Gato

Hiperplasia mamária felina: veterinário responde 5 perguntas importantes sobre a doença

Publicado - 10 Agosto 2021 - 19h30

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Um dos problemas mais comuns que podem afetar as gatas é a hiperplasia mamária felina. Essa condição caracterizada pelo inchaço em mama de gato pode ter causa fisiológica ou até mesmo relacionada ao uso da vacina para cio de gata. Para entender melhor o que é a hiperplasia mamária, o Patas da Casa conversou com o veterinário Igor Borba, de Belo Horizonte. Ele respondeu 5 perguntas essenciais sobre a doença, além de explicar a importância da castração de gato na prevenção da hiperplasia mamária felina. Confira!

1) O que é e como se desenvolve a hiperplasia mamária felina?

A hiperplasia mamária felina - ou hiperplasia fibroepitelial felina - é uma alteração não neoplásica em gatos - ou seja, não se trata de um câncer. Segundo o veterinário Igor Borba, a hiperplasia mamária acontece quando há um aumento fora do comum das glândulas mamárias da gata. "Ocorre uma proliferação anormal dos epitélios dos ductos mamários e estroma, tecidos esses que fazem parte da morfologia da mama", esclarece o especialista.

Esse crescimento acontece por causa de estímulos de hormônios, como a progesterona. Igor explica que esse hormônio é produzido e secretado pelo próprio órgão reprodutor feminino, através do corpo lúteo. A hiperplasia mamária felina acontece, então, quando há um aumento anormal na produção hormonal, gerando o crescimento das glândulas mamárias. Uma das causas para esse aumento é fisiológica: "Se a gata tiver alguma anomalia uterina, pode ocorrer uma maior secreção contínua, causando um maior estímulo ao crescimento dos tecidos mamários".

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Porém, a hiperplasia mamária felina pode ter relação com o uso da vacina para cio de gata. "Outra forma do organismo ter um excesso desse hormônio é por hormônios sintéticos, que não são produzidos pelo próprio organismo. Isso ocorre quando o tutor da gata decide fazer uso de medicações contraceptivas (hormônios que inibem o cio)", explica o veterinário.

2) Por que a vacina para cio de gata pode causar hiperplasia mamária?

A castração de gato é a maneira mais saudável de prevenir a procriação. Porém, alguns tutores optam pela vacina para cio de gata. Porém, o uso da vacina contra cio de gato pode causar alguns problemas no bichano, dentre eles a hiperplasia mamária felina. Isso acontece porque a vacina para cio de gata é composta por progesterona, o que pode estimular o aumento das glândulas da mama: "A vacina para inibir o cio da gata é composta principalmente de hormônios sintéticos, como a progesterona, com o intuito de não permitir que a gata entre no cio", explica o veterinário. "Porém, esses medicamentos usados com o intuito de inibir o cio têm como efeito colateral o estímulo de crescimento das células mamárias devido a quantidade excessiva de hormônios femininos (progesterona) causando mais danos à saúde da gata em questão do que bem". Por isso, a vacina contra cio de gato não é aconselhável para os felinos.

hiperplasia mamária felina: gato castrado com colar elizabetano
A castração de gata é fundamental no tratamento e prevenção da hiperplasia mamária

3) Quais os principais sintomas da hiperplasia mamária felina?

O inchaço em mama de gato é o principal sinal a ser percebido na hiperplasia mamária felina. "Em um primeiro momento podemos observar apenas um crescimento das glândulas mamárias com formação de nódulos bem delimitados, podendo variar de 2 a 5cm. Normalmente podemos observar mais de uma mama acometida com esses nódulos", explica Igor. Além do inchaço em mama de gato, podem acontecer edemas - aumento de volume - e úlceras. As úlceras aparecem no local onde o nódulo é rompido, causando um ferimento na pele. "Quando isso ocorre pode começar a ser incômodo para a própria gata e ela vai criar o hábito de se lamber excessivamente na região das mamas", ressalta o especialista. Outros sintomas comuns são apatia, anorexia e febre.

4) Como a hiperplasia mamária pode ser diagnosticada e tratada?

Na hiperplasia mamária felina, tratamento começa após o diagnóstico. O veterinário Igor explica que o médico realizará a anamnese, questionando se já foi feita a castração de gata, qual a idade do pet e se já fez uso de medicamento para evitar o cio - como a vacina para o cio de gato. Porém, para um diagnóstico preciso é necessário uma biópsia: "O diagnóstico definitivo é realizado apenas após cirurgia para retirada da glândula mamária afetada e exame de biópsia. Só assim poderemos diferenciar uma hiperplasia mamária, que é o crescimento acelerado da glândula mamária, de uma neoplasia mamária que é o desenvolvimento e crescimento de um tecido anormal", explica.

Para hiperplasia mamária felina, tratamento é diferente do de uma neoplasia. Por isso, é muito importante ter certeza de qual doença se trata. No caso da hiperplasia mamária felina, a castração de gato é fundamental: "O correto é fazer o procedimento de castração da fêmea, assim reduzindo a concentração de hormônio circulante que leva ao crescimento dessas células e nunca mais usar medicamentos com progesterona sintética", ressalta o especialista. A mastectomia também pode ser indicada em alguns casos. 

5) Qual a importância da castração de gata no combate à hiperplasia mamária?

A melhor maneira de prevenir a hiperplasia mamária felina é com a castração de gato. "A castração da fêmea é de grande importância, pois é justamente no órgão reprodutor da fêmea que ocorre a produção e secreção do hormônio que leva à estimulação e ao crescimento acelerado dos tecidos das glândulas mamárias", explica o veterinário. Após a cirurgia, diminui a produção dos hormônios que podem levar ao aumento das glândulas mamárias e, consequentemente, à doença. Por isso, a castração de gato é fundamental para evitar a hiperplasia mamária. É sempre bom lembrar que os benefícios da castração de gata não param por aí! "A castração não é importante apenas para o controle de hiperplasia mamária, ela é um ato de amor com os nossos felinos, pois com ela protegemos eles de várias doenças, minimizamos as fugas e brigas", explica o especialista.

Redação: Maria Luísa Pimenta 

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas