Alimentação

O que o cachorro não pode comer? Descubra quais alimentos são proibidos para os cães!

 Sabia que alguns alimentos são tóxicos para o seu cachorro?
Sabia que alguns alimentos são tóxicos para o seu cachorro?

Sabemos que é quase impossível resistir àquele olhar do nosso cachorro pedindo um pedaço da comida quando estamos fazendo alguma refeição. Mas antes de dar qualquer coisa além da ração, é importante saber o que é permitido e o que é proibido na alimentação dos pets, já que existem alimentos humanos que são tóxicos e prejudiciais para a saúde do cão. E fique de olho! Quanto menor for seu cachorro, maiores as chances de um pedacinho de algo proibido fazer mal a ele.

Chocolate, por exemplo, é um dos itens proibidos que encabeçam a lista, mas existem algumas frutas liberadas e que, inclusive, fazem bem à saúde. Outro alimento que está super presente na vida dos humanos e que nem todo mundo sabe que o cachorro pode comer é o ovo, mas precisa estar cozido, combinado? Para acabar com as suas dúvidas, veja a lista que preparamos com os alimentos proibidos para os cães.

Quais alimentos são proibidos para cachorro?

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    O chocolate é um dos alimentos que são super perigosos ao cachorro até mesmo em pequenas quantidades
    O chocolate é um dos alimentos que são super perigosos ao cachorro até mesmo em pequenas quantidades

    Mais Lidas

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Quantas vezes o cachorro deve comer por dia?
    Alimentação animal

    Quantas vezes o cachorro deve comer por dia?

    Cuidar da alimentação do cachorro é uma responsabilidade que merece atenção durante toda a vida do animal. O cão geralmente leva a fama de comilão, e não é à toa: alguns cachorros comem tudo que veem pela frente (ou faz a famosa cara de cachorro pidão para os humanos). É exatamente por isso que é tão importante saber quantas vezes por dia o cachorro deve comer e, principalmente, qual a quantidade certa de ração que deve ser oferecida ao seu amigo de quatro patas. 

    Chocolate: a teobromina presente no chocolate é altamente tóxica para cachorros quando ingerido em altas quantidades. Caso suspeite que seu cachorro tenha comido uma quantidade considerável do alimento, procure um veterinário. Em casos graves, o cachorro pode sofrer overdose e até morrer!
    Uva passa ou in natura: apesar de ser uma fruta, a uva contém altos índices de açúcar e pode causar insuficiência renal nos cachorros se ingerida frequentemente ou em grande quantidade;
    Cebola e alho: cachorros costumam ter sensibilidade à cebola e ao alho, portanto, devem ser evitados. O consumo desses alimentos pode causar anemia e, além disso, o alho também afeta os glóbulos vermelhos dos cães, o que influencia no bom funcionamento dos rins. É claro que isso não deve acontecer caso seu bichinho tenha comido em pouca quantidade, mas veterinários recomendam que os dois alimentos não estejam presentes na dieta do animal;
    Açúcar e doces: além de obesidade, o açúcar pode causar problemas dentários como cárie e até mesmo diabetes nos cachorros. Mas, ao contrário de humanos, alimentos dietéticos também não são permitidos, já que podem conter xilitol. Se ingerida em grande quantidade, a substância causa contaminação gastrointestinal e até mesmo crises convulsivas;
    Ossos de animais: apesar de estar presente no imaginário popular, ossos de animais não devem ser oferecidos ao cachorro, principalmente os de frango e galinha. Apesar da quantidade de proteína presente, os ossos podem machucar a boca e estômago dos animais, podendo inclusive ocasionar lesões mais graves;
    Café e demais bebidas com cafeína: ricas em xantina, essas bebidas causam danos neurológicos e urinários nos cachorros e podem prejudicar o sistema cardiorrespiratório devido à agitação causada pelas substâncias.
    Espiga de milho: os cachorros não digerem bem o milho e, ao comer direto na espiga, podem morder pedaços grandes e causar obstrução intestinal;
    Carne crua: quando crua, a carne pode conter escherichia-colii, uma bactéria que causa intoxicação alimentar gravíssima com risco de morte;
    Bebidas alcoólicas: um dos itens mais óbvios da lista, mas é preciso ficar atento, já que os cachorros são curiosos com tudo o que consumimos e por isso podem acabar bebendo por um descuido do dono. Além de intoxicação, pode causar ataque cardíaco e levar à morte;
    Frituras e alimentos gordurosos: massas, pizza, salgadinhos e outros alimentos gordurosos não devem ser consumidos por dois motivos: o primeiro é que o fermento contido na massa pode causar inchaço intestinal e, em casos graves, ruptura intestinal. O outro é que a gordura em excesso acarreta diarréia e até mesmo pancreatite;
    Macadâmia: apesar de saudável para os humanos, elas são altamente tóxicas para os cachorros. Contém uma toxina que pode causar hipertermia, depressão, aumentar os níveis de colesterol e afetar os músculos e os sistemas digestivo e nervoso do cachorro;
    Abacate: mais uma fruta na lista dos proibidos e o motivo é a persina, uma substância que pode causar acúmulo de líquido no pulmão, dificultando a respiração do animal e podendo levar à morte.


    Apesar de algumas frutas e legumes serem proibidos e nocivos, existem alguns alimentos além da ração que o cãozinho pode comer. Banana, aveia, mamão, arroz sem tempero, carne animal cozida e sem osso, batata cozida e cenoura são alguns que estão liberados para fazer parte da dieta animal. Porém, esses são exemplos para animais saudáveis.

    Gato pode comer queijo? Descubra se o alimento está na lista de itens liberados para os felinos

    Próxima matéria

    Gato pode comer queijo? Descubra se o alimento está na lista de itens liberados para os felinos

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Ração

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Veja 7 cachorros pequenos que são pura coragem: Yorkshire, Pinscher e mais cães destemidos!
    Pequenos

    Veja 7 cachorros pequenos que são pura coragem: Yorkshire, Pinscher e mais cães destemidos!

    Adotar um cachorro pode ser uma verdadeira caixinha de surpresas! Afinal, cada raça tem as suas próprias particularidades no que se refere a aparência, cuidados especiais e, principalmente, temperamento. Por isso, na hora de escolher um novo membro para a família, vale a pena direcionar a escolha da raça de acordo com o que você espera do pet. Se você busca encontrar um companheiro para todas as horas e um verdadeiro guardião para a casa, o ideal é apostar em um bichinho bastante corajoso. Muitas pessoas se enganam ao deduzir que a bravura de um cachorro é sinônimo de porte grande e, por isso, acabam desistindo da ideia. Porém, isso está longe de ser uma verdade!

    Cachorro pode comer ovo? Descubra se o alimento está liberado!
    Alimentação

    Cachorro pode comer ovo? Descubra se o alimento está liberado!

    Mesmo que pareça simples, a alimentação de cachorros é algo que, vez ou outra, costuma gerar dúvidas nos donos de animais. Desde a fase de filhotes até quando eles são idosos, questões sobre o que os cachorros podem comer além da ração adequada à faixa etária são super comuns — ainda mais quando eles gostam de rodear durante a refeição dos humanos, sempre com a carinha de cachorro pidão.

    Ver Todas >

    Alimentação do gato: entenda como funciona o exigente e criterioso paladar dos felinos
    Alimentação animal

    Alimentação do gato: entenda como funciona o exigente e criterioso paladar dos felinos

    Agradar o paladar dos felinos é uma tarefa bem difícil, mas não impossível. Todo mundo sabe que esses animais são mais rigorosos com o que comem e dificilmente se interessam por qualquer tipo de alimento. Não é à toa que cuidar da alimentação do gato exige alguns critérios por parte do tutor, tanto na hora de oferecer petiscos quanto na hora de escolher a melhor ração para gato. Mas por que será que o paladar felino é tão criterioso assim?

    Ração light para gatos: quando o alimento é recomendado?
    Alimentação animal

    Ração light para gatos: quando o alimento é recomendado?

    A alimentação do gato é uma das peças fundamentais para a saúde do bichano. A ração é responsável por nutrir, dar energia na medida certa e prevenir muitas doenças. O que nem todo tutor sabe é que precisa de uma atenção especial com o peso dos gatinhos para evitar a obesidade, principalmente porque eles não são tão ativos quanto os cães, por exemplo. Uma alternativa para manter o peso ideal dos felinos é a ração light para gatos - o alimento não deve ser confundido como uma ração para gatos obesos, já que não tem função de emagrecimento. A ração de gatos light tem nutrientes na medida certa e também é indicada para animais que têm tendência a sobrepeso.

    Alimentação do filhote de gato: tudo o que você precisa saber sobre o assunto!
    Alimentação animal

    Alimentação do filhote de gato: tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

    Dar as boas-vindas a um filhote de gato em casa é sempre um momento especial e cheio de expectativas. Mas, junto com toda a empolgação, é comum surgirem dúvidas em relação aos cuidados com o animal, principalmente quando se trata da sua alimentação. Afinal de contas, o gato filhote passa por algumas etapas de transição até poder consumir alimentos mais sólidos, como a ração seca. 

    Ração sem corante é a melhor opção? Descubra quais os efeitos da substância no organismo do cachorro
    Alimentação animal

    Ração sem corante é a melhor opção? Descubra quais os efeitos da substância no organismo do cachorro

    Você já deve ter ouvido falar que a ração sem corante é melhor para o seu cãozinho, certo? Se não, é bom ficar de olho nos alimentos com esse tipo de componente. A alimentação do cachorro é algo que precisa de cuidado, pois tem um grande impacto na saúde e bem-estar do animal. Ainda assim, é comum que os tutores tenham dúvidas sobre como escolher a melhor ração para cachorro, os ingredientes que precisam ficar de olho e como saber se um alimento é de qualidade ou não. 

    Ver Todas >