Quando se fala de infecções que afetam o ouvido, é comum que role uma confusão entre a otite canina e a sarna otodécica, já que as duas apresentam sintomas semelhantes. Quando os sintomas de duas doenças são bem parecidas, é natural que as pessoas confundam as causas e automedique seu pet erroneamente. Por isso, é extremamente importante que um veterinário examine o cãozinho para determinar com segurança  o seu diagnóstico e prescrever o tratamento adequado para cada condição. Pensando nisso, o Patas da Casa vai te ajudar a entender as principais diferenças entre a sarna de ouvido e a otite canina.

Seu cachorro dorme demais? Descubra com esse teste!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

O que é a otite canina? 

A  otite nos cães é uma condição que envolve a inflamação do ouvido. Pode ser provocada por diversas causas e gera bastante incômodo no animal. Ela é considerada bastante comum, mas se não for tratada corretamente, pode evoluir para um quadro mais grave. 

Causas: as causas da otite nos cachorros são diversas, mas as principais são infecções bacterianas, fungos, alergia e carrapatos. A alteração da imunidade pode propiciar o desenvolvimento da doença, mas existem outros fatores que podem provocar a proliferação desses microorganismos, como deixar a região do ouvido úmida após o banho e tosa e reações alérgicas. Algumas raças com a orelha caída são mais suscetíveis a desenvolverem a otite canina, como é o caso do Dachshund, Basset, Beagle e Cocker Spaniel

Sintomas: os principais sinais da otite incluem coceira no ouvido, secreções ou cera em maior quantidade, dor, mau cheiro, vermelhidão, inchaço e em alguns casos, perda de pelo ao redor do ouvido. É comum os cães balançarem muito a cabeça e coçar a região devido ao incômodo provocado pela doença.

Tratamento: o tratamento convencional da otite envolve o uso de remédios tópicos ou orais e a limpeza do ouvido do animal.

Prevenção: a melhor forma de evitar a otite nos cães é manter as orelhas do animal sempre limpas e sequinhas. Dessa forma, evita-se a proliferação dos microorganismos que já vivem no canal auditivo. Nos pet shops é possível encontrar removedores de cerúmen, que são produtos para limpar ouvido de cachorro, que devem ser aplicados dentro do canal auditivo com o auxílio de uma gaze. Usar cotonetes para limpar o ouvido do animal pode ser bastante perigoso, já que ele pode provocar lesões no tímpano, por isso, nunca opte pelo seu uso.

A otite canina pode ser causada por infecções bacterianas, fungos, alergia e carrapatoA principal diferença física entre sarna otodécica e a otite é a concentração de cera

Sarna de ouvido em cachorro, qual a diferença?  

A principal diferença entre a sarna e a otite é a sua causa. Enquanto a otite pode ser provocada por fatores diversos, a sarna otodécica é causada pelo ácaro Otodectes cynotis que vive no canal auditivo do animal, se alimentando das secreções e do tecido subcutâneo. Ela é uma doença grave e perigosa, já que, diferente da otite, é altamente contagiosa. A contração da sarna de ouvido ocorre a partir do contato entre um animal infectado com um saudável.

Sintomas: alguns sintomas das duas doenças são semelhantes, como  a coceira intensa no ouvido, a vermelhidão, dor, mau cheiro, cera excessiva que, no caso da sarna, aparece com uma concentração ainda maior. 

Tratamento: o tratamento para sarna pode durar cerca de 1 mês  e vai depender da recomendação do médico veterinário, mas pode incluir remédios antiparasitários, oral e tópico, e a limpeza do ouvido do animal. É importante lembrar que, como trata-se de uma doença contagiosa, é imprescindível evitar o contato do cachorro infectado com outros pets até que o animal esteja curado. 

Prevenção:  a melhor maneira de se prevenir contra a sarna de ouvido é evitando o contato do animal com outros infectados. Também é recomendado investir em uma coleira antipulgas, que pode prevenir contra o parasita causador da sarna, assim como remédio para carrapato, que são eficazes na proteção animal.