digerido pelo organismo e, por isso, geralmente é possível encontrar os grãos de ração que foram expelidos praticamente inteiros. É basicamente como se a digestão do seu amigo tivesse sido interrompida, e por isso o cachorro regurgita. Diferente do vômito, a ração que é “expulsa” não possui aquele cheirinho desagradável típico do cachorro vomitando.

    Existem diferentes tipos de vômitos e cada um deles indica um problema diferente. Por isso, quando o tutor encontra o cachorro vomitando ração inteira, é importante ligar o alerta. O aspecto do vômito geralmente é pastoso, pois os grãos da ração já foram parcialmente ou totalmente digeridos, e tem um forte odor. A alimentação acelerada costuma ser a principal causa do problema, mas também pode acontecer se o cão ficar muito agitado depois de comer (como durante o passeio de cachorro). Vale ficar atento a qualquer outra anomalia, pois o sintoma também pode representar um problema de saúde mais grave.

    Redação: Juliana Melo

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    Próxima matéria

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?
    Passeio

    Passear com cachorro: qual o tempo ideal para gastar a energia do cãozinho?

    Passear com o cachorro é um dos momentos mais importantes da rotina de um pet. Além de ser uma atividade super propícia para estreitar os laços com o cãozinho com brincadeiras ao ar livre, também é uma forma de incentivá-lo a fazer novos aumigos e gastar toda a energia acumulada. Os passeios são excelentes aliados para manter a saúde física e mental do pet, mas será que você sabe qual é o tempo ideal para passear com cachorro?

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)
    xixi

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)

    Ter um cãozinho vai muito além dos momentos de diversão e fofura: é preciso também saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo. Caso contrário, uma situação que pode se tornar muito comum (e desagradável) é encontrar xixi de cachorro pela casa toda. Felizmente, existem algumas técnicas que são bastante úteis na hora de ensinar o animal a fazer xixi e cocô no local adequado.

    Como acostumar o cachorro a ficar sozinho novamente depois da quarentena?
    Adestramento

    Como acostumar o cachorro a ficar sozinho novamente depois da quarentena?

    Nesse período de quarentena, você provavelmente está passando a maior parte do tempo em casa. Enquanto o isolamento pode ser difícil para algumas pessoas, quem provavelmente está adorando ter companhia em tempo integral são os cachorros. Com certeza o seu cão ama ter a família por perto. Se ele costumava passar o dia sozinho, deve estar muito feliz agora. Mas será que o seu companheiro de quatro patas vai ter dificuldade para se readaptar a rotina quando a quarentena acabar? Essa é uma das maiores preocupações para os tutores de cães ao fim do período de isolamento. Para responder algumas dúvidas sobre esse assunto, o Patas da Casa conversou com o adestrador Max Pablo. Confira as dicas que ele deu!

    Ver Todas >

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
    Comportamento animal

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

    No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
    Comportamento animal

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

    O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar
    Comportamento animal

    5 coisas que o cachorro latindo pode significar

    O cachorro latindo é um comportamento mais comum dos que os tutores esperam. Afinal, como todos sabem, os latidos fazem parte da linguagem canina e são uma forma do seu amigo de quatro patas se expressar. Mas você sabia que existem vários tipos de latidos de cachorro, e cada um deles representa uma situação diferente? É importante ficar atento ao comportamento animal, mas também treinar o seu ouvido para conseguir decifrar o verdadeiro significado por trás de um cachorro latindo.

    Como saber se o gato é fêmea?
    Comportamento animal

    Como saber se o gato é fêmea?

    Os tutores de primeira viagem (e até mesmo alguns experientes) sempre ficam confusos na hora de descobrir se filhote de gato é fêmea ou macho. Afinal de contas, como descobrir o sexo do gato? O que é necessário observar para diferenciar um gatinho de uma gatinha? Embora essa seja uma missão um pouco difícil nas primeiras semanas de vida do bichano, basta observar alguns detalhes ara descobrir o sexo do gato.

    Ver Todas >