Alimentação

O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!

 Sabia que alguns alimentos são tóxicos para o seu cachorro?
Sabia que alguns alimentos são tóxicos para o seu cachorro?

Sabemos que é quase impossível resistir àquele olhar do nosso cachorro pedindo um pedaço da comida quando estamos fazendo alguma refeição. Mas antes de dar qualquer coisa além da ração, é importante saber o que é permitido e o que é proibido na alimentação dos pets, já que existem alimentos humanos que são tóxicos e prejudiciais para a saúde do cão. E fique de olho! Quanto menor for seu cachorro, maiores as chances de um pedacinho de algo proibido fazer mal a ele.

Chocolate, por exemplo, é um dos itens proibidos que encabeçam a lista, mas existem algumas frutas liberadas e que, inclusive, fazem bem à saúde. Outro alimento que está super presente na vida dos humanos e que nem todo mundo sabe que o cachorro pode comer é o ovo, mas precisa estar cozido, combinado? Para acabar com as suas dúvidas, veja a lista que preparamos com os alimentos proibidos para os cães.

Quais alimentos são proibidos para cachorro?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O chocolate é um dos alimentos que são super perigosos ao cachorro até mesmo em pequenas quantidades
    O chocolate é um dos alimentos que são super perigosos ao cachorro até mesmo em pequenas quantidades

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    Chocolate: a teobromina presente no chocolate é altamente tóxica para cachorros quando ingerido em altas quantidades. Caso suspeite que seu cachorro tenha comido uma quantidade considerável do alimento, procure um veterinário. Em casos graves, o cachorro pode sofrer overdose e até morrer!
    Uva passa ou in natura: apesar de ser uma fruta, a uva contém altos índices de açúcar e pode causar insuficiência renal nos cachorros se ingerida frequentemente ou em grande quantidade;
    Cebola e alho: cachorros costumam ter sensibilidade à cebola e ao alho, portanto, devem ser evitados. O consumo desses alimentos pode causar anemia e, além disso, o alho também afeta os glóbulos vermelhos dos cães, o que influencia no bom funcionamento dos rins. É claro que isso não deve acontecer caso seu bichinho tenha comido em pouca quantidade, mas veterinários recomendam que os dois alimentos não estejam presentes na dieta do animal;
    Açúcar e doces: além de obesidade, o açúcar pode causar problemas dentários como cárie e até mesmo diabetes nos cachorros. Mas, ao contrário de humanos, alimentos dietéticos também não são permitidos, já que podem conter xilitol. Se ingerida em grande quantidade, a substância causa contaminação gastrointestinal e até mesmo crises convulsivas;
    Ossos de animais: apesar de estar presente no imaginário popular, ossos de animais não devem ser oferecidos ao cachorro, principalmente os de frango e galinha. Apesar da quantidade de proteína presente, os ossos podem machucar a boca e estômago dos animais, podendo inclusive ocasionar lesões mais graves;
    Café e demais bebidas com cafeína: ricas em xantina, essas bebidas causam danos neurológicos e urinários nos cachorros e podem prejudicar o sistema cardiorrespiratório devido à agitação causada pelas substâncias.
    Espiga de milho: os cachorros não digerem bem o milho e, ao comer direto na espiga, podem morder pedaços grandes e causar obstrução intestinal;
    Carne crua: quando crua, a carne pode conter escherichia-colii, uma bactéria que causa intoxicação alimentar gravíssima com risco de morte;
    Bebidas alcoólicas: um dos itens mais óbvios da lista, mas é preciso ficar atento, já que os cachorros são curiosos com tudo o que consumimos e por isso podem acabar bebendo por um descuido do dono. Além de intoxicação, pode causar ataque cardíaco e levar à morte;
    Frituras e alimentos gordurosos: massas, pizza, salgadinhos e outros alimentos gordurosos não devem ser consumidos por dois motivos: o primeiro é que o fermento contido na massa pode causar inchaço intestinal e, em casos graves, ruptura intestinal. O outro é que a gordura em excesso acarreta diarréia e até mesmo pancreatite;
    Macadâmia: apesar de saudável para os humanos, elas são altamente tóxicas para os cachorros. Contém uma toxina que pode causar hipertermia, depressão, aumentar os níveis de colesterol e afetar os músculos e os sistemas digestivo e nervoso do cachorro;
    Abacate: mais uma fruta na lista dos proibidos e o motivo é a persina, uma substância que pode causar acúmulo de líquido no pulmão, dificultando a respiração do animal e podendo levar à morte.


    Apesar de algumas frutas e legumes serem proibidos e nocivos, existem alguns alimentos além da ração que o cãozinho pode comer. Banana, aveia, mamão, arroz sem tempero, carne animal cozida e sem osso, batata cozida e cenoura são alguns que estão liberados para fazer parte da dieta animal. Porém, esses são exemplos para animais saudáveis.

    Alergia a gato: pesquisadores identificam anticorpos que neutralizam proteína que causa alergias em humanos

    Próxima matéria

    Alergia a gato: pesquisadores identificam anticorpos que neutralizam proteína que causa alergias em humanos

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Ração

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Quais são os alimentos que prendem o intestino do cachorro?
    Alimentação

    Quais são os alimentos que prendem o intestino do cachorro?

    A saúde do cachorro é sempre uma das maiores preocupações dos tutores. Por isso é importante pesquisar algumas curiosidades para saber como lidar em diferentes situações. O cachorro com diarreia demanda uma atenção maior ainda com a alimentação. Por isso é importante saber que alimentos que prendem o intestino do cachorro. Explicamos abaixo quais os alimentos liberados e dicas de como regular o intestino do cachorro no caso de diarreia.

    Quais são as raças de cachorro que mais sentem calor? Veja quais cuidados tomar!
    Raças

    Quais são as raças de cachorro que mais sentem calor? Veja quais cuidados tomar!

    Com o verão se aproximando, é inevitável pensar no conforto e bem-estar dos nossos pets. Sabe-se que, assim como os humanos, os animais também podem sentir calor nos dias mais quentes. Contudo, o que poucas pessoas imaginam é que existem algumas raças de cachorro específicas que sofrem mais com as altas temperaturas desta estação. Pensando nisso, o Patas da Casa separou que raças são essas e quais cuidados devem ser tomados para amenizar o desconforto dos peludinhos durante essa época do ano.

    Ver Todas >

    Pode dar carne crua para gatos?
    Alimentação animal

    Pode dar carne crua para gatos?

    A ração para gatos é a melhor forma de cuidar da nutrição do seu pet, mas oferecer um alimento diferenciado de vez em quando também é um bom jeito de mimar o seu bichano. Isso levanta o questionamento se o gato pode comer frango cru ou outras proteínas não cozidas, já que é algo que remete à alimentação natural felina. No entanto, essa questão divide bastante a opinião dos tutores e nem todos se sentem confortáveis para oferecer esse tipo de alimento para os gatos. 

    Alimentação do cachorro: 9 mitos e verdades sobre o paladar canino
    Alimentação animal

    Alimentação do cachorro: 9 mitos e verdades sobre o paladar canino

    A alimentação do cachorro é uma das principais fontes de nutrientes. Proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais: tudo que o animal precisa para se manter forte e saudável é adquirido pela alimentação. A ração de cachorro é um alimento completo, desenvolvido para suprir as necessidades nutricionais do pet em cada fase de vida ou até mesmo caso ele tenha alguma doença crônica. 

    Patê para gatos: o que é, como utilizar e quais os benefícios?
    Alimentação animal

    Patê para gatos: o que é, como utilizar e quais os benefícios?

    Por ser um alimento úmido, o patê para gatos promove diversos benefícios para a saúde dos bichanos. Os gatos são animais que não costumam beber muita água e, por isso, têm forte tendência para desenvolver problemas renais. Uma das explicações para isso é a origem desértica dos felinos, que também influencia no comportamento de segurar o xixi. Assim como o sachê para gatos, o patê tem alta concentração de água, o que ajuda a manter o animal devidamente hidratado - e não há contraindicação de oferecer esse tipo de alimento para animais saudáveis. 

    Vinho e cerveja para cachorro? Entenda como esses produtos caninos funcionam
    Alimentação animal

    Vinho e cerveja para cachorro? Entenda como esses produtos caninos funcionam

    Depois de adotar um cachorro, ele automaticamente passa a fazer parte da família. Compartilhar bons momentos ao lado dos doguinhos é cada vez mais comum, e é por isso que muitos produtos humanos são adaptados também para os cães, como é o caso do vinho e da cerveja para cachorro. Afinal, quem nunca pensou em chegar em casa e poder compartilhar um momento mais descontraído com seu pet? 

    Ver Todas >