Comportamento

Meia para gato afeta os instintos do animal ou é recomendada em alguns casos?

A meia para gato pode deixar o animal super fofo, mas será que prejudica seus instintos?
A meia para gato pode deixar o animal super fofo, mas será que prejudica seus instintos?

A meia pet é muito procurada pelos tutores de cachorro, principalmente aquelas que são antiderrapante e ajudam na locomoção dos cachorros idosos. Mas o mesmo funciona no caso dos felinos? A meia para gato é um acessório recomendado ou pode inibir comportamentos naturais da espécie? Diferente dos cães, as roupas para gatos não são muito utilizadas. O motivo disso é simples: muitos gatos se sentem desconfortáveis com qualquer coisa que possa deixá-los com a sensação de estarem presos. Os bichanos apreciam a liberdade e não gostam de nada que comprometa a sua mobilidade. Reunimos algumas informações sobre a meia para gato para desvendar se o acessório é prejudicial ou não.

Gato de meia: acessório afeta os felinos?

Como dito acima, alguns felinos não são fãs de acessórios. A meia para gato não é ainda menos comum. O acessório ainda pode afetar a locomoção e equilíbrio dos gatos, principalmente aqueles que gostam de dar saltos. O gato com meia geralmente fica visivelmente desconfortável. Em alguns casos, é possível que o animal deixe de comer para não caminhar ou fique paralisado. Ou seja, a meia para gato pode ser prejudicial para os gatinhos. Por isso, não é algo que deve ser usado com frequência, principalmente sem supervisão.

Assim como qualquer roupa para gato, não é recomendado que os bichanos sejam deixados sozinhos vestindo as peças. Como eles gostam de viver nas alturas, dando saltos e subindo em lugares altos, o uso de um acessório sem supervisão pode causar acidentes. Caso você queira muito ver o seu gato com meia, o ideal é que você coloque por pouco tempo. Por isso, aproveite para tirar muitas fotos do gato para registrar ele exalando fofura com a meia pet.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O gato com meia pode ficar bastante atrapalhado e até evitar se locomover
    O gato com meia pode ficar bastante atrapalhado e até evitar se locomover

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Meia para gato é recomendada para combater o frio?

    Assim como nós humanos, os gatos sentem frio e os tutores podem querer fazer de tudo para proteger os pets. A meia é uma aliada para nós nas temperaturas mais baixas, mas no caso dos gatos pode não ser a melhor ideia. Caso você perceba que seu animal está sentindo muito frio, principalmente se ele for de uma raça de gato sem pelo, você deve sim ajudá-lo a se aquecer. Mas em vez de uma meia para pet, opte por uma caixa de papelão com mantas ou uma cama para gatos. Esses acessórios poderão ajudar a aquecê-lo sem causar desconforto ao animal.

    Pata de gato possui amortecedor natural

    A meia para pets muitas vezes contém antiderrapante que pode ajudar o animal a não escorregar. Sabendo disso, você pode pensar que será uma ótima ideia principalmente porque os gatos vivem dando saltos e pulos. Mas você sabia que a pata de gato possui um amortecedor natural? Isso mesmo, os coxins (ou almofadinhas), além de serem uma fofura tem funcionalidades para vida de seu gatinho. Eles servem como amortecedores naturais, protegendo as estruturas das patas e criando atrito para evitar que o felino deslize entre um salto e outro.

    Redação: Hyago Bandeira

    Como fazer o cachorro parar de pular nas pessoas?

    Próxima matéria

    Como fazer o cachorro parar de pular nas pessoas?

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores
    Histórias reais

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

    Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. 

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa
    Cuidados

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa

    Adotar um gatinho requer algumas adaptações em casa para criar um ambiente seguro e confortável para o animal, onde ele possa expressar seus comportamentos naturais e descansar sempre que quiser. Agora quando o bichano precisa de cuidados especiais, como é o caso do gato cego, a situação se torna mais delicada ainda. Será que é preciso tomar precauções extras para mantê-lo em segurança? Como ajudar o gatinho a viver melhor? Como proporcionar a ele um ambiente mais adaptado? Para te ajudar a deixar sua casa pronta para receber o seu novo amigo da melhor forma e em um ambiente seguro, confira 7 dicas e cuidados indispensáveis para lidar com um gato cego.

    Adotar gato: os produtos que o tutor precisa comprar antes de levar o bichano para casa
    Adoção

    Adotar gato: os produtos que o tutor precisa comprar antes de levar o bichano para casa

    A empolgação de adotar gato muitas vezes toma conta da gente, mas essa não pode ser uma atitude impulsiva. Pelo contrário, deve ser muito bem planejada para fornecer tudo que o bichano precisa nos primeiros dias. Os gatos preenchem o ambiente com muito amor e alegria, mas também exigem alguns cuidados especiais com a higiene, alimentação e outras coisinhas. Felizmente existem alguns produtos capazes de ajudar a deixar o animal mais familiarizado e confortável no seu novo lar, como a caixa de areia para gatos. 

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?
    Ração

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?

    Uma boa alimentação faz toda a diferença na saúde do gato. O problema é que nem sempre o bichano consegue todos os nutrientes que ele precisa por meio da ração, e em alguns casos é necessário procurar por outras alternativas de suplementação alimentar. A vitamina para gatos é uma dessas opções, mas antes de investir nesse tipo de suplemento é fundamental conversar com um profissional para saber quais são os nutrientes que estão faltando no organismo do seu amigo de quatro patas. 

    Ver Todas >

    Brinquedos para cachorros filhotes: quais as opções mais seguras para até seis meses de idade?
    Comportamento animal

    Brinquedos para cachorros filhotes: quais as opções mais seguras para até seis meses de idade?

    Os brinquedos para cachorro filhote fazem toda a diferença nos primeiros meses de vida do cãozinho, pois servem como estímulos sensoriais que ajudam no desenvolvimento do animal. É importante, porém, que eles sejam apropriados para a idade do pet. Quer saber quais são os melhores brinquedos para filhotes de cachorro de até 6 meses? Então veja abaixo algumas alternativas!

    Cachorro Labrador: a cor da raça indica a personalidade do pet?
    Comportamento animal

    Cachorro Labrador: a cor da raça indica a personalidade do pet?

    Labrador preto, chocolate, caramelo… Existem muitos tipos de cores de pelagem que podem existir na raça Labrador. Cachorro tão popular e querido por todos, o Labrador é conhecido por sua personalidade amigável, carinhosa e divertida - o verdadeiro melhor amigo do homem! A grande variedade de cores de um cachorro Labrador, porém, leva algumas pessoas a se questionarem se a cor da pelagem indica algum traço especial na personalidade do animal. 

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Comportamento animal

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Comportamento animal

    "Meu cachorro destrói tudo": o que fazer e como direcionar o comportamento do pet?

    Quem tem um cachorro destruidor sabe bem a sensação de chegar em casa e encontrar o sofá destruído, o controle remoto mordido ou a caminha dele destroçada. Esse comportamento traz problemas tanto para o tutor quanto para o cão e, por isso, é importante saber como evitá-lo. Algumas mudanças na rotina, como comprar uma cama para cachorros destruidores e passear mais com o cachorro, podem ser necessárias para controlar seu pet. 

    Ver Todas >