Cuidados

Música para cachorro: entenda como as canções agem nos animais

Música para cachorro: uma opção para deixar os pets mais relaxados
Música para cachorro: uma opção para deixar os pets mais relaxados

A música tem muita influência na vida dos humanos: acompanha uma caminhada ou prática de exercícios, serve para relaxar e é uma ótima opção para se divertir. Mas, você já se perguntou se as canções provocam os mesmos efeitos nos animais? A ciência diz que sim. A música para cachorro pode ser usada em diversas situações e até como terapia para problemas emocionais. Os animais são extremamente sensíveis aos sons e a música pode provocar sensações surpreendentes no seu pet. Descubra mais aqui embaixo!

Música para acalmar cachorro: funciona mesmo?

Você pode não perceber, mas seu pet gosta tanto de ouvir um som quanto você. Música e cachorro: uma combinação que dá super certo, já que as canções não causam efeitos ruins nos animais. Principalmente para doguinhos tristes, agitados, nervosos ou ansiosos, a música pode ser um alívio e funcionar como um calmante natural para ele. Por que não testar, não é mesmo?

Os benefícios da música para cachorro são inúmeros. Melhora o humor do pet, diminui o estresse, alivia a saudade de você (se ele fica muito sozinho em casa) e reduz os níveis de ansiedade e agitação, principalmente em cães naturalmente hiperativos e agitados. Além disso, a música ajuda a lidar com situações de medo, como fogos de artifício. De quebra, você pode colocar música para cachorro dormir melhor e mais tranquilo.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Música para cachorro dormir: sonatas e músicas clássicas, como Mozart, melhora o sono do animal
    Música para cachorro dormir: sonatas e músicas clássicas, como Mozart, melhora o sono do animal

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Qual o volume e o estilo ideal para música de cachorro?

    Apesar de muito benéfica, a música deve ser controlada com atenção. O ideal é que sejam músicas clássicas, indicadas para meditação ou relaxamento, para não deixar o cachorro ainda mais agitado. O volume deve ser bem baixinho, porque apesar de parecer quase inaudível para nós, os cachorros conseguem captar desde os ruídos mais baixos, que beiram os 16 e 20 Hz, até os volumes bem mais altos, que atingem de 70.000 a 100.000 Hz (quando os humanos só conseguem ouvir até 20.000 Hz). Por isso, nada de colocar o som no último volume, ok?

    Música para acalmar cachorro: aprenda como usar a seu favor!

    Pesquisas da Universidade de Viena, na Áustria, comprovaram que 85% dos cachorros reduzem seus níveis de estresse e ansiedade quando ouvem músicas clássicas, como sinfonias e sonatas leves. Tá perdido e não sabe que músicas utilizar ou quando? Aproveite um momento de crise. Se seu cão estiver agitado, nervoso, não conseguir dormir ou com medo, coloque um som ambiente, bem baixinho mesmo, e observe o comportamento dele.

    Se você não souber quais músicas utilizar, existem playlists no youtube específicas para os cãezinhos. Essa abaixo, feita pelo canal DOGTV, é nossa indicação: só coloque para tocar e relaxe junto com seu pet!

    Redação: Karoline Miranda

    Brincadeiras para cachorro:

    Próxima matéria

    Brincadeiras para cachorro: "posso deixar meu pet brincar com gravetos que ele encontra na rua?"

    Música para gatos: qual o efeito das canções nos felinos?
    Comportamento

    Música para gatos: qual o efeito das canções nos felinos?

    Cuidar de gato também significa entender o que o seu amigo de quatro patas gosta ou não. Desde petiscos - como as frutas para gatos - até brincadeiras e formas de fazer carinho no animal, é essencial buscar compreender os gostos e o que influencia no comportamento do bichano. Às vezes, o gato acaba ficando muito estressado ou ansioso com alguma coisa, e para contornar esse tipo de situação, a música pode ajudar. “Mas como assim gato gosta de ouvir música?”, é o que você deve estar se perguntando, né? Pois bem, a gente te explica a seguir de que forma as músicas para gatos podem melhorar o bem-estar dos felinos. Dá só uma olhada!

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Resgate de cachorro: como é a rotina de um protetor de animais?
    Histórias reais

    Resgate de cachorro: como é a rotina de um protetor de animais?

    Adotar cachorro é um pensamento que sempre passa na cabeça de quem tem vontade de ter um bichinho para chamar de seu. Essa é uma linda atitude e que, além de garantir um novo lar para o animal, também proporciona o início de uma grande amizade com o pet. Mas afinal, como funciona a rotina de quem trabalha com resgate de cachorro? Como eles tratam e cuidam dos cachorros para adotar? Quais são as maiores dificuldades e barreiras que podem aparecer no meio do caminho? Nós conversamos com a protetora Yasmin Jacob, do projeto Aumigos do Bem, e ela contou um pouquinho do seu cotidiano com os cachorros resgatados. Dá só uma olhada!

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Ração

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Ver Todas >

    Como é a personalidade do Bulldog Inglês?
    Comportamento animal

    Como é a personalidade do Bulldog Inglês?

    Dentre tantas raças de cachorro que existem, uma das mais adoráveis e cativantes certamente é o Bulldog Inglês. “Mas eles não são mal humorados?” - é o que muitos se perguntam, principalmente por causa da carinha de rabugento típica da raça. A verdade é totalmente diferente disso: qualquer pessoa que tem a chance de conviver com um cachorro Bulldog Inglês sabe bem como esses animais podem ser amorosos e brincalhões. 

    Casco para cachorro faz mal? Quando é indicado? Quais os cuidados?
    Comportamento animal

    Casco para cachorro faz mal? Quando é indicado? Quais os cuidados?

    Roer e morder são necessidades naturais dos cães. Esse hábito também é associado à saúde mental, já que os mordedores próprios ajudam o animal a relaxar. Além disso, disponibilizar os brinquedos ideais para cachorro morder evita que o animal desconte sua energia nos móveis e objetos da casa, principalmente quando ele é filhote. O casco para cachorro é uma opção muito utilizada para redirecionar as mordidas, mas o "brinquedo" divide opções: o objeto prejudica o cachorro de alguma forma?

    Por que o olho de gato brilha no escuro? Veja essa e outras curiosidades sobre o olhar felino
    Comportamento animal

    Por que o olho de gato brilha no escuro? Veja essa e outras curiosidades sobre o olhar felino

    Quem nunca se perguntou se o gato enxerga no escuro ou até mesmo se assustou com o olho felino brilhando à noite? O olhar de gato é cheio de particularidades, assim como outras partes do seu corpo. Pais de primeira viagem podem estranhar essas alterações no olhar que são comuns em todos os felinos. Para esclarecer de uma vez por todas essas dúvidas, o Patas da Casa reuniu uma série de curiosidades que vão te ajudar a entender melhor por que a pupila do gato muda de acordo com o ambiente e como os gatos enxergam no escuro. 

    Passear com cachorro: como deixar o pet menos ansioso ao ver a coleira e guia?
    Comportamento animal

    Passear com cachorro: como deixar o pet menos ansioso ao ver a coleira e guia?

    Passear com cachorro é uma das melhores formas de gastar energia dos animais domésticos. Os cães adoram sair de casa, fazer novos amigos e passar um tempo de qualidade com o tutor. O problema é que normalmente a hora do passeio desperta a agitação sem fim nos cãezinhos. Alguns, inclusive, não podem ver a coleira e a guia que já começam a pular e correr pela casa. 

    Ver Todas >